Galerias de imagens do Salão de Frankfurt: Ford

 

Nosso conhecido EcoSport chega à Europa. A série Limited Edition vem com sistema Sync AppLink que permite o controle de aplicativos do celular por comando de voz, rodas de alumínio de 17 polegadas, acabamento em couro e outros equipamentos.

 

 

Praticamente igual ao brasileiro em aparência e acabamento, o EcoSport de lá oferece motor EcoBoost de 1,0 litro a gasolina com turbo, de 125 cv, e o 1,5 turbodiesel de 91 cv na série de lançamento. Uma unidade 1,5 a gasolina de 112 cv equipa outras versões.

 

 

Esportivos não faltam na linha Ford europeia, como o atraente Fiesta ST. O motor EcoBoost de 1,6 litro com turbo fornece 200 cv e torque de 29,6 m.kgf. O carro tem câmbio manual de seis marchas, rodas de 17 pol e controle de estabilidade com três modos de uso (normal, esportivo e desligado).

 

 

Precisa de espaço e desempenho no mesmo carro? Os europeus contam com a versão ST da perua Focus de terceira geração, que obtém 250 cv e 26,7 m.kgf do motor EcoBoost turbo de 2,0 litros. O controle de estabilidade oferece os mesmos três modos de uso do Fiesta ST.

 

 

 

O Mondeo aparece na versão conceitual Vignale, nome vem do “encarroçador” italiano Carrozzeria Alfredo Vignale, fundado em 1948 e extinto em 1974. A versão será lançada em 2015 como opção de topo para vários produtos da Ford na Europa.

 

 

No salão estão o sedã e a perua com rodas de 20 pol, grade dianteira quadriculada e para-choque dianteiro redesenhado. O interior tem revestimento acolchoado e usa couro macio nos bancos, volante, painel, console central e apoio de braço.

 

 

A nova geração da minivan S-Max, de estilo bastante inspirado para sua categoria, é mostrada como conceito. O sistema de entretenimento Sync passa a uma nova geração que inclui suportes com conexão para os tablets de quem viaja no banco traseiro.

 

 

A minivan tem sistema completo de estacionamento, que cuida até de acelerar, frear e mudar marchas; comunicação entre veículos com a mesma tecnologia, para alertar sobre situações de risco na via; detecção do risco de colisão com frenagem automática e tela no painel com sistema de visão dupla.

 

 

A Ford aplicou à S-Max um motor EcoBoost de 1,5 litro com turbo e injeção direta cuja potência não foi informada, mas deve ficar ao redor de 180 cv. O câmbio automático substitui a alavanca por um botão giratório, como se vê em Jaguar e Land Rover.

 

Fotos: Fabrício Samahá e divulgação