Fusão entre FCA e PSA cria quarto maior fabricante

O PSA Groupe e a FCA (Fiat Chrysler Automobiles) definiram uma fusão de 50%-50%, que dará origem ao quarto maior fabricante de veículos do mundo em volume e terceiro maior em receita, com vendas anuais de 8,7 milhões de unidades e receitas combinadas de cerca de 170 bilhões de euros. A fusão proporcionará cerca de 3,7 bilhões de euros estimados de sinergias anuais, quando em pleno funcionamento, sem fechamento de fábricas. Um dos objetivos é a eficiência de investimentos em soluções de mobilidade e tecnologias de condução autônoma e conectividade.

 

 

A nova associação terá marcas complementares que cobrem todos os segmentos-chave do mercado de veículos, como automóveis de luxo, SUVs, picapes e utilitários leves. A FCA é mais forte na América do Norte e na América Latina, enquanto a PSA, com as marcas Citroën, DS, Opel, Peugeot e Vauxhall, tem mais espaço na Europa. O novo grupo terá 46% das receitas derivadas da Europa e 43% da América do Norte, com base nos dados de 2018 de cada empresa.