Fusão de FCA e PSA cria quarto maior grupo de fábricas

A Fiat Chrysler Automobiles N.V. (FCA) e a Peugeot S.A. (Groupe PSA) anunciam uma cooperação de negócios na forma de uma fusão 50/50. A combinação cria o quarto maior fabricante global de veículos em termos de vendas anuais (8,7 milhões de unidades). Os dois grupos têm receitas combinadas em torno de 170 bilhões de euros e lucro operacional recorrente acima de 11 bilhões de euros (2018).

 

 

De acordo com o comunicado, a associação deve trazer acréscimo de valor estimado na ordem de 3,7 bilhões de euros em sinergias anuais, derivadas de maior eficiência em investimentos em plataformas de veículos, motores e transmissões e novas tecnologias, além da melhoria da capacidade de compras. Não estão previstos fechamentos de fábricas. Os acionistas de cada companhia deterão 50% do patrimônio do grupo recém-formado, cuja empresa controladora fica nos Países Baixos.

A FCA compreende hoje as marcas Alfa Romeo, Chrysler, Dodge, Fiat, Jeep, Lancia, Maserati e Ram, enquanto o grupo PSA reúne as marcas Citroën, DS, Opel, Peugeot e Vauxhall, além de manter associações como a Dongfeng Peugeot Citroën e a Changan PSA (ambas na China), a Toyota Peugeot Citroën (República Checa) e a Iran Khodro Peugeot (Irã).