Fullback, versão da Fiat para a nova Mitsubishi L200

Fiat Fullback 01

 

Lembra-se da especulação sobre uma parceria entre Fiat e Mitsubishi para a produção da primeira picape média da marca italiana no Brasil? As empresas desmentiram e o tempo provou que o projeto da Toro era exclusivo da Fiat, mas a união se concretizou em outros mercados e agora aparece no Salão de Dubai a Fullback, versão Fiat para a nova geração (ainda não lançada aqui) da Mitsubishi L200 Triton. A Fullback será vendida em mercados da Europa, do Oriente Médio e da África com cabines simples, estendida, dupla e como chassi sem caçamba, com capacidade de carga de até 1.100 kg.

 

 

Seu desenho não esconde a origem Mitsubishi: as diferenças para a L200 vão pouco além da nova grade e do para-choque dianteiro, além da almofada do volante com o logotipo da Fiat. Como a picape foi projetada com volante à direita (padrão na Tailândia, onde a L200 é fabricada), a alavanca de freio de estacionamento da Fullback com direção à esquerda ficou mais perto do passageiro que do motorista. Os motores previstos são 2,4-litros a gasolina com 132 cv, um 2,5 turbodiesel com versões de 110 e 178 cv e, para países europeus, um 2,4 turbodiesel com 150 ou 180 cv. Caixas manuais de cinco e seis marchas e automática de cinco estão no catálogo.

Interessado na Fullback? Ela não tem chances de aparecer por aqui como Fiat, mas sua versão com três diamantes na grade é esperada como sucessora da atual L200 Triton.

 

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação