BMW X5 EDrive: zero emissão com recarga externa

 

A partir do utilitário esporte X5 de terceira geração, apresentado em maio, a BMW desenvolveu uma versão conceitual com propulsão híbrida do tipo plug-in, que admite recarga em fonte externa, para o Salão de Frankfurt. O X5 EDrive combina um motor de quatro cilindros a gasolina com turbo de duplo fluxo, de potência não informada, a um elétrico de 95 cv com bateria de íon de lítio. Embora o melhor desempenho (como acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 7 segundos) seja obtido quando operam em conjunto, o elétrico sozinho permite alcançar 120 km/h ou rodar até 30 km.

 

 

Se recarregado em fonte externa, o X5 pode rodar só com eletricidade em percursos urbanos e deixar de emitir CO2 pelo escapamento. Mesmo com o uso dos dois motores, o rendimento é muito bom: média de 26,3 km/l e emissão de CO2 abaixo de 90 gramas/km. A BMW oferece três modos de funcionamento: Electric, Intelligent Hybrid (que combina ambos os motores) e Save Battery, que mantém a bateria em sua faixa de carga mais favorável à durabilidade, mesmo que sacrificando a autonomia.

Pelo programa Connected Drive, o navegador aponta locais de recarga no trajeto, informações sobre a bateria podem ser lidas em um celular inteligente e, pelo mesmo aparelho, o usuário pode programar o acionamento de ar-condicionado ou aquecedor antes de chegar ao carro.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação