Fracassada, Classe X da Mercedes vai sair de linha

 

A picape Mercedes-Benz Classe X, lançada em julho de 2017, vai sair de produção menos de três anos após sua chegada ao mercado. A revista alemã Auto Motor und Sport anuncia o encerramento da linha para maio, informação confirmada pelo fabricante. O utilitário, colega de projeto da Nissan Frontier/Navara e da Renault Alaskan, tinha produção prevista na Argentina, na fábrica de onde vem a Frontier, o que facilitaria sua chegada ao Brasil. O cancelamento do plano deixou-a em linha apenas em Barcelona, ​​na Espanha.

 

 

 

A picape da estrela pode ser considerada um fracasso de vendas: apenas 15.300 unidades em todo o mundo no ano passado, volume que o modelo da Nissan alcança em um mês e meio, em média. Um dos fatores para o insucesso pode ser o preço: na Alemanha, as versões da Classe X variam de 48,8 mil a 58,8 mil euros, contra as faixas de 33,2 a 47,8 mil euros para a Navara e de 45 a 48,6 mil euros para a Alaskan. Parte da diferença deve-se ao motor V6 turbodiesel de 258 cv das versões superiores da Mercedes, ante o 2,3-litros de 163 ou 190 cv das irmãs Nissan e Renault, que também equipa a Classe X em opções de entrada.

Texto da equipe – Fotos: divulgação