Ford Ranger 2021 ganha e perde conteúdo na Argentina

Ford Ranger 2021 ganha e perde conteúdo na Argentina


A Ford lança alterações de conteúdo para melhor e para pior na Ranger na Argentina, onde é fabricada para o mercado brasileiro. As boas novidades são bloqueio do diferencial traseiro em todas as versões (antes, só nas de 3,2 litros com caixa automática) e faróis de leds para ambos os fachos na Limited 3,2, acima, que usava lâmpadas de xenônio. O amortecimento da porta da caçamba é estendido à mais simples XL.


Ao menos no mercado argentino, porém, a Ford retirou diversos equipamentos da Ranger. A Limited perdeu luzes de cortesia sob os retrovisores, ela e a XLT não têm mais isolamento acústico no para-brisa, e tanto essas quanto a XLS (abaixo) perderam o porta-objetos central refrigerado. Na XLS, o quadro de instrumentos agora é simples como o da XL.

Ford Ranger 2021 ganha e perde conteúdo na Argentina


A Ranger mantém as opções de motores de 2,5 litros a gasolina com 166 cv (não disponível no Brasil), 2,2 litros turbodiesel com 160 cv e 3,2 litros turbodiesel com 200 cv, com caixa manual ou automática e tração 4×2 ou 4×4. Ainda não se sabe quais das mudanças serão aplicadas à versão vendida no Brasil.

Texto da equipe – Fotos: divulgação