Ford Fusion acaba, mas Mondeo terá nova geração

 

O Ford Mondeo terá sucessor na Europa, apesar do fim de linha previsto para seu “irmão gêmeo” Fusion. Enquanto nos Estados Unidos a marca abandonará o mercado de sedãs, o modelo europeu ganhará uma nova geração adaptada aos tempos atuais: deve oferecer apenas um hatchback e uma perua “aventureira” com grande altura de rodagem, na linha da Audi A6 Allroad e da Subaru Outback (nas fotos, o Mondeo atual).

 

 

O projeto Mondeo CD542, modelo 2022, estreia no segundo semestre de 2021 segundo um catálogo publicado no site da Ford, que mostra as ferramentas especializadas para uso das concessionárias nos próximos anos. De acordo com a revista inglesa Autocar, o catálogo aponta uma curiosidade: o uso de mola semielíptica na suspensão traseira, como nos Volvos XC60 e XC90, recurso que nenhum automóvel Ford usa hoje na Europa.

 

 

A razão desse emprego pode ser ampliar o espaço para baterias do sistema híbrido, que hoje prejudicam o espaço de bagagem no Mondeo e no Fusion. A Autocar prevê o uso do mesmo arranjo híbrido com recarga externa (plug-in) do Puma, com motor a gasolina de 2,5 litros em ciclo Atkinson e motor elétrico, para 222 cv combinados, e bateria de 10,3 kWh para autonomia elétrica de mais de 50 km.

Texto da equipe – Fotos: divulgação