Ford Fiesta Ecoboost de 125 cv chega por R$ 72 mil

 

A Ford apresenta a versão Ecoboost do Fiesta brasileiro, com motor de três cilindros e 1,0 litro turboalimentado e com injeção direta. A versão, oferecida apenas em acabamento Titanium e com transmissão automatizada de dupla embreagem e seis marchas por R$ 72 mil, assume o topo da linha do Fiesta hatch, acima do Titanium automatizado de 1,6 litro (R$ 70.690). Deixa de existir a versão de entrada S de 1,5 litro, último Ford com essa designação. Assim, as demais opções são SE 1,6 manual (R$ 52 mil) e inédita SEL 1,6, manual por R$ 58.790 e automatizado por R$ 65 mil.

 

 

Antecipado em maio, o motor Ecoboost produz potência de 125 cv e torque de 17,3 m.kgf com gasolina (não é flexível), 3 cv a menos e 1,3 m.kgf a mais que o 1,6 aspirado com álcool (128 cv e 16 m.kgf). A unidade importada da Romênia traz variação contínua do tempo de abertura de válvulas, mas seu bloco é de ferro fundido, ao contrário do motor similar do VW Up TSI, que usa alumínio. O consumo divulgado pelos padrões do Inmetro é de 12,2 km/l no ciclo urbano e 15,3 no rodoviário.

O conteúdo de série inclui controle de estabilidade, sete bolsas infláveis, rodas de alumínio de 16 pol, ar-condicionado automático, partida do motor por botão, faróis e limpadores de para-brisa automáticos, controlador de velocidade e sistema de áudio Sync com comandos por voz.

 

Ford EcoBoost

Texto da equipe – Fotos: divulgação