Fiat Tipo, sedã acessível, será o Egea da Europa ocidental

Fiat Aegea 01

 

O sedã médio Fiat Egea, apresentado em maio, terá em mercados ocidentais da Europa um nome diferente, mas bem conhecido para nós: Tipo. A intenção da Fiat, além de homenagear o hatchback de sucesso fabricado na Itália entre 1988 e 1995 (mais tarde foi mantido no Brasil e na Turquia), é criar uma linha de modelos médios acessíveis para um segmento pouco explorado nos mercados desenvolvidos do continente, da mesma forma que a marca Dacia (de Logan, Sandero, Duster e outros) tem atuado em relação aos modelos franceses da Renault. Alfredo Altavilla, executivo-chefe de operações da Fiat Chrysler Automobiles para a Europa, declarou que “será um teste para o mercado, porque esse segmento acessível basicamente não existe”. Estimativas da imprensa apontam para um preço inicial ao redor de 12 mil Euros.

 

 

Antes da Europa ocidental o sedã será lançado na Turquia, que o recebe em novembro com o nome original Egea e a missão de substituir o Linea, muito bem aceito no país. Ele mede 4,50 metros de comprimento, 1,78 m de largura, 1,48 m de altura e 2,64 m entre eixos e será oferecido com dois motores a gasolina e dois a diesel, com potências entre 95 e 120 cv, e câmbios manual e automático. Em dezembro o sedã Tipo chega à Itália e depois a outros 40 mercados europeus, africanos e do Oriente Médio. No Salão de Genebra, em março, a Fiat revela as versões hatch (destinada a suceder ao Bravo na Europa) e perua (que a Fiat não tem entre os médios desde 2008, quando cessou a produção da Stilo Multiwagon).

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação