Lincoln Continental volta com muito requinte e 400 cv

Lincoln Continental 01

 

Lincoln Continental é um daqueles nomes marcantes da indústria norte-americana, usado pela primeira vez em 1939 e desde então em numerosas gerações, até 2002, do luxuoso modelo da marca de topo da Ford nos Estados Unidos (leia história). Em Detroit aparece um novo Continental, semelhante ao conceito homônimo do Salão de Nova York do ano passado e baseado em uma versão da plataforma CD4 do atual Ford Fusion. Com linhas sóbrias e elegantes que não escondem a inspiração nos ingleses da Bentley, o novo Lincoln usa recursos como abertura eletrônica das portas após acionamento pelo friso cromado, bancos reguláveis em 30 modos (até o apoio lateral pode ser diferente entre lados esquerdo e direito, imagine) e bancos traseiros reclináveis com massagem, aquecimento e ventilação. Serão quatro versões de acabamento: Premiere, Select, Reserve e Black Label.

 

 

O motor de topo é um V6 biturbo de 3,0 litros exclusivo da Lincoln com 400 cv e 55,3 m.kgf, com alternativa pelo conhecido Ecoboosts V6 de 2,7 litros e por um V6 aspirado de 3,7 litros. O primeiro vem de série com tração integral, que nos demais é opcional à dianteira; transmissão automática de seis marchas é padrão. O seletor de programas Normal, Esporte e Conforto afeta caixa, direção e amortecedores. O motorista conta com controlador da distância à frente, frenagem automática para risco de colisão ou atropelamento, câmeras de 360 graus ao redor e conexões Apple Car Play e Android Auto.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação