Cyan P1800: o Volvo dos anos 60 ganha motor de corrida

Cyan P1800: o Volvo dos anos 60 ganha motor de corrida



O charme do Volvo P1800, o famoso cupê da década de 1960, já pode ser combinado ao desempenho de um carro de corrida moderno da marca sueca. A obra é da Cyan Racing, antiga Polestar, que atua desde 1996 na preparação de modelos Volvo para competições.

Cyan P1800: o Volvo dos anos 60 ganha motor de corrida



A proposta do Cyan P1800, diz a empresa, foi “criar o que poderia ter sido se estivéssemos lá na década de 1960, competindo com o P1800, e pudéssemos projetar uma versão de estrada do carro de corrida”. Para isso um cupê de 1964 teve o chassi reforçado com uso de fibra de carbono e a carroceria refeita para bitolas e para-lamas mais largos.

Cyan P1800: o Volvo dos anos 60 ganha motor de corrida
Cyan P1800: o Volvo dos anos 60 ganha motor de corrida



O motor foi cedido pelo S60 TC1 de corrida (junto dele acima), um turbo de 2,0 litros com 420 cv e torque de 46,5 m.kgf, apto a atingir 7.700 rpm. Com caixa manual de cinco marchas e tração traseira, o Cyan recebe diferencial autobloqueante e novas suspensões ajustáveis, sendo a traseira independente. O cupê pesa apenas 990 kg e dispensa auxílios como ABS e controle de estabilidade. As rodas forjadas de 18 pol usam pneus Pirelli PZero 235/40 na frente e 265/35 na traseira.

Cyan P1800: o Volvo dos anos 60 ganha motor de corrida



O Cyan P1800 não tem preço divulgado, mas a empresa está apta a construir e configurar um ao gosto do interessado.

Texto da equipe – Fotos: divulgação