Citroën C3: quatro estrelas em teste do Latin NCap

Citroen C3 - Latin NCap

 

O Citroën C3 brasileiro obteve quatro estrelas para a proteção do passageiro adulto e duas para a proteção do passageiro criança no teste de impacto promovido pelo Latin NCap, instituto independente voltado à segurança veicular na América Latina. O modelo recebeu 11,19 pontos na proteção do adulto (em 17 possíveis) e 22,67 pontos na da criança (em 49 possíveis).

 

 

De acordo com o Latin NCap, “a estrutura do veículo foi considerada instável; contudo, as bolsas infláveis frontais proporcionaram um nível adequado de proteção para o passageiro adulto. O equipamento de segurança básico do C3 contém menos especificações que sua versão básica europeia: bolsas laterais, fixação Isofix para cadeira infantil e interruptor para desativar a bolsa do acompanhante não estão disponíveis na versão básica para América Latina”.

O instituto divulgou também dois testes de modelos não oferecidos no Brasil. A perua Seat Leon ST atingiu cinco estrelas em ambos os quesitos, enquanto o Nissan Tiida sedã básico (que já foi vendido aqui), sem bolsas infláveis frontais, saiu-se com zero estrela na proteção do adulto e duas estrelas na proteção da criança. Em consequência do teste, a Nissan se comprometeu a incluir as bolsas frontais como item de série (há mercados latino-americanos que não exigem o item por lei como o Brasil).

Os resultados da nova fase de testes e das anteriores estão disponíveis no site do Latin NCap em http://www.latinncap.com/po/resultados.

 

Texto da equipe – Foto e vídeo: divulgação