Com DS9 de 360 cv, PSA volta a ter sedã de luxo na Europa

Com DS9 de 360 cv, PSA volta a ter sedã de luxo na Europa


O Citroën C6, produzido de 2005 a 2012 (leia avaliação), afinal tem um sucessor como topo de linha do grupo francês: o DS9, lançado em março na China pela divisão DS do grupo PSA e agora anunciado também para o mercado europeu. Trata-se de um elegante sedã de três volumes com tração dianteira ou integral, 4,93 metros de comprimento e 2,89 m entre eixos, medidas próximas às de Audi A6, BMW Série 5 e do próprio C6.

Com DS9 de 360 cv, PSA volta a ter sedã de luxo na Europa


O DS9 deriva da EMP2 V2.3 do grupo PSA. A produção será concentrada em Shenzhen, na China. Na França há três versões de mecânica. A Puretech 225 usa motor turbo de 1,6 litro a gasolina com 225 cv e tração dianteira. A E-Tense 225 adiciona tração integral, mantendo o motor, e a topo de linha E-Tense 360 combina motores elétricos de 110 e 113 cv ao Puretech turbo de 200 cv. O conjunto obtém respeitáveis 360 cv e torque de 53 m.kgf, ganho expressivo sobre os 240 cv que o mais potente C6 (o V6 turbodiesel de 3,0 litros) oferecia. A transmissão é sempre automática de oito marchas.

Com DS9 de 360 cv, PSA volta a ter sedã de luxo na Europa


Os padrões de acabamento são dois. O mais esportivo Performance Line Plus traz revestimento interno em camurça sintética, enquanto o mais refinado Rivoli Plus adota couro em padrão diamante. Itens comuns a ambos são faróis de leds, leitura de placas da via e auxílio à visão noturna. Digno das tradições da Citroën, a suspensão do DS9 usa o sistema DS Active Scan. Uma câmera junto ao para-brisa, sensores de movimento e acelerômetros analisam as condições da estrada e da condução, de modo que a central eletrônica ajuste os amortecedores de modo independente.

Texto da equipe – Fotos: divulgação