Citroën DS3 ganha versão conversível: mais detalhes

 

Uma das novidades da Citroën para o Salão de Paris é o DS3 Cabrio, uma versão conversível (ou quase isso) para o hatch de luxo derivado do novo C3. A exemplo do Fiat 500 Cabrio, ele mantém do modelo convencional a estrutura das laterais, como portas, colunas e a moldura acima das janelas, mas o que seria o teto rígido dá lugar a uma capota de lona que pode ser recolhida.

Esse DS3 oferece três padrões para a capota: preto, azul e Graphique, ou estampado. A fábrica anuncia uma “inédita cinemática” para a tampa traseira, que permite que a capota abra apenas na horizontal, mantendo a barra estrutural com defletor, ou que ocupe o lugar do vidro posterior. Além disso, o movimento da tampa é tal que se torna possível abri-la mesmo com um veículo ou obstáculo próximo do carro. A capota tem comando elétrico que pode ser acionado rodando a até 120 km/h e requer 16 segundos para o recolhimento. No interior, os cinco lugares são mantidos.

Em relação ao modelo de teto rígido, as lanternas traseiras usam leds e ganham novo aspecto. É provável que os motores disponíveis para o hatch sejam preservados, o que a Citroën ainda não confirmou. O aumento de peso discreto, em 25 kg, não afeta o desempenho.

Importação para o Brasil? Seria uma ótima ideia. Quem sabe em 2013?

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação