Chevrolet S10 2017: veja as novidades, versões e preços

 

A Chevrolet revela o modelo 2017 da S10, que recebeu nova frente, mais equipamentos de segurança e redução de peso. A linha perde a versão de entrada Advantage, dotada do motor Família II de 2,4 litros (evolução do lançado em 1982 no Monza) e vendida até então por R$ 84 mil. Agora, as opções de motores são o flexível de 2,5 litros (197/206 cv e 26,3/27,3 m.kgf, gasolina e álcool, na ordem) e o turbodiesel de 2,8 litros com 200 cv (44,9 m.kgf com caixa manual, 51 m.kgf com automática).

O novo desenho frontal, similar ao do conceito Colorado mostrado em março no Salão de Bancoc, Tailândia, deixou a S10 mais identificada com os recentes e próximos modelos da marca, como o Cruze. As rodas são de 16 pol nas versões LS e LT e passam a 18 na LTZ, assim como já vinham na High Country. O interior ganhou materiais mais macios ao toque e novo painel de instrumentos. O computador de bordo pode incluir velocímetro digital, monitor de pressão dos pneus e parâmetros de manutenção como a vida útil do óleo.

 

 

Algumas versões trazem acionamento do motor por controle remoto, sistema de assistência On Star e central de entretenimento compatível com Android Auto e Apple Car Play. Há ainda novos auxílios à segurança: alerta de risco de colisão (pelo monitoramento do tráfego à frente, mas sem controlador de distância, presente na nova Ford Ranger) e aviso de saída involuntária de faixa da via. Na parte mecânica a Chevrolet reduziu o peso (agora varia entre 1.813 e 2.101 kg de acordo com a versão), adotou assistência elétrica de direção, recalibrou a suspensão e informa ter aprimorado os freios e o isolamento de vibrações e de ruídos.

A S10 oferece 13 opções, entre quatro versões de acabamento (LS, LT, LTZ e High Country), três de cabine (simples, dupla e chassi com cabine), duas de motores (flexível e turbodiesel), duas de transmissão (manual e automática, ambas de seis marchas) e dois tipos de tração (4×2 e 4×4 com reduzida).

 

 

Confira os preços e equipamentos das principais versões:

S10 LT 2,5 flexível, manual, cabine dupla (R$ 97.890) – ar-condicionado, cobertura de caçamba, controlador de velocidade, controle elétrico de vidros e travas, faróis de neblina, monitor da pressão dos pneus, rodas de alumínio de 16 pol, sensores de estacionamento traseiros, sistema de entretenimento My Link com tela tátil de 7 polegadas.

S10 LTZ 2,5 flexível, manual, cabine dupla (R$ 113.690) – adiciona alertas para saída de faixa e risco de colisão, ar-condicionado automático, assistente de partida em aclives, câmera traseira de manobras, controles eletrônicos de estabilidade e tração, faróis e limpadores de para-brisa automáticos, luzes diurnas de leds, rodas de alumínio de 18 pol, sensores de estacionamento dianteiros, retrovisor interno fotocrômico, sistema My Link 2 (com tela de 8 pol, navegador e compatibilidade com Android Auto e Apple Car Play), sistema On Star.

S10 LS 2,8 turbodiesel, manual, cabine simples (R$ 105.590) – ar-condicionado, controle elétrico de vidros e travas, monitor da pressão dos pneus, rádio com interface Bluetooth, rodas de 16 pol (de aço).

S10 LT 2,8 turbodiesel, manual, cabine dupla (R$ 127.290) – como na LT 2,5, exceto pelo motor. Transmissão automática adiciona R$ 4.300.

S10 LTZ 2,8 turbodiesel, automática, cabine dupla (R$ 150.190) – como na LTZ 2,5, exceto pelo motor e a transmissão automática.

S10 High Country 2,8 turbodiesel, automática, cabine dupla (R$ 167.490) – como na LTZ 2,8, mais banco do motorista com regulagem elétrica, estrutura de caçamba, lanternas traseiras com leds, rodas de alumínio exclusivas de 18 pol.

 

S10 LTZ

 

S10 High Country

Texto da equipe – Fotos: divulgação