Chevrolet: novo Onix sedã, ou Prisma, e Monza chinês

 

A Chevrolet lança dois sedãs na China e um deles tem grande interesse para o Brasil: o Onix (acima), que marca a globalização do nome usado desde 2012 por aqui. O compacto, visto acima com o pacote visual esportivo Redline, é basicamente o mesmo carro a ser fabricado em Gravataí, RS, e vendido no mercado brasileiro como Prisma 2020. O lançamento é esperado para o último trimestre, pouco depois do novo Onix hatch, que ainda não foi revelado.

 

 

O Onix chinês fabricado pela SAIC-GM mede 4,47 metros de comprimento, 19 cm a mais que o Prisma atual e medida próxima à do Cobalt, o qual também será substituído pela novidade. O entre-eixos cresce para 2,60 m. A intenção é competir no andar de cima dos sedãs pequenos com VW Virtus, Honda City e Toyota Yaris. Embora as rodas pretas de 16 pol e os detalhes em vermelho do pacote Redline não devam chegar aqui, o carro mostra um desenho equilibrado. A traseira, não mostrada em foto oficial, pode ser vista aqui. A Chevrolet ainda não informa dados técnicos, mas são esperados motores de três cilindros com 1,0 litro (turbo, 116 cv) e 1,3 litro (aspirado, 103 cv).

 

 

A outra novidade é o Monza (acima), sedã médio apresentado em versões Redline e RS. De linhas imponentes, ele retoma um nome usado pela Chevrolet nos EUA de 1975 a 1980 e aproveitado no Brasil de 1982 a 1996 em um carro menor. A Opel alemã também teve seu Monza de 1978 a 1986, um terceiro modelo que lembrava o brasileiro, mas era maior e tinha tração traseira.

O Monza dos chineses tem 4,63 metros de comprimento e 2,64 m entre eixos e inaugura a plataforma Vehicle Strategy Set (VSS-F), a ser estendida a modelos Chevrolet, Buick e Cadillac. A versão RS tem rodas de 17 pol, central de áudio com tela de 8 pol e quadro de instrumentos digital configurável. Os motores turbo são de 1,0 litro (125 cv com torque de 17,3 m.kgf) e de 1,3 litro (163 cv e 23,4 m.kgf), com opção de caixa de dupla embreagem e seis marchas.

 

Chevrolet: novo Onix sedã, ou Prisma, e Monza chinês

Texto da equipe – Fotos: divulgação