Chevrolet Equinox ganha motor 1,5 e versão Midnight

 

A Chevrolet traz ao Brasil o Equinox com motor turbo de 1,5 litro, que se junta à conhecida versão turbo de 2,0 litros. A novidade é aplicada tanto à versão de topo Premier (agora oferecida com ambos os motores) quanto à de entrada LT e à inédita Midnight (fotos). O motor produz 172 cv e torque de 27,8 m.kgf e, com transmissão automática de seis marchas e tração apenas dianteira, permite aceleração de 0 a 100 km/h em 9,2 segundos. Segundo a GM, o consumo do SUV é até 8,3% menor que no 2,0-litros de 262 cv: pelos padrões do Inmetro, o 1,5 faz 11,7 km/l na estrada e 9,5 km/l na cidade (gasolina).

 

 

 

O Equinox Midnight segue o padrão visual de outras versões da Chevrolet com o mesmo nome, com acabamento interno e externo todo escurecido, incluindo a grade frontal, as rodas de 19 polegadas, o emblema da gravata e os bancos de couro. O conteúdo é baseado no da versão LT, com banco do motorista com ajuste elétrico, ar-condicionado de duas zonas, faróis de xenônio e central de áudio com tela de 8 pol e integração a celular. O Midnight custa R$ 132 mil, aumento de R$ 2 mil sobre o LT de mesmo motor (R$ 130 mil). Na linha 2019 o LT de 2,0 litros saía por R$ 132.490.

 

 

A versão Premier acrescenta itens como frenagem autônoma com detecção de pedestre, assistente de faixa, teto solar elétrico panorâmico, faróis de leds, sistema de áudio superior e acionamento elétrico da tampa do porta-malas por sensor de movimento. Custa R$ 155 mil com motor 1,5, nesse caso com tração integral sob demanda. No caso do motor de 2,0 litros, que mantém a caixa automática de nove marchas, o preço passa a R$ 163 mil (eram R$ 160 mil no modelo 2019).

Texto da equipe – Fotos: divulgação