Carros antigos também têm espaço em Frankfurt

O Salão de Frankfurt não se faz apenas de novos carros: modelos antigos também aparecem em determinados estandes.

O que seria da Alfa Romeo sem seu passado? Fazem pano de fundo para o novo sedã Giulia, estrela da marca italiana no evento, um Giulia TI Super de quatro portas (em cima), lançado em 1965 com motor de 1,6 litro e 116 cv, e um cupê Giulia TZ com carroceria Zagato, versão iniciada em 1963 que superava 210 km/h.

 

 

O simpático Goggomobil está no estande da Getrag, fabricante de transmissões que faz 80 anos. Foi para ele que a marca desenvolveu em 1957 a Selectromat, uma caixa pré-seletiva: o motorista selecionava a próxima marcha e pisava no pedal de embreagem para que o engate fosse feito.

 

O conversível 280 SL da segunda geração, modelo 1969, é um dos Mercedes-Benz restaurados pela Brabus Classic, divisão da conhecida preparadora que recupera modelos antigos. Tem motor de seis cilindros, 2,8 litros e 170 cv. O interior mostrado acima é de um modelo similar ao do salão, também do acervo da Brabus.

 

A Land Rover relembra um marco de sua história ao expor o Range Rover 1970, primeiro ano do utilitário, ainda com três portas. O modelo de motor V8 foi um dos primeiros fabricados para a apresentação à imprensa. As fotos são do site Ranwhenparked.net.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação, Newspress e Ranwhenparked.net