BMW Série 3 ganhará versão elétrica e longa na China

 

Até o BMW Série 3, um dos sedãs mais focados no envolvimento do motorista na direção, está destinado a abrir mão do motor a combustão em uma versão elétrica. Para alívio dos puristas, ao menos por enquanto, isso deve acontecer apenas no mercado chinês, que tem um Série 3 com maior distância entre eixos (fotos) que o de outros países.

 

 

 

Já fotografado em testes, o Série 3 elétrico deve manter o motor de 282 cv e a bateria de 74 kWh destinados ao iX3. Se a potência não impressiona diante do peso previsto, o torque de 40,8 m.kgf promete ágil aceleração. O sedã manterá a tração traseira e sua autonomia é estimada em mais de 440 km (valor do iX3) pelo padrão de teste WLTP. Em termos visuais, a versão deve ganhar grade dianteira fechada e novo para-choque para melhor aerodinâmica. O lançamento é esperado para 2021.

Texto da equipe – Fotos: divulgação