Audi E-Tron: o que o SUV elétrico oferece por R$ 460 mil

 

A Audi inicia as vendas no Brasil do E-Tron, seu primeiro utilitário esporte elétrico, em duas versões com preços sugeridos de R$ 460 mil e R$ 500 mil. Os valores referem-se ao período de lançamento, que inclui quatro anos de manutenção e valorização de R$ 15.000 no carro usado em troca.

O Audi E-Tron é equipado com dois motores elétricos para potência total de 408 cv e torque de 67,8 m.kgf, sendo 184 cv e 31,5 m.kgf aplicados às rodas dianteiras e 224 cv e 36,3 m.kgf entregues às rodas traseiras. Com torque instantâneo, o SUV acelera de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos com velocidade máxima limitada em 200 km/h. O uso de dois motores permite tração integral com ajuste imediato da distribuição ideal de torque entre os eixos. O seletor de modos de condução oferece sete perfis: Auto, Comfort, Efficiency, Offroad, Dynamic, Allroad e Individual.

 

 

O sistema de baterias de íons de lítio, com capacidade de 95 kWh, pesa cerca de 700 kg (o carro todo chega a 2.655 kg) e é composto por 36 módulos de alumínio. O E-Tron obtém autonomia de até 436 quilômetros (ciclo europeu WLTP) e pode receber carga por tomadas comuns ou de alta tensão. Em estações de recarga ultra rápida de 150 kW, por exemplo, é possível carregar até 80% da bateria em 30 minutos. O motorista pode selecionar o grau de recuperação de energia em três níveis pelas aletas atrás do volante. No modo mais intenso, pode-se desacelerar e acelerar usando apenas o pedal do acelerador.

 

 

Atração à parte do Audi E-Tron são os retrovisores virtuais, novidade mundial em modelos de produção. Uma câmera de cada lado obtém as imagens exibidas nos monitores internos laterais de 7 polegadas com tecnologia OLED de 1.280 x 800 pixels, cujo brilho se ajusta automaticamente. O motorista pode mover a imagem e ajustar o ângulo desejado com o toque na tela. O sistema evita reflexo direto da luz solar, aumenta a nitidez para visão noturna e não embaça em dias chuvosos. O dispositivo contribui para o ótimo coeficiente aerodinâmico (Cx) 0,27.

 

 

Outras soluções do E-Tron são suspensão a ar, que ajusta a altura de rodagem em até 76 mm conforme a velocidade e a preferência do motorista, e amortecedores adaptáveis. A capacidade de bagagem é de 600 litros ou, com o banco traseiro rebatido, 1.725 litros. No interior destacam-se as telas de 10,1 e 8,6 polegadas, sendo a superior para informações, entretenimento, navegação e configurações, enquanto a inferior serve para entrada de texto, funções de conforto e ar-condicionado.

 

 

Produzido na fábrica de Bruxelas, na Bélgica, o E-Tron tem garantia de 4 anos no veículo e 8 anos nas baterias. Será vendido por 14 concessionárias com a bandeira E-Tron com representantes especializados, pontos de carga rápida DC de 22 kW e  veículo para avaliação.

 

Audi E-Tron: o que o SUV elétrico oferece por R$ 460 mil

Audi E-Tron: o que o SUV elétrico oferece por R$ 460 mil

 

Versões e equipamentos de série

Audi E-Tron Performance (R$ 460 mil)* – Bancos dianteiros com ajuste elétricos (memória para o motorista), ar-condicionado de quatro zonas, teto solar elétrico panorâmico, volante com ajuste elétrico de altura, faróis de leds com assistente de farol alto, rodas de 21 polegadas, controlador de distância à frente, assistente de saída de faixa, abertura e fechamento elétricos do porta-malas, câmeras de 360 graus, oito bolsas infláveis, central de áudio com navegação e interface para celular (IOS e Android), quadro de instrumentos digital. Opcional: Pacote Tecnológico (projeção de informações no para-brisa, assistente de visão noturna e Pre-Sense dianteiro, que avisa o motorista e prepara o veículo em caso de colisão iminente).

 

 

Audi E-Tron Performance Black (R$ 500 mil)* – Como o Performance, mais bancos dianteiros esportivos, revestimento em camurça sintética, pacote visual S Line (frisos em preto, soleiras em alumínio iluminadas, pinças de freio laranja), rodas exclusivas, sistema de áudio Bang & Olufsen 3D com 16 alto-falantes. Opcionais: Pacote Tecnológico (veja acima), retrovisores virtuais, faróis LED Matrix HD, Pacote Side Assist (inclui Pre-Sense traseiro, aviso de risco de colisão quando os passageiros saem do veículo, alerta de ponto cego em mudança de faixa, assistente de tráfego reverso).

* Preços na fase de lançamento. Depois, R$ 500 mil e R$ 540 mil, na ordem.

Texto da equipe – Fotos: divulgação