Fiat Toro: opinião dos donos aponta os altos e baixos

Picape agrada pelo conforto, o estilo e o comportamento; críticas incluem acabamento e torque do menor motor

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação

 

A Fiat Toro foi um daqueles carros que chegam para mudar o mercado. Pela primeira vez, o comprador de picapes podia associar características de automóvel — estrutura monobloco, suspensão traseira independente — a elementos apreciados nesses utilitários, como motor a diesel e tração nas quatro rodas. Some-se a isso o belo desenho e bons atributos de conforto, e o sucesso estava garantido.

Depois de quatro anos no mercado, há muitas Toros usadas à venda. Elas são uma boa compra? O que pensam seus proprietários? Quais os pontos mais elogiados e criticados, os defeitos mais frequentes e a satisfação com o carro e a rede de concessionárias da Fiat? Todas as respostas estão nesse Guia de Compra, baseado na opinião dos donos que participaram do Teste do Leitor.

 

A versão Endurance, lançada para 2019, é hoje a mais barata da linha Toro; o modelo 2020 ganhou central de áudio com tela maior, atendendo a muitos pedidos

 

A Toro foi lançada em 2016 em versões Freedom (com opção pelo pacote Opening Edition) e Volcano. A Freedom podia ter motor flexível de 1,75 litro (até 139 cv), com transmissão automática de seis marchas e tração dianteira, ou motor turbodiesel de 2,0 litros e 170 cv, com caixa manual de seis marchas e tração dianteira ou integral sob demanda (acionamento automático da tração traseira). A Volcano era a única a combinar motor turbodiesel, tração 4×4 e caixa automática de nove marchas.

 

 

No fim do ano era adicionada a Freedom com motor flexível de 2,4 litros (até 186 cv) e caixa automática de nove marchas, só com tração dianteira. A linha 2018 recebia motor 1,75 revisto, enquanto a Freedom podia vir com o pacote de equipamentos Road e o motor turbodiesel com tração 4×4 e caixa automática. A edição Blackjack, com acabamentos em preto, estreava com motor 2,4. O modelo 2019 trazia mais versões: a de entrada Endurance, só com motor flexível, e a luxuosa Ranch com bancos de couro marrom, sempre 4×4 a diesel. A Freedom ganhava equipamentos e o motor 2,4 mudava da Freedom para a Volcano. Não havia mais versão a diesel com caixa manual.

 

Parte da linha desde o início, a Toro Freedom já ofereceu todos os motores e transmissões da picape; o modelo 2020 das fotos inclui o pacote decorativo S-Design

 

Por fim, a linha 2020 trazia a versão Ultra com cobertura rígida de caçamba, também 4×4 turbodiesel. A Endurance agora oferecia opção de caixa manual para o motor flexível e de caixa automática com motor a diesel, e a Freedom podia ter o pacote visual S-Design.

 

No conjunto, 61% dos proprietários disseram-se muito satisfeitos com a Toro, índice apenas razoável no universo das pesquisas feitas com automóveis

 

Você pensa que o estilo da Toro é seu atributo mais lembrado pelos donos? Errou: o elogio mais frequente é o conforto ao dirigir (citado por 61%), com destaque ao rodar mais suave que o de outras picapes — mesmo na versão a diesel, de maior capacidade de carga. O desenho está em segundo lugar (33%), empatado com a estabilidade e o desempenho dos motores turbodiesel e 2,4-litros. Na sequência aparecem menções ao consumo do turbodiesel e ao nível de ruído de várias versões (28% cada item), itens de conveniência e posição de dirigir (22% cada) e segurança (17%).

O ponto negativo mais comentado da Toro foi reparado na linha 2020: a central de áudio oferecida até 2019, com tela pequena e sem interface para celular, reclamada por 33% dos participantes. Logo atrás estão o acabamento, que vários dizem estar em desacordo ao preço da picape, e o consumo dos motores flexíveis (28% cada quesito). O torque do motor 1,75 foi criticado por 22% dos donos, dentro do universo que inclui as várias versões. Quatro pontos aparecem empatados com 17% de citações: aceleração inicial do motor turbodiesel, capota marítima que deixa entrar água na caçamba, espaço no banco traseiro e qualidade de áudio do sistema.

 

A topo de linha Volcano (modelo 2017 nas fotos) sempre ofereceu o motor turbodiesel com caixa automática; hoje pode vir também com o flexível de 2,4 litros

 

Que defeito mais incomoda os proprietários de Toro? São os ruídos internos, em geral em portas e seus forros, apontados por 28% na pesquisa. Outros problemas foram raros, citados por dois donos ou 11%: defeitos de motor, parte elétrica, dificuldade de partida e falha na tampa da caçamba.

 

 

No conjunto, 61% dos proprietários disseram estar muito satisfeitos com a Toro, um índice apenas razoável no universo das pesquisas feitas até aqui com automóveis (ainda não fizemos a análise de outras picapes). A rede de concessionárias da Fiat é que tem deixado muito a desejar, ao deixar muito satisfeitos apenas 33% dos participantes.

Mais Guias de Compra

 

Satisfação com o carro

Muito satisfeitos61%
Parcialmente satisfeitos28%
Insatisfeitos11%
Pesquisa com 18 donos

 

Satisfação com a rede de concessionárias

Muito satisfeitos33%
Parcialmente satisfeitos56%
Insatisfeitos11%
Não usam0
Pesquisa com 18donos

 

 

Ficha técnica

Toro 1,75 flexívelToro 2,0 turbodiesel
Motor
Posiçãotransversaltransversal
Cilindros4 em linha4 em linha
Comando de válvulasno cabeçoteduplo no cabeçote
Válvulas por cilindro4, variação de tempo4
Diâmetro e curso80,5 x 85,8 mm83 x 90,4 mm
Cilindrada1.747 cm³1.956 cm³
Taxa de compressão12,5:116,5:1
Alimentaçãoinjeção multiponto sequencialinjeção direta, turbocompressor, resfriador de ar
Potência máxima135/139 cv a 5.750 rpm*170 cv a 3.750 rpm
Torque máximo18,8/19,3 m.kgf a 3.750 rpm*35,7 m.kgf a 1.750 rpm
Transmissão
Tipo de caixa e marchasmanual, 5 ou automática, 6manual, 6, ou automática, 9
Traçãodianteiradianteira ou integral
Freios
Dianteirosa disco ventiladoa disco ventilado
Traseirosa tambora tambor
Antitravamento (ABS)simsim
Direção
Sistemapinhão e cremalheirapinhão e cremalheira
Assistênciaelétricaelétrica
Suspensão
Dianteiraindependente, McPherson, mola helicoidal
Traseiraindependente, multibraço, mola helicoidal
Rodas
Dimensões16 pol17 pol
Pneus215/65 R 16225/65 R 17
Dimensões
Comprimento4,915 m4,915 m
Largura1,844 m1,844 m
Altura1,68 m1,743 m
Entre-eixos2,99 m2,99 m
Capacidades e peso
Tanque de combustível60 l60 l
Caçamba820 l820 l
Capacidade de carga650 kg1.000 kg
Peso em ordem de marcha1.619 kg1.871 kg
Desempenho e consumo
Velocidade máxima172/175 km/h*188 km/h
Aceleração de 0 a 100 km/h12,8/12,2 s*10,0 s
Consumo em cidade9,5/6,4 km/l*10,0 km/l
Consumo em rodovia11,2/7,8 km/l*12,6 km/l
Dados do fabricante; *gasolina/álcool; desempenho e consumo da versão flexível com caixa automática; consumo conforme padrões do Inmetro