Guia: Ford Ka é grande em satisfação dos donos

Hatch e sedã da atual geração mostram economia, espaço e desempenho; usuários relatam poucos problemas

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação

 

Entre as muitas opções de carros pequenos do mercado nacional, quais são as melhores compras? As opiniões dos donos no Teste do Leitor, que dão uma boa indicação, têm sido compiladas no Guia de Compra e chegou a vez do Ford Ka de terceira geração, lançado em 2014 como hatch e como o sedã Ka Mais (depois renomeado apenas Ka Sedan).

O lançamento desse Ka marcou a reunificação da oferta da Ford brasileira à da europeia nesse segmento, depois de andarem juntas na primeira geração (fabricada aqui entre 1997 e 2007) e se afastarem na segunda. O carro produzido em Camaçari, BA, era basicamente igual ao feito na Índia (onde se chamava Figo) e vendido também na Europa. O sedã, porém, não chegava ao mercado europeu.

 

O Ka de terceira geração chegou em 2014 com versões de 1,0 e 1,5 litro e acabamentos SE e SEL; o hatch (fotos) logo foi seguido pela inédita opção de sedã

 

Novo desde a plataforma — agora derivada da que servia ao Fiesta —, o Ka adotava novos motores: de três cilindros e 1,0 litro com até 85 cv e de quatro cilindros e 1,5 litro com até 110 cv, ambos com caixa manual. Eles podiam ser combinados às versões SE e SEL. Em 2017 aparecia o “aventureiro” Ka Trail, de curta duração, com suspensão elevada e pneus de uso misto; os dois motores estavam disponíveis. Versões S, Tecno e Advanced vinham pouco depois.

 

 

Novidades mais extensas chegavam ao Ka 2019. O motor de 1,5 litro agora era o mesmo do Ecosport, com três cilindros e até 136 cv, e havia opção de transmissão automática de seis marchas. A versão Freestyle do hatch substituía a Trail, mantendo a maior altura de rodagem, mas com pneus de asfalto e decoração que incluía painel em marrom — de início só com motor 1,5, depois também com o 1,0.

Ka sedã e hatch tinham ainda novos para-choques e opções inéditas como bolsas infláveis laterais dianteiras e cortinas, chave presencial, bancos de couro, câmera traseira de manobras e central de áudio Sync 3 com tela sensível ao toque e interface com Android Auto e Apple Car Play. As versões eram revistas para S (hatch 1,0), SE, SE Plus (ambas as carrocerias e motores), SEL (sedã 1,5) e Titanium (ambos 1,5), além do Freestyle. Meses mais tarde a série 100 — alusiva ao centenário da Ford no Brasil — era a primeira edição limitada do Ka, com motor 1,5 e caixa automática.

 

O sedã mantinha o espaço interno do hatch, mas com bom ganho para bagagem; embaixo, a versão “aventureira” Trail com suspensão e pneus mais altos

 

Espaçoso e econômico

Entre os atributos mais citados pelos proprietários de Ka aparecem dois itens, destacados por 56% dos participantes: espaço interno e consumo de combustível, este válido para os três motores e os dois tipos de transmissão. Na sequência aparece o desempenho (50%), também elogiado por donos das várias opções mecânicas. A lista segue com bancos/posição de dirigir (citados por 38%), direção (31%), estilo, porta-malas do sedã e relação custo-benefício (25% cada) e itens de conveniência (22%). Outros quatro quesitos — acabamento, conforto da suspensão, estabilidade e sistema de áudio — foram lembrados por 19% dos donos.

 

Com muito a elogiar e pouco a reclamar, 81% dos donos de Ka e Ka Sedan disseram-se muito satisfeitos com o carro, um dos melhores índices do segmento

 

Elcio Soares Junior, de São Paulo, SP, tem um Ka Sedan SE 1,0 2020 e relata: “O desempenho surpreende para um 1.0. Atende bem em todas as faixas de giros, inclusive com ar-condicionado ligado. Tem ótimo espaço interno e porta-malas, este auxiliado pelas dobradiças pantográficas, que permitem o seu total aproveitamento. Bancos confortáveis, que garantem viagens sem dores nas costas. Suspensão bem ajustada e com bom nível de estabilidade”.

Diante de tantos pontos positivos, a menção a aspectos negativos é modesta. O mais citado foi acabamento (22%), tanto pelos materiais quanto pela montagem, seguido de consumo (19%). Assim como os elogios, as críticas ao rendimento de combustível valem para os três motores, o que indica variações conforme as condições de uso — ou expectativas bem diversas entre os motoristas. O porta-malas do Ka hatch e os vãos entre painéis de carroceria, muitas vezes irregulares, são criticados por 16% dos participantes. Por fim, quatro itens alcançaram o mesmo índice de 13%: iluminação dos faróis, iluminação do quadro de instrumentos, desempenho de versões de 1,0 litro e o vão de acesso ao porta-malas do sedã.

 

Pequenas alterações por fora e boas novidades por dentro na linha 2019: central de áudio Sync 3, mais bolsas infláveis, novo motor 1,5-litro, caixa automática

 

“Ao entardecer fica difícil ver as indicações do painel, que é bem pequeno. Porta-malas pode não atender a famílias com filhos.Portas ‘estufam’ quando do acionamento dos vidros elétricos e ao final de curso. Faróis são fracos para uso em estradas”, reclama Miguel Ângelo Araújo, de Brasília, DF, sobre seu Ka SE 1,0 hatch 2019. “Excesso de plástico duro, que pode riscar facilmente”, acrescenta Murilo, de Joinville, SC, que tem um SE 1,0 hatch 2018.

 

 

A incidência de defeitos do Ka pode ser considerada baixa. Apenas um item — ruídos internos — alcançou maior percentual de citações, 19%. Outras quatro reclamações (coxim do motor, ruídos na suspensão, ruídos no sistema de ventilação interna e revestimento de porta que se soltou) foram apontadas por 6%, ou seja, apenas dois dos 32 donos que participaram da pesquisa.

Anderson de Melo Pinto, do Rio de Janeiro, RJ, tem um Ka SE Plus 1,5 automático 2019 e aponta os problemas: “Vibração, ruídos internos, suspensão barulhenta, banco barulhento, coxim superior direito, coxim do câmbio”. Victor Machado, de Salvador, BA, adiciona sobre seu SE 1,0 hatch 2015: “Um ruído, uma gemedeira, no forro da porta do lado do carona”.

 

O Ka Freestyle assumia o lugar do Trail com painel marrom e pneus de asfalto; depois da versão 1,5 de três cilindros, passava a oferecer o motor 1,0-litro

 

Com muito a elogiar e pouco a reclamar, os proprietários de Ka e Ka Sedan mostram um índice de satisfação muito bom: 81% disseram-se muito satisfeitos com o carro. Entre a nova fase e a anterior do Guia de Compra, é um dos melhores índices do segmento, atrás de Volkswagen Up (94%) e dos antigos Chevrolet Onix e Prisma (82%), empatado com o Peugeot 208 (81%) e à frente de Toyota Etios (76%), Hyundai HB20 e HB20S anteriores (75%), Renault Logan e Sandero (69%), Fiat Grand Siena (64%), VW Fox e Spacefox (60%) e VW Polo (58%).

 

 

O trabalho das concessionárias Ford também foi, de modo geral, bem avaliado: 56% estão muito satisfeitos com a rede, marca que perde para as de Etios (69%) e HB20 (63%), mas supera as de Onix e Prisma (46%), Polo (45%), Logan e Sandero (41%), Fox (40%), 208 (38%) e Grand Siena (30%). Os resultados referem-se à época de cada Guia de Compra e podem ser diferentes da situação atual.

Mais Guias de Compra

 

Satisfação com o carro

Muito satisfeitos81%
Parcialmente satisfeitos13%
Insatisfeitos6%
Pesquisa com 32 donos

 

Satisfação com a rede de concessionárias

Muito satisfeitos56%
Parcialmente satisfeitos31%
Insatisfeitos13%
Não usam0
Pesquisa com 32 donos

 

 

Ficha técnica

Ka S 1,0 hatchKa Titanium 1,5 hatch
Motor
Posiçãotransversaltransversal
Cilindros3 em linha3 em linha
Comando de válvulasduplo no cabeçoteduplo no cabeçote
Válvulas por cilindro4, variação de tempo4, variação de tempo
Diâmetro e curso71,9 x 81,8 mm84 x 90 mm
Cilindrada997 cm³1.497 cm³
Taxa de compressão12:112:1
Alimentaçãoinjeção multiponto sequencial
Potência máxima (gas./álc.)80/85 cv a 6.300 rpm128/136 cv a 6.500 rpm
Torque máximo (gas./álc.)10,2 m.kgf a 3.500 rpm/ 10,7 m.kgf a 4.500 rpm15,6/16,1 m.kgf a 4.750 rpm
Transmissão
Tipo de caixa e marchasmanual, 5automática, 6
Traçãodianteiradianteira
Freios
Dianteirosa discoa disco ventilado
Traseirosa tambora tambor
Antitravamento (ABS)simsim
Direção
Sistemapinhão e cremalheirapinhão e cremalheira
Assistênciaelétricaelétrica
Suspensão
Dianteiraindependente, McPherson, mola helicoidal
Traseiraeixo de torção, mola helicoidal
Rodas
Dimensões5,5 x 14 pol6 x 15 pol
Pneus175/65 R 14195/55 R 15
Dimensões
Comprimento3,941 m3,941 m
Largura1,695 m1,695 m
Altura1,525 m1,525 m
Entre-eixos2,49 m2,49 m
Capacidades e peso
Tanque de combustível52 l52 l
Compartimento de bagagem257 l257 l
Peso em ordem de marcha1.033 kg1.108 kg
Desempenho e consumo (gas./álc.)
Velocidade máximaNDND
Aceleração de 0 a 100 km/h14,8 s10,6 s
Consumo em cidade13,4/9,2 km/l11,0/7,8 km/l
Consumo em rodovia15,5/10,7 km/l14,2/10,1 km/l
Dados do fabricante; consumo conforme padrões do Inmetro; ND = não disponível