Vamos para a terra! A curtição do fora do estrada

Motite

Estradas de terra e trilhas estão entre as grandes diversões que a moto oferece, mas é importante tomar alguns cuidados

 

Existem duas formas de começar a praticar atividades fora de estrada com moto: sem querer, quando no meio da viagem se depara com uma estrada de terra, ou por pura curtição e prazer! A segunda, claro, é a mais legal.

Pilotar por estradas de terra ou trilhas é um grande barato — e um dos melhores aprendizados para se tornar um motociclista completo. Ter a experiência de pilotar uma moto específica de fora de estrada, em uma pista de motocross ou trilha, representa um enorme incremento nas técnicas de pilotagem para qualquer outro tipo de moto. Até os pilotos campeões mundiais de motovelocidade treinam em pistas de terra como forma de adquirir sensibilidade para controlar as derrapagens.

No fora de estrada é preciso 100% de foco o tempo todo, porque o piso muda de coeficiente de atrito de uma hora para outra. O piloto vem na reta com um tipo de piso, freia em outro piso e faz a curva em um terceiro – e, quando acelera, encontra um quarto tipo. Imagine o quanto de variáveis podem mudar em apenas 200 metros de terreno.

 

Saltos com a Honda CRF 230: divertidos, mas proteção é essencial (fotos: Caio Mattos)

 

Começar no fora de estrada exige, antes de mais nada, equipamento adequado. Não só a moto: é preciso investir em equipamento básico porque a gente cai muito. E nem adianta pensar “ah, eu não vou cair…”, porque é simplesmente inerente à atividade. Como o piloto de fora de estrada permanece mais tempo em pé, apoiado apenas nas pedaleiras, as quedas são até mais lentas, mas de uma altura maior. Por isso a chance de se machucar é grande.

É preciso investir em um bom equipamento, incluindo joelheiras articuladas e protetores de pescoço. Esse primeiro investimento é alto, mas saiba que eles duram muitos anos: tenho botas com mais de 15 anos que continuam inteiras. Assim, o custo se dilui ao longo dos anos e na primeira queda ele se paga. Em seguida, precisa-se começar a praticar. No Brasil já existem alguns cursos que ensinam os primeiros passos (veja quadro no fim do texto), e é sempre melhor aprender com um professor do que com um amigo impaciente.

 

 

Nas estradas, atenção ao sentido oposto

Hoje existem pistas de motocross e cross-country particulares em várias cidades do Brasil. É fácil construir uma pista de cross: basta o terreno e um trator Bobcat. Já a trilha envolve uma infraestrutura um pouco mais complexa. Antigamente, íamos rodando com as motos de trilha até chegar aos trechos de terra. Hoje a fiscalização pega no pé (com razão) e é preciso levar a moto em uma carreta ou picape (leia coluna com dicas para escolher a melhor opção). Também fique de olho nas áreas que admitem ou proíbem a entrada de veículos motorizados.

Em termos de segurança, quando pegar estradinhas de terra, lembre sempre que há outros veículos vindo no sentido contrário — alguns bem grandes e cheios de ferro —, além de pedestres e ciclistas. E quando estiver na mata fechada fique atento aos animais: eles se assustam com o ruído das motos e podem correr justamente em sua direção.

Tenha sempre um kit básico de ferramentas e um telefone celular (melhor que use mais de uma operadora, pois a cobertura em locais distantes dos centros é menor). Leve uma mochila com água e algumas barras de cereal. A lista de itens para fora de estrada é enorme e não caberia em apenas uma coluna. A melhor fonte de informação são os amigos praticantes, mas a internet pode ajudar: existem inúmeras dicas importantes de segurança e pilotagem, sobre como passar por atoleiros, enfrentar subidas íngremes, pisos de baixa aderência, etc.

De uma coisa você pode ter certeza: isso vicia! Uma vez inoculado com o vírus do fora de estrada, dificilmente vai encontrar uma vacina. Pode começar a se embrenhar pelo mato, porque moto e mato combinam perfeitamente.

 

Onde aprender e praticar

• Speed Master Off-Road – Haras Tuiuti, em Tuiuti, SP – Fone (11) 9-9458-7351 – www.speedmaster.com.br

• Jean Azevedo Offroad School – Santa Branca, SP – Fone (12) 9-9790-0987 – www.offroadschool.com.br

• Big Trails Adventure – Cambuquira, MG – www.bigtrailsadventure.com.br

• Moto Atacama – passeios pela América do Sul – www.motoatacamaentretenimento.com.br

Coluna anterior

Geraldo Tite Simões é jornalista e instrutor de pilotagem dos cursos Abtrans e Speed Master

A coluna expressa as opiniões do colunista e não as do Best Cars