Best Cars faz 22 anos, mas como seria se tivesse 44?

Os carros são autônomos e não existem mais motores a combustão: vamos 22 anos adiante, a outubro de 2041

 

É inevitável: quando comemoramos um aniversário, vêm as lembranças do ano que se passou ou de toda a trajetória percorrida até ali. Nada mais natural, pois a palavra comemorar tem origem no latim commemorare e significa trazer à memória, relembrar. Era o que fazíamos eu e meu amigo e colaborador Kleber Nogueira na última terça-feira (22), dia em que o Best Cars completava 22 anos de atividade. Conversa vai, conversa vem, e o assunto mudou para filhos — eu tenho dois garotos e ele uma menina.

Kleber então comentou, achando graça, que sua filhinha não queria almoçar naquele dia sob o argumento de já ter almoçado na véspera… Pois bem: como já falamos de passado nos 21 editoriais de aniversário anteriores, dessa vez vamos falar de futuro.

 

Automóveis antigos fizeram uma carreata em São Paulo: os donos pedem a volta dos motores a combustão, banidos dos veículos novos há anos

 

De carona em um DeLorean DMC-12 como o da trilogia De Volta para o Futuro, abrimos a porta asa de gaivota e percebemos ter sido transportados para 22 de outubro de 2041. Num instante, faz 22 anos que o Best Cars completou 22 anos. Como é o automóvel agora? O que mudou no mercado, nas ruas, em nossa relação com ele? Para responder, vamos conferir algumas notícias publicadas pelo site no dia desse aniversário pela interwave, um sistema de ondas que chegam ao cérebro dos leitores.

Bugatti do futuro em ilustração de Hao Hu: poderia ser assim o Chiron de 1.283 km/h?

Recorde com Bugatti. O Bugatti Chiron Supersonic bateu novo recorde de velocidade: 1.283,25 km/h. O carro supersônico usa motores elétricos com 12.000 kW, potência equivalente ao consumo de 24.000 residências. Com a tecnologia de amortecimento supersônico, o fluxo em torno do carro se comporta como subsônico mesmo a velocidades supersônicas. O pacote opcional Driver’s inclui volante e pedais retráteis para que o carro possa ser dirigido por um motorista em pistas fechadas. “Nossa próxima meta é 1.500 km/h”, anunciou o fabricante.

Carreata pelos motores. Mais de 200 automóveis antigos fizeram nesta manhã uma carreata em São Paulo, SP. Os donos pedem a volta dos motores a combustão, banidos dos veículos novos há anos. O movimento foi recebido com entusiasmo — “Ouvi um motor V8 pela primeira vez na vida”, empolgou-se um jovem —, mas alguns lamentaram a produção de ruídos e a emissão de CO2 do evento.

Curso de direção. A empresa Dirija Você Mesmo anuncia o curso de direção veicular com aulas teóricas e práticas. O objetivo é ensinar os interessados a girar o volante, pisar nos pedais e até olhar pelo para-brisa de um carro, procedimentos que caíram em desuso com os veículos autônomos. “Ensinamos a acelerar, frear, fazer curvas e, no estágio mais avançado, até mesmo colocar o carro em uma vaga entre dois veículos. Com essas habilidades que seus pais e avós tiveram, você pode participar de eventos com automóveis antigos em locais fechados com toda a segurança”, anuncia a empresa.

 

 

Novo SUV da Ferrari. A Ferrari revela o 899 GTB All Terrain, sua oitava opção de utilitário esporte. Ele usa pilha a combustível com um motor elétrico de 300 kW em cada roda, tem quase dois metros de altura e central de entretenimento de 60 polegadas com imagens exibidas no para-brisa, que pode ser desativada se os ocupantes preferirem ver o mundo exterior. A condução autônoma usa radar com alcance de 3 km e análise por inteligência artificial para prever os acontecimentos à frente.

Teste do Leitor. Os carros de marcas chinesas obtiveram os 10 melhores lugares na contabilização parcial do Teste do Leitor do Best Cars durante 2041, com índice de donos muito satisfeitos entre 98,3% e 82,5%. Recebidos com ceticismo em sua chegada ao Brasil há cerca de 30 anos, os modelos de fabricantes originários da China representam hoje 72% das vendas de carros novos.

 

Novo SUV da Ferrari usa pilha a combustível e tem central de entretenimento com imagens exibidas no para-brisa, que pode ser desativada para se ver o mundo exterior

 

Movimento nas praias cresceu 80% com os carros autônomos, pois os congestionamentos nas rodovias acabaram

Rodízio nas praias. As prefeituras de Santos, Guarujá e Ilhabela (SP) anunciam um rodízio de banhistas nas praias dessas cidades. Aos sábados e domingos, cidadãos com CPF terminado em número par poderão usar as praias apenas até 13h, e os de número ímpar, só após esse horário. “Desde a adoção dos carros autônomos, acabaram-se os congestionamentos nas rodovias que ligam São Paulo ao litoral. Com isso, o volume de banhistas aumentou 80% e foi preciso implantar o rodízio, pois os guarda-sóis estavam se enroscando”, explica o prefeito do Guarujá.

Gol 2042. A Volkswagen anuncia para a linha 2042 a décima sétima reestilização do Gol, que renova o desenho do modelo lançado 32 anos atrás. Os faróis foram inspirados nos do Golf alemão de décima primeira geração. “Com essa evolução mantemos a competitividade de nosso modelo de entrada, um dos preferidos do setor de locação por minuto”, informou a marca.

Best Cars. A edição especial de aniversário de 44 anos do Best Cars tem grandes atrações: comparativo de 12 carros autônomos, avaliação de novas minivans de diretoria (com bancos giratórios para reuniões enquanto o carro se dirige ao destino) e, na seção Carros do Passado, os esportivos que marcaram os últimos anos do motor a combustão. “Foram 44 anos muito gratificantes com nossos leitores. Estamos cheios de energia para os 44 que virão”, anuncia o otimista editor Fabrício Samahá, de 66 anos.

Editorial anterior