Strada Endurance cumpre seu papel, mas só vale para CNPJ

Apesar das boas novidades, apenas desconto na venda direta faz compensar a escolha da picape Fiat mais simples

Texto e fotos: Fabrício Samahá

 

Demorou, mas quase 22 anos depois do lançamento a Fiat Strada passa, afinal, à segunda geração — as muitas mudanças feitas até então caracterizavam apenas reestilizações. Sem um lançamento nos moldes tradicionais, por causa da pandemia de Covid-19, a Fiat passou direto aos empréstimos da nova picape para teste completo. Começamos pela análise em 10 itens da versão de entrada Endurance de cabine dupla (preço sugerido de R$ 81.130 como avaliada), ficando a Volcano para daqui a algumas semanas.

Estilo
Tantas alterações parciais mais tarde, enfim a Fiat pôde desenhar a Strada a partir do zero… ou quase. O uso das portas dianteiras e do para-brisa do Mobi impôs algumas limitações, mas a frente é toda exclusiva, com um estilo interessante, e a traseira deixa clara a inspiração na Toro. Ainda que longe de ser tão bela quanto a “irmã” maior, a picapinha agradou à maioria, mesmo com a “cara preta” dessa versão causada pelo para-choque dianteiro sem pintura.

 

Frente própria, portas de Mobi e traseira inspirada na Toro formam um desenho interessante na nova Strada; para-choques da versão Endurance não são pintados

 

Acabamento e conveniência
Como versão mais simples da linha, a Strada Endurance convence por dentro. O painel semelhante ao do Uno e outras seções têm plásticos de bom aspecto, o tecido dos bancos é apropriado e apliques pintados contribuem para evitar uma impressão despojada.

 

 

Entre as conveniências estão alerta para uso de cinto para motorista e passageiro, alerta programável para excesso de velocidade, assistente para saída em rampa, comandos de áudio e do computador de bordo no volante, controle elétrico de vidros com função um-toque para todos, temporizador, fechamento automático ao travar o carro e comando a distância para abertura; câmera traseira de manobras, comando da tampa do tanque integrado à trava das portas, duas tomadas USB (uma acessível aos passageiros de trás), espelho em ambos os para-sóis, indicador específico de qual porta está mal fechada, sensores de estacionamento na traseira e vários bons espaços abertos para objetos — além de os difusores de ar, afinal, estarem na altura correta.

 

Interior tem bom aspecto para uma versão básica e seção digital nos instrumentos; bancos adequados na frente; espaço traseiro aumentou, mas ainda é limitado

 

Muito boa é a nova central de áudio com tela de sete polegadas e integração a celular por Android Auto e Apple Car Play (ambos sem uso de cabo, se o telefone for compatível), que usa menus fáceis de operar. A qualidade de áudio é mediana. Pontos melhoráveis: os vidros dianteiros não descem até o fim (vão incomodar os que apoiam o braço na porta) e faltam ajuste elétrico de retrovisores e luz de cortesia para o banco traseiro.

 

A nova Strada leva 844 litros de carga até as bordas da caçamba, aumento importante sobre a anterior; abrir e fechar a tampa ficou bem leve com o sistema de mola

 

Posto do motorista
Os bancos dianteiros são adequados e com bom apoio de coxas, embora devesse ser maior na região lombar, e o volante tem desenho e posição corretos, ainda que regulável apenas em altura. O quadro de instrumentos inclui conta-giros, computador de bordo com dois trajetos, repetidor digital do velocímetro e indicador de horas de funcionamento do motor.

Na parte de iluminação, à parte as luzes diurnas (halógenas), a Endurance traz só o essencial: os faróis são de refletor único, não há unidades de neblina nem repetidores laterais de luzes de direção. Em visibilidade, as largas colunas dianteiras prejudicam mais que as do modelo antigo, mas não poderia ser diferente após 20 anos de evolução dos padrões de segurança em colisões.

 

Indicador de horas do motor, alerta de velocidade, vidros um-toque com fechamento ao travar, câmera traseira e nova central de fácil operação com interface sem fio

 

Espaço interno
A nova Strada é a primeira picape do segmento — se colocarmos a Renault Duster Oroch, digamos, meio segmento acima — com quatro portas na versão de cabine dupla, em lugar da terceira porta aberta para trás no lado direito do modelo anterior. Ela passou também a oferecer três lugares (portanto, três cintos) no banco traseiro, o que estava devendo para a rival Volkswagen Saveiro.

 

 

Como ficou a acomodação dos passageiros de trás? Melhor que antes, sem dúvida, mas isso não diz muito. Embora ampliado, o espaço para pernas continua modesto, mesmo em comparação a hatches pequenos — ampliar o vão entre os bancos implicaria reduzir a caçamba ou deixar o carro mais comprido —, e há pouca largura. Ponto positivo é o espaço para cabeça.

 

Quatro portas convencionais são boa novidade no segmento; caçamba está maior em 164 litros e traz luz interna; atrás da cabine, porta-escada e grade protetora

 

Caçamba
A nova Strada leva 844 litros de carga até as bordas da caçamba, aumento importante de 164 litros sobre os 680 da anterior. A capacidade em peso foi mantida em 650 kg. Abrir e fechar a tampa ficou bem leve com o sistema de mola — basta uma das mãos, até de uma pessoa de menor força — e sua maçaneta é travada junto das portas. Há quatro ganchos de amarração de carga em cima e quatro embaixo, estrutura com porta-escada junto à cabine e uma prática luz na lateral direita com comando no painel. O estepe sob a caçamba usa pneu igual aos outros.

Próxima parte

 

Preços

Sem opcionais R$ 74.990
Como avaliado R$ 81.130
Completo R$ 84.230
Preços sugeridos em 21/7/20 para São Paulo, SP; apenas o preço completo inclui pinturas especiais

 

Equipamentos de série e opcionais

Strada Endurance 1,4 de cabine dupla – Ar-condicionado, assistente de partida em rampa, bloqueio eletrônico de diferencial, bolsas infláveis laterais dianteiras, computador de bordo, controle eletrônico de estabilidade e tração, direção assistida hidráulica, luzes diurnas, preparação para áudio, protetor de caçamba, rodas de 15 pol, volante com ajuste de altura.

Opcionais – Calotas, cobertura marítima de caçamba, pacote Audio (rádio com USB e comandos no volante), pacote Worker (alarme, banco do motorista com ajuste de altura, controle elétrico de vidros, travas, tampa de caçamba e tampa de combustível) e pacote Teck (câmera traseira de manobras, central de áudio com tela de 7 pol, integração a celular sem fio e duas portas USB, sensor de estacionamento traseiro).

• Garantia – Três anos sem limite de quilometragem.

Próxima parte