Custo-benefício é ponto alto do Ford Ka+ de 1,0 litro

Ford Ka Mais SEL

 

Motor de 85 cv não é ideal para encher o porta-malas do sedã,
mas preço torna a versão muito atraente diante da concorrência

Texto: Fabrício Samahá e Edison Ragassi – Fotos: divulgação

 

No fim de julho foi o hatch com motor de 1,0 litro; em agosto, o sedã de 1,5 litro, que em setembro comparamos ao Renault Logan; e em outubro foi a vez do hatch de mesmo motor. Da nova linha Ford Ka só nos faltava dirigir uma combinação — o sedã Ka+ com a unidade de 1,0 litro e três cilindros —, o que pudemos fazer em (mais) um evento de imprensa promovido pela marca tendo o modelo como tema.

Ao contrário do Ka hatch de 1,0 litro ou do sedã 1,5, o Ka+ 1,0 é oferecido apenas na versão SE, ao preço sugerido de R$ 37.890, com opção pelo pacote Plus por R$ 2 mil (a SEL, mais equipada, não está disponível com esse motor). Os conteúdos de série são os mesmos do hatch, como ar-condicionado, direção assistida, controles elétricos de vidros dianteiros e travas, rádio com MP3 (sem toca-CDs) e interface Bluetooth para telefone celular, abertura elétrica do porta-malas e freios ABS com distribuição eletrônica da força de frenagem (EBD), além de bolsas infláveis frontais. O pacote Plus acrescenta controles elétricos de vidros traseiros e sistema de áudio Sync com comandos por voz, toca-CDs e assistência de emergência.

 

Ford Ka Mais SEL
Ford Ka Mais SEL
 
Comparado ao SEL das fotos, o Ka+ SE 1,0 tem diferenças como rodas de 14 pol com
calotas e ausência de faróis de neblina; não há identificação externa do motor

 

Com valores R$ 5 mil mais baixos que os das mesmas versões com motor de 1,5 litro, o Ka+ 1,0 revela preços e conteúdos bastante competitivos diante de adversários de mesma cilindrada, como Chevrolet Prisma LT (R$ 43 mil), Hyundai HB20 S Comfort Plus (R$ 41,6 mil), Renault Logan Expression (R$ 39,3 mil) e Volkswagen Voyage Comfortline (R$ 39,3 mil). Outros sedãs da classe não oferecem versão de 1,0 litro, mas também competem em preço, como Fiat Grand Siena Attractive 1,4 (R$ 41,7 mil), Nissan Versa S 1,6 (R$ 42,4 mil) e Toyota Etios X 1,5 (R$ 42,7 mil).

 

Para um motor de 1,0 litro, o três-cilindros mostra
vivacidade, desde que seja mantido acima de
2.500 rpm: a potência específica cobra seu preço

 

Por fora, nada indica que se trata da versão de menor cilindrada, pois não há alusão ao motor na identificação da traseira — apenas Ka, sem nem mesmo o “+” do sedã. O SE vem com rodas de aço de 14 pol com calotas e pneus 175/65, em vez das rodas de alumínio de 15 pol com 195/55 do SEL; também não traz faróis de neblina (as fotos de divulgação mostram o SEL, pois a Ford não produziu as da versão avaliada).

Da mesma forma, o interior repete o do hatch ou o do SE 1,5. Comparado ao do sedã SEL que avaliamos, notam-se diferenças de acabamento, como portas traseiras sem revestimento em tecido, e faltas como computador de bordo e ajuste de altura do banco do motorista. O espaço no banco de trás é satisfatório para dois adultos ou três crianças, nada diferente da maioria dos sedãs desse porte (o Logan foge à regra). A capacidade do porta-malas, 445 litros, é boa sem se destacar na classe.

 

Ford Ka SEL

 

Ford Ka SEL
Ford Ka SEL
 
No interior bem desenhado e com espaço adequado, o SE com pacote Plus traz
o sistema Sync com comandos de voz, mas o acabamento é mais simples

 

O motor de três cilindros tem soluções de certo requinte técnico como duplo comando, quatro válvulas por cilindro com variação de tempo de abertura, correia dentada dos comandos com vida útil de 240.000 km, partida a frio com preaquecimento de álcool e duplo circuito de arrefecimento (leia mais sobre ele). A potência de 80 /85 cv e o torque de 10,2/10,7 m.kgf, sempre na ordem gasolina/álcool, estão entre os mais altos da categoria de 1,0 litro e lidam com um peso de 1.022 kg.

 

 

A avaliação alternou trechos em cidade, em Sorocaba (SP), e em rodovia (Castelo Branco) até Porto Feliz (SP). Para um motor de 1,0 litro, ele mostra vivacidade, desenvolvendo velocidade de maneira rápida, desde que seja mantido acima de 2.500 rpm. A alta potência específica cobra seu preço na pouca força em baixas rotações, o que torna a versão de 1,5 litro recomendável para quem não gosta de usar muito o câmbio — que não oferece resistência para os engates, bastante precisos.

Na cidade ele mostra-se bem acertado no anda-para do transito. Ao transpor valetas e lombadas, a suspensão e os pneus absorvem bem os impactos, sem desconforto — uma vantagem da medida escolhida para a versão SE, com perfil mais alto que na SEL. A direção bem leve em cidade deve agradar sobretudo às mulheres. Na rodovia o Ka+ embala fácil e em quinta marcha mantém os 120 km/h com o motor a 3.900 rpm, abaixo da média para sua cilindrada, o que denota boa escolha das relações de transmissão pelo fabricante. Nessa condição o volante ganha peso adequado e transmite confiança.

 

Ford Ka Mais
Ford Ka Mais SEL
 
Com peso equivalente ao do hatch SEL e pneus mais estreitos, o Ka+ SE obtém
certa agilidade do motor de 85 cv, desde que mantido acima de 2.500 rpm

 

Um aspecto mal resolvido nesse motor é o nível de vibrações, um ponto inerente aos três cilindros que teve melhor resultado na unidade Volkswagen usada por Up e Fox Blue Motion. Mesmo que não represente grande desconforto, deixa uma impressão negativa, sobretudo a quem não souber dessa propensão a vibrar das unidades de cilindros ímpares. Faltou oportunidade para julgar o comportamento em curvas, mas tudo indica que se mantenha a atitude segura da versão SEL 1,5, com perda discreta pelos pneus mais estreitos.

Dez anos depois do lançamento do Fiesta Sedan “Rocam”, que agora saiu de produção, a Ford tem um novo — e respeitável — competidor na categoria de sedãs de 1,0 litro com o Ka+. Os argumentos demonstrados indicam grandes chances de repetir o êxito que o hatch da linha já vem alcançando desde sua chegada ao mercado.

Mais Avaliações

 

Ficha técnica

Motor
Posiçãotransversal
Cilindros3 em linha
Comando de válvulasduplo no cabeçote
Válvulas por cilindro4, variação de tempo
Diâmetro e curso71,9 x 81,8 mm
Cilindrada997 cm³
Taxa de compressão12:1
Alimentaçãoinjeção multiponto sequencial
Potência máxima (gas./álc.)80/85 cv a 6.300 rpm
Torque máximo (gas./álc.)10,2 m.kgf a 3.500 rpm/10,7 m.kgf a 4.500 rpm
Transmissão
Tipo de câmbio e marchasmanual, 5
Traçãodianteira
Freios
Dianteirosa disco
Traseirosa tambor
Antitravamento (ABS)sim
Direção
Sistemapinhão e cremalheira
Assistênciaelétrica
Suspensão
Dianteiraindependente, McPherson, mola helicoidal
Traseiraeixo de torção, mola helicoidal
Rodas
Dimensões14 pol
Pneus175/65 R 14
Dimensões
Comprimento4,254 m
Largura1,695 m
Altura1,525 m
Entre-eixos2,491 m
Capacidades e peso
Tanque de combustível52 l
Compartimento de bagagem445 l
Peso em ordem de marcha1.022 kg
Desempenho e consumo (gas./álc.)
Velocidade máximaND/166 km/h
Aceleração de 0 a 100 km/hND/13,9 s
Consumo em cidade13,0/8,9 km/l
Consumo em rodovia15,1/10,4 km/l
Dados do fabricante; ND = não disponível