Como se sai o novo Ecosport diante de Kicks e Captur

Ecosport
Ecosport
Kicks
Kicks
Captur
Captur

 

Baixo peso e transmissão eficiente e bem calculada deixam o Kicks com melhor aceleração; o Captur teve os piores índices tanto em desempenho quanto em consumo

 

 

Desempenho e consumo

Potência é bom, mas relação peso-potência é o que realmente importa. Isso ficou comprovado entre os três SUVs: o leve Kicks foi o mais rápido nas acelerações medidas pelo Best Cars, todos eles com gasolina, como ao arrancar de 0 a 100 km/h em 11,0 segundos contra 11,8 s do Ecosport e 13,2 s do Captur. Contribui para o desempenho do Nissan a transmissão CVT, tanto pela maior gama de relações quanto pela eficiência em transmitir energia se comparada à automática do Ford.

Também ficou melhor no carro da japonesa o ponto de “troca” de marcha ao acelerar a pleno, cerca de 6.000 rpm ou 400 acima do pico de potência. O Eco muda no regime de potência máxima (6.500 rpm), de modo que fica mais distante dele quando entra a marcha seguinte. No Captur, o contrário: chega a quase 6.000 rpm, ponto em que o motor já não produz tanta potência (pico a 5.000).

Potência e torque adicionais, porém, garantiram melhores retomadas ao Ford nas três medições. O Renault foi, mais uma vez, o último colocado. A favor deles está o fato de que ganhariam alguns cv com álcool, enquanto o Nissan (pelos dados oficiais) não seria beneficiado com tal combustível.

Carros leves e com caixa CVT costumam-se sair bem em consumo, e não foi diferente com o Kicks: obteve excelentes marcas nos trajetos urbanos e ainda superou os oponentes no rodoviário, embora por menor margem. O Ecosport, sempre o segundo colocado, venceu em autonomia por ter o maior tanque do grupo (o do Nissan, apenas 41 litros, é pequeno demais para viajar com álcool).

 

EcosportKicksCaptur
Aceleração
0 a 100 km/h11,8 s11,0 s13,2 s
0 a 120 km/h17,6 s16,1 s19,4 s
0 a 400 m18,8 s18,1 s19,7 s
Retomada
60 a 100 km/h*8,3 s9,1 s10,3 s
60 a 120 km/h*14,4 s14,6 s16,5 s
80 a 120 km/h*11,6 s11,7 s12,4 s
Consumo
Trajeto leve em cidade12,2 km/l15,0 km/l11,3 km/l
Trajeto exigente em cidade6,5 km/l8,2 km/l5,9 km/l
Trajeto em rodovia12,4 km/l13,7 km/l11,6 km/l
Autonomia
Trajeto leve em cidade571 km554 km509 km
Trajeto exigente em cidade304 km 303 km266 km
Trajeto em rodovia580 km 506 km522 km
Testes com gasolina; *com reduções automáticas; melhores resultados em negrito; conheça nossos métodos de medição

 

Dados dos fabricantes

EcosportKicksCaptur
Velocidade máximaND175 km/h168/169 km/h
Aceleração de 0 a 100 km/hND12,0 s14,5/13,1 s
Consumo em cidade10,4/7,1 km/l11,4/8,1 km/l10,5/7,3 km/l
Consumo em rodovia12,8/8,9 km/l13,7/9,6 km/l11,7/8,1 km/l
Gasolina/álcool; consumo conforme padrões do Inmetro

 

 

Ecosport
Ecosport
Kicks
Kicks
Captur
Captur

 

A Ford empregou correia dentada em óleo para os comandos, ante corrente dos rivais; os três usam bloco de alumínio e variador de tempo de válvulas

 

Comentário técnico

• O novo motor do Ecosport, por ora importado da Índia, segue o projeto do Ecoboost do novo Fiesta ST europeu, mas sem turbo ou injeção direta. Embora ainda incomum por aqui, a faixa de 500 cm³ por cilindro tem sido padrão em marcas alemãs de luxo, que a consideram ideal para eficiência. Assim como nos adversários, o motor tem soluções atuais como duplo comando com variação do tempo de abertura das válvulas e bloco de alumínio.

• A Ford manteve a correia dentada (como no Sigma que o precedeu) para acionar os comandos de válvulas, mas do tipo imerso em óleo, como no Ka de 1,0 litro. Torna-se praticamente livre de manutenção, assim como a corrente adotada pelos dois rivais, e em teoria tem atrito e ruído de operação menores, o que indica uma boa solução.

• Vibrações de primeira ordem são o que faz os motores de três cilindros “oscilarem” de maneira desconfortável. Para evitá-las foi aplicada uma árvore de balanceamento com mancais hidrodinâmicos. Como na versão Titanium de 2,0 litros, a grade dianteira deixa de admitir ar (fecham-se aletas na parte interna) quando não é preciso, o que melhorou em 11% o coeficiente aerodinâmico (Cx) nessa condição, de 0,395 para 0,35, além de abreviar a fase de aquecimento do motor.

• Os outros carros compartilham o motor de 1,6 litro de origem Nissan, mas com diferenças. O do Captur é a mais recente versão SCE, aprimorada pela Renault e mais potente. No Kicks há a vantagem do preaquecimento de álcool para partida a frio, comum ao Ford — não entendemos como uma marca do grupo usa o sistema e a outra não, alegando que não está bem desenvolvido.

• A transmissão CVT dos dois modelos, fabricada pela Jatco, usa correia de liga de aço sem substituição prevista (espera-se a mesma durabilidade da caixa como um todo). Conversor de torque é empregado para multiplicar o torque nas saídas, aumentar o efeito redutor nas desacelerações e ativar a marcha à ré. Uma caixa auxiliar, que funciona como reduzida, permite grande variação de relações (7,3) com polias menores e mais leves.

 

Ficha técnica

EcosportKicksCaptur
Motor
Posiçãotransversal
Cilindros3 em linha4 em linha
Material do bloco/cabeçotealumínio
Comando de válvulasduplo no cabeçote
Válvulas por cilindro4, variação de tempo
Diâmetro e curso84 x 90 mm78 x 83,6 mm
Cilindrada1.497 cm³1.597 cm³
Taxa de compressão12,0:110,7:1
Alimentaçãoinjeção multiponto sequencial
Potência máxima (gas./álc.)130/137 cv a 6.500 rpm114 cv a 5.600 rpm118/120 cv a 5.000 rpm
Torque máximo (gas./álc.)15,6/16,2 m.kgf a 4.500 rpm15,5 m.kgf a 4.000 rpm16,2 m.kgf a 4.000 rpm
Potência específica (gas./álc.)87,5/91,5 cv/l71,4 cv/l73,9/75,1 cv/l
Transmissão
Tipo de caixa e marchasautomática, 6automática de variação contínuaaut. var. contínua, emulação de 6 marchas
Relação e velocidade por 1.000 rpm
1ª.4,58 / 7 km/hVariação de 4,07 a 0,46 / variação de 8 a 69 km/hVariação de 3,87 a 0,53 / ND
2ª.2,96 / 11 km/h
3ª.1,91 / 16 km/h
4ª.1,45 / 22 km/h
5ª.1,00 / 31 km/h
6ª.0,75 / 42 km/h
Relação de diferencial3,943,92ND
Regime a 120 km/h2.900 rpm1.750 rpm*ND
Regime à vel. máx. informadaND2.550 rpm*ND
Traçãodianteira
* na relação mais longa possível
Freios
Dianteirosa disco ventilado
Traseirosa tambor
Antitravamento (ABS)sim
Direção
Sistemapinhão e cremalheira
Assistênciaelétricaeletro-hidráulica
Diâmetro de giroND10,2 m10,7 m
Suspensão
Dianteiraindependente, McPherson, mola helicoidal
Traseiraeixo de torção, mola helicoidal
Estabilizador(es)dianteiro
Rodas
Dimensões6,5 x 16 pol17 pol
Pneus205/60 R 16 H205/55 R 17 V215/60 R 17 H
Dimensões
Comprimento4,269 m4,295 m4,329 m
Largura1,765 m1,76 m1,813 m
Altura1,693 m1,59 m1,619 m
Entre-eixos2,519 m2,61 m2,673 m
Bitola dianteiraND1,52 mND
Bitola traseiraND1,535 mND
Coeficiente aerodinâmico (Cx)0,35**0,34ND
** com grade dianteira fechada
Capacidades e peso
Tanque de combustível52 l41 l50 l
Compartimento de bagagem356 l432 l437 l
Peso em ordem de marcha1.272 kg1.132 kg1.286 kg
Relação peso-potência (gas./álc.)9,8/9,3 kg/cv9,9 kg/cv10,9/10,7 kg/cv
Garantia
Prazo3 anos sem limite de quilometragem3 anos ou 100.000 km
Carros avaliados
Ano-modelo2018
PneusMichelin LTX ForceContinental Conti Power ContactContinental Conti Cross Contact
Quilometragem inicial8.000 km2.000 km1.000 km
Dados do fabricante; ND = não disponível
Próxima parte