Audi Q5, Ford Edge ST e Volvo XC60 T8: três vezes 300

Um confronto de SUVs próximos em preço, mas diversos em soluções técnicas — e na relação custo-benefício

Texto e fotos: Fabrício Samahá

 

Amados por muitos, rejeitados por outros, os utilitários esporte permanecem entre os carros mais falados do momento. Quase não há mais fabricantes que não os ofereçam, enquanto algumas marcas estão cada vez mais focadas nesse segmento em detrimento dos automóveis. Assim, para o comparativo especial do aniversário de 22 anos do Best Cars, selecionamos três SUVs de luxo na mesma faixa de preço, ao redor de R$ 300 mil.

Dois não poderiam faltar: o Volvo XC60 R-Design T8, que deixou ótimas impressões na avaliação em 10 Chances, e o Ford Edge ST, lançado no Brasil em abril e ainda não submetido a nossas medições. Saímos em busca de mais um adversário e, diante de algumas opções não disponíveis para teste (caso do BMW X3), chegamos ao Audi Q5 Prestige Plus.

 

 

Audi Q5 Prestige Plus Ford Edge ST Volvo XC60 R-Design T8
4,66 m 4,80 m 4,68 m
2,0 litros, turbo 2,7 litros, biturbo 2,0 litro, turbo e compressor, motor elétrico
252 cv 335 cv 407 cv
R$ 289.990 R$ 299.000 R$ 299.950
Preços sugeridos para os carros avaliados

 

Por se tratar de marca de prestígio — o que pode ser estendido à Volvo, mas não à Ford —, o Q5 tem o direito de custar mais. De fato, a versão mais próxima dos demais em potência (o SQ5 com motor de 354 cv) já passa de R$ 400 mil. Assim, para não se afastar da faixa de preço dos outros, foi preciso abrir mão de certo desempenho e aceitar a versão com motor turbo de 2,0 litros e 252 cv. Recebemos a Prestige Plus, intermediária entre a Prestige e a Black.

 

 

É uma potência modesta diante do Edge (V6 biturbo de 2,7 litros e 335 cv) e ainda mais do XC60 (2,0 litros, turbo e compressor mais motor elétrico em total de 407 cv). À parte tal concessão, porém, os competidores se parecem nos outros três de nossos quatro “Ps”.

Têm a mesma proposta de uso: SUVs espaçosos para a família, com bom desempenho em qualquer condição e pouca aptidão fora de estrada. Em porte há até 14 centímetros de diferença em comprimento (maior no Edge) e 5 cm em distância entre eixos (maior no XC60). Em preço, apenas R$ 10 mil separam o mais barato Audi do mais caro Volvo, sendo que o Ford custa cerca de R$ 1 mil a menos que este último.

Próxima parte