Desafio: Ecosport e HR-V fazem oposição a VW T-Cross

Motor turbo com injeção direta compensa pequena cilindrada no T-Cross: apesar de menos potente, oferece o maior torque e garantiu acelerações mais rápidas

 

Motor e desempenho
O T-Cross nasce apenas com motores turbo com injeção direta. As versões 200 TSI usam o de 1,0 litro e três cilindros, menos potente que os de Ecosport (1,5 litro, três cilindros) e HR-V (1,8 litro, quatro cilindros), mas dono no maior torque no grupo — veja dados na ficha técnica abaixo. Sua vivacidade agrada muito, sendo raro notar algum retardo de ação de turbo, e o nível de ruído é bastante baixo como no Ford — o do Honda se torna ruidoso e algo áspero em alta rotação. O motor Volkswagen produz a típica “oscilação” em altos giros, e o Ford, na faixa média ao acelerar forte.

 

 

O abandono do motor de 2,0 litros pelo Titanium fez cair bastante o desempenho, que ficou claramente para trás dos demais. O T-Cross vence em aceleração e o HR-V em retomada, mas bem próximos entre si. Ford e Volkswagen usam transmissão automática de seis marchas, e o Honda, uma de variação contínua (CVT) que simula sete marchas em operação manual. Todos têm programa esportivo (o Volkswagen oferece também o Eco, mais eficiente) e comandos de mudanças no volante. Nos dois primeiros a força de tração em marcha-lenta (o carro tenta andar enquanto freado) é exagerada, mas o T-Cross passa a ponto-morto nas paradas, o que atenua o incômodo.

 

Caixa automática de seis marchas no Ford e no VW e CVT com sete marchas virtuais no Honda; o T-Cross tem rodar mais confortável e os três são bastante estáveis

 

Consumo
A caixa CVT favorece a economia do HR-V, por boa margem o melhor nos dois trajetos urbanos, com os outros equilibrados. Em rodovia o T-Cross passou à frente e o Ecosport ficou bem para trás. Nas várias subidas do trajeto rodoviário apenas o Volkswagen manteve a rotação do motor estável, o que pode ter ajudado.

 

O abandono do motor de 2,0 litros pelo Titanium fez cair bastante o desempenho; o T-Cross vence em aceleração e o HR-V em retomada, bem próximos entre si

 

Comportamento dinâmico
A estabilidade dos três é muito boa. HR-V e Ecosport parecem bons hatches em traje de SUV, com respostas precisas e pouco movimento em curvas, enquanto o T-Cross é mais “solto” de amortecedores, mas sem grande perda. Em comum nos três, os pneus obtêm grande aderência e há controle eletrônico de estabilidade e tração. O Volkswagen sobressai pelo conforto de rodagem dos melhores da classe, com ótima absorção de asperezas e irregularidades de todo tipo — os rivais são mais firmes, embora não incomodem. Só em algumas lombadas o T-Cross desagrada, pois a frente comprime-se toda e chega aos batentes. No Ford nota-se que o conforto é o mesmo de antes, sem prejuízo pelo novo tipo de pneus. Todos têm direção com peso bem acertado e freios eficazes, com vantagem a Honda e Volkswagen pelos discos na traseira.

 

Vantagem do Ecosport em faróis perdeu-se na linha 2020; porta-malas do HR-V é o maior, embora T-Cross tenha ajuste do encosto traseiro; no Ford a porta abre para o lado

 

Segurança passiva
Os ocupantes estão bem protegidos em todos, com bolsas infláveis laterais dianteiras e de cortina, cintos de três pontos e encostos de cabeça para cinco pessoas e fixação Isofix para cadeira infantil. O Ecosport acrescenta a bolsa de joelhos do motorista.

 

 

Custo-benefício
Embora com menor preço básico, o T-Cross precisa de opcionais para se aproximar dos outros em conteúdo. O avaliado tinha dois pacotes e custava quase R$ 106 mil, mais caro que o Ecosport em R$ 5 mil, mas menos que o HR-V em R$ 6 mil. O Ford tem mais equipamentos, mas perde em espaço interno, estilo e desempenho. O Honda, que sobressai em porta-malas e economia, não justifica seu preço em relação ao conteúdo. Com bom equilíbrio geral, motor bem disposto, amplo espaço e o rodar mais confortável, o novo Volkswagen sai em vantagem nas notas e se destaca em relação custo-benefício.

Mais Avaliações

 

Nossas notas

EcosportHR-VT-Cross
Estilo344
Acabamento e conveniência434
Posto do motorista434
Espaço interno344
Porta-malas343
Motor e desempenho344
Consumo343
Comportamento dinâmico445
Segurança passiva555
Custo-benefício334
Média3,53,84,0
Posição3°.2°.1º.
As notas vão de 1 a 5, sendo 5 a melhor; conheça nossa metodologia

 

Desempenho e consumo

EcosportHR-VT-Cross
Aceleração
0 a 100 km/h12,8 s11,0 s10,8 s
0 a 120 km/h19,3 s15,1 s15,0 s
0 a 400 m18,8 s18,0 s17,6 s
Retomada
60 a 100 km/h*7,8 s5,8 s6,0 s
60 a 120 km/h*14,7 s9,6 s10,3 s
80 a 120 km/h*10,3 s7,4 s7,5 s
Consumo
Trajeto leve em cidade12,9 km/l14,2 km/l12,7 km/l
Trajeto exigente em cidade6,7 km/l7,4 km/l6,8 km/l
Trajeto em rodovia11,3 km/l12,5 km/l12,8 km/l
Testes com gasolina; *com reduções automáticas; melhores resultados em negrito;  conheça nossos métodos de medição

 

Ficha técnica

EcosportHR-VT-Cross
Motor
Posiçãotransversaltransversaltransversal
Cilindros3 em linha4 em linha3 em linha
Comando de válvulasduplo no cabeçoteno cabeçoteduplo no cabeçote
Válvulas por cilindro4, variação de tempo4, variação de tempo e levantamento4, variação de tempo
Diâmetro e curso84 x 90 mm81 x 87,3 mm74,5 x 76,4 mm
Cilindrada1.497 cm³1.799 cm³999 cm³
Taxa de compressão12:111,9:110,5:1
Alimentaçãoinjeção multiponto sequencialinjeção multiponto sequencialinjeção direta, turbocompressor, resfriador de ar
Potência máxima (gas./álc.)130/137 cv a 6.500 rpm140 cv a 6.500 rpm/ 139 cv a 6.300 rpm116 cv a 5.500 rpm/128 cv a 5.500 rpm
Torque máximo (gas./álc.)15,6/16,2 m.kgf a 4.500 rpm17,3 m.kgf a 4.800 rpm / 17,4 m.kgf a 5.000 rpm20,4 m.kgf de 2.000 a 3.500 rpm
Transmissão
Tipo de caixa e marchasautomática, 6automática de variação contínua, simulação de 7 marchasautomática, 6
Traçãodianteiradianteiradianteira
Freios
Dianteirosa disco ventiladoa disco ventiladoa disco ventilado
Traseirosa tambora discoa disco
Antitravamento (ABS)simsimsim
Direção
Sistemapinhão e cremalheirapinhão e cremalheirapinhão e cremalheira
Assistênciaelétricaelétricaelétrica
Suspensão
Dianteiraindependente, McPherson, mola helicoidalindependente, McPherson, mola helicoidalindependente, McPherson, mola helicoidal
Traseiraeixo de torção, mola helicoidaleixo de torção, mola helicoidaleixo de torção, mola helicoidal
Rodas
Dimensões17 pol17 pol6,5 x 17 pol
Pneus205/50 R 17215/55 R 17205/55 R 17
Dimensões
Comprimento4,10 m4,294 m4,199 m
Largura1,765 m1,772 m1,76 m
Altura1,693 m1,586 m1,57 m
Entre-eixos2,519 m2,61 m2,651 m
Capacidades e peso
Tanque de combustível52 l51 l52 l
Compart. bagagem356 l431 l373 a 420 l, conforme posição do encosto
Peso em ordem de marcha1.310 kg1.276 kg1.252 kg
Desempenho e consumo (gas./álc.)
Velocidade máximaNDND179/184 km/h
0 a 100 km/hNDND10,9/10,4 s
Consumo em cidade10,3/7,1 km/l11,0/7,7 km/l11,0/7,6 km/l
Consumo em rodovia12,6/8,6 km/l12,3/8,5 km/l13,5/9,5 km/l
Dados dos fabricantes; consumo conforme padrões do Inmetro; ND = não disponível