Honda WR-V e Hyundai HB20X: compensa pagar mais?

WR-V
WR-V
HB20X
HB20X
Honda-WR-V-EXL
Hyundai-HB20X-Premium

São desenhos atuais elaborados para o mercado brasileiro; o WR-V tem frente mais volumosa que a do Fit e causa controvérsia pelas lanternas traseiras

 

Concepção e estilo

O HB20X é o mais antigo, lançado em 2013 a partir do HB20 do ano anterior — um projeto nacional, pois em outros mercados a marca tem o i20. O WR-V deriva do Fit de terceira geração, que aqui surgiu em 2014, mas com carroceria refeita à frente do para-brisa em busca de um aspecto mais robusto.

O trabalho de estilo foi melhor no Hyundai, de conjunto bastante harmonioso, embora tenhamos restrições à grade dessa versão. O Honda fica bem atrás: a frente volumosa parece enxertada ao Fit — parece, não, foi mesmo — e a traseira recebeu lanternas bem estranhas. Ambos recorrem a elementos comuns nesse tipo de carro, como molduras plásticas foscas nos para-lamas, simulações de proteções de alumínio na frente e na traseira e barras de teto. Os vãos entre painéis de carroceria são bem regulares nos dois e ainda mais estreitos no Honda, um sinal de qualidade construtiva. Não há informação sobre coeficiente aerodinâmico (Cx) de nenhum deles.

 

WR-V
WR-V
HB20X
HB20X
Honda-WR-V-EXL-22
Hyundai-HB20X-Premium-21

Vão livre acima de 20 cm os credencia a pisos desnivelados; molduras em preto fosco e seções em prata nos para-choques fazem parte da caracterização

 

Conforto e conveniência

Os interiores mostram bom acabamento, com plásticos bem montados e de aspecto correto, sem chegar a ser luxuosos. O HB20X pode vir com bancos revestidos de couro marrom — único tom disponível —, o que divide opiniões. Ficaria melhor se a tampa do porta-luvas acompanhasse essa cor, aplicada aos painéis de porta. No WR-V não há opção de couro, apenas tecido, que traz um tom prata nas perfurações para alegrar o ambiente.

 

Espaço interno é uma grande vantagem do WR-V, que acomoda melhor os passageiros de trás em altura e para pernas; sua capacidade de bagagem também é maior

 

Embora a posição do motorista seja bem definida e com amplos ajustes em ambos (incluindo os do volante em altura e distância), o banco do Honda é melhor: o Hyundai tem encosto duro e pouco apoio lombar. No WR-V agrada a sensação de espaço e arejamento, pelo formato da cabine e os amplos vidros, mas o volante deveria vir mais perto na regulagem máxima. Simples, os quadros de instrumentos trazem computador de bordo, com mais funções no Hyundai. Bons são os sistemas de áudio, com tela tátil de 7 pol, navegador e integração a celular por Android Auto e Apple Car Play (também Car Link no HB20X). O do Honda deveria ter botões físicos para as principais funções como no concorrente: certos comandos usuais ao telefone não são os mais adequados enquanto se dirige.

Entre os itens favoráveis ao WR-V estão alerta para uso do cinto também pelo passageiro da frente, câmera traseira de manobras, controlador de velocidade (falta estranha na linha HB20), faixa degradê no para-brisa e porta-copos diante do difusor de ar esquerdo (bom para manter bebidas frescas), além de maior espaço para pequenos objetos.

 

WR-V
WR-V
HB20X
HB20X
Honda-WR-V-EXL
Hyundai-HB20X-Premium

Bom acabamento nos dois; só o Hyundai oferece bancos de couro, que usam tom marrom; nos instrumentos, seu computador de bordo tem mais funções

 

Em contrapartida, só o HB20X traz ajuste do intervalo do limpador de para-brisa, apoio de braço para o motorista, ar-condicionado automático, função um-toque para todos os controles elétricos de vidros (WR-V, só no do motorista) e comando a distância para abri-los e fechá-los, mostrador de temperatura externa (falta inaceitável no Honda), porta-óculos de teto, rebatimento elétrico dos retrovisores, sensores de estacionamento na traseira e, para quem aprecia, termômetro do motor. Os dois vêm ainda com aviso geral de portas mal fechadas, bolsas nos encostos dianteiros, comando interno do bocal do tanque e volante revestido em couro.

 

 

Itens melhoráveis: no Honda o uso do computador de bordo se faz pelo botão zerador do hodômetro, a câmera traseira tem ângulo estranho e não regulável (diferente da usada em outros modelos da marca), o bloqueio dos controles elétricos de vidros traseiros também impede seu uso pelo motorista e trava a janela do passageiro (esquema irritante dos japoneses que deveria ser abolido), a fixação dos bancos dianteiros fica bem à mostra e há quatro teclas vazias no painel. No Hyundai, a seção vista apenas com a quinta porta aberta não tem pintura envernizada e a iluminação das telas do painel fica fraca de dia com faróis acesos. Em ambos falta alarme volumétrico (ultrassom).

 

WR-V
WR-V
Honda-WR-V-EXL
HB20X
HB20X
Hyundai-HB20X-Premium

Posição de dirigir agrada em ambos, mas o encosto do HB20X é muito duro; espaço para pernas no banco traseiro dá vantagem expressiva ao WR-V

 

Espaço interno é uma grande vantagem do WR-V, que acomoda melhor os passageiros de trás em altura e, sobretudo, no vão para pernas — ponto crítico do rival, um dos menores carros da categoria nesse quesito. Contudo, nenhum é adequado para três adultos atrás, nem oferece boa acomodação para um ocupante central. Práticos no Honda são a regulagem de inclinação do encosto e o assento rebatível (até perto do encosto), que libera espaço para grandes objetos no assoalho.

A capacidade de bagagem também é maior no WR-V: 353 litros ante 300 do HB20X. Parte do ganho vem do uso de estepe temporário, enquanto o rival tem um tão provisório quanto — de 14 pol em um carro com rodas 16 de serviço. Vantagem adicional do Honda é o vão de acesso maior e bem mais baixo, que dispensa erguer tanto a carga ao colocar e tirar.

 

Honda-WR-V-EXL-09
Honda-WR-V-EXL-det01
Honda-WR-V-EXL-det02
Honda-WR-V-EXL-det09
Honda-WR-V-EXL-det04

WR-V tem porta-malas para 353 litros; como no oponente, áudio inclui tela tátil de 7 pol, Android Auto e Car Play; porta-garrafas diante do difusor de ar; seções perfuradas no tecido

 

Hyundai-HB20X-Premium-09
Hyundai-HB20X-Premium-det01
Hyundai-HB20X-Premium-det07
Hyundai-HB20X-Premium-det05
Hyundai-HB20X-Premium-det04

HB20X tem menos espaço (300 litros) e vão de acesso mais alto; tela com botões físicos facilita o uso; ar-condicionado automático, vidros um-toque e rebatimento elétrico de retrovisores

Próxima parte

 

Equipamentos de série e opcionais

WR-V HB20X
Ajuste de altura dos bancos mot./pas. S/ND S/ND
Ajuste de apoio lombar mot./pas. ND ND
Ajuste do volante em altura/distância S/S S/S
Ajuste elétrico dos bancos mot./pas. ND ND
Ajuste elétrico dos retrovisores S S
Alarme antifurto/controle a distância S/S S/S
Aquecimento S S
Ar-condicionado/controle automático/zonas S/ND/1 S/S/1
Bancos/volante revestidos em couro ND/S S/S
Bolsas infláveis frontais/laterais/cortinas S/S/S S/S/ND
Caixa automática/automatizada S/ND S/ND
Câmera traseira para manobras S S
Cintos de três pontos, todos os ocupantes S ND
Computador de bordo S S
Conta-giros S S
Controlador/limitador de velocidade S/ND ND
Controle de tração/estabilidade ND ND
Controle elétrico dos vidros diant./tras. S/S S/S
Controles de áudio no volante S S
Direção assistida S S
Encosto de cabeça, todos os ocupantes S ND
Faróis com lâmpadas de xenônio ND ND
Faróis de neblina S S
Faróis/limpador de para-brisa automático ND ND
Freios antitravamento (ABS) S S
Interface Bluetooth para telefone celular S S
Limpador/lavador do vidro traseiro S S
Luz traseira de neblina ND ND
Navegador por GPS S S
Rádio com toca-CDs/MP3 ND/S ND/S
Repetidores laterais das luzes de direção S S
Retrovisor interno fotocrômico ND ND
Rodas de alumínio S S
Sensores de estacionamento diant./tras. ND ND/S
Teto solar/comando elétrico ND ND
Travamento central das portas S S
Convenções: S = de série; O = opcional; ND = não disponível
Próxima parte