Citroën C4 Picasso volta modernizada e em dose dupla

Citroen C4 Picasso

 

Desenho ousado, motor turbo e conforto de sobra em duas boas alternativas aos utilitários esporte para a família

Texto: Geraldo Tite Simões – Fotos: divulgação

 

Depois de muito ensaio e até uma pesquisa de mercado no Salão de São Paulo do ano passado, a Citroën começa a vender no Brasil as minivans C4 Picasso e Grand C4 Picasso de segunda geração, lançadas em 2013 na Europa. Os dois modelos são os únicos de seu segmento e porte no mercado nacional, que anos últimos anos viu opções como Chevrolet Zafira, Kia Carens e Renault Grand Scénic desaparecerem sem deixar sucessoras.

A C4 Picasso de cinco lugares tem preço sugerido a partir de R$ 110.900; a Grand C4 Picasso para sete pessoas começa em R$ 120.900, ambas no acabamento Seduction. As versões Intensive têm valores de R$ 117.900 e R$ 127.900, na ordem. Em todas elas a mecânica é a mesma, com motor turbo a gasolina de 1,6 litro com injeção direta, potência de 165 cv e torque de 24,5 m.kgf combinado ao câmbio automático de seis marchas (veja no quadro abaixo os equipamentos de cada versão).

 

Citroen C4 Picasso

 

Citroen C4 Picasso
Citroen Grand C4 Picasso

 
Leds em cima e faróis embaixo, em um arranjo peculiar, dão ar atual e diferenciado à nova C4 Picasso

 

As novas minivans apostam em um desenho ousado na parte dianteira, onde a grade superior vem ladeada apenas pelos leds de luzes diurnas: os verdadeiros faróis, com refletor elipsoidal, ficam abaixo deles. O para-brisa avança sobre o teto, como no C3, e janelas com base desnivelada entre uma peça e outra na C4 Picasso quebram a monotonia frequente nas laterais desse tipo de carro (a Grand não repete o recurso). A traseira segue uma solução dos utilitários esporte da Audi: as lanternas horizontais sobem junto da tampa, ocasião em que a sinalização fica a cargo das luzes no para-choque.

 

A Citroën manteve a posição central do quadro de instrumentos, que usa tela monocromática na versão Seduction e colorida e configurável na Intensive

 

Os dois modelos diferenciam-se tanto em comprimento quanto em distância entre eixos: são 4,29 e 2,79 metros na C4 Picasso e 4,60 e 2,84 m na Grand, embora a largura seja a mesma, 1,83 m. No interior a Citroën manteve a posição central do quadro de instrumentos, que usa uma tela monocromática de sete polegadas na versão Seduction e uma colorida e configurável de 12 pol na Intensive. Apesar das telas digitais, o arranjo de velocímetro e conta-giros simula mostradores analógicos. A tela inferior, sempre de 7 pol, serve aos sistemas de áudio e navegação.

O volante de cubo central fixo usado na linha anterior, assim como nos C4 hatch e Pallas da época, ficou no passado mas permanece a profusão de comandos: 16, além da almofada da buzina, nas versões Intensive. Atrás dele fica a pequena alavanca do câmbio automático, que comprova ser desnecessário ocupar grande espaço no console central para esse fim nos carros atuais. Mudanças manuais podem ser feitas pelos comandos “borboleta”.

 

Citroen Grand C4 Picasso

 

Citroen Grand C4 Picasso
Citroen Grand C4 Picasso

 
Com sete lugares, a Grand tem mais 31 cm em comprimento; as lanternas sobem junto da tampa traseira

 

Do posto do motorista, percebe-se que tudo foi feito para ser aproveitado de dentro para fora. Começa pela enorme área envidraçada, surpreendente em uma época de carros com linha de cintura cada vez mais alta. Embora o para-brisa prolongado pelo teto pareça inconveniente em nosso clima, para conter o sol tropical pode-se puxar um para-sol que se estende a ponto de proteger parte das pernas. O preço a pagar é que ele impede que os espelhos de cortesia tenham iluminação — item de que as mulheres sentem falta na hora de retocar a maquiagem.

 

 

Segundo a Citroën, 47% dos compradores da C4 Picasso são casais sem filho. Pode ser, mas devem ter muitos sobrinhos, porque os destaques desse modelo — e ainda mais da Grand — são o amplo espaço interno e os atrativos para os passageiros. Os bancos dianteiros contam com várias regulagens e o da direita tem um prolongador para as pernas, como na primeira classe de um avião. O encosto de cabeça também lembra os das poltronas de aeronaves, com abas laterais para melhor apoio enquanto se descansa.

O espaço e o conforto não terminam aí. Os três bancos da segunda fila têm ajustes longitudinal e de reclinação do encosto e podem ser dobrados; os dois da terceira fila da Grand são escamoteáveis. O espaço para os passageiros da segunda fila do modelo mais curto é suficiente para três adultos, com cintos de três pontos para todos. Na versão de sete lugares o acesso à terceira fila é mais difícil. Como a alavanca do câmbio fica junto ao volante, o console central pode ser retirado e abre ainda mais espaço para as pernas de motorista e passageiro.

Próxima parte

 

Versões, preços e equipamentos

C4 Picasso Seduction (R$ 110.900) e Grand C4 Picasso Seduction (R$ 120.900): vêm de série com ar-condicionado automático de duas zonas de ajuste, banco da segunda fila com regulagem longitudinal, bancos revestidos em tecido, cintos de três pontos em todos os bancos, controlador e limitador de velocidade, controle eletrônico de estabilidade e tração, faróis e limpador de para-brisa automáticos, faróis de neblina, fixação Isofix para cadeiras infantis, freio de estacionamento com controle elétrico e assistência em rampas, freios antitravamento (ABS) com distribuição eletrônica da força de frenagem (EBD) e assistência adicional em emergência, rodas de alumínio de 17 polegadas, seis bolsas infláveis (frontais, laterais dianteiras e cortinas), sensores de estacionamento traseiros, sistema de áudio com tela tátil de sete polegadas e disco interno, painel com tela de 7 pol e computador de bordo. A Grand C4 tem ainda lanterna removível no porta-malas.

• Opcionais: bancos revestidos em couro com massagem nos dianteiros e apoio de perna para o passageiro direito da segunda fila, navegador.

C4 Picasso Intensive (R$ 117.900) e Grand C4 Picasso Intensive (R$ 127.900): acrescentam às anteriores acesso à cabine e partida do motor com chave presencial, alarme volumétrico, câmera traseira para manobras, lanterna removível no porta-malas, lanternas traseiras com leds, navegador, quadro de instrumentos com tela de 12 pol colorida e volante com quatro grupos de comandos (em vez de dois).

• Opcionais: banco do motorista com ajustes elétricos e memória, bancos dianteiros com aquecimento e massagem, bancos revestidos em couro com apoio de perna para o passageiro dianteiro, faróis de xenônio (ambos os fachos) autodirecionais, pacote Park Assist 360° (alerta para veículo em ponto cego nas faixas laterais, assistente de estacionamento, câmeras ao redor com visão de 360 graus e sensores de estacionamento também na frente), tampa do porta-malas com abertura e fechamento motorizados, teto envidraçado com controle elétrico do forro. Apenas para a Grand C4 Picasso, pacote Multimídia com central de entretenimento para passageiros da segunda fila, duas telas nos encostos de cabeça e dois fones estéreo sem fio.

Próxima parte