Fiat Mobi vs. Renault Kwid: será que vai ter “surra”?

Um mais potente, outro bem mais leve, e os resultados na pista acabaram bem próximos: de 0 a 100 km/h o Fiat chegaria apenas 0,2 segundo à frente

 

Desempenho e consumo

A favor do Mobi havia potência e torque maiores; pelo Kwid, a importante vantagem em peso. O que isso representou na pista? O resultado foi grande equilíbrio, mesmo que os dados de fábrica (veja mais abaixo) indicassem clara vantagem para o Fiat. Ele venceu por margem mínima nas acelerações, como ao fazer de 0 a 100 km/h em 14 segundos exatos ante 14,2 s do Renault. Ambos perdem bastante tempo entre 100 e 120 por ser necessária troca para quarta marcha: além da manobra em si, o motor perde fôlego pela queda de rotação após a mudança.

Entre as retomadas o Mobi venceu as feitas em terceira ou quinta marcha, e o Kwid, em quarta. Não é um resultado explicado pelas relações de marcha: como se vê na ficha técnica (abaixo), o Fiat é mais curto em terceira e quarta e mais longo em quinta. Trata-se, na verdade, de uma combinação de fatores como rotação, curva de torque dos motores (o Mobi tem mais m.kgf com menos giros) e até mesmo aerodinâmica, que presumimos ser pior no Kwid.

A título de curiosidade, observe-se o quanto se torna lenta a retomada de 80 a 120 km/h ao usar quinta marcha em qualquer um deles: no Renault leva 73% mais tempo que em quarta. Vale notar que ambos os carros tiveram o desempenho medido com álcool, com o qual os recebemos.

Para os testes de consumo foi possível substituir o combustível por gasolina, que é nosso padrão. Aqui o Mobi foi melhor em todos os trajetos por pequenas diferenças. Se na cidade a explicação para sua maior economia pode estar na eficiência do motor em baixa rotação, em rodovia podemos atribuí-la à provável vantagem em aerodinâmica, preço que o Kwid pagaria pelo vão livre típico de SUV. Além disso, o pequeno tanque de combustível do Renault implica autonomia bem menor.

 

 

Mobi Kwid
Aceleração
0 a 100 km/h 14,0 s 14,2 s
0 a 120 km/h 21,4 s 22,3 s
0 a 400 m 19,7 s 19,8 s
Retomada
60 a 100 km/h (3ª.) 10,6 s 11,1 s
60 a 100 km/h (4ª.) 15,5 s 15,3 s
60 a 120 km/h (3ª.) NA NA
60 a 120 km/h (4ª.) 24,2 s 22,7 s
80 a 120 km/h (3ª.) NA NA
80 a 120 km/h (4ª.) 17,3 s 16,6 s
80 a 120 km/h (5ª.) 25,8 s 28,7 s
Consumo
Trajeto leve em cidade 18,1 km/l 17,0 km/l
Trajeto exigente em cidade 9,8 km/l 9,5 km/l
Trajeto em rodovia 16,1 km/l 15,5 km/l
Autonomia
Trajeto leve em cidade 766 km 581 km
Trajeto exigente em cidade 415 km 325 km
Trajeto em rodovia 681 km 530 km
Testes efetuados com álcool (desempenho) e gasolina (consumo); NA = não aplicável; melhores resultados em negrito; conheça nossos métodos de medição

 

Dados dos fabricantes

Mobi Kwid
Velocidade máxima 161/164 km/h 152/156 km/h
Aceleração de 0 a 100 km/h 12,8/12,0 s 15,5/14,7 s
Consumo em cidade 13,7/9,6 km/l 14,9/10,3 km/l
Consumo em rodovia 16,1/11,3 km/l 15,6/10,8 km/l
Gasolina/álcool; consumo conforme padrões do Inmetro

 

Só a Renault partiu de uma nova plataforma, específica para carros desse porte, o que explica em parte o menor peso; ambos os motores são modernos

 

Comentário técnico

• O Kwid usa uma plataforma exclusiva, a menor da família CMF (Common Module Family, família de módulo comum) do grupo Nissan-Renault. Por ora, apenas o Datsun Redi-Go também vendido na Índia a compartilha. O caso do Mobi é diferente: embora a fábrica destaque o que há de novo, sua arquitetura é derivada daquela do Uno, que aproveitou algo do primeiro Palio, que derivou do…

• Apesar de Logan e Sandero o terem recebido antes, o motor SCE de três cilindros nasceu com o Kwid na Índia, de início com 800 cm³ e depois com 1.000. É uma unidade Renault em essência, sem relação com a similar da Nissan — o que não faz muito sentido em uma associação, mas nem tudo o faz na indústria. A versão do menor carro, porém, abre mão da variação de tempo de abertura das válvulas para reduzir custos e tem menor taxa de compressão (11,5:1 em vez de 12:1).

• O motor Firefly da Fiat, lançado no Uno 2017, usa bloco de alumínio e corrente para acionar o comando de válvulas, assim como o rival. Uma diferença é ter apenas duas válvulas por cilindro (quatro no Renault); outras, usar variação de tempo e taxa de compressão bem mais alta: 13,2:1. As versões de três cilindros/1,0 litro e quatro cilindros/1,35 litro são iguais em diâmetro e curso e compartilham muitos componentes — na prática, o maior é o menor com mais um cilindro.

• Barra estabilizadora é um daqueles itens que vale a pena usar, mesmo com algum custo adicional. Com a rolagem (inclinação da carroceria) contida por sua “amarração” entre as rodas do mesmo eixo, a suspensão pode receber molas e/ou amortecedores mais macios, que favorecem o conforto. Os dois carros em questão deixaram o elemento de fora — mesmo na dianteira, onde é mais frequente seu uso —, o que ajuda a explicar o rodar áspero, com má absorção de irregularidades. A versão Way do Mobi, que recebe a barra na frente, mostrou-se mais agradável em pisos de má qualidade.

 

Ficha técnica

Mobi Kwid
Motor
Posição transversal transversal
Cilindros 3 em linha 3 em linha
Material do bloco/cabeçote alumínio alumínio
Comando de válvulas no cabeçote duplo no cabeçote
Válvulas por cilindro 2, variação de tempo 4
Diâmetro e curso 70 x 86,5 mm 71 x 84,1 mm
Cilindrada 999 cm³ 999 cm³
Taxa de compressão 13,2:1 11,5:1
Alimentação injeção multiponto sequencial injeção multiponto sequencial
Potência máxima (gas./álc.) 72 cv a 6.000 rpm/77 cv a 6.250 rpm 66/70 cv a 5.500 rpm
Torque máximo (gas./álc.) 10,4/10,9 m.kgf a 3.250 rpm 9,4/9,8 m.kgf a 4.250 rpm
Potência específica (gas./álc.) 72,1/77,1 cv/l 66,1/70,1 cv/l
Transmissão
Tipo de caixa e marchas manual, 5 manual, 5
Relação e velocidade por 1.000 rpm
1ª. 4,27 / 6 km/h 3,77 / 7 km/h
2ª. 2,32 / 11 km/h 2,05 / 12 km/h
3ª. 1,44 / 18 km/h 1,29 / 20 km/h
4ª. 1,03 / 25 km/h 0,95 / 27 km/h
5ª. 0,80 / 33 km/h 0,79 / 32 km/h
Relação de diferencial 4,20 4,38
Regime a 120 km/h 3.650 rpm (5ª.) 3.750 rpm (5ª.)
Regime à velocidade máxima informada (gas.álc.) 6.350/6.450 rpm (4ª.) 5.700/5.900 rpm (4ª.)
Tração dianteira dianteira
Freios
Dianteiros a disco a disco
Traseiros a tambor a tambor
Antitravamento (ABS) sim sim
Direção
Sistema pinhão e cremalheira pinhão e cremalheira
Assistência elétrica elétrica
Diâmetro de giro 10,0 m 10,0 m
Suspensão
Dianteira independente, McPherson, mola helicoidal
Traseira eixo de torção, mola helicoidal
Estabilizador(es) não não
Rodas
Dimensões 5,5 x 14 pol 14 pol
Pneus 175/65 R 14 165/70 R 14
Dimensões
Comprimento 3,566 m 3,68 m
Largura 1,633 m 1,579 m
Altura 1,502 m 1,474 m
Entre-eixos 2,305 m 2,423 m
Bitola dianteira 1,406 m ND
Bitola traseira 1,4 m ND
Coeficiente aerodinâmico (Cx) ND ND
Capacidades e peso
Tanque de combustível 47 l 38 l
Compartimento de bagagem 215 l 290 l
Peso em ordem de marcha 945 kg 786 kg
Relação peso-potência (gas./álc.) 13,1/12,3 kg/cv 11,9/11,2 kg/cv
Garantia
Prazo 3 anos sem limite de quilometragem
Carros avaliados
Ano-modelo 2017 2018
Pneus Pirelli Cinturato P1 Continental Conti Eco Contact 3
Quilometragem inicial 3.000 km 1.500 km
Dados do fabricante; ND = não disponível
Próxima parte