Sedãs: quatro oponentes lançam desafio a novo Civic

Focus
Focus
Focus
Focus
Focus
Focus
Focus
Focus

Focus: tela central de 8 pol com novo sistema Sync 3, assistente para estacionar, comandos por voz até para ar-condicionado, frenagem automática (City Stop), chave programável (My Key), limitador de velocidade, retrovisores biconvexos

 

Civic
Civic
Civic
Civic
Civic

Civic: tela de 7 pol, comando capacitivo para volume de áudio, conexões sob o console com janela para os cabos, freio de estacionamento elétrico e retenção automática

 

 

Sentra
Sentra
Sentra
Sentra
Sentra

Sentra: tela de 5,8 pol, alertas para veículo em ponto cego e risco de colisão (veja sensor no para-choque) e ajuste elétrico até para apoio lombar; como em outros, chave presencial

 

Corolla
Toyota Corolla Altis

Corolla: tela de 6,1 pol com toca-DVDs e TV digital, estepe da mesma medida dos outros pneus

 

Jetta
Jetta
Jetta
Jetta
Jetta

Jetta: tela de 6,3 pol e integração a celular (como Focus e Civic), difusor de ar para o banco traseiro, porta-luvas refrigerado e porta-óculos; ar-condicionado de duas zonas está em todos, salvo Corolla

 

Comentário técnico

• O motor do Jetta sobressai no grupo em termos de recursos técnicos: associa injeção direta de combustível (também usada pelo Focus) a turbocompressor. Outras soluções atuais e que concorrem para a eficiência são variação contínua de tempo de abertura das válvulas de admissão e escapamento, duplo circuito de arrefecimento (a fim de manter o bloco mais quente, para redução de atritos do óleo lubrificante, sem elevar demais a temperatura do cabeçote) e coletor de escapamento integrado ao cabeçote (abrevia a fase de aquecimento do motor, na qual o consumo e as emissões são maiores).

• Entre os demais, o do Civic tem a peculiaridade de variar o levantamento das válvulas (sistema i-VTEC), enquanto os outros quatro modelos apenas alteram seu tempo de abertura. O movimento do virabrequim chega ao comando de válvulas por meio de corrente nos três carros de marcas japonesas e no Focus, ao passo que o Jetta usa correia dentada. O Ford tem a melhor relação r/l (0,284) entre as divulgadas, enquanto as de Honda (0,317) e Nissan (0,32) ficam acima da faixa mais favorável a funcionamento suave e aproveitamento de energia. Não foi possível obter as de Toyota e VW.

• A transmissão automatizada de seis marchas e dupla embreagem do Focus, única no grupo, tem a vantagem de reduzir perdas de energia ao dispensar o conversor de torque, presente tanto na automática tradicional do Jetta quanto nas caixas de variação contínua (CVT) dos outros três carros. Em contrapartida, o conversor multiplica o torque nas arrancadas e resulta em melhor sensação de desempenho.

• Os conceitos de suspensão traseira dividem os automóveis em dois grupos: Ford, Honda e VW com sistema independente multibraço, Nissan e Toyota com eixo de torção. O primeiro é mais sofisticado e abre aos engenheiros melhor possibilidade de determinar a posição ideal das rodas, seja com carro vazio ou carregado, acelerando ou não. O segundo, simples e barato (por isso usado em praticamente todo carro de menor preço no mercado), tem como vantagem dispensar operação de alinhamento por toda a vida útil.

• Civic e Focus adotam sistema de vetorização de torque, um controle eletrônico que busca evitar a patinação da roda dianteira interna em uma curva e facilitar seu contorno. Atua por meio de frenagem apenas da roda desejada, em geral com o objetivo de fechar a curva e evitar o subesterço.

Próxima parte