Citroën – avaliações anteriores

 

2011

C3 Picasso: os atributos da Aircross com preço compatível

C3 Picasso automática: conforto que merece refinamento

2010

C3 Aircross: Citroën adapta minivan e faz seu “aventureiro”

2009

C4: a volta ao segmento com farto conteúdo e preço atraente

2008

C3: nova grade, ajuste na suspensão e caixa automática

C4 Pallas Flex: mais potência e torque com preço inalterado

Grand C4 Picasso: muito conforto e conteúdo a preço atraente

C5: dirigimos na Europa a segunda geração que virá ao Brasil

2007

Xsara Picasso: mudanças de estilo são bastante discretas

C4 Pallas: sedã elegante e bem-equipado a bom preço

C6: inovações, requinte e conforto com o ousado estilo francês

2006

C3 1,4 Flex: motor de 82 cv atende bem, mas o preço subiu

C3 XTR: sem alterações técnicas, é aventureiro só no visual

C4 VTR: esportivo chega bem-equipado por preço atraente

2005

C3 1,6 adere aos flexíveis e ganha pouca potência com álcool

Xsara Picasso 1,6: mais em conta com bom desempenho

C5: estilo ousado e requintes de tecnologia no Citroën de luxo

2004

Pluriel: um C3 que serve de cupê, conversível e até picape

Xsara Picasso Automatique: câmbio seqüencial é primazia

C4 VTS: versão de 180 cv do novo francês impressiona

C8: minivan esbanja conforto e espaço, mas falta agilidade

2003

C3: pequeno revela boas qualidades mecânicas e estilo original

C3 GLX 1,4: versão mais barata custa e consome menos

Xsara Picasso: melhorias discretas, mas bem-vindas

Berlingo: agora com motor 1,6 16V, surpreende ao volante

2002

Xsara VTS 2,0: deixa poucas saudades da versão de 167 cv

C5 Break Exclusive: espaço, estabilidade e custo-benefício

1998

Xsara Exclusive: conforto e preço atraente no médio francês

Berlingo: proposta diferente, entre automóvel e minivan

 

SEM COMENTÁRIOS