Tiozão sarado

Clique para ampliar a imagem

A Toyota traz do Japão um novo motor de 2,0 litros, com potência de
até 153 cv, na tentativa de atrair o público jovem para o Corolla

Texto: Fabrício Samahá e Geraldo Tite Simões - Fotos: divulgação

Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

Sem alterações externas, salvo pelos logotipos "Dual VVT-i" e "2.0", o Corolla 2,0 de litros traz novo fôlego, disponível nas versões XEi e Altis

Ao contrário do adversário direto Honda Civic, que cresceu em cilindrada e potência a cada geração desde que passou a ser fabricado no Brasil em 1997, o Toyota Corolla manteve no modelo lançado em 2008 o motor de 1,8 litro usado desde a geração de 2002, até mesmo com pequena perda de potência. O resultado foi que seu desempenho, antes muito bom, se tornou discreto pelo aumento de quase 100 kg no peso, enquanto aquele e outros concorrentes — como C4 Pallas, Focus,