Best Cars Web Site Consultório Técnico

por Fabrício Samahá 

Astra: as diferenças em potência
e entre brasileiro e europeu


O BCWS está cada vez melhor! Possuo um Astra GL 1.8 2001 de 110 cv e os testes publicados no BCWS e outras publicações referem-se ao modelo 1999, de 100,5 cv. O que mudou na "regulagem" do motor do Astra 1.8 do modelo 1999 para o 2001? Sinto que apesar de ser 8V, o maior torque e potência estão disponíveis em "altos giros". Como é a curva de torque do 2001? O que difere o Powertech nacional do Ecotec usado no Astra alemão?

Guilherme Machado da Costa
São José dos Pinhais, PR
guilherme.costa@volvo.com

Quando lançou o Astra nacional, em 1998, a GM oferecia os motores 1,8 de 110 cv e 2,0-litros de 112 cv, mais tarde acompanhados pelo 2,0 16V de 128 cv. O motor menor oferecia potência máxima de 110 cv a 5.400 rpm e torque máximo de 15,8 m.kgf a 4.800 rpm -- regime elevado, dando a impressão de que houvesse pouca força em baixa rotação. Afirmávamos em nossa primeira avaliação com o Sedan GL, em março de 1999: "Embora haja um pico de torque ainda em baixa rotação, perto de 1.500 rpm, o ponto máximo é atingido apenas a 4.800 rpm, típico de motor multiválvula esportivo".

Em 1999, aproveitando-se da legislação que atribuía menor alíquota de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para automóveis de até 99 hp (cerca de 100,5 cv), a GM optou por reduzir a potência do motor 1,8 para exatos 100,5 cv, mediante reprogramação da central eletrônica. O procedimento, segundo a empresa, foi de limitar a potência em altas rotações, mantendo a curva de torque anterior até médios regimes. Assim, o pico de torque que já existia a 2.600 rpm -- de 15,4 m.kgf -- passou a ser o máximo, desaparecendo o pico anterior de 15,8 m.kgf a 4.800 rpm.

Ocorre que uma revisão na legislação tributária no final de 1999 acabou com a linha divisória dos 99 hp (saiba mais), tornando sem sentido a limitação. Assim, a GM retornou aos 110 cv e 15,8 m.kgf a 4.800 rpm dos primeiros motores 1,8 no modelo 2001 do Astra GL.

Quanto ao modelo europeu, os motores Ecotec são construtivamente similares aos nacionais, inclusive com bloco de ferro fundido. Só que a Opel alemã usa 16 válvulas desde o motor 1,4 (75 cv), passando pelos 1,6 de 101 cv, 1,8 de 116 cv, 2,0 de 136 (quase igual ao nosso, mas com taxa de compressão mais alta), 2,2 de 147 cv e 2,0 de 162 cv, este no Astra OPC. Há também um turbo para o Astra Coupé e Zafira OPC. Observe que as denominações citadas são atribuídas pela GM a diversas famílias de motores: como exemplo, o 4,1-litros do Omega e Silverado era chamado Powertech, e a Opel denomina Ecotec também o 3-cilindros de 1,0 litro do Corsa europeu.

Página principal - e-mail

© Copyright 2001 - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados