Consultório de Preparação


por Iran Cartaxo


Voyage 1,8 com comandos mais bravos


Gostaria de parabenizá-los pelo informativo espaço que este site proporciona. Tenho um Voyage GL 1993 com motor 1.8 a gasolina e carburação eletrônica original. Gostaria de saber:

1) Qual o veneno barato que poderia melhorar seu desempenho?
2) Qual a diferença do comando do Gol GT e do GTS e quais as respectivas durações em graus?
3) Quanto custaria aproximadamente colocar o comando de 288º e onde colocaria?


André Sanches Sargaço
aireng@uol.com.br


Como afirmamos em várias outras consultas de motores da linha Volkswagen AP, é muito fácil prepará-los atualmente no Brasil, sobretudo no caso de motores carburados. Pode-se dizer que os preparadores brasileiros são capazes de trocar seu comando de válvulas de olhos vendados.

É difícil conseguir uma preparação barata que surta efeitos notáveis em desempenho, André. A mais simples e menos onerosa é a troca do comando, seguida pela troca do carburador. Um novo comando para o motor AP custa cerca de R$ 200 instalado; a troca do carburador por um 3E sai por cerca de R$ 300. Colocar um carburador ainda maior que o 3E exige a troca conjunta do comando para que se possa aproveitar a maior vazão do carburador. Substituir apenas o carburador não compensa, pois as válvulas não ficarão abertas em tempo suficiente. Assim, a colocação de um Weber 40 de corpo duplo fica em torno de R$ 700, já incluso o comando apropriado e o coletor de admissão necessário para adaptação do carburador.

Em qualquer substituição do carburador original você perderá o recurso do controle eletrônico de marcha-lenta, a "carburação eletrônica". Mas isso não prejudica de modo algum o funcionamento do motor.

As curvas de potência (as mais altas) e de torque estimadas para o Voyage de 1,8 litro em configuração original (em azul), com aumento da taxa de compressão (em marrom), com carburador 3E (em rosa), com comando do Gol GTS (em verde) e com comando de 288 o (em vermelho)

Clique aqui para ver as curvas de potência e torque ampliadas


Um recurso da preparação aspirada que custa pouco e só traz benefícios ao carro, quando aplicado com critério, é o aumento da taxa de compressão. Ao contrário de outros venenos -- como comandos mais bravos e carburadores maiores, que reduzem o torque --, o aumento da taxa resulta não só em ganho de potência, como também em melhor torque e menor consumo de combustível. O único inconveniente é que com uma taxa de compressão mais alta cresce o risco de detonação, por isso a alteração exige conhecimento do motor e das condições atmosféricas de onde se roda com mais freqüência.

Para elevar a taxa de compressão basta efetuar um passe no cabeçote, retirando a quantidade de material ou a espessura desejada para se atingir a nova taxa. Esse serviço pode ser feito em qualquer boa retífica de cabeçotes e custa em média R$ 50.

Como sua preferência é por um veneno de baixo custo, mas com efeito expressivo sobre o desempenho, André, sugerimos estas receitas:

1 -
Recalibragem dos sistemas de carburação e ignição e aumento da taxa de compressão em 1 ponto;

2 - Carburador 3E, recalibragem do sistema de ignição e aumento da taxa de compressão em 1 ponto;

3 - Comando do Gol GTS, recalibragem dos sistemas de carburação e ignição e aumento da taxa de compressão em 1 ponto;

4 - Comando de 288°, carburador Weber 40 de corpo duplo, recalibragem do sistema de ignição, e aumento da taxa de compressão em 1 ponto.

Este é o desempenho estimado para cada uma:

  Aumento da taxa Carburador 3E Comando de
Gol GTS
Comando de 288o
Potência máxima 90 cv 93 cv 96 cv 122 cv
Rotação de potência máxima 5500 rpm 5600 rpm 5700 rpm 6400 rpm
Velocidade máxima 169 km/h 171 km/h 173 km/h 187 km/h
Rotação à velocidade máxima 5110 rpm 5160 rpm 5215 rpm 5650 rpm
Aceleração de 0 a 100 km/h 10,7 s 10,4 s 10,0 s 8,0 s
Torque máximo 15,2 mkgf 15,0 mkgf 14,5 mkgf 13,3 mkgf
Rotação de torque máximo 3050 rpm 3100 rpm 3150 rpm 3600 rpm
Encurtamento recomendado na relação de transmissão 6,9 % 8,1 % 8,6 % 12,2 %
Aceleração longitudinal no interior do veículo 0,58 g 0,60 g 0,62 g 0,79 g
A margem de erro é de 5% (para cima ou para baixo), considerando-se instalação bem-feita. Calculamos a aceleração de 0 a 100 km/h e a aceleração longitudinal máxima (sentida no interior do automóvel) a partir da eficiência de transmissão de potência ao solo do carro original. Para atingir os resultados estimados pode ser necessária a recalibragem da suspensão, reforços no monobloco e/ou o emprego de pneus mais largos. A velocidade máxima estimada só será atingida com o ajuste recomendado da relação final de transmissão. Os resultados de velocidade são para velocidade real, sem considerar eventual erro do velocímetro. A rotação à velocidade máxima é calculada considerando a relação atual de transmissão.
Algoritmo de simulação de preparação de motores desenvolvido pelo consultor
Iran Cartaxo, de Brasília, DF.


Somente o aumento da taxa de compressão não produzirá efeito expressivo na potência, mas pode melhorar o torque e o consumo. O comando de 288° não exige a instalação em conjunto do Weber 40, mas este carburador permite um melhor ajuste da marcha-lenta com o comando bravo e um melhor aproveitamento de suas características. Já a colocação do Weber corpo duplo 40 exige a troca do comando para um bom aproveitamento do carburador, mas a troca do comando não tem de ser pelo de 288°: pode-se optar desde o comando do GTS até um de 295°.

O comando do Gol GTS ou 049G, como é conhecido nas lojas de preparação em referência a seu código na Volkswagen, é um comando com 264° de duração na abertura das válvulas de admissão e 10,8 mm de levantamento. O Gol GT utilizava o mesmo comando, mas seu motor tinha características diferentes até 1985. Na linha 1986, para ganho em rendimento, maior suavidade e uniformização de componentes com o novo AP de 1,6 litro, o motor 1,8 foi redesenhado e ganhou bielas mais longas, de 136 para 144 mm. Daí as diferenças de desempenho entre os primeiros GT e os GTS.

As quatro receitas simuladas prometem resultado bastante satisfatório, pois não reduzem muito o torque -- algumas até o elevam --, logo não prejudicam a dirigibilidade, e deixam o motor mais esperto, o que tornará a condução do Voyage "mexido" muito agradável.



Volta ao Consultório de Preparação

Volta à página principal


© Copyright 1998/1999 - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados