Tags Artigos com o assunto "Lexus UX"

Assunto: Lexus UX

UX 300 E com motor de 204 cv é primeiro Lexus elétrico

  O utilitário esporte UX foi escolhido como primeiro modelo elétrico da Lexus. A divisão de luxo da Toyota aplicou ao UX 300 E, lançado no Salão de Guangzhou (China), um motor elétrico de 204...

Lexus UX: chega novo SUV híbrido a partir de R$ 170 mil

  A Lexus anuncia a estreia no Brasil do UX 250 H, seu primeiro utilitário esporte compacto, que chega em três versões: Dynamic ao preço de R$ 170 mil, Luxury (acima) por R$ 190 mil...

UX: menor SUV da Lexus vai de R$ 170 mil a R$ 210 mil

  O Lexus UX está em pré-venda com preços entre R$ 170 mil e R$ 210 mil, conforme anunciou uma concessionária de São Paulo, SP. O utilitário esporte compacto vem competir com Audi Q3,  BMW X1 e ...

Lexus UX

Envie sua opinião!

Salão: Lexus traz UX e novo ES; linha só terá híbridos

  Além de expor novos carros, a Lexus, divisão de luxo da japonesa Toyota, anunciou no Salão do Automóvel que sua linha de veículos no Brasil será totalmente híbrida a partir de 2019. A  principal...

Lexus UX: SUV rival para Q3 e X1 chega em Genebra

  A Lexus divulga a primeira imagem do UX, utilitário esporte compacto a ser lançado no Salão de Genebra. Ele vem ocupar um segmento abaixo do NX, o mesmo de Audi Q3, BMW X1 e...

Notícias

JAC T60: SUV de R$ 100 mil vem enfrentar Compass

  A JAC Motors lança no Brasil seu concorrente para o Jeep Compass: o utilitário esporte médio T60, posicionado entre o T50 e o T80...

Avaliações

S10, Ranger, Frontier e Hilux no desafio das picapes

Quatro opções com cabine dupla, potente motor a diesel e conteúdo elevado por preço abaixo de R$ 200 mil

Vídeos

Peugeot 2008: análise técnica após teste de um mês

O Peugeot 2008 Griffe passou por um teste de 30 dias no Best Cars e, agora, você confere sua detalhada avaliação técnica

Curiosidades

As versões de carros nacionais feitas só para exportação

T-Cross aspirado, Toro da Ram, Logan da Nissan e outras opções fabricadas no Brasil, mas não para o mercado interno