Nissan Terra: pilha a combustível e três motores

 

Se a Nissan não é conhecida por aqui pela beleza de linhas de seus carros, parece que não será diferente no Salão de Paris, onde a marca japonesa revela o carro-conceito Terra (grafado, curiosamente, TeRRA pela empresa). Mais relevante que suas formas, porém, é a tecnologia adotada no crossover: uma pilha a combustível obtém do hidrogênio a energia para alimentar três motores elétricos, sendo um na frente  dois na parte traseira do carro. O dianteiro é o mesmo usado no modelo elétrico Leaf, enquanto atrás os motores são integrados às rodas, o que poupa espaço e dispensa sistema de transmissão. Compacto, o Terra mede 4,16 metros de comprimento e 1,80 m de largura, tem portas que se abrem em sentidos opostos (sem coluna central) e quatro lugares, sendo os passageiros do lado direito colocados um pouco mais para trás a fim de melhorar a acomodação de todos e a visibilidade do motorista.