Renault Sandero (segunda geração)

Sandero Dynamique

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] Osgood
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Versão] Stepway
[Motor] 1,6 16V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão]
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O carro é extremamente robusto, com suspensões e mecânica bem dimensionados para uso sem frescuras e aguenta muito bem o uso comum realizado no dia-a-dia. O espaço interno é bom e o espaço do porta-malas também é bastante bom para a categoria, sendo um dos motivos pelos quais escolhi o carro. Tem rodar confortável e encara sem grandes problemas as buraqueiras da cidade. Se viesse de série com um pneu de perfil um pouco mais alto seria mais condizente com a proposta do carro, o 205/50 16 está mais para esportivo.

[Principais aspectos negativos] O acabamento interno é o fraco desse carro. Já tive um modelo 2012 antes e melhorou bastante quanto a ruídos internos e estabilidade direcional, mas os plásticos de aspecto simples e que arranham facilmente e os tecidos dos bancos muito simplórios são um destaque negativo do carro. Duas coisas que não gosto, mas é mais pessoal, a direção eletro-hidráulica não é leve e comunicativa o suficiente e o ar condicionado do carro que acho fraco.

[Defeitos apresentados] Sim, veio com a tomada de força no console solta. Reclamei na revisão de 10.000, a primeira feita a 3 semanas e ainda não receberam a peça para fazer a substituição. E o ar-condicionado simplesmente parou de funcionar aos 11.000 km. Agendei para verificar o defeito na próxima semana. Por isso ainda não sei a causa. Se puder, atualizo depois.

[Concessionárias] O de sempre, têm preços tabelados mas sempre tentam te empurrar serviços que não estão no manual. Quando reclamei que o preço de alinhamento e balanceamento era absurdo, me deram 50% de desconto para realizar o serviço lá. Fiz para não perder tempo. Queriam fazer higienização do ar condicionado com 10.000 Km. Quem não entende nada de carro acaba por ser enganado pelos atendentes (vendedores) das concessionárias.

[Comentários adicionais] Pelo preço do carro e pelas qualidades ainda considero um bom custo-benefício. Veremos nos próximos dias quanto a resolução do problema apresentado no ar condicionado.

[Best Cars] Melhor site para acompanhar o mundo automotivo. Credibilidade e imparcialidade que fazem a diferença. Além dos vídeos e comentários técnicos que ajudam no aprendizado e são excelentes. Recomendo a todos.

[Data de publicação] 18/5/18

 

 

[Nome] Rubergil Violante Jr
[Cidade] Paulinia
[Estado] SP

[Versão] RS
[Motor] 2,0 16v
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Um verdadeiro esportivo. Motor forte e elástico, com um ronco muito gostoso. Suspensão muito firme, pneus excelentes, um verdadeiro devorador de curvas. Comportamento neutro em curvas, dá gosto dirigir com vigor em um autódromo ou estrada sinuosa. Cambio de relações curtas, carro sempre nervoso e em rotação alta quase o tempo todo. Engates corretos: justos, secos e curtos, mas requer atenção no início, é grande a chance de colocar quarta em lugar da sexta pra quem não está acostumado. Visual muito bonito. Bancos muito confortáveis e de grande apoio lateral. Volante maravilhoso, de ótima pegada, direção precisa, de peso correto, não é leve nem pesada demais. Freios superlativos, muito potentes e de ótima modulação, e sem fading. Não é um carro pra todo mundo, é para um nicho específico, quem gosta de esportivo cru – para estes, como eu, é um carro espetacular, e por um preço relativamente baixo, custo benefício imbatível. Outros mimos: central multimídia simples de usar, ar digital, sensores de estacionamento traseiro, controle de velocidade, luzes diurnas de led. Espaço interno é excelente em largura, bom em porta-malas e para as pernas, um pouco menor que o Sandero normal por conta dos bancos dianteiros mais volumosos.

[Principais aspectos negativos] Suspensão é muito firme e portanto sofre em pisos esburacados, o carro “quica” muito em ruas irregulares, bastante desconfortável até. Não é carro pra quem quer conforto ou anda muito em ruas esburacadas e leva idosos, por exemplo. Além disso, cambio é curto, então é ruidoso em estrada, são 6 marchas reais e em sexta fica a 3500 rpm a 120 km/h. E, já disse, requer atenção no início, é grande a chance de colocar quarta em lugar da sexta pra quem não está acostumado. Cambio curto, pneus largos, motor 2 litros, some tudo isso e não dá pra esperar consumo bom, mas ele é aceitável até, melhor que meu antigo Fluence. Acabamento é muito simples, já se houve barulhos aqui e e ali. Qualidade do som é média para ruim. Como já disse, é um carro para um perfil específico, que quer esportividade e não se importa tanto com estes aspectos negativos. Ah! Revisões são a cada 8000 km, e não são baratas, uns 600 reais na média.

[Defeitos apresentados] Apenas um incômodo: buchas traseiras estão fazendo um bom nhec-nhec, um ligeiro estalo. Pretendo informar na próxima revisão. De resto, tudo OK, bastante

[Concessionárias] Sempre fui muito bem atendido pela Automec de Campinas. Não tenho do que me queixar.

[Comentários adicionais] É um carro que dá vontade de dirigir o dia todo em estradinhas sinuosas e serras. Tem seus pecados, mas tem me servido muito bem, inclusive para viajar com família – esposa e filhos. E tem um custo-benefício muito bom – não há carro que dê esse desempenho pelo mesmo preço. O concorrente mais próximo seria o 208 GT, mas o Peugeot é bem mais caro e tem um outro perfil (mais refinado, mais potente, menos hard-core).

[Best Cars] O BestCars é A referência em avaliação de carros na internet brasileira.

[Data de publicação] 4/5/18

 

 

[Nome] Fábio Fernandes Nunes
[Cidade] Porto Alegre
[Estado] RS

[Versão] Vibe
[Motor] 1,0 12V
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio]
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O desempenho e a economia do motor 1-litro SCe são destaques, com 1000 km o carro já faz 12 km/ l na cidade (percurso com muitas ladeiras e sempre com ar condicionado ligado). A disponibilidade de torque em baixas rotações faz esquecer os “mil” de antigamente, além de transmitir baixíssimas vibrações (diferentemente, por exemplo, do Ka). Outro ponto de grande evolução é o câmbio, muito mais preciso e agradável que o antigo, acionado por varão. O acabamento é muito bom, com plásticos de boa qualidade e bem montados (não há plásticos macios, mas não é a proposta do veículo). Os botões dos vidros elétricos são iluminados e o acionamento possui um toque para subir e descer (motorista) e subir (passageiro). O porta malas é o maior da categoria e, raro hoje em dia, o estepe tem a mesma dimensão das rodas de serviço. O pacote de equipamentos com sensor de estacionamento traseiro, rodas de liga leve 15″, repetidores de direção nos piscas, alarme periférico, sistema multimídia com navegador e banco do motorista e volante com regulagem de altura é ótimo para um carro que não superou a barreira dos R$ 50 mil. O capô sustentado por mola a gás é bastante prático. Além do amplo espaço interno, vale destacar também a excelente estabilidade e a sensação geral de robustez do carro e das suspensões.

[Principais aspectos negativos] Um carro tão espaçoso merecia ter encosto de cabeça e cinto de 3 pontos no banco traseiro, que por sinal, não é bipartido. Embora venha de série com alarme, precisei solicitar instalação de sensores ultrassom e trocar o protetor de cárter original, de plástico, por outro de metal. Falta luz traseira de neblina e iluminação de teto para os passageiros traseiros. Um pouco mais de suporte lateral nos bancos dianteiros seriam bem-vindos. Grave mesmo dois pontos: ausência de regulagem em distância do volante (ou você fica muito perto do painel, ou não pressiona completamente o pedal de embreagem) e a absurda impossibilidade de travar todas as portas senão pelo controle da chave, com acionamento do alarme. Se o motorista chavear a sua porta, as demais permanecerão destrancadas (!)

[Defeitos apresentados] Nenhum

[Comentários adicionais] Grata evolução, especialmente na área de trem-de-força. Apesar de sempre ter admirado o estilo (segunda geração), robustez e estabilidade, os antigos câmbio e motor impediam cogitar a compra do Sandero. Aliás, depois de quatro Ford Fiesta, o Sandero se mostrou uma alternativa à altura, em que pese o modelo do oval azul ser mais bonito (questão subjetiva). A Renault está de parabéns, vou torcer para que o pós venda esteja no mesmo nível do carro.

[Best Cars] Sou leitor há mais de 15 anos, o Best Cars é o melhor site sobre carros no Brasil e certamente um dos melhores do mundo (acesso muito conteúdo em outros idiomas). Está seção é de grande valia para quem precisa trocar ou comprar carros.

[Data de publicação] 1/12/17

 

 

[Nome] Dejane Terezinha Vargas Bittencourt
[Cidade] Porto alegre
[Estado] RS

[Versão] Hatch
[Motor] 1.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho]
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Econômico,bom espaço interno,ótimo porta mala.

[Principais aspectos negativos] Ponto cego, posição de dirigir.

[Defeitos apresentados] Até o momento não!

[Concessionárias] Atendimento de venda bom!pós venda horrível,tudo os acessórios muito caros,de 3 a 4 vezes mais caros q outras lojas,atendimento da ofina de reparo e sinistro deixa muito a desejar,totalmente insatisfeita.

[Data de publicação] 6/10/17

 

 

[Nome] Hugo Leonardo
[Cidade] Itaborai
[Estado] RJ

[Versão] Gt line
[Motor] 1.6 16V sce
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 20.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 2
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Espaço interno. A diferenciação estética do modelo Gt Line torna o convívio menos desagradável.

[Principais aspectos negativos] A embreagem é dura ,levou uns dois meses para me acostumar e o joelho parar de doer. Não consigo achar uma boa posição com as pernas mais esticadas. Existe um ruído aerodinâmico na porta do motorista entre 80 e 100km/h , parecendo uma chaleira assobiando. Barulhos de plásticos batendo , quando em pisos irregulares. Banco pouco ergonômico.

[Defeitos apresentados] Comprei o carro zero km e o mesmo veio desalinhado e desbalanceado , sendo necessário duas visitas a concessionária para resolução. A bateria arriou com pouco mais de 10 mil km rodados. Foi trocado na garantia, mediante dois dias de teste.

[Concessionárias] Não fui mal atendido mas ao questionar sobre o ruído da porta, foi dito que era assim mesmo e que o duster tinha o mesmo barulho.

[Comentários adicionais] Comprei o carro no impuso, acabei não gostando ao longo do tempo. Fiz o teste drive no modelo com motor 1.6 8v e sem dúvida o motor 1.6 16v sce é muito melhor.

[Best Cars] Meu segundo comentário. Útil como pesquisa pré compra.

[Data de publicação] 22/9/17

 

 

[Nome] Júnior
[Cidade] Maringá
[Estado] PR

[Versão] Sandero Hatch vibe
[Motor] 1.0:12 v
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 2
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 1
[Desempenho] 2
[Consumo] 1
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 2

[Principais aspectos positivos] –

[Principais aspectos negativos] Consumo de combustível. Compramos o Sandero vibe para o trabalho 1.0 12v. Compramos no mês de agosto já está com três mil km. A média de consumo até agora não passou de 9.2 km na gasolina. Liguei na concessionária o vendedor me falou que até dois mil km ele ia normalizar . Mas infelizmente o pós venda é extremamente ruim! Pois depois que pegamos o carro na concessionária não recebi nenhuma ligação do vendedor.

[Defeitos apresentados] Não ainda não

[Concessionárias] Péssimo atendimento

[Comentários adicionais] O carro é muito bom. Só o consumo mesmo que está me assustando

[Best Cars] O carro é lindo ( o modelo vibe)

[Data de publicação] 22/9/17

 


[Nome] Emerson Giro
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Expression
[Motor] 1.0 16V
[Ano-modelo] 2016
[Quilometragem atual] 20.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 2
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 2
[Desempenho]
[Consumo] 1
[Câmbio] 3
[Freios] 5
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 2

[Principais aspectos positivos] Carro de beleza singular, remetendo a impressão de dirigir ao do VW Golf pelo porte, jamais pelo desempenho. Sistema de freios muito bom, com esporádicas tremulações quando se freia em declives esburacados na cidade. Bom acabamento ao meu ver.

[Principais aspectos negativos] Gasta muito combustível ao meu ver. Só rodo na gasolina, perfazendo em média 10 km/lt sem ar ligado, já ligando-o sobe para 8 km/lt. No álcool fiz duas experiências e pasmem… não fiz nem 6 km/lt! Quando comparado a concorrência fico muito chateado pois oferta pouca economia em combustível, uma vez que trabalho diariamente com ele. Notei também sobressaltos da traseira quando em ondulações de pista. Mas o pior defeito ao meu ver é um ruído característico de bater pino! No começo era menor, agora é constante, e com o ar ligado parece ensaio do Olodum na Bahia. Utilizei de duas revisões na Renault 1 minuto, sempre atendido por profissionais comprometidos, porém sem saberem do que se trata este ruído chato! Parece que o motor vai quebrar até! Por fim o impasse do aparelho MediaNav, que me foi entregue como modelo Evolution, inclusive com manual, e não o é. Ninguém da Renault sabe me informar de qual modelo se trata, orientando apenas que descubra (pasmem) e me informe com o fabricante. Essa é de doer! Mas já descobri se tratar da marca LG, e os mesmo mandam eu procurar a Renault! Muito chato isso!

[Defeitos apresentados] Por hora não muitos defeitos. Apenas muita chiadeira nos discos de freio quando acionados e o bendito “trec trec” do motor, ou sinfonia completa do mesmo com o ar condicionado ligado.

[Concessionárias] Utilizei apenas da opção Renault 1 Minuto em São Paulo, onde prestativos profissionais fazem o trivial nas revisões, não buscando soluções para minhas queixas, salientando serem problemas normais e corriqueiros do projeto do carro.

[Comentários adicionais] Quando comprei solicitei protetor de cárter, mas ao retirá-lo da Concessionária Sinal Moema em São Paulo notei que o mesmo não fora instalado. Argumentei com o vendedor e o mesmo deu uma explicação esdrúxula de que seria perigoso danificar o motor ou até mesmo projetá-lo ao interior do carro em colisão. Achei ridículo, mas como necessitava com urgência do mesmo, retirei-o abrindo mão da promessa não cumprida.

[Best Cars] Ótima iniciativa da Best Cars abrir este campo onde podemos dialogar e explanar problemas quanto as carroças que ainda nos vendem depois de tantos anos de prática. Poderiam ser feitos carros melhores, e através deste canal, podemos com calma selecionar embasados nas opiniões de proprietários quais veículos nos deixarão menos tristes.

[Data de publicação] 16/6/17

 

[Nome] Matos
[Cidade] Imperatriz
[Estado] MA

[Versão] Sandero, STEP WAY – RIP CURL
[Motor] 1.6 – 8V
[Ano-modelo] 2016
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Tirei Zero da CC e viajem de férias 8 – 9 mil km, E foi confortável dirigir. Espaço interno para ocupantes e porta – malas, sem comentários. Altura do solo é uma preocupação a menos seja em percurso urbano ou rodoviário e embora seja alto a estabilidade é boa. Para viagens longas o piloto automático é bem funcional e fácil de se usar; o piloto de bordo também é baste funcional, pois, informa consumo médio, distância percorrida e etc. Outra coisa que me agradou bastante é a iluminação que os faróis proporcional; a luz baixa já é suficiente para dirigir em rodovias a noite.

[Principais aspectos negativos] Infelizmente o consumo, andando entre 100 – 110 km/h obtive médias de no máximo 11 KM/L com quatros adultos e porta – mala cheio, um detalhe é o tempo que o motor leva para desenvolver retomada de velocidade, pois, é lenta. De forma geral; o carro é um “veículo de expedição”; curtir a estrada e sem pressa . . . Outro ponto que incomoda é a coluna do para brisa que em alguns momentos gera pontos cegos e deve ter um pouco mais de atenção. Bem como a Empresa que Renault escolheu para fornecer os mapas para o GPS( antes de viajar pesquise as rotas e veja se de fato há equivalência com as rotas traçadas pelo GPS).

[Defeitos apresentados] A porta do passageiro da frente destravava( sem abrir)quando em movimento o carro passava em ondulações no asfalto e essa gerava um torção no chassis. A questão foi levada a CC e lá o mecanismo da fechadura foi trocado e o problema foi resolvido.

[Concessionárias] Até o momento sempre solucionaram as questões levadas a eles. E sempre prestativos.

[Comentários adicionais] Para quem quer um Step Way, o 2017 já está com 115 cv uma diferença enorme do 2016 que são apenas 98 cv e esses no etanol se convertem a 106 cv e já dá uma boa melhorada em retomadas e desempenho. Então, prefira um mais potente, pois, ele usa rodas 16, é alto e a aerodinâmica não é favorável . . . No mais estou satisfeito, e provável que troque o carro pelo modelo atual.

[Best Cars] Aos caros proprietários, Adquirindo o carro “novo” , deixe aqui seu comentário sobre o seu possante, pois, assim como estou deixando o meu e posso está lhe ajudando o seu relato é importante. Antes da aquisição usei este site para obter informações sobre as possibilidades de escolhas. E lendo os comentários tomei a decisão e de fato tudo que li aqui sejam de pontos negativos ou positivos conferem com a realidade.

[Data de publicação] 5/5/17

[Nome] Cesar
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Versão] 2.0 RS
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Custo benefício, Desempenho muito bom, Carro bonito, Bancos envolventes excelentes, Nível de ruído excelente, Ar condicionado Excelente, A presença de DRLs, Espaço interno, porta malas. A estabilidade rigidez do carro e capacidade de frenagem são fora de série, um capítulo à parte..

[Principais aspectos negativos] Para mim é defeito grave: NÃO TEM INDICAÇÃO DE TEMPERATURA. Apenas luz espia, quando acender a vaca já foi pro brejo. Vai morrer na retífica do cabeçote. Além disso, no dia a dia, fica sem a informação de quando a temperatura de funcionamento é atingida e assim, à partir de quando se pode exigir do motor (atualmente aguardo 10 minutos).
Não gosto da saída dele no dia a dia. Se pisar normalmente no acelerador ele vai sair mais devagar que os outros carros. Não sei se a característica é da programação eletrônica do acelerador ou se é do motor 16v. Mas pisando um pouco mais ele arranca bem. Ou seja, Característica chatinha, mas não prejudica. Consumo rodoviário: O consumo urbano é muito bom e me gerou uma expectativa boa quanto ao consumo rodoviário, o que não se confirmou. Não acho que seja exagerado (consumo rodoviário), mas acho que poderia ser melhor.

[Defeitos apresentados] Máquina do vidro dianteiro direito. Prontamente trocada em garantia.

[Concessionárias] A Premier Renault sempre me atendeu muito bem. No único problema que tive fui prontamente atendido. O úníco “senão” é que o carro me foi entregue com quase 40 Km rodados. Acho um pouco exagerado para um carro “Zero”.

[Comentários adicionais] Em linhas gerais é o carro que eu queria. Carro com motor potente, leve, pouca manutenção, câmbio mecânico, AC e DH. Queria também pneus com perfil mais alto para preservar as rodas e a suspensão, aí ficou devendo, mas por enquanto o conjunto vem aguentando bem. O que veio além dos requisitos, foi recebido como agradável surpresa. A exaltar o baixo nível de ruído, o excelente ar condicionado, espaço interno, porta malas e a estabilidade fenomenal. A grande decepção mesmo ficou pela ausência da indicação de temperatura.
O câmbio veio duro. Parecendo estar justo demais e com uma dificuldade no engate da sexta marcha. Achei que era questão de regulagem no trambulador e resolvi deixar para a primeira revisão, contudo o câmbio já está bem melhor com o uso e não se nota a dificuldade para o engate da sexta marcha. Assim, já é desnecessária qualquer intervenção. Nas primeiras vezes na estrada o carro saltou nos remendos do asfalto, me dando sustos, mas nas viagens seguintes nem percebi. Acho que me acostumei com a característica e já compenso sem pensar. Nunca cheguei tão rápido aos 190Km/h (indicados)! Sugere que o limite está nos giros.
Nunca dirigi um carro que estivesse tão “no chão” em velocidade tão alta. Será ação do aerofólio? Para finalizar, acho que a Renault Sport fez um excelente e caprichado trabalho no Sandero. É uma versão totalmente à parte. Poderia ser rebatizada. Contudo, devido a suspensão firme (discordo completamente de quem diz que é duro, já dirigi carro duro e definitivamente o RS não é), não é carro para todo mundo. Me surpreende que alguns o tenham comprado sem testar e depois reclamem.

[Best Cars] Tenho dois aspectos a comentar: 1 – Li praticamente tudo o que se publicou sobre o Sandero R,S, e discordei de muita coisa. Acho que a maioria o avaliou com o que se espera da proposta do carro e muito pouco do convívio com ele. Acreditem, ele supera. Quem mais acertou e me surpreendeu foi o Fabrício Samahá. Excelente trabalho!
2 – Dizer que imprensa especializada está de uma maneira geral vendida é uma expressão muito forte. Mas não me restam dúvidas de que grande parte da imprensa omite ou suaviza críticas (temendo represálias) a produtos que deveriam ser reprovados. A postura firme do BCWS em apontar os problemas (e no fim das contas é a uma das maiores razões das revistas de carro existirem) demonstra seriedade e compromisso com os leitores. A segunda afirmação fica demonstrada no boicote (burro) da GM ao BCWS.

[Data de publicação] 2/12/16

 

[Nome] Renato
[Cidade] Sorocaba
[Estado] SP

[Versão] Sandero R.S.
[Motor] 2.0 16V
[Ano-modelo] 2016
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno]
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] É diversão garantida no transito.

[Principais aspectos negativos] O sistema de som é para ouvir baixo, mas o que importa é o ronco do motor

[Defeitos apresentados] Não

[Concessionárias] Mais ou menos

[Comentários adicionais] Quem compra é porque gosta de carro e de dirigir. Aí forma grupo rapidinho de apaixonados.

[Best Cars] Legal, diferente da opinião de reporter automotivo.

[Data de publicação] 21/10/16

[Nome] Hugo
[Cidade] Rio De Janeiro
[Estado] RJ

[Versão] R.S.
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2016
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva]
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Custo benefício muito bom. Carro extremamente instigante. Ronco super legal. Suspensão perfeita para um “esportivo” que anda no nosso asfalto lunar. Faz muita curva. Tem uma performance comparável a veículos muito mais caros. Carro perfeito para o dia a dia. Ja tive mini cooper S e o sanderinho me fez lembrar muito dele quando fiz o test drive. So que depois que comprei comecei a ver o quanto ele supera o mini. É bem mais espaçoso, Tem um porta malas muito mais usável. Tem estepe, nao tem runflat.( que furam muito em um mini cooper) Claro que nao anda tanto quanto nem tem o mesmo acabamento, mas também pela diferença de preço da pra perdoar. Fora que no 99% do tempo ninguém precisa da performance extra do mini. Ums 30km/h a mais de final.

[Principais aspectos negativos] O motor podia ser melhor pra ser um Renault sport. Mas pelo preço nao da pra reclamar. Chegar nos 200km/h nao é facil. O carro nao esta projetado para passar muito alem disso, a caixa é curta e a suspensão deveria ser mais firme se fosse pra andar acima disso. O painel é bonito mas o acabamento podia ser melhor. O som é muito ruin. Os vidros nao tem one touch pra subir ou descer os vidros que o duster tem. Se nao for cuidadoso o consumo pode chegar a assustar.

[Defeitos apresentados] Quase 9 mil km de alegria. Nenhum defeito ainda.

[Concessionárias] Ainda nao usei. Acredito que nao vou ter surpresas.

[Comentários adicionais] Muito feliz com o carro. Inclusive com o visual discreto, o meu é preto e da pra ver menos os detalhes dele. Se quiser um carro chamativo provavelmente não é pra voce. O acerto da Renault sport é incrivel. Eu cresci admirando os Clio Williams e finalmente agora que a Renault sport chegou ao brasil pude ter um Renault sport. Compraria de novo certamente.

[Best Cars] Muito bom. Sempre visito na hora de pesquisar carros.

[Data de publicação] 26/8/16

[Nome] Ricardo Alexandre dos Santos
[Cidade] Itajaí
[Estado] SC

[Versão] Dynamique
[Motor] 1.6 8V
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Design moderno, robusto e equilibrado. Não segue a tendência atual dos “carros-origamis” cheios de vincos e dobras desnecessários. Espaço interno bom para o tamanho do carro, embora menor que o do Logan. Porta-malas impressionante para um hatch. Desempenho bom, principalmente na cidade, com consumo razoável. Itens de conveniência interessantes como controlador/limitador de velocidade, ar condicionado automático, sensor de estacionamento e multimídia com GPS e controles atrás do volante. Suspensão firme sem ser desconfortável, e bastante robusta. Bons freios, melhores que os do Logan que tinha antes. Amortecedores no capô do motor, coisa de carro de luxo… Nem parece projeto Dacia. Belos bancos dianteiros esculpidos com acabamento azul metálico.

[Principais aspectos negativos] Painel com grafia muito escura, impossível ver com óculos de sol ou mesmo em dias mais nublados (Estratégia da Renault para obrigar o acendimento de faróis sempre?). Impossível de achar a posição de dirigir ideal: ou se fica com as pernas muito dobradas, ou com os braços muito esticados, mesmo com todas as regulagens. Contribui para isso a regulagem dos encostos dos bancos por alavanca de posições pré-fixadas, simplesmente horrível. Pouco espaço nos pés para entrar/sair do banco de trás. Meus amigos maiores sempre tem dificuldade. Pontas das portas altamente perigosas para causar ferimentos na altura dos olhos/testa. Falta de temporizador para os vidros elétricos. Streaming bluetooth do Media Nav “engasga” ao tocar as músicas do celular. Tela do Media Nav fica praticamente apagada na claridade do dia. Ar condicionado rouba potência do motor… faz falta o 1.6 16 válvulas. Continua a tremedeira do câmbio em ponto morto, como era no Logan.

[Defeitos apresentados] Vazamento de óleo do câmbio aos 1.200 km, consertado em garantia. Módulo de levantamento de vidros instalado como acessório pela concessionária em SP no ato da compra nunca funcionou direito. Para minha surpresa, a concessionária onde moro (SC) alegou que não pode consertar pois o item não é coberto pela garantia, podendo inclusive invalidá-la. Se não é coberto, por que a outra concessionária me ofereceu? Acabei mandando desinstalar o módulo e os vidros agora funcionam normalmente. Só faz falta um temporizador.

[Concessionárias] Sempre sou bem atendido, mas empurrar um acessório que não tem garantia de fábrica é uma baita má fé.

[Comentários adicionais] Como tinha um Logan 2013 antes, posso atestar que houveram grandes progressos em design e acabamento nessa geração da plataforma, mas continuam alguns defeitos irritantes de ergonomia, e praticamente não houve evolução na mecânica… cadê o 1.6 16 válvulas? E o câmbio nada preciso também permanece. Eu tinha como primeira escolha o novo Logan, mas como a relação custo-benefício agora favorece o Sandero, decidi ficar com ele.

[Best Cars] Ainda o melhor, disparado. E esta seção é simplesmente imperdível para quem quer comprar carro.

[Data de publicação] 23/10/15

[Nome] Fabio
[Cidade] Niterói
[Estado] RJ

[Versão] Dynamique 1.6 HI-POWER
[Motor] 1.6 8V
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 3
[Câmbio] 2
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Lista de equipamentos (com vidro eletricos na quatros portas, ar condicionado automatico, volante em couro com comandos do piloto automático, som e bluetooth, sensores de ré, computador de bordo, espelhos eletricos, sistema multimedia com GPS e bluetooth, piloto automático, limitador de velocidade, rodas de liga-leve, farois de milha), preço que paguei, robustez, melhoria na suspensão, melhoria no acabamento interno e externo, espaço interno, custo de manutenção e atendimento rápido e eficiente da Renault até hoje. Continua um carro simples, porem robusto e teve notavel melhoria no acabamento interno e design. Internamente parece que recebeu materiais de melhor qualidade. É meu segundo Sandero 1.6 e sempre foi um carro confiável e barato de se manter. O ainda considero excelente custo benefício, apesar de não ter a mecânica mais moderna de alguns concorrente. Motor vai bem na cidade e tem espaço interno que a concorrência não tem.

[Principais aspectos negativos] Motor ultrapassado, áspero e pouco elástico. Vai bem na cidade mas é pouco para a estrada, tendo motores melhores no seguimento. Deveria ser oferecido o cabeçote 16V no motor 1.6.Câmbio de engates imprecisos, principalmente se comparado aos da VW. Mas a pior característica a meu ver é a direção hidráulica pesada demais. Um defeito que vem desde o primeiro Sandero. O o sistema multimedia não está conectando automaticamente por bluetooth ao entrar no carro, sendo sempre necessária a escolha do aparelho clicando na tela. O ar condicionado automático sempre que se liga o carro tem como padrão estar com a recirculação e direção do vento desativada, sendo necessário apertar estes botões toda vezes que se liga o carro.

[Defeitos apresentados] Está com consumo excessivo na cidade e desempenho abaixo do esperado. Está amarrado e as vezes “batendo pino” nas saídas de sinal e quebra-molas.. Andando bem menos do que o Sandero 1.6 anterior que tive. Em breve levarei à concessionária para ser feita uma verificação.

[Concessionárias] Até o momento tenho sido bem atendido e até com certa rapidez. Mas a empurroterapia persiste como na maioria das marcas.

[Comentários adicionais] Acho que vale pelo custo benefício (a Renault faz muitas promoções agressivas) do pacote de equipamentos, desempenho razoável com bom torque em baixa e espaço interno. É meu segundo Sandero e sempre se mostrou um carro robusto para o dia a dia num país como o nosso. Me agradaram muito as mudanças externas e internas da última versão.

[Best Cars] Excelente fonte de informações automotivas confiáveis. Sou leitor desde o início do site a anos e utilizo este espaço de teste do leitor toda vez que preciso comprar um carro.

[Data de publicação] 27/3/15