Mitsubishi Pajero e Pajero Dakar

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] G Sinclair
[Cidade] Mossoró
[Estado] RN

[Motor] Gasolina
[Ano-modelo] 2016
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento]
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem]
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão]
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Um verdadeiro SUV 4×4 para qualquer obra! Mecânica confiável e robusta (não quebra), bom desempenho e economia de combustível ( 9 a 11 km/l – cidade a estrada); conforto, estabilidade e ergonomia para todos no seu interior; maior porta malas da categoria e também certamente melhor custo benefício para quem não é exigente com dispositivos eletrônicos avançados.

[Principais aspectos negativos] Talvez não negativo para alguns, mas é um tipo de “jeepão” muito simples sem muita tecnologia eletrônica embarcada, sua proposta é mais robustez e confiabilidade mecânica.

[Defeitos apresentados] Comprei zero há três anos e não precisei fazer nada senão as trocas de óleo e uma vez das pastilhas de freio. Faço alguns passeios de of road 4×4 e continua novo.

[Concessionárias] Tenho usado pouco e assim não muito a falar.

[Comentários adicionais] Excelente custo benefício, pena que vai sair de linha para uma proposta bem mais cara devido principalmente ao embarque de muito tecnologia eletrônica pois a mecânica é derivada.

[Best Cars] Excelente e confiável fonte do mercado automotivo. Parabéns!

[Data de publicação] 14/6/19

 

 

[Nome] Sandro
[Cidade] Goiania
[Estado] GO

[Versão] Dakar hpe
[Motor] 3.2
[Ano-modelo] 2009
[Quilometragem atual] 200.000 km
[Combustível] Diesel
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Não quebra. Mecânica confiável. Fiz várias expedições e a última foi de 8.500 km dando um giro pelo Nordeste saído de Goiânia passando pelo Piauí até o litoral e descendo pelas praias até salvador quando retornei a Goiânia. Espaço interno excelente. Valor das peças no mercado paralelo são muito bons principalmente devido as caminhonetes l200 que servem quase todas na Dakar (mesma plataforma).

[Principais aspectos negativos] Apesar de não ser tão negativo, a suspensão mais dura que a concorrência. Mas isso tem o lado positivo: não toma nas curvas… tem uma estabilidade fantástica em altas velocidades. Outro e o câmbio de 4 marchas que é muito bom porem poderia se 5 trocas pois o motor excelente urra mais pedindo a quinta (nada de incomodar).

[Defeitos apresentados] Nenhum. Peguei o carro com 50 mil km e hoje está com 165 mil km. Se fizer as revisões de manual em oficina especializada na marca e a cada 80 mil km fizer as trocas de todos os óleos e fluidos incluindo o do câmbio, numa vai dar dor de cabeça.

[Concessionárias] Usei somente até 80mil km. Atendem bem porém inventam manutenção pra faturarem. Saia fora depois que terminar a garantia. A única coisa interessante a se fazer em concessionária é a troca do óleo do diferencial e do câmbio. A cada 80 mil km. Cercas de 2000 reais o serviço completo.

[Comentários adicionais] Cuidando bem, é um carro pra vida toda! Versão diesel.

[Best Cars] Legal esse site!!!

[Data de publicação] 22/3/19

 

 

[Nome] Mario Geraldo Abreu de Macedo
[Cidade] Brasilia
[Estado] DF

[Versão] HPE
[Motor] 3.2 diesel
[Ano-modelo] 2013
[Quilometragem atual] 70.000 km
[Combustível] Diesel
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 2
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Bom carro, tem estilo, anda bem, consumo razoável em torno de 9KM, bom acabamento, estável, freios eficientes e revisões com preço tabelado que atende o consumidor.,

[Principais aspectos negativos] Falta controle de estabilidade, computador de bordo e multimídia não permiti atualizações do GPS , concessionárias em geral não atendem bem.

[Defeitos apresentados] O defeito que mais me incomodou foi a bateção do multimídia no painel e a falta de atualização do GPS que nem as concessionarias e o fabricante resolvem, depois de muita luta troquei pelo modelo mais novo de multimídia clarion e resolvi o problema, mas tive que recorrer a justiça. Por conta desse defeito o carro chegou a passar mais de 15 dias na concessionaria e voltou com os mesmos barulhos e com desculpas que feriam o bom senso.

[Concessionárias] Todas as revisões estão em dia em concessionarias autorizadas, no geral o atendimento é ruim, existem algumas que realizaram um serviço satisfatório , más são exceções.

[Comentários adicionais] O custo beneficio no geral é bom , até porque no meu conceito o carro é de boa qualidade e atendeu minhas expectativas.

[Best Cars] Excelente oportunidade do consumidor manifestar suas impressões sobre o veiculo. Parabéns!

[Data de publicação] 1/7/16

[Nome] Andre Rebouças
[Cidade] Salvador
[Estado] BA

[Versão] Pajero AT 05 lugares
[Motor] 3.2 turbodiesel
[Ano-modelo] 2016
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Diesel
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] No Pajero AT 5 lugares (anteriormente denominado de Dakar, até o modelo 2014), não pense que você está num sofisticado SUV. Ele é mais um robusto jipão do que propriamente um desses SUV’s que só desfilam por ambientes civilizados das cidades.Toda a sua construção, do chassi em longarinas, motor, passando pela suspensão reforçada e de curso longo, até a carroceria, denota durabilidade e resistência adequadas para encarar todo tipo de ruas, estradas e trilhas. O espaço interno é surpreendente para os ocupantes e suas bagagens. Nesse modelo de cinco lugares possui enorme porta-malas com inacreditável capacidade para 1.160 litros de bagagem, até a altura da linha inicial dos vidros. O acabamento é feito em materiais simples, mas bem encaixados e com bons arremates. O motor 3.2 turbodiesel (180 cv e 38 mgkf de torque) oferece bom desempenho, com retomadas razoáveis e compatíveis com a proposta do carro, o que deixa o carro gostoso de dirigir em estradas (asfaltadas ou não) e na cidade. É econômico, pois, considerando seu peso de pouco mais de 2.1 toneladas, tenho feito média (oito medições) de 9,8 km/l na cidade, em trânsito moderado, e 11.2 km/l na estrada (cinco medições), a velocidades constantes entre 100 km/h e 120 km/h, com quatro pessoas a bordo e aproximadamente 50 kg de bagagens.
Sua suspensão funciona silenciosamente, sem pancadas bruscas ou qualquer ruído, é macia e suave ao superar buracos, valetas etc., mas nem por isso é mole a ponto de comprometer a estabilidade. Os freios são progressivos e atendem bem as necessidades do veículo. O cambio automático de cinco marchas, se não é o ideal (de seis ou mais velocidades), cumpre bem sua função. Tem primeira bastante reduzida, que apresenta um pequeno delay em relação à segunda marcha, de modo que às vezes se sente a primeira “segurando” o carro até que ele ganhe mais velocidade pra passar pra segunda.Essa primeira marcha curta não chega a incomodar e garante muita força ao transitar por terrenos difíceis e acidentados. A quinta marcha tem relação longa e o Pajero roda tranquilo em alta velocidade, com baixas rotações no motor, o que ajuda na economia de combustível e na manutenção do silencio interno.
O sistema 4X4, acionado pela tradicional alavanca no console, é bastante eficiente porque tem variadas possibilidades: 4X4 para ser utilizado em qualquer piso; 4X4 com bloqueio do diferencial, onde todas as rodas giram simultaneamente , ideal para pisos muito escorregadios e o 4X4 com relação reduzida, que transforma o Pajerão num trator de esteiras e é adequado para situações críticas, de grande aclive/declive, com piso de baixo atrito , com acentuados buracos, valetas, pedras, lama ou areia. Mesmos nessas circunstancias críticas, ele passa moldando-se às irregularidades do terreno, com força e transmitindo segurança.

[Principais aspectos negativos] O sistema de direção poderia ser mais direto, evitando-se tantas voltas de batente a batente. Ela também transmite um pouco alguma irregularidade do chão para as mãos do motorista. O radio/CD, embora com boas funções, poderia, pelo preço do carro, ter som de melhor qualidade. O isolamento acústico do motor não é muito eficiente em baixa rotação. Já de média para alta, o motor se torna mais suave e silencioso. a ausência de computador de bordo é algo que incomoda. As revisões obrigatórias a cada seis meses, independentemente da quilometragem rodada, não é uma boa alternativa para o consumidor.

[Defeitos apresentados] Mesmo tento trafegado por todo tipos de estradas, de pisos mais variados, e enfrentado os congestionamentos da cidade grande, nenhum defeito até agora. Mas é muito cedo. Está próximo de completar 10.000 km, apenas.

[Concessionárias] Ainda não utilizei. Só tive contato no momento de aquisição e entrega do veículo e lá (Salvador Car) fui bem tratado e bem informado das sua características

[Comentários adicionais] Se o carro que você procura é do tipo que traz grande tecnologia embarcada, com mimos eletrônicos e requintes as vezes desnecessários, mas que você gosta de dizer aos amigos que seu carro os possui, nem olhe para o Pajero turbodiesel AT 5 lugares. Ele é simples, quase rústico. Mas se que busca num SUV é sua capacidade de ser múltiplo, que se desempenha bem na rua, na estrada e onde ela mal existe, esse Pajero é o carro que trasnpira robustez, conforto, espaço interno e suavidade ao rodar.

[Best Cars] Indispensável, simplesmente.

[Data de publicação] 2/2/16

 

SEM COMENTÁRIOS