Kia Picanto (ambas as gerações)

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] Jedson Alessandro Damasceno
[Cidade] Belo Horizonte
[Estado] MG

[Versão] GT (Aut) (Flex) 2017/2018
[Motor] 1.0
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 1
[Instrumentos] 1
[Itens de conveniência] 2
[Espaço interno] 1
[Capacidade de bagagem] 1
[Motor] 1
[Desempenho] 1
[Consumo] 1
[Câmbio] 2
[Freios] 3
[Suspensão] 2
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 1

[Principais aspectos positivos] Aparência

[Principais aspectos negativos] Consumo muito alto (tanto no álcool (4,5km/l na cidade) quanto na gasolina (6,0km/l na cidade)), desempenho ruim, espaço interno e porta-malas extremamente pequenos, carro muito baixo (agarra em qualquer irregularidade da pista), suspensão dura, ruído muito elevado quando se acelera em subidas.

[Defeitos apresentados] Compramos o carro zero km, porém o instrumento de medição de nivel de combustível teve que ser trocado duas vezes, além disso uma válvula borboleta também foi trocada.

[Concessionárias] Reclamamos do consumo, porém, não resolveram.

[Comentários adicionais] Comprei pensando em ter um carro econômico e pequeno para a cidade. Porém foram várias decepções. Péssimo custo benefício. Enfim, este foi simplesmente o pior carro que tive em toda minha vida. Vendi com apenas 2570km (perdendo a desvalorização de zero e abaixo da tabela) justamente porque não aguentei ficar com um carro tão ruim.

[Best Cars] Espero que esta mensagem chegue em outros compradores, ajudando-os a não cair nesta pegadinha da KIA.

[Data de publicação] 19/10/18

 

 

[Nome] Pedro Neto
[Cidade] João Pessoa
[Estado] PB

[Versão] EX3
[Motor] 1.0 12v
[Ano-modelo] 2013
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 4
[Desempenho] 2
[Consumo] 3
[Câmbio] 2
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] – Estilo inovador; – Acabamento interno e externo; – Pacote de itens de série (itens que nem em categorias superiores tem de série, ou até mesmo opcional); – Conforto; – Segurança; – Dirigibilidade (Está mais pra positivo do que pra negativo). – Manutenção;

[Principais aspectos negativos] – Transmissão automática deste modelo; – Consumo, autonomia e capacidade do tanque de combustível; – Espaço interno; – Porta-malas; – Desempenho (Está mais pra negativo do que pra positivo); – Pneus originais;

[Defeitos apresentados] Desde fevereiro de 2013, só enchendo o tanque, calibrando os pneus e fazendo as revisões dele. Nem água de radiador baixa.

[Concessionárias] A concessionaria que eu comprei fechou aqui, mas tem uma concorrente. Sempre que solicitei foram ótimos comigo, só tenho que dar os parabéns para eles.

[Comentários adicionais] Como havia dito, dentre todos os concorrentes, foi o que possuía o estilo e design mais inovador (e ainda possuí na minha modesta opinião). O acabamento interno e externo são os mais primorosos da categoria. Não encontrei nenhum na época que tivesse o esmero que ele tem: retrovisores elétricos com piscas acoplados e rebatíveis eletricamente, volante com couro costurado, apliques bem detalhados, porta-objetos iluminados, acabamentos dos bancos, das portas com os arremates muito bem feitos e sem rebarbas. E os mimos não param por aí, pacote de itens de série dele, quando da época da compra só existiam apenas em carros como sedãs médios (e ainda tinha carros que não vinham de série, tinham que ser pedidos como opcionais). Conforto desse carro é muito bom, embora para minha pessoa, com 1,88m de altura e 120kg, a ergonomia seja um pouco prejudicada, mas nada que comprometa decisivamente o prazer de dirigir, como se espera de um carro. A segurança é o ponto alto do pequeno coreano. Esta versão que eu comprei era uma versão limitada, só saiu neste ano de 2013, e vem com 6 airbags, ABS + EBD, controle de estabilidade; no banco de trás tem cintos de três pontos para todos os ocupantes, encosto de cabeça para os três ocupantes e isofix. Itens de segurança esses que não vinham nem se você implorasse em carros da sua categoria (afinal de contas, a legislação do abs e airbag não era vigente), mas o Picanto já fazia bonito nesse quesito. A Dirigibilidade, eu disse que está mais pra positivo do que pra negativo porque o que prejudica o carro é o bendito pneu que vem nele. Esse sim que é o vilão da dirigibilidade dele. Ele vem de série (ou vinha, não sei dizer agora) com pneus da marca Hancock, que são uma tristeza de ruins – a boa ou má notícia é que esses pneus duram pouco, o carro tá com 16000km agora, o pneu já está mais de meia vida (acredito que dura até os 20000km). Ou seja, a boa notícia que eu vou me ver livre desses pneus muito em breve, e a má é que vou ter que desembolsar um trocado pra comprar um pneu decente pro carro. A manutenção é outro destaque dele. Engana-se quem pensa que só Gol e Uno são os baratos em manutenção. O Picanto tem 5 anos de garantia e isso ajuda muito nesse quesito. Seguindo o plano de manutenção dele, paguei preços muito similares de revisões de carros considerados populares. A cesta de peças dele também é considerável acessível. Mecânica extremamente fiável, robustez que se vê mesmo por trás de um “rostinho” simpático. Um extra positivo: O motor. Moderno, eficiente e não tem tempo ruim pra ele. Aliás, o carro é todo assim, pau pra toda obra, não desaponta ninguém!

Contra o pequeno coreano pesam a transmissão automática de 4 velocidades, que é ultrapassada e prejudica totalmente o carro em todos os sentidos. Conselho: fuja do automático e compre com transmissão manual mesmo, pois tive oportunidade de andar no carro com as duas opções e com câmbio manual é outro carro. Fazendo uma comparação, imagine que o Picanto com transmissão manual fosse um velocista dos 100m rasos correndo em sua plenitude, ou seja, perfeito!; agora imagine esse mesmo velocista tentando fazer a mesma prova de muletas, imaginou? – pois é! Isso é o Picanto na versão automática. Um outro ponto que pesa é o consumo, autonomia e capacidade do tanque de combustível. Aí vem uma ressalva, o consumo só é muito ruim por conta do câmbio automático, na versão manual, o motor mostra sua total eficiência e seu consumo fica sim, digno de um carro 1.0 de 3 cilindros. O espaço interno é um pouco reduzido, mas entendo que isso se deve à sua proposta de carro citadino; como me referi anteriormente, sou bastante alto, então se eu estou dirigindo, atrás não tem possibilidade de alguém sentar (a menos que seja uma criança ou um bebê com cadeirinha ou bebê conforto), mas até é compreensível. O porta-malas é um caso a parte, esse não tem perdão, chega ser ridículo a sua pífia capacidade, sério Kia!? 160 litros!? O desempenho como listei anteriormente, está mais pra negativo do que pra positivo por conta do bendito câmbio automático, que não casa bem com o moderno motor do Picanto, mancada gravíssima na minha opinião; juntar uma transmissão dos anos 90 com um motor que é super tecnológico! – Êee dona Kia, que paspalhona, né? Quando falamos da transmissão manual, aí sim a Kia acerta na receita – não tem um ‘legzão’ enorme que existe na versão automática, os engates são macios e precisos, que ao contrário do automático, não sabe o que está fazendo e nem sabe o precisa ser feito (Daí-me paciência Senhor!). Outra queixa que a transmissão automática proporciona é uma má distribuição da potência e do torque ao carro. Até os 2500rpm o carro é totalmente desanimador, a partir daí até os quase 4800rpm ele acende e se comporta como carro 1.6, chega a impressionar nessa faixa de giro, mesmo sendo 1.0; só que dos 5000 até o seu corte, por volta 6500rpm, volta ter o mesmo comportamento de quando está aos 2000rpm – a única coisa que muda é só o motor gritando, ou seja, muito barulho pra nada. Não é culpa do motor, ele demonstra o seu potencial, mas a transmissão automática anula literalmente o motor. Finalizando, os pneus originais já disse à respeito, e foi o último contra do Picanto. Conselho 2: se possível mude esses pneus da Hankcock por outros que proporcionem um grip melhor.

Custo-benefício: Ele é o que tem de melhor nessa categoria de compactos/subcompactos, e até de carros mais caros e maiores, mas tudo tem um limite. O que eu quero passar, é que ele oferece muito mais do que se pagaria em carros mais caros, consequentemente de categoria um pouco superior. Abra a sua mente para carros como o Picanto. Pesquise e não caia nessa conversa de que carro só presta esses que estão aí sendo os ‘top vendas’ (nada contra aos concorrentes, mas acredito que eles deveriam oferecer um pouco mais de capricho, alguns são sim mais espaçosos, mas em compensação, vem só com o básico do que eles falam de carro ‘completo’). Comércio dele, mesmo na minha cidade é relativamente bom, tenho boa avaliação dele e não levei uma ‘facada’, quando simulei vender ele pra sentir o comércio dele. Se eu compraria outro? Sim! Mas manual desta vez! kkkk. Pois só comprei o automático porque meu pai queria esse “conforto”. Mas agora eu estudo ter um manual, menos abastado de opcionais, porém, ainda sim, mais completo que a concorrência. Não me arrependo em momento algum, só alegrias!

[Best Cars] Quando procuro saber mais à respeito de um determinado carro ou moto, eu procuro sim este site. Já tem 20 anos que conheço o Bestcars e sempre confio na informação. Esta seção ‘Opinião do Dono’ é muito boa, pois dá oportunidade de relatar a experiência vivida com o seu bólido e falar o que realmente ocorre com o carro. Estão de parabéns!

[Data de publicação] 30/6/17

 

 

[Nome] Samuel Romão
[Cidade] Rio de Janeiro
[Estado] RJ

[Versão] EX
[Motor] 1.0
[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 60.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos]
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva]
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O design do carro é bastante atual, o preço de revenda. Nas funcionalidades do carro, rodo todos os dias aproximadamente 60Km em perímetro urbano, incluindo a passagem por uma serra (grajau-jacarepagua) e o carro nunca apresentou defeito fora do comum. Apenas manutenções rotineiras. Está começando a aparecer um barulho no lado direito, que parece ser um pivô, mas nada de mais. O Consumo em perímetro urbano chega a 12km/litro e já fiz 19km/l em viagem. O espaço, embora não seja gigantesco, pela perspectiva de quem olha de fora, quando entra se pergunta como o carro é espaçoso. O motor 1.0 é bem nervoso pra 1.0, meu câmbio é manual. Vou ficar mais 1 ano com esse carro e pretendo permanecer na kia. Pretendo comprar um cerato, tenho precisado de uma mala maior.

[Principais aspectos negativos] Preço das revisões são altíssimos pro que se faz.

[Defeitos apresentados] nenhum.

[Concessionárias] ótimo atendimento, porém parei na segunda revisão, custo muito alto.

[Comentários adicionais] Recomendo.

[Best Cars] Sempre utilizo esta ferramenta antes de comprar um carro. Estava incomodado de sempre pegar informações aqui e nunca ter escrito uma para auxiliar outras pessoas.

[Data de publicação] 2/12/16

 

[Nome] Edgar
[Cidade] Vila Velha
[Estado] ES

[Versão] EX3 Manual
[Motor] 1.0
[Ano-modelo] 2011
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 3
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 2
[Capacidade de bagagem] 1
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O Picanto é excelente em seu propósito urbano. Na verdade, diria que é a melhor opção dentre os de sua categoria que circulam no território nacional. Não existe nenhum carro em sua categoria que chegue perto de seus itens de conveniência, segurança e conforto. Grande parte dos itens DE FÁBRICA do Picanto não são encontrados nem como ADICIONAIS em seus concorrentes do mesmo ano. O consumo do carro é excelente, onde eu alcanço, sem caronas, 14 km/l na cidade, rodando 60 km por dia, e olha que piso bem. Na estrada o coreaninho rende 16 km/l, o que com seu pequeno tanque de 35 litros resulta em uma autonomia de mais de 500 km. Como minha versão é manual, é possível obter-se boas arrancadas e retomadas, guardadas as devidas proporções para um 1.0 com 64cv e 890kg. É incrível como o conjunto do motor é silencioso! Não foram poucas as vezes com o carro no neutro que tentei virar a chave pensando que o motor estava desligado. Contribui para isto também o excelente isolamento interno do carro, que impede, por exemplo, de ouvir pessoas conversando do lado de fora. Sem dúvida uma das melhores experiências que tive com o Picanto está na dirigibilidade e na direção com assistência elétrica, é impressionante a superioridade deste sistema frente à assistência hidráulica, em poucos segundos manobro meu carro em ruas ou vagas apertadas, e a Kia está de parabéns neste quesito.

[Principais aspectos negativos] Acredito que os aspectos negativos do Picanto são o espaço interno, problema referente mais à categoria do que ao carro em si, onde o conforto é adequado para 2 pessoas, sendo que eu com 1.80m de altura preciso regular o banco no último nível, possibilitando que apenas crianças sentem no banco de trás; o conjunto de suspensão, que nasceu para o asfalto coreano e sofre com o campo minado brasileiro; as dimensões dos pneus originais exigem a compra apenas com o modelo do fabricante oficial (Hankook), o que encare MUITO a compra, e além disso quando o pneu é calibrado segundo a recomendação da Kia (32 libras) favorece o aparecimento de bolhas (no meu carro apareceu 1 mês após eu ter instalado pneus novos), daí reduzi para 30 libras; e o porta-malas (ou falta deste) que é irrisório e não deve ser considerado para uma viagem de mais de alguns dias, pois mal cabem as compras do supermercado.

[Defeitos apresentados] O carro não apresentou quase nenhum problema e olha que já rodei mais de 26.000 km. Fiz as revisões em oficinas de confiança (o carro não está na garantia), onde tive que substituir apenas as bieletas. O outro problema que posso citar é com os pneus, que por terem baixa espessura, quando usados na calibragem recomendada pela Kia (32 libras), em pouco tempo apresentam bolhas.

[Comentários adicionais] Melhor relação custo-benefício do mercado. Se a sua demanda é por um carro urbano, que caiba em qualquer vaga na rua ou em estacionamentos, que seja econômico, tenha excelente dirigibilidade, direção com assistência elétrica, seja super completo, entre outras vantagens, escolha o Picanto de qualquer versão. Certamente vale o investimento.

[Best Cars] O Best Cars é há muitos anos meu Banco de Dados obrigatório para consulta sobre os carros antes de qualquer avaliação para compra. Espero que o Fabrício e equipe continuem este trabalho, pois existe muita informação valiosa neste espaço, que certamente é um dos mais importantes da internet brasileira.

[Data de publicação] 30/1/15

 

[Nome] Alberto Ventura
[Cidade] Sorocaba
[Estado] SP

[Versão] Aut
[Ano-modelo] 2009
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 1
[Motor] 4
[Desempenho] –
[Consumo] 4
[Câmbio] 3
[Freios] 3
[Suspensão] 1
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Rodei 50.000 km só troquei bateria a pastilha de freio.

[Principais aspectos negativos] Suspensão muito dura, não absorve nada. O carro é excelente em piso bom. Se for piso ruim vira uma coqueteleira.

[Defeitos apresentados] Nenhum

[Concessionárias] Sempre fui razoalmente atendido. Serviços e preços OK

[Comentários adicionais] Excelente opção para uso urbano em cidade com bom asfalto

[Best Cars Web Site] Excelente para consulta

[Data de publicação] 20/9/13

[Nome] Stan Cwz
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR

[Versão] EX2
[Ano-modelo] 2008
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 1
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O carro é muito levinho de se dirigir. Não cansa. Silencioso. Econômico demais.

[Principais aspectos negativos] A visão do motorista é prejudicada por reflexos internos nos vidros de seu interior claro e barra do teto larga.

[Defeitos apresentados] Não apresentou defeitos.

[Concessionárias] É boa. O preço das peças de troca obrigatória nas revisões foi bem baixo. Mão de obra, nem tanto.

[Comentários adicionais] Excelente carro para uso urbano, sem passageiros ou carga.

[Best Cars Web Site] Uma fonte de consulta interessante e confiável.

[Data de publicação] 1/11/12

[Nome] PEDRO HENRIQUE PERES BORGES
[Cidade] FORTALEZA
[Estado] CE

[Ano-modelo] 2010
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 2
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 3
[Freios] 4
[Suspensão] 1
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Ótimo custo-benefício. Carro com AB2, DE, VE nas 4 portas, TE, volante com ajuste de altura, faróis de neblina, som (tudo de fábrica) quando o mais barato das “nacionais” custava R$ 5.000,00 a mais sem oferecer nenhum dos citados itens. Nele eu só coloquei a película e pronto. Consumo excelente, 14km/l na cidade e 17km/l na estrada andando a 100/120 km/h.

[Principais aspectos negativos] Suspensão dura. Tudo bem que pelo carro ser curto e alto é necessário, mas como a proposta é de ser urbano, poderiam melhorar o conforto de quem vai dentro. Você sente cada imperfeição da via e se torna expert em saber os melhores caminhos.

[Defeitos apresentados] Nenhum problema até agora. Acho que eles sabem o que fazem quando dão 5 anos de garantia. O único problema é a escassez de peças na rede autorizada, mas nada que um ebay não resolva.

[Concessionárias] Preços de revisões não são tabelados, então tem que chorar muito e ficar de olho na empurroterapia.

[Comentários adicionais] A época em que o comprei nenhum outro carro chegava perto na quantidade de itens oferecidos, e os que o tinham, custavam de R$ 12.000,00 em diante.

[Best Cars Web Site] Adoro ler as avaliações dos outros carros para ter como um guia nas próximas aquisições. Parabéns pelo espaço!

[Data de publicação] 27/7/12

[Nome] Gabriel Andrade Torreiro
[Cidade] Recife
[Estado] PE

[Ano-modelo] 2009
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O carro é simplesmente uma pequena maravilha! Ru tenho ele a pouco mais dr um ano e sei tudo sobre ele já. Eu sou um apaixonado por carros e por isso eu sou muito exigente. O picanto é o carro perfeito para a cidade e até mesmo para estrada. Ele é extremamente robusto, aquenta buraqueira(em Recife é um verdadeiro rally), aquenta passar em pequenos alagamentos, aquenta peso, aquenta tudo. Ele faz consumo de cerca de 13,5km/l na cidade e uns 17/18 na estrada com media de 100km/h. Comprei um computador de bordo para ele nos EUA, pelo EBAY que foi uma maravilha. É o tal do scangauge 2. Paguei cerca de r$550,00 com frete e impostos, mas é excelente para saber tudo sobre o carro, como consumo médio,instataneo, scaner, temperaturas e muuuuuuito mais.
Eu recomendo muito o carrinho e quem acha que ele é frágil, so digo que é um autentico Coreano de nova geração, Super confiável e um Mini trator.

[Principais aspectos negativos] A suspensão é perfeita para pisos lisos e super resistente, mas ela faz um pouco de barulho na buraqueira pesada da cidade(buraco mesmo, não é buraquinho). Só isso.

[Defeitos apresentados] Queima da buzina, pois uso muuuuito em Recife, pois se não usar aqui, você morre. Na concessionária estava em falta, pois iam trocar pela garantia, dai resolvi comprar numa equipadora uma Bosch dupla, que tem som muito melhor e foi apenas r$100,00.

[Concessionárias] O atendimento é muito bom. Tem peças de reposição limitadas. Um colega tem um picanto e passou 35 duas esperando chegar uma bomba de gasolina. A dica é cuidar bem, fazer todas as revisões(troco óleo e filtro a cada 5 mil km e revisão a cada 10 mil). Assim que eu puder vou comprar uma bomba de gasolina na Internet para deixar de reserva em casa, custa cerca de 80 euros. Vale a pena. Agora a dica, na concessionária eles usam óleo fora da especificação usam o 10w-30, porem a Kia recomenda 5w-30 100% sintético. Então comprem por fora e eles vão colocar o seu óleo sem problema, use o manual do carro como defesa, que diz que tem que ser 10w-30 ou melhor.

[Comentários adicionais] Perfeito, pena que a Kia cobra carro por coisas simples,mas é um mau de TODAS as concessionárias desse lixo de Brasil, com seu povo preguiçoso e que não cobra por preço justo por nada.

[Best Cars Web Site] Excelente em tudo, consulto sempre por curiosidade ou quando quero aprender ou ajudar amigos.

[Data de publicação] 27/7/12

[Nome] André Ortega
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] EX3 1.0L Automático
[Ano-modelo] 2011
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Acabamento e bom gosto no material e tonalidades aplicadas… Difere e muito dos concorrentes! Câmbio automático suave (sem solavancos) e bem casado com o “motorzinho”. Desempenho e consumo acima do esperado! 11 na cidade. E olha que estamos falando de São Paulo! Espaço interno também é um aspecto positivo, teto alto lhe dando sensação de espaço. Lógico que tudo, baseando nas dimensões externas e capacidade volumétrica de um 1.0L…

[Principais aspectos negativos] Baixa altura em relação ao solo, perfil baixo dos pneus e calibragem dos amortecedores fazem dele um carrinho um pouco duro, no paralelepípedo ou mesmo piso irregular é chato de guiar… Confesso que se possível, evito este tipo de trajeto.

[Defeitos apresentados] Nenhum…

[Concessionárias] Infelizmente, como já li em algum comentário… Eles abusam da qualidade do carro e o fato dos 05 anos de garantia para nos tratarmos de forma seca… Acho os preços das revisões ainda um pouco salgado, visto que a maioria das outras marcas já oferecem preço fixo na revisão. Esta na hora da marca se enquadrar! Nesta hora tem que se pesar tudo!

[Comentários adicionais] Sem concorrente… Quando o comprei estava entre Fiat 500, C3, ka Sport e ele… Todos pelas dimensões. Fiat 500 (lindo, bem acabado), mas com seu cambio dualogic (automatizado) não me encantou… C3 automático é caro, bebe demais, tem histórico de problemas no câmbio e sai de linha em questão de dias! Ka Sport, é 1.6 (ligeirinho) mas 02 portas, apertadíssimo e com seguro caro!

[Best Cars Web Site] Excelente ferramenta! Cansei de balizar minhas comprar pelas opiniões postadas neste site! Continuem a divulgar e atualizar este meio…

[Data de publicação] 14/7/12