Jeep Compass (segunda geração)

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] IVAN
[Cidade] São Bernardo do Campo
[Estado] SP

[Versão] Longitude
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios]
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Minha avaliação de INSATISFAÇÃO com o carro pode parecer incoerente frente a pontuação dos itens elencados na avaliação que acabei dando notas como 4 ou 5, portanto, esclarecerei de forma objetiva a minha avaliação. O carro é bom, custo benefício não é dos melhores, mas também não é ruim e já comprei sabendo o que estava dispondo de valor e o que teria de volta, o carro é bom em tudo e nada mais do que isso, porém, a insatisfação e a bomba desse carro está nos defeitos apresentados e inadmissíveis para um carro de 120 mil reais, como por exemplo, dois recalls em seis meses e duas idas para concessionária (ficando de três a quatro dias o carro parado) porque simplesmente o start stop não funciona de forma alguma e a concessionária não consegue solucionar o problema (já apresentou o mesmo problema três vezes).
A pior incoerência nisso e no discurso da JEEP é o fato do “grande diferencial” do modelo 2018 ser justamente o start stop para diminuir o consumo do combustível e trazer maior modernidade ao carro. Observação, o meu carro é só mais um com esse problema, inúmeros Compass estão voltando para a concessionária apresentando esse mesmo “problema de fabricação”. Outro ponto que merece destaque é o apagão que vários Compass tiveram e estão tendo e que são alvo de um dos recalls que mencionei. Estou abrindo processo contra a Jeep para pedir um carro novo ou meu dinheiro de volta.

[Principais aspectos negativos] Visto os pontos “positivos” mencionados acima, destaco agora os pontos negativos. Péssimo atendimento das concessionárias, desde a compra até o pós vendas, os profissionais não possuem a menor capacitação para lidar com um problema que aparentemente é simples, mas que também se não for simples, então fica configurado que o carro de fato não presta. Star stop é uma piada. Recall do relê para evitar apagão do carro. Recall para evitar acionamento do piloto automático que não desativa e pode ocasionar acidentes graves (está no site da JEEP, é sério!!!). Tudo isso e um carro com 3.300 km e menos de seis meses de uso. Quando faço a conta chego a impressionante marca que o carro ficou quase 5% do tempo parado na concessionária. De resto o carro é bom.

[Defeitos apresentados] – Start stop que não funciona e no modelo 2018 é o diferencial do carro. – Velocímetro marca quase 10km/h a menos do que qualquer outro carro, descobri isso quando meu irmão na estrada viajando em outro carro me ligou e perguntou se eu estava com problema no carro porque eu estava andando muito devagar, quando disse que estava a 120 ele disse: impossível, estou a 108 km/h, pois é, fiz o teste com outros carros e constatei que o velocímetro de fato marca errado mesmo, até aí ok, pelo menos não tomo multa (surreal isso). – Recall do relê que causa apagão inesperado no veículo. – Recall do piloto automático, disseram que o meu está fora desse (ufa, me dei bem nessa).

[Concessionárias] Prefiro nem opinar nesse item, basta ler meu relato acima.

[Comentários adicionais] É com dor no coração que digo isso, pois sei que pode impactar na desvalorização do carro que comprei caso todos comecem a relatar os mesmos problemas, mas não comprem uma Compass, é o famoso bonitinho e ordinário. Observação: infelizmente os problemas que relatei não estão acontecendo só comigo, pesquisem na internet e terão acesso ao resultado. Conheço mais duas pessoas que tem o mesmo carro ano 2018, um nunca apresentou qualquer problema, o outro apresentou os problemas exatamente iguais ao meu, mas com uma diferença no carro desse meu conhecido que teve problema a situação foi solucionada, no meu caso não, ainda estou aguardando e com um carro alugado pela JEEP (pelo menos isso, mas depois de três dias de briga com o setor “Privilege” da JEEP que também não se entendi a com concessionária). Infelizmente experiência catastrófica com a JEEP. JEEP nunca mais!!!

[Best Cars] Sempre consultei e acho que o site é leitura obrigatória para quem procura um carro. Infelizmente quando pesquisei a Compass aqui só vi elogios, se tivesse visto um relato como esse meu jamais teria comprado um Compass.

[Data de publicação] 10/8/18

 

 

[Nome] Miguel Angelo Pietrobon De Araújo
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Versão] LIMITED
[Motor] 2.0 FLEX
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Este já é meu segundo JEEP COMPASS. O anterior era um modelo SPORT 2.0 FLEX, modelo básico. Este agora – LIMITED 2.0 FLEX agrega muitos itens de conveniência e conforto e um acabamento ainda melhor, com bancos de couro, central multimídia com tela maior, belas rodas de liga, faróis de xênon e mimos como iluminação externa do piso embutida nos espelhos, rebatimento elétrico dos espelhos retrovisores, iluminação em LED nos porta copos e bolsas das portas, partida sem chave e etc..Continua um belo carro, imponente e que marca presença. A FCA acertou no desenho do carro.

[Principais aspectos negativos] Não considero como defeitos e sim, como características do carro, mas que em algumas ocasiões incomodam bastante. São faltas que considero graves em um carro deste preço. O comando de setas e faróis por exemplo, herdado de alguns modelos FIAT é de uma simplicidade sofrível e de aparência muito pobre; sugere fragilidade e tem jeitão de coisa adaptada (e realmente é). A JEEP poderia ter se esmerado bem mais neste item. A falta de faixa dégradée no para brisas incomoda sob sol forte. O câmbio, certas horas, fica sofrendo de preguiça e não engata a primeira em saídas de semáforos e ladeiras. Nessas horas é necessário usar o comando nas borboletas. O sistema de fechamento de portas pela tecla na maçaneta e o sistema de desligamento automático de faróis são bem geniosos. Horas funcionam, horas não. Levarei na CSS para verificar. Sistema start stop e bom para paradas longas em semáforo; em anda e para de congestionamentos é melhor desativá-lo, pois o liga desliga chega a irritar, além de sobrecarregar o sistema e causar seu desligamento por proteção. A saia sob o pára choques, raspa em valetas e meios fios e faz um barulhão danado de feio nessa hora. Parece que quebrou tudo! Para um SUV não é uma característica positiva. Podiam usar o para choques do modelo Diesel, que não possui essa saia. Consumo de combustível é bem alto. Não adianta em perímetro urbanos ter pé leve. A bicha bebe mesmo! Na estrada a coisa melhora bastante; médias de 13 km/l são facilmente atingidas. Que tal um downsizing com turbo hein JEEP?

[Defeitos apresentados] Apenas o recall dos relés. O restante dos problemas, que não impedem o funcionamento do carro, vou levar na CSS.

[Concessionárias] A que utilizo – SAGA TAGUATINGA, melhorou sobremaneira seu atendimento e técnica. São atenciosos e procuram resolver tudo rapidamente.

[Comentários adicionais] Faça um test drive bem longo, se possível. Analise todas as funcionalidades do carro,

[Best Cars] Sempre consulto para testes e opiniões, assim posso formar a minha mais facilmente. Um amigão!

[Data de publicação] 27/7/18

 

 

[Nome] Helena K M Tavares
[Cidade] São Paulo – SP
[Estado] SP

[Versão] Trailhawk
[Motor] 2.0 diesel
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Diesel
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Estética do carro. Altura do solo (sem raspar facilmente). Motor com bom torque. Bem equipado. Bom acabamento

[Principais aspectos negativos] Suspensão ruidosa. Alavanca do pisca aciona, involuntariamente, o farol alto . Dependendo da estrada, barulho no interior da coluna B devido ao cinto de segurança. Trancos no câmbio, o que denota falta de afinação e adaptação deste câmbio ao carro. Falta de GPS.

[Defeitos apresentados] Ainda não fiz revisão, para que os defeitos acima expostos possam ser resolvidos…

[Concessionárias] Ótimos na hora de venda, deixam a desejar, posteriormente

[Best Cars] Parabéns pela iniciativa. “Livro aberto” para os usuários.

[Data de publicação] 15/6/18

 

 

[Nome] Acacio Carvalho de Oliveira
[Cidade] Conselheiro Lafaiete
[Estado] MG

[Versão] Longitude Flex
[Motor] 2.0 16V
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] –
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] A sensação de robustez, a posição de dirigir, meu veiculo tem o kit premium e o kit safe, então a comodidade e segurança são invejáveis, a suspensão é elogiável, apesar de ser um SUV, fiz uma viagem de 4.000Km com o carro e foi uma alegria. A capacidade do porta malas (prox. 400l) me atende bem, e meus filhos (2) com 1,81m e 1,74m pela primeira vez não reclamaram do banco traseiro de um carro (saí de um Focus Fastback). Como moro em região de montanhas (MG) com muitas estradas mal pavimentadas, o conforto proporcionado pelo carro me cativou.

[Principais aspectos negativos] 1. É injustificável o veículo não ter GPS e ficar refém do pareamento de celular, considerando que inúmeros locais não tem uma rede 4G de qualidade, ainda mais por tratar-se de um Jeep. 2. Ao dar seta sistematicamente ocorre o lampejamento do farol alto, a Concessionária não consegue solucionar isto. 3. A frente do veículo raspa em lombadas (absurdo em se tratando de um carro alto); penso que as versões flex deveriam ser como as versões diesel que têm o para-choque diferente. 4. O consumo é muito elevado pelo rendimento do veículo, em minha região que tem o relevo acidentado, o carro faz uma média de 5Km/l na cidade.5. Há um “delay” no acelerador, você acelera e levam alguns décimos de segundo para o carro responder, o que causa um incômodo, fazendo com que o motorista, instintivamente, as vezes, acelere mais que o pretendido.

[Defeitos apresentados] O alarme disparou em minha garagem a noite por 3 vezes, sem motivo aparente. Na revisão de 12.00Km fizeram uma “varredura” no sistema e não apareceu mais o defeito.

[Concessionárias] Na aquisição comprei em Loja particular porque alem da avaliação ruim no meu veiculo usado o preço era “cheio”, sem nenhum desconto. Assim, economizei por volta de R$7.000,00 adquirindo fora da rede autorizada. Na 1ª revisão fui bem atendido, mas não conseguiram sanar o defeito do lampejamento indesejado do farol alto e esqueceram de “zerar” a troca de óleo no sistema, permanecendo alerta acerca da realização do serviço.

[Comentários adicionais] O carro atende quem quer espaço, apesar de não ser comprido, o que facilita em manobras de estacionamento em ruas e shoppings, cada vez mais apertadas. Tenho o desejo de “pular” para a versão Trailhawk, por ser diesel (menor consumo, melhor autonomia), e por achar o carro muito bacana, atende todas as minhas necessidades. Só acho uma falta grave a falta do GPS. Se quiser desempenho não aconselho a ninguém. O carro anda bem, mas tem seu tempo. Não é rápido.

[Best Cars] Sou leitor assíduo de sites automotivos, mas não gosto muito de comentar, porque tem muito engenheiro de teclado, então prefiro abster-me. No entanto, o Best Cars é um “ponto fora da curva” e por isso é a segunda vez que escrevo nesta seção ( anterior foi sobre Focus Fastback Titanium 2.0). Gosto muito das colunas do Nasser e esta seção, em particular, porque passa ao leitor a real opinião do dono, sem achismos ou certezas absolutas. Continuem assim.

[Data de publicação] 1/6/18

 

 

[Nome] Osvaldo
[Cidade] São José dos Campos
[Estado] SP

[Versão] Longitude
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Posição de dirigir, visual, consumo, silêncio ao rodar, som, disposição quadro instrumentos.

[Principais aspectos negativos] Não se trata de negativo e sim, que pode ser melhorado. Transmissão 9 velocidades, que consequentemente melhoraria o desempenho.

[Defeitos apresentados] Não

[Comentários adicionais] Trabalhei alguns anos no setor automobilístico e com certeza, posso afirmar que até o presente é o veículo que me proporcionou maior satisfação.

[Best Cars] Que vcs continuem com o bom trabalho.

[Data de publicação] 23/3/18

 

 

[Nome] Geraldo Luiz Cato
[Cidade] Sao Paulo
[Estado] SP

[Versão] Longitude flex 2018
[Motor] 2,0 litros
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos]
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Carro com bom acabamento, bom posicionamento ao dirigir, excelente suspensão e freios.
Um carro muito gostoso de se dirigir.

[Principais aspectos negativos] Por ser um carro denominado “premium” deveria apresentar itens de segurança maior tipo 7 airbags independentemente do modelo.

[Defeitos apresentados] Com um mes de uso apresentou uma pane geral em plena marginal devido a uma falha em um ítem da parte elétrica (relê) que consegui agilizar o concerto com muito custo e interferências externas junto à MONTADORA.

[Concessionárias] Boa porém deve melhorar o pós venda sempre.

[Comentários adicionais] Para que um carro seja considerado “Premium” não basta vir recheado de ítens. O mais importante é ser bem atendido e entendido principalmente por parte da montadora. O pós venda não deve ficar só no papel, deve ser praticado sempre se quiser ser indicado e fidelizado. Isso para mim é ser Premium!

[Best Cars] Só agradeço a oportunidade em poder estar falando do meu carro.

[Data de publicação] 23/3/18

[Nome] Joana Galinski
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR

[Versão] Limited
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 2
[Desempenho] 2
[Consumo] 1
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Design muito bonito, diferente de outros carros

[Principais aspectos negativos] Motor fraco que consome muito. Na cidade meu carro faz entre 4,5 e 5 km por litro, com gasolina. O grande erro da Jeep foi não ter lançado esse carro com motor turbo.

[Defeitos apresentados] Marcador de combustível não registra o consumo real.

[Comentários adicionais] Se a Jeep não mudar o motor, logo despencará em vendas

[Best Cars] Excelente

[Data de publicação] 9/3/18

 

 

[Nome] Manuel Eduardo Ferreira
[Cidade] Goiânia
[Estado] GO

[Versão] Longitude
[Motor] 2,0
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Se procura um SUV bonito e confortável, de tamanho médio, esse é o carro. Seguro, bom espaço interno (para 4 adultos), comandos à mão, e com acabamento superior são alguns dos destaques deste modelo (Compass, versão Longitude).

[Principais aspectos negativos] Infelizmente, esse carro traz alguns deslizes da montadora (FCA JEEP), em geral sem grandes consequências, mas que incomodam clientes mais exigentes, dispostos a pagar mais de R$ 100 mil por um veículo de passeio. Vou listar alguns: falta suporte adequado para celulares da Apple (espelhamento de celular via Car Play), o que impede de usar um sistema de navegação por satélite. Para-choque dianteiro muito baixo, de certa forma um desperdício da montadora, que deveria adotar apenas um modelo de para-choque (com ângulo de inclinação correto) e economizar em recursos. O porta-malas poderia ser maior, para um carro deste porte. Aliás, uma falha (ou economia burra) é com os airbags, apenas os frontais de série (deveriam ser 6 para um carro deste valor). Os retrovisores também deveriam ser eletricamente rebatíveis, com detector de ponto cego já de série. Sobre o consumo, este é muito elevado para um veículo moderno, modelo 2018, com motorização 2,0, quando há tecnologia de sobra para motores mais eficientes (os concorrentes tiveram este cuidado). Não é porque compro carro acima de R$ 100 mil, que vou jogar dinheiro fora com combustível. A montadora menciona que o sistema Star-stop proporciona economia de até 10%; mas se prepare para ver os seguintes números em trajetos urbanos: gasolina (entre 6,1 e 7,0 km/l); álcool (entre 4,5 e 5,5 km/l). Aquele adesivo do INMETRO só serve para dar raiva (medições suspeitas de consumo, também em outras marcas/ modelos); não testei ainda em estradas. Enfim, estes itens devem ser melhorados nas próximas versões, para que este modelo continue com líder em seu segmento.

[Defeitos apresentados] Ainda não apresentou problemas.

[Concessionárias] Até o momento, fui bem atendido (Saga Jeep). Mas ainda não fiz revisões programadas.

[Best Cars] Revista essencial para quem gosta de carros e deseja se aprofundar no assunto. Este espaço é fundamental para todos que pensam em adquirir um novo veículo.

[Data de publicação] 23/2/18

 

 

[Nome] Cid Scala
[Cidade] Belo Horizonte
[Estado] MG

[Versão] Sport 4×4
[Motor] 2.0 Flex
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O Jeep Compass é realmente imponente com seu design muito bem resolvido, do tipo que chega até a preocupar, pois se inventarem um facelift provavelmente vai estragar! Considero positivo a solidez que ele deixa perceptível ao trafegar por piso ruim sem que os passageiros fiquem chacoalhando nos bancos, silencio a bordo pois, ja na versao diesel, os proprietários comentam o baixo ruído interno, dirigibilidade muito prazerosa e a versatilidade de uso e qualidade de som da nova Central Multimidia com compatibilidade Android Auto e Apple CarPlay. Particularmente, a interação com o Samsung Galaxy S7 é otima, ao contrario do iPhone da minha esposa. As reclamações com relação à geração anterior, referente ao GPS e à pequena tela, ficaram no passado! Outra coisa, na minha opinião, ficou sensacional: a versão 4×4 com motor Tigershark Flex e a famosa caixa AT9! Se ja era silencioso o rodar com o Diesel, neste motor flex ficou muuuuito suave mesmo, de maneira tal que a 120km/h ele fica ainda abaixo dos 2000RPM! Ja fiz na estrada, com etanol no tanque, até 11km/l, e na gasolina até 13,5km/l (normal é, etanol: 7,5 a 9km/l = estrada; 5 a 7km/l urbano, dependendo da cidade // gasolina: 9,5 a 11 estrada; 7,5 a 8,5 urbano).

[Principais aspectos negativos] A Jeep fez um carro 4×4 com o para-choque dianteiro da versão 4×2? QUE MANCADA FOI ESSA FCA JEEP? Graças a este detalhe negativo vc precisa tomar muito cuidado com qualquer obstáculo, seja na via urbana (garagens e quebra-molas) seja nas estradas e vias vicinais com lombadas, valas, buracos, qualquer coisa esbarra! Estou procurando para-choques da versao diesel no mercado paralelo ou ferro-velho desde já! RIDÍCULO este deslize da fabricante…
Outra coisa realmente inexplicável, porque nao é configurável a desativação do START/STOP do motor? Chega a ser muito chato mesmo de lidar com este dispositivo que, se voce nao quer usar, nao tem jeito, terá que desligar TODA VEZ QUE LIGAR O MOTOR.
O carro é muito robusto, mas algumas coisas sao mais ridículos de se quebrar que nem os carros ditos “populares” têm igual fragilidade: a alavanca de abertura do caput do motor… ja quebrou no meu aqui! PREÇO: R$177,00… UMA PORCARIA DE PEÇA PLÁSTICA!

[Defeitos apresentados] Nenhum defeito.

[Concessionárias] Muito bem atendido ate agora

[Comentários adicionais] Eu gostei muito do conforto proporcionado por este carro, tanto pela suavidade do AT9, progressividade do Tigershark, e tambem o que poucos estão falando sobre, o tal do consumo exagerado. Acho sensacional dizer que o carro bebe muito porque faz 5,5 ou 6km/l no etanol dentro da cidade, e o outro SUV considerado ECONÔMICO faz 7,5 ou 8km/l… então este é o diferencial, o fiel da balança na decisão de comprar um carro na faixa de R$100.000? O outro concorrente japonês “mais econômico” (nao faz mais q 2km/l a mais de media na cidade!) é puro plástico barato, carroceria leve que parece que foi feito de latinhas de cerveja, e quando pega estrada de terra parece que vai desmontar… definitivamente, acho que o sucesso do Jeep Compass está aí, batendo inclusive o Renegade em vendas!

[Best Cars] É uma referência indiscutível em informações para os compradores e entusiastas de motores e automóveis!

[Data de publicação] 26/1/18

 

 

[Nome] Enzo Adriano Ceccato
[Cidade] Pato Branco
[Estado] PR

[Versão] Longitude
[Motor] Multijet Diesel
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Diesel
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento]
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Estilo relativamente simples e sem firulas, porém acho muito bonito. Desempenho e economia do motor diesel. Silêncio e conforto a bordo, nem parece movido a diesel. Estabilidade excelente para um SUV. Bom espaço interno. Acabamento honesto. Altura de rodagem adequada às condições das nossas estradas. Direção leve em manobras e com boa firmeza na estrada. Viagens com o Compass são tranquilas, seguras e prazerosas. Consumo médio em rodovias é de 14 Km/l, andando na faixa de 110/120 km/h. A 110 Km/h em nona marcha o motor atinge somente 1.800 RPM. Revisões anuais ou a cada 20.000 km = poucas visitas à concessionária. Custo/benefício interessante (pouco mais de R$ 140.000 a diesel) quando comparado às versões top com motores flex dos concorrentes. Possibilidades de uso aumentadas com o sistema Jeep de tração 4×4 com modos específicos e reduzida.

[Principais aspectos negativos] Somente dois air-bags de série na versão Longitude (os demais são opcionais). Falta GPS na central multimídia. Espaço para bagagens apenas razoável (410 L). Câmbio de 9 marchas as vezes dá pequenos trancos nas reduções, mas nada que tire o prazer de dirigir.

[Defeitos apresentados] Não, nenhum até o momento.

[Concessionárias] Ainda não utilizei para manutenção. Atendimento foi cordial e prestativo na aquisição e entrega (Le Lac – Francisco Beltrão/PR).

[Comentários adicionais] Em minha opinião o Compass é um bom SUV. O carro é honesto e entrega o que promete. Atende bem minhas necessidades de uso, exceto pelo porta-malas. Possui custo/benefício interessantes. Vamos aguardar os custos de manutenção e desvalorização.

[Best Cars] Excelente fonte de informação. Sou leitor assíduo há anos. Matérias sempre com isenção e qualidade. Parabéns aos responsáveis.

[Data de publicação] 1/12/17

 

 

[Nome] Fernando
[Cidade] Sao Paulo
[Estado] SP

[Versão] Longitude
[Motor] 2.0 Flex
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 2
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Mecânica: motor é silencioso e o rendimento não compromete (mas também não empolga). O câmbio de seis marchas é muito suave e silencioso. Chassi: rodar é muito suave, isolamento do asfalto é ótimo. Uma grande vantagem é que encara buracos e valetas com tranquilidade. Muito estável na estrada. Freios são ótimos. Direção leve e agradável. Conforto e conveniência: muito bem equipada e o arranjo interno aproveita bem o espaço interno. Acabamento e estilo interno excelentes. Tela de 8,4 pol é muito bacana. Impressiona o nível de integração entre os comandos do carro e as possibilidades de configuração. Climatizador digital é potente e sistema de som é muito bom também.

[Principais aspectos negativos] Mecânica: consumo um pouco alto, mesmo andando na manha. Câmbio é um pouco lento nas trocas. Função manual do câmbio interfere nas acelerações mais bruscas, não permitindo sentir de fato o motor. Chassi: suspensão traseira parece calibrada para carregar peso, pula mais do que devia. Direção um pouco leve em velocidade. Conforto: me senti lesado pelo vendedor pois me foi informado que o carro possuía GPS. Não possui. Função de espelhamento é interessante, porém não é completa (culpa da Apple, ok). Para um carro desse valor, falta acendimento automático dos faróis e sensor de chuva. A direção é bacana, mas não tem aquele toque macio de couro. Estranhei, pois meu carro anterior era mais agradável ao toque. O comando da seta parece um pouco frágil e fora de posição e os comandos do vidro poderiam ser mais ergonômicos (ficam muito à frente). Segurança: com o pacote de segurança o carro é muito bem equipado com air-bags, mas a versão de série deveria vir melhor equipada considerando o preço do carro.

[Defeitos apresentados] Nunca

[Comentários adicionais] Pequenos pontos de melhoria: sistema start-stop deveria poder ser configurado para ficar inativo sempre. Toda vez que ligo o carro preciso desligar. Abrir e travar o carro é muito barulhento. Deveria haver opção para desligar. Luzes traseiras não podem ser acendidas por quem está na frente, muito ruim para quem leva crianças no banco de tras.

[Data de publicação] 3/11/17

 

 

[Nome] Cláudio Pires De Morais
[Cidade] Ibiporã
[Estado] PR

[Versão] Jeep Compass Sport
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] possuo nissan sentra, toyota corolla, fiat uno e jeep compass. O jeep compass é um carro fantástico, ótimo motor, retomada para ultrapassagem muito boa, boa estabilidade para um suv, gps de primeira qualidade, já me levou a argentina 3 vezes sem cometer erros, ar condicionado excelente, acabamento interno de primeira qualidade, quanto ao consumo só abasteço com álcool pois assim posso usar 0s 166 cavalos e não 159 a gasolina. Andando a 150 e 160 o carro faz 7 km no álcool. Abasteci somente uma vez a gasolina, prefiro abastecer com álcool. Somados o peso do veículo, passageiros, bagagem, ar condicionado ligado durante toda viagem, 7 km por litro para mim esta ótimo.

[Principais aspectos negativos] tela multimidia pequena, deveria ser maior. E o ar condicionado deveria ser digital.

[Defeitos apresentados] quanto ao problema do som alto do alarme, o meu foi sanado na revenda jeep marajó em londrina pr.

[Concessionárias] fui muito bem atendido. Até o momento nada que desabone a revenda.

[Data de publicação] 6/10/17

 


[Nome] Gustavo R. Conti
[Cidade] Salto
[Estado] SP

[Versão] Longitude
[Motor] 2.0 Flex
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 3
[Consumo] 2
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O carro é bonito, confortável, bom de dirigir, possui bons nível de equipamentos, utiliza materiais agradáveis ao toque. enfim é um bom carro; me deixou satisfeito com a compra.

[Principais aspectos negativos] Infelizmente não é só de aspectos positivos em que se destaca o Compass, há vários defeitinhos, que podem até ser ignorados pelos méritos do carro, mas é interessante descrever para incentivar a melhora para futuros compradores.
1. Consumo do modelo Flex é extremamente alto, mesmo andando só na “casquinha do acelerador” não consegui um consumo superior a 6km/l usando 80% cidade e 20% estrada. Muito pouco considerando a forma de dirigir anestesiada, se pisar um pouco mais temo não chegar a 5km/l.
Também há vários defeitinhos: um que me incomodou bastante e vou observar pra levá-lo a concessionária é o fato do computador de bordo marcar autonomia até os últimos 60km, depois disso simplesmente deixou de registrar, justamente o período que se mais precisa da informação sobre autonomia ele me deixou na mão. Depois de abastecido, voltou a registrar. Além do que há uma variação muito grande desse registro da autonomia, em poucos km percorridos ela chega a oscilar cerca de 100km pra mais ou pra menos na autonomia.
A central multimídia também é uma incógnita , hora liga sozinha, hora não liga, hora lê os pen drives, hora não acusa pen drive inserido… é meio maluca… O GPS também não é dos melhores, quem está acostumado a usar Waze irá sofrer, pois é um GPS meio burro e não confiável. Aliás não custava nada esse veículo ter integração da central multimídia com smartphones, a Jeep nesse quesito vai na contra mão a tecnologia que carros de preço muito inferior já incorporam. Há alguns defeitinhos no acabamento, desencaixe ou folga em algumas peças, por exemplo, a coluna que desce do teto do lado do motorista apresenta uma folga de alguns milímetros no encaixe com o revestimento do teto, também o pegador interno pra fechamento do porta malas é meio desencaixado.
No quesito segurança, também, acho que os 6 air bags deveriam ser de série em todas as versões, não vendido como pacote opcional, acabei pegando o meu sem esse pacote porque a concessionária não tinha nenhum veículo com essa configuração quando realizei a compra, e ele dificultariam a encomenda de outro, dizendo que o preço viria maior etc etc, ou seja eles tentam desovar o estoque que já está lá. Por falar em concessionária, essa foi minha maior decepção com a compra do Compass. Mas vou descrever no campo destinado a isso.

[Defeitos apresentados] Computador de Bordo deixou de registrar autonomia quando o tanque estava no final (marcava até então 60Km) depois disso não registrou mais até o reabastecimento. Multimídia liga sozinho esporadicamente. Multimídia as vezes não reconhece pen drive, aí você desliga e liga novamente a central e ele reconhece. GPS falho, não reconhece contra mão, desatualizado.

[Concessionárias] Essa é minha maior queixa e decepção com a compra do Compass. Comprei o veículo pela Jeep Bicudo Car Itu. O que eu tenho a dizer, é que pra vender, eles são muito simpáticos, cordiais, entram em contatos várias vezes pra te convencer a comprar o veículo. PORÉM , o PÓS VENDA é que se mostra a cara da concessionária. – O veículo não encontrava-se pronto para entrega.- Devolveram o veiculo às 18:00hs, todo SUJO, por fora com marcas de mãos nos vidros e lataria, produto que borrifaram para aplicar insulfilm e envelopamento do teto todo escorrido pelo carro, interior todo cheio de folhinhas, devem ter deixado o carro aberto fora… Péssima concessionária, péssimo atendimento pós venda, fico com medo do carro apresentar problemas mais sérios e eu precisar dessa concessionária para resolvê-los.

[Comentários adicionais] Apesar da decepção com a concessionária e alguns probleminhas apresentados, o Compass é um bom carro.

[Best Cars] Ótima oportunidade de trocarmos experiências sobre o veiculo adquirido.

[Data de publicação] 28/7/17

 

 

[Nome] Diego Leal Landim Cruz
[Cidade] Juazeiro do Norte
[Estado] CE

[Versão] Longitude
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Diesel
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O carro chama atenção por onde passa, considero o seu design insuperável em relação ao seus concorrentes, tanto pela sua categoria como pela categoria inferior, como Creta, Hrv, kicks. Em relação ao desempenho considero muito bom, não é um carro esportivo, mas não vai lhe deixar em apuros em ultrapassagens, mesmo com carro cheio, principalmente esta versão a diesel que possui um torque muito bom. Quanto ao consumo, andando em modo geriátrico, na estrada, mantendo uma velocidade de 120km, com ar ligado, ele consegue fazer uma média de aproximadamente 14km/l – 14,5km/l. Na cidade uma média de 11km/l com ar ligado. Possui uma boa altura em relação ao solo, mantendo ainda uma boa estabilidade em curvas. Suspensão considero excelente, não é mole demais e nem dura como a do hrv, que dava muita pancada seca. Revisões com preços coniventes e a cada 20 mil km.

[Principais aspectos negativos] Considero com ponto negativo principal é esta versão longitude não vir com mais airbag de série, tendo que ser acrescentados como pacote. Outra falha como a central multimídia não ter espelhamento de tela com Smartphone, tendo que desbloqueá-la para obter este recurso. De resto a transmissão ZF9 é muito boa, mas em algumas situações como em velocidades mais baixas, ao desacelerar sem pisar no freio, ela dar um pequeno tranco, nada tão substancial que tire o prazer de dirigir o carro.

[Defeitos apresentados] Nenhum

[Concessionárias] Foram muito atenciosos na hora da compra, ainda não utilizei os serviços de pós venda, mas alguns relatos de amigos, falaram que deixam a desejar na resolução de problemas no veiculo e reposição de peças.

[Comentários adicionais] Em relação ao meu carro anterior(HR-V), considero uma boa escolha, tanto por o Compass possuir um visual que agrada mais, como ganhos em conforto [excelente isolamento acústico] e prazer ao dirigir [rodar suave, lhe dar a sensação de solidez ao rodar], além do Compass a diesel ser 4×4, o que aumenta suas possibilidades de terreno. Não me arrependo da troca que fiz, apesar da Honda estar um passo na frente Jeep em pós venda e o seguro do Compass ser um pouco salgado. Estava com receio de comprar o Compass por conta de alguns relatos de defeito, mas posso afirmar que estou extremamente satisfeito com a minha aquisição, compraria novamente principalmente esta versão diesel longitude com pacote Premium, que considero o melhor custo-benefício. Após a primeira revisão, com 20 mil km, postarei minhas impressões sobre a rede.

[Best Cars] Portal automobilístico muito útil para quem irá trocar de veículo.

[Data de publicação] 30/6/17

 

[Nome] Alex
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Versão] Trailhawk
[Motor] 2.0 Turbo Diesel
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Diesel
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O que mais gostei foi o Controle Adaptativo de Distância e Velocidade. Longas viagens não são cansativas. O sensor de faixas também é muito bom. Para quem gosta de teto solar, o deste carro é o melhor que eu já vi. A luz alta automática é muito útil. Diferentemente do que li no site “icarros”, a direção é ótima, o volante não fica molenga em altas velocidades. O som é espetacular. Enfim, os maiores destaques são a segurança, a tecnologia, o conforto e a robustez. Antes de comprar, pesquisei vários veículos por aproximadamente 6 meses. Testei a bmw x1 o Audi Q3 e a Mercedes GLA 200. Estou muito feliz com a minha escolha. Na minha opinião é o melhor SUV vendido no Brasil na faixa de 170 mil.

[Principais aspectos negativos] Ele já oferece muito mais que todos os outros SUV’s na mesma faixa de preço, mas seria legal se tivesse ventilação nos assentos.

[Defeitos apresentados] Nenhum defeito.

[Concessionárias] Sempre fui muito bem atendido, com destaque para o test drive.

[Comentários adicionais] Excelente.

[Best Cars] Sempre acompanho. Acredito que a opinião de motoristas comuns, como eu, são muito úteis na escolha de qual veículo comprar.

[Data de publicação] 5/5/17

[Nome] Leonardo
[Cidade] Teresina
[Estado] PI

[Versão] Trailhawk
[Motor] 2.0 diesel
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Diesel
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos]
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho]
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão]
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício]

[Principais aspectos positivos] Design, conforto, economia de combustível, acabamento (não tem ruídos internos), custo beneficio…. sem duvida vale cada centavo pago.

[Principais aspectos negativos] Ar condicionado reinicia sozinho as vezes, porém são episódios esporádicos e não chega a ser necessariamente um problema. Alarme muito alto .

[Defeitos apresentados] Nenhum

[Concessionárias] Fui prontamente atendido, os vendedores são atenciosos, educados e prestativos.

[Best Cars] Site bastante confiável e intuitivo. Sempre consultei antes de comprar meus carros.

[Data de publicação] 5/5/17

[Nome] Sergio Kamada
[Cidade] Santo Andre
[Estado] SP

[Versão] Limited
[Motor] 2,0 16V flex
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 3
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] conforto interno, espaço, design externo e interno.

[Principais aspectos negativos] acabamento plástico interno fazendo barulho, dificuldade de configuração dos opcionais, consumo mediano, motor/cambio precisa de melhor desempenho

[Defeitos apresentados] acabamento plástico que foi consertado por conta propria

[Concessionárias] atendimento do consultor de vendas foi perfeito, apenas a ressalva quanto a venda de opcionais , pois tentaram vender insulfilm de baixa qualidade.

[Comentários adicionais] O modelo cobriu uma lacuna existente no mercado.

[Best Cars] otimo meio de divulgação para o consumidor

[Data de publicação] 5/5/17

[Nome] Maicon Borges
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR

[Versão] Longitude FLEX 2.0
[Motor] 2.0 16V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos]
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem]
[Motor] 4
[Desempenho] 3
[Consumo] 2
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Estou muito satisfeito com meu Compass, carro muito bom de dirigir, carro confortável, espaço interno muito bom.

[Principais aspectos negativos] Consumo e refrigeração interna. O carro depois da reconfiguração do modulo, piorou o consumo na cidade e estrada, onde estou fazendo na média 6Km/L da Cidade e 10,5 km/L na estrada. O ar-condicionado vejo que demora muito para resfriar o carro. Frente do carro também é muito baixa, quando passa um pouco mais rápido em uma lombada o carro “raspa” a parte de baixo frontal. Também tem o alarme sonoro que é muito alto.

[Defeitos apresentados] Apareceu um alarme de reparo, onde necessitei ir a Concessionaria, o problema não foi tão simples e necessitaram efetuar a troca completa do módulo. Após isso ficou normal.

[Data de publicação] 20/4/17

[Nome] Rogério Oliveira
[Cidade] Vitória da Conquista
[Estado] BA

[Versão] SPORT
[Motor] 2.0, 16V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 1
[Câmbio] 3
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Carro muito bonito, imponente, bom conforto e espaço pros passageiros, boa dirigibilidade, muitos itens de série e tecnologia. O motor, como já disseram, transmite boa relação com o peso do carro e agrada ao que se propõe. Dá show em muitos SUV’s de sua categoria. Excelente carro.

[Principais aspectos negativos] A falta de um para brisa degradeé transmite calor ao rosto do motorista e passageiro, o sol incomoda. Consumo elevado na cidade e na estrada. Após reconfiguração do módulo piorou ainda mais o consumo (cidade 4,6/álcool e 5,7/gasolina). A continuação do para choque dianteiro de plástico, a meu ver não precisava, pois se deve ter muito cuidado ao estacionar para não arranhar o plástico, embora seja SUV. Acho a qualidade dos plásticos ruim e em alguns pontos desalinhados na parte externa. No porta malas o plástico já está com aspecto de arranhado e de carro usado e olhe que coloco as bagagens em sacolas. Não condiz com a reputação da marca JEEP. Não sei se é defeito, mas o ar condicionado demora um pouco, existe um “tempinho” para o acionamento/ventilador funcionar. O alarme é muito alto! Chama a atenção de todos. Fui à concessionária par informações sobre a baixa do volume do alarme ou até mesmo cancelar o aviso sonoro, mas não existe solução ainda.

[Defeitos apresentados] Defeitos de fábrica nos acabamentos do carro e apareceu a mensagem de troca de óleo com cerca de 5.000Km . Tive problemas com o acabamento do vidro traseiro (friso em plástico e borracha, Black piano) que veio desalinhado (achava que era o porta mala) e com a presilha do para lama dianteiro (parecia que não prendia direito na carroceria), ambos precisaram ser trocados na concessionária (ótimo atendimento). Ainda aguardo posição da JEEP quanto a um acabamento em plástico que protege o trilho do banco, que no meu carro não fixa direito, foi constatado que a presilha veio quebrada, acho que se passaram no “check list” geral do carro, a concessionária pediu de cortesia à fábrica. Passa despercebido na entrega do carro né? Aliás ninguém vê, a gente fica tão empolgado!

[Concessionárias] Até o presente momento, mesmo acontecendo estes “defeitinhos”, fui muito bem atendido pela concessionária.

[Comentários adicionais] A JEEP acertou no design do carro, um belo carro. Mas deve melhorar nestes pontos elencados.

[Best Cars] Muito importante esta seção da Best Cars para os leitores, serve também para alertar as marcas quanto aos defeitos apresentados.

[Data de publicação] 24/3/17

 

[Nome] Wellerson Ventura
[Cidade] Belo Horizonte
[Estado] MG

[Versão] Limited 2.0 2016/2017
[Motor] 2.0 (Flex) (Aut)
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] desempenho, espaço, bem equipado com sofisticação e segurança, teto solar moderno e prático.

[Principais aspectos negativos] consumo de combustível, mas passa longe de desapontar sabendo do porte do carro. média urbana é de 8,0 km/l.

[Defeitos apresentados] Não.

[Concessionárias] Excelente

[Comentários adicionais] essa configuração do compass tem ampla vantagem em equipamentos diante dos rivais

[Best Cars] ótimo e útil

[Data de publicação] 24/3/17

[Nome] Fernando Marcos
[Cidade] Vila velha
[Estado] ES

Versão] Longitude
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 1
[Câmbio] 2
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Design   conforto

[Principais aspectos negativos] Cambio ruim. Engasga ao reduzir marcha. Consumo excessivo  menos 6 km l cidade. Estrada 9 km l. Bagageiro pequeno. Direção ao manobrar se girar volante todo sente um tranco no sentido contrário. Gps todo desatualizado. Concessionarias sao ponto venda e troca oleo nao resolvem  nada, Nao seja enganado e um jeep para terceiro mundo. Nada a ver com padrão dos carros jeep importados.

[Defeitos apresentados] Direção da tranco em manobras. Caixa de marcha engasga ao reduzir velocidade. Gps  te leva do nada a lugar nenhum.  Um risco a nossa segurança.

[Concessionárias] Ponto venda e troca óleo. Mais nada além disto

[Comentários adicionais] fora design e forca motor para ultrapassar que sao bons. O resto e um fiat toro vestido jeep

[Best Cars] gosto muito. Sempre consulto

[Data de publicação] 10/3/17

[Nome] Heremita Brasileiro Lira
[Cidade] Cabedelo
[Estado] PB

[Versão] Longitude
[Motor] 2.0 Diesel
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva]
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Conforto, segurança  e economia.

[Principais aspectos negativos] Não.

[Defeitos apresentados] Nenhum.

[Concessionárias] Excelente atendimento. NEWSEDAN

[Data de publicação] 10/3/17

[Nome] Valerio Teixeira
[Cidade] Belo Horizonte
[Estado] MG

[Versão] Limited
[Motor] 2.0 Tigershark
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Um carro extremamente confortável, com isolamento acústico de fazer inveja a muitos sedans (tive um Fusion por 4 anos e, ao viajar no Compass, chego menos cansado). O desempenho do veículo é bem razoável para sua proposta. Não é um foguete, mas não te deixa na mão. A estabilidade se assemelha a de carros menores, sem sustos. O sistema de controle de estabilidade em conjunto com o sistema anti capotamento passa muita segurança. Nas curvas mais fortes dá para sentir a intervenção do sistema, que endurece um pouco o volante quando se esterça para o lado que tende a fazer o veículo perder o controle (lado de dentro da curva) quando nos aproximamos do limite de aderência.
O acabamento é digno de nota, com encaixes precisos, materiais de muito boa qualidade e bom gosto. Sobriedade no interior, com todos os recursos à mão. O consumo na cidade é alto, mas dentro do esperado para um SUV de 1.540 kg. Na estrada, a 120 km/h consegui média de 9 km/l com álcool, nada mal para o tamanho e peso. A central multimídia de fábrica é um show à parte, com 8,4 polegadas, junto com a segunda tela, no painel de instrumentos, de 7 polegadas. Freio de mão eletrônico programável para acionar e liberar automaticamente (basta atar o cinto de segurança e selecionar “D” no câmbio automático, que o freio de mão é liberado sozinho. Para acioná-lo, basta colocar o câmbio em “P” que aciona automaticamente).
Os bancos de couro da versão limited são muito confortáveis e a cor caramelo casou muito bem com o Limited Branco com teto preto. Porta-malas de 410 litros atende, mas poderia ser maior. Em contrapartida, o espaço para os ocupantes foi priorizado e há um verdadeiro salão para quem vai atrás. Na versão limited, os faróis de Xenon, em harmonia com o conjunto de leds e DRL deixa o carro ainda mais bonito e harmonioso. Retrovisores proporcionam excelente visibilidade.
Troca de marchas com paddle Shift (borboletas atrás do volante), alerta de ponto cego, sensor de chuva, crepuscular, freio de mão eletrônico, Xenon, leds, drl, seis airbags, couro (duas cores à escolha), multimídia completo de 8,4″ e computador de bordo colorido de 7″ no painel de instrumentos, mais GPS com comandos de voz, câmera de ré, sensor de estacionamento, controle de estabilidade e sistema anticapotamento, painel todo em soft touch são todos itens de série que seriam esperados para um carro desse preço e posicionamento de mercado. Estão presentes no Compass limited mas não estão em Ix35 e Sportage topo de linha, que ainda custam mais caro (R$ 6.000 a mais no Ix35 e R$ 14 mil a mais no Sportage). Pesou na escolha o design cansado do ix35 (junto com seu painel de carro mil). O sportage está mais à altura do Compass em design, mas custa R$ 14 mil mais caro em sua versão topo de linha e não vem tão bem esquipado. Além disso, seu desing é belíssimo na traseira e discutível na dianteira, polêmico. Disparado o melhor custo benefício da categoria. Não é à toa que está vendendo cinco vezes mais que seus concorrentes.

[Principais aspectos negativos] Não possui Android Auto/Apple Car Play. Merecia um motor mais eficiente, com desempenho igual ou superior e consumo mais baixo.

[Defeitos apresentados] Não apresenta

[Concessionárias] Ainda não a usei

[Best Cars] Best Cars, como já elogia repetidamente, é a melhor publicação automotiva do Brasil. A mais imparcial, detalhada, técnica e que avalia o que realmente faz a diferença no dia a dia do motorista. Parabéns.

[Data de publicação] 13/1/17

[Nome] Miguel A P Araujo
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Versão] SPORT
[Motor] 2.0 16V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O Compass é um veículo imponente, se destaca no trânsito. Sistema de Iluminação muito bom, tanto dianteiro como traseiro. Acabamento de qualidade, tanto em materiais quanto em montagem. Silencioso de motor e de ruídos internos. Suspensão robusta, passa confiança. Porta malas atende bem, mas não é milagroso, carrega bagagem de 4 pessoas mas sem muita folga.Motor leva bem o carro mas apenas isso afinal, é 1,5 ton para ser carregada. Consumo é alto, mas compatível com o veículo.

[Principais aspectos negativos] Falta faixa degradée no para-brisas. Painel reflete muito calor para o rosto do motorista/acompanhante. Cobertura da coluna de direção causa reflexo nos mostradores do painel sob sol forte., dependendo da posição do sol, nada se vê. Ar condicionado fraco e demora para esfriar; pode ser um defeito em minha unidade – levarei à CSS. Sinal sonoro de acionamento/liberação do alarme é padrão FIAT e pior: muito alto! Chama a atenção de quem passa e de um eventual ladrão também….rsrsrs. Solicitei auxílio na CSS para a sua diminuição mas fui informado de que ainda não há solução e que as reclamações são muitas…..Aguardando solução.

[Defeitos apresentados] Ar condicionado não está conseguindo refrigerar habitáculo, principalmente em dias quentes. Vou levar à Concessionária. Depois informo resultado.

[Concessionárias] Vou levar pela primeira vez. Informarei resultado

[Comentários adicionais] Em termos de SUV para mim, um dos melhores por um preço razoável.

[Best Cars] Grande companheiro do motorista

[Data de publicação] 13/1/17