Honda Civic (quinta geração)

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] Saulo
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] EXL
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 1
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 3
[Freios] 2
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 1

[Principais aspectos positivos] Design diferenciado e muito bonito, consumo aceitável para cidade e excelente em estrada, espaço interno muito bom, instrumentos muito bons.

[Principais aspectos negativos] Ruídos internos, acabamentos de baixa qualidade.

[Defeitos apresentados] Carro apresenta um barulho em todo painel que por 3 vezes em concessionarias não resolvem, chiado no compressor do ar que foi resolvido e trocado o compressor em garantia, rangido no pedal do freio que substituíram o hidrovacuo do carro e não foi resolvido.

[Concessionárias] Péssimo pós vendas, concessionarias parecem que não são treinadas ou fazem pouco caso mesmo, arrogância típica de concessionarias da marca.

[Best Cars] Excelente seção do site, talvez se tivesse lido as avaliações antes não teria adquirido o veiculo

[Data de publicação] 21/9/18

 

 

[Nome] Acrisio dos Santos
[Cidade] Itarama
[Estado] ES

[Versão] EXL
[Motor] 2.0 16V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] o Design do Honda atual é dos mais bonitos atualmente, a estabilidade do Civic sempre foi das melhores, mas nesta versão conseguiram unir conforto ao dirigir com estabilidade ficou perfeito, o acabamento interno, novo painel, cambio elevado cvt, cor escura no interior ficou maravilhoso, chama atenção por onde passa, a Honda conseguiu melhorar o que era bom, estou no terceiro Civic e está difícil ir pra outro modelo..

[Principais aspectos negativos] Não tem

[Defeitos apresentados] pane elétrica, no sensor de direção devidamente corrigido pela Honda com excelência..

[Concessionárias] Uma das melhores, no Brasil, já tive Renault, Fiat e Chevrolet., apenas deviam fazer revisão nos sábados..

[Comentários adicionais] A Honda devia disponibilizar o motor 1.5 turbo em todas as versões, assim como Cruze e Jetta, botão star devia ser de série..

[Best Cars] Acompanho o site a muito tempo e não compro carros antes de ver opinião dos donos, (jornalistas gostam muito de vender carro)…

[Data de publicação] 1/6/18

 

 

[Nome] Felipe Leonardo Koller
[Cidade] Florianópolis
[Estado] SC

[Versão] Touring
[Motor] 1.5 Earth Dreams Turbo
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Vou comentar um pouco cada pontuação:
– Estilo – esportivo e instigante, não agradou todos, mas cada vez que paro para olhar os detalhes… acho o carro mais bonito. Foi uma evolução disruptiva e vai demorar um tempo para o pessoal se acostumar. Nos blogs o pessoal fala que os “velhos” não gostaram, olha, quando vejo um civic na rua já vi muito grisalho dirigindo um Civic!
– Acabamento – tive alguns problemas de acabamento, detalho nos defeitos apresentados.
– Posição de dirigir – é excelente. Tenho 1.93m e venho de fluence e 2 corollas. Tem mais espaço para o motorista, o banco é mais confortável e o que muito contribui é o banco com ajustes elétricos com 8 ajustes e não 6 ou 4 como normalmente encontrado. Você consegue ajustar a inclinação do acento, alcançando excelente apoio de toda a coxa e glúteos (bunda) – isso faz tremenda diferença em uso prolongado. Um pecado não ter ajuste lombar, nem manual, mas a sorte é que o ajuste fixo me parece ideal, não comprometendo o uso em meu caso.
– Instrumentos – sinto falta do honda sensing, sensores de pressão de pneu e till down de espelho ao engatar ré. Lane watch é excelente (quando funciona, falo adiante) e deveria existir dos dois lados. É muito bom trocar de faixa com a assistência do lane watch, ele tem guias que informam referências para troca de faixa com segurança. Os faróis full-led são fantásticos, iluminam bem, a luz led tem reflexão extra na sinalização (placas e olhos de gato) facilitando muito sua visualização.
– Conveniência – É um veículo com ótimo isolamento acústico e isso torna qualquer ruído mais perceptível. É um carro gostoso de ouvir música, mesmo em velocidades modestas. Falando em som, tem bom desempenho o sistema de som. Adicionei apenas um subwoofer no porta malas e o conjunto ficou excelente. Minha nota é mediana pois tive problemas de acabamento e ruídos que vou detalhar a diante.
– Espaço interno – é bem posicionado na categoria, é a atual referência na categoria…
– Bagageiro – Também é dos maiores da categoria, junto com espaço interno, evoluiu muito em relação as geração anterior do Civic.
– Motor e câmbio – o conjunto funciona muito bem, o CVT desse carro é diferente dos primeiros sistemas, acopla muito rápido e não fica patinando no conversor de torque. Ando por padrão no modo ECO, em condução tranquila em local plano ele vai de 0-80 em 1.500 RPM constantes. Querendo desempenho passo o câmbio para Sport e tem disposição para qualquer ultrapassagem… É um conjunto obviamente voltado para eficiência energética e conforto, que entrega excelente desemprenho sempre que preciso.
– Desempenho – Há muita comparação entre Civic e Jetta, claro que esse tem mais desempenho; mas a força do Civic atende plenamente e passa muita segurança para fazer uma ultrapassagem rápida.
– Consumo – É o mais eficiente da categoria. Em condição ótima de trânsito de rodovia, já fiz média de 18,1 km/l. Mas andando a 100 km/h constantes em situação normal (limite na BR101 de SC), o provável é fazer algo próximo a 16,8 km/l. Rodando pela grande Florianópolis e pegando trânsito nos horários de pico fica em 12 km/l. Meu ultimo carro, um fluence, na mesma condição de rodovia não passava de 13 km/l, ou seja, é 30% mais eficiente em rodovia. Na cidade seguramente supera 40%.
– Freios – Excelente funcionamento e força, os pneus originais contam com excelente grip. Nunca testei fadiga no sistema, pois uso muito freio motor através das aletas atrás do volante. Pra ter ideia, meus dois últimos carros só foram trocar pastilha de freio com mais de 80 mil/km.
– Suspensão e Estabilidade – Outro destaque do carro, tem muita estabilidade e a carroceria balança pouco com a suspensão traseira independente e coxins hidráulicos. A direção também é algo que confere experiência única de dirigir esse veículo – ele vai de batente a batente com menos de 2 giros e é variável. Ou seja, manobrar esse carro é algo extremamente ágil. Outro ponto é que o veículo é baixo, acho que esse é um ponto que deve ter feito muita gente abandonar o civic geração 10. Enquanto o corolla ficou mais alto na reestilização, o civic abaixou nessa geração. O carro baixo garante dirigibilidade excepcional, mas dificulta o entrar e sair do carro, colocar criança nas cadeirinhas no banco de trás é muito ruim e por fim, no trânsito, vc está mais baixo que todo mundo – até um cara do corsa te olha de cima… Minha opinião, o fato de ser baixo é o que mais deve causar rejeição do civic frente ao corolla hoje. Apesar de baixo, não raspa com facilidade em vias pavimentadas.
Segurança Passiva – está entre os melhores projetos do mercado em segurança passiva. A carroceria do Civic é base para toda a nova geração de veículos Honda (CR-V, Accord e Insight). Foi carro do ano em 2016 nos EUA, a mesma plataforma deu o título de carro do ano ao Accord em 2018 e Civic foi o sedã médio eleito agora em 2018 pelos leitores do Best Cars.
Custo-Benefício – hoje não existe carro barato. O Touring quando lançado teve preço muito criticado, segue… Quando optei por ele fiz uma longa pesquisa, envolvendo custo de compra, seguro, manutenção e atendimento de necessidades minhas e da minha família. Pensei muito no Fusion, mas o tamanho extra impossibilitaria o uso de minha garagem, além de outros pontos que pesam contra o Fusion em meu caso. Se quisesse um sedã médio com o mínimo de investimento e máximo de retorno – compraria um cruze de entrada. No meu caso, na ocasião da compra, o touring foi o melhor CxB.

[Principais aspectos negativos] Lane Watch não mostra o pneu traseiro direito e não há till down do espelho ao engatar a ré – sempre há necessidade de cuidado extra para não pegar as rodas ao estacionar. Como as janelas são estreitas, a visibilidade é limitada, são importantes os recursos de câmera, sensores e o velho espelho para evitar danos durante manobras em locais apertados.
A falta de um sensor de pressão de pneus, isso já está disponível em veículos mais em conta de outras montadoras, poderia haver ao menos uma monitoria pelo sistema de ABS para detectar ao menos casos mais graves de diferença de pressão nos pneus…
O sistema honda sensing deveria ser ao menos um opcional, hoje disponível no focus por menos – em contrapartida focus é um carro apertado, com porta malas pequeno e nem vou comentar do câmbio que é uma incerteza supostamente resolvida, mas que matou de vez o carro e por isso ele é vendido “barato” diante da concorrência.
A economia na iluminação traseira, ao não adotarem LED nas luzes de freio e pisca é outra coisa besta… é coisa que concorrentes de geração antiga já disponibilizam. Resolvido com compra de lâmpadas LED Philips e Osram. Luz de LED além de durar muito mais, tem tempo de reação muito mais rápido e liga imediatamente em 100% da força. Isso promove sinalização e por consequência segurança superior.
Outro problema que incomoda é que eventualmente ele reclama que o limite de aparelhos pareados a central multimídia chegou ao limite. Meu celular é o único pareado ao veículo, mas ele tem cópias diversas do mesmo aparelho… então ele obriga a excluir um para liberar uma vaga de registro então cadastro novamente o aparelho… Entre 2-3 partidas de motor, o processo se repete.

[Defeitos apresentados] Sim, veio de fábrica com um painel abaixo do porta-luvas não bem encaixado. Em momentos específicos vibrava muito, como era em momentos bem específicos precisei ir 2 vezes em concessionárias diferentes para que o supervisor da oficina localizasse a origem do barulho (na primeira ocasião não conseguimos replicar o barulho, tinha dias que não incomodava, outros era uma bateção danada).
Segundo ponto é na porta do motorista, onde apoio a ponta do cotovelo da porta ao segurar o volante, começou a estragar o revestimento… deu uma leve esfarelada exatamente onde apoio o cotovelo. Horas, já tive vários carros e isso nunca aconteceu! Vou solicitar a substituição do painel da porta na primeira revisão, dentro de 2-3 meses.
Outro barulho chato é no puxador da porta do motorista, ali fica apoiado o joelho quando a porta está fechada. E ao andar em uma estrada onde o carro balança mais, o joelho apoia e se afasta daquele pondo da porta, é outro ponto de nhec nhec muito chato!
Agora, com 10 meses de uso o sistema lane watch parou de funcionar voluntariamente e ocasionalmente funciona involuntariamente… Isso me deixou cabreiro! Acessei a central multimídia e está configurado o seu funcionamento, normal. Mas não liga ao acionar o pisca nem ao acionar o botão específico para seu uso

[Concessionárias] Sou novo cliente Honda, ainda não tenho muita experiência…. Fui duas vezes para resolver o problema do barulho, mas na primeira visita (não agendada) não conseguimos reproduzir o barulho o que impossibilitou a detecção. Na segunda (agendada) vez reproduzi o barulho, localizaram e resolveram o problema. Nas duas vezes foram corteses, atenciosos e o serviço foi rápido e eficiente quando detectado o problema.
Primeira experiência em Itajaí/SC e segunda em São José/SC.

[Comentários adicionais] Civic hoje é o sedã mais mal falado nos Blogs especializados em carros. Mas ai quando tem uma votação espontânea anônima como a do Best Cars, qual é o sedã médio eleito como o melhor? O próprio… Então a turma que malha, quando chega na hora de revelar seu predileto escolhe o Civic. Volto a dizer que o provável responsável pelas baixas vendas não é o desenho novo esportivo e rebuscado, mas a baixa altura do carro em relação ao seu concorrente que teve altura levantada em 1.5 cm. Toyota também não trouxe um concorrente para o HR-v, que está na mesma faixa de preço.

[Best Cars] Consumo Best Cars desde o princípio, sem dúvidas ainda é o melhor site do gênero no Brasil.

[Data de publicação] 9/2/18

 

 

[Nome] Renato Vernareccia
[Cidade] Sao Paulo
[Estado] SP

[Versão] SPORT Manual
[Motor] 2.0 16V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O carro é muito bonito. Espaço interno, porta malas grande. Dirigibilidade muito boa. Super estável, freia muito bem. E o ponto alto é o motor. Gosta de subir de giro e anda muito. Vejo alguns comentários negativos sobre o desempenho do Civic com o câmbio CVT (mata motor). Estas pessoas deveriam dirigir o carro com câmbio manual e descobrir como este carro acelera e gosta de andar. E eu digo que é super econômico. Só abasteço com etanol. Na estrada a sexta marcha favorece bastante. Andando entre 100 e 120 km/h, em um trecho de 180 km, o computador de bordo marcou 12,2 km/litro.

[Principais aspectos negativos] Poderia ter algumas comodidades como rebater os espelhos retrovisores e outro acessórios que a outra versao tem, mas pela proposta do carro acho que nao faz tanta falta.

[Defeitos apresentados] Nenhum

[Concessionárias] Ainda nao usei

[Comentários adicionais] Meu primeiro Honda e nao está me decepcionando, muito pelo contrário. Estou gostando muito. E acho que o principal motivo foi ter comprado com câmbio manual e nao com o famigerado cambio CVT, que espero que nao acabe com o câmbio automático tradicional que acho muito mais interessante. Cambio CVT é para quem nao gosta de dirigir.

[Best Cars] Best Cars e’ e sempre foi uma ótima fonte de informações para quem aprecia automóveis. Dos novos aos velhinhos.

[Data de publicação] 26/1/18

 

[Nome] João Simonetti
[Cidade] Taubaté/SP
[Estado] SP

[Versão] EX
[Motor] 2.0 16V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 3
[Consumo] 4
[Câmbio] 3
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] A posição de guiar. Fantástica! Bancos excelentes, volante bom, espaço para as pernas ótimo e comandos à mão. Estabilidade do modelo impressiona. E, claro: o desenho. O carro é bonito demais!

[Principais aspectos negativos] Acho a suspensão muito dura (comparando com o Ford Focus Fastback, por exemplo, que é bom de curva e muito estável, mas parece um premium europeu no rodar – flutua). Poucos equipamentos de série (instalei central MM e sensor de estacionamento – somente som – na concessionária Daitan) – além dos supracitados itens, poderia ter: porta óculos, retrovisores eletrocrômicos, computador de bordo acionado por botões no volante, comandos de voz e sensor de pressão dos pneus.

[Defeitos apresentados] Não.

[Concessionárias] A Daitan pisou na bola na instalação da Central MM (técnico imperito deixou de me avisar que a câmera de ré, bluetooth e usb não estava funcionando – fui saber isto às 18h00 quando fui buscar o carro – eu o havia levado às 9h00 da manhã! -, então mandei recolocar a original na hora). Dois dias depois, foi instalada corretamente e me emprestaram um City do test drive para meu uso – ganhei o sensor de estacionamento como pedidos de desculpa, item pelo qual eu pagaria.

[Comentários adicionais] Dentre os concorrentes, talvez Focus, C4 e Cruze tenham desempenho melhor.

[Best Cars] Best Cars é o melhor site automotivo. Eu o acompanho desde 1998, ainda moleque. Falta reativarem a sessão “Carros do Passado” nas coberturas de eventos antigos – foi através desta sessão que fui me tornando leitor do site.

[Data de publicação] 15/12/17

 

 

[Nome] Bruno Cesar Carvalho
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] EX CVT
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Certamente o principal ponto positivo (e evidente) é o design, seguido da dirigibilidade. A evolução em relação a geração anterior é evidente, pois o comportamento dinâmico é digno de sedãs premium, bem como o aspecto geral de construção. Não quero entrar em polêmica, mas não tem como comparar com o principal rival Corolla. Parecem carros de décadas diferentes. O acabamento interno é outra evolução gritante em relação a última geração e aos concorrentes. Só faltou a opção pelo acabamento bege ou cinza-claro (ou até mesmo terracota) que teria seu público garantido nessa faixa de preço. A suspensão está menos “seca” em buracos e em pisos acidentados, garantindo conforto. Ponto para os coxins hidráulicos dessa geração. Porta malas cresceu e está muito bom. Faço um destaque para o motor, que recalibrado e trabalhando em conjunto com o câmbio CVT garantem um consumo impressionante para um 2.0 (entre 90 e 100km/h em rodovia já consegui marcas de 16km/L na gasolina) o que deve ser ainda melhor no 1.5T.

[Principais aspectos negativos] O desenho esportivo cobra seu preço no acesso limitado ao banco traseiro. Garantia de alguns galos na testa para colocar minha filha na cadeirinha. Não chega a ser um ponto negativo, visto que é o estilo do carro, mas é um ponto de atenção a ser considerado. O tanque de combustível poderia ser um pouco maior que os 55L (tive um Megane que eram 60L) o que garantiria uma autonomia maior, principalmente no álcool. Falta o limitador de velocidade (possui somente o controle de cruzeiro) e a inaceitável falta de um kit conforto para fechamento de vidros e rebatimento de retrovisor. Comprei um da Tury por R$240,00. Entendo que isso não faria tanta diferença na margem de lucro da Honda, bem como os parafusos antifurto da MCGard por R$180,00. Falta também no comutador do limpador um temporizador da intermitência, bem útil em chuvas moderadas para um melhor ajuste da varredura. Falta também AC dual zone e saídas traseiras, bem como o porta luvas refrigerado.

[Defeitos apresentados] Vidros dianteiros lentos na abertura/fechamento, ajustados na primeira revisão de 10K.

[Concessionárias] Fui muito bem atendido na Daitan (São José dos Campos e Ibirapuera), tanto na compra como na primeira revisão. Inclusive o custo básico da primeira revisão de 10K (óleo e filtro) ficou em R$285,00, abaixo do custo de troca de óleo que eu tinha com o Megane que ficava em torno de R$300,00 fora da concessionária. O pós-venda da Honda realmente é diferenciado.

[Comentários adicionais] Comportamento dinâmico digno de sedãs mais caros. Um projeto muito moderno!!!

[Best Cars] Vinte anos que acompanho o BCWS, comento nas matérias e me atualizo de forma imparcial. Mais uma vez deixo meus parabéns!!!!

[Data de publicação] 25/8/17

 

 

[Nome] Flavio Martins
[Cidade] Campo Grande
[Estado] MS

[Versão] EXL
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios]
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Design, acabamento interno, estilo, cambio cvt primoroso, motor adequado e potente. A Honda conseguiu surpreender na suspensão do Civic G10, ficou extremamente macia e confortável. O carro tem um conjunto muito eficiente no que diz a cambio e motor, aliada a garantia Honda e assistência técnica harmoniosa. Estou muitíssimo feliz com a aquisição.

[Principais aspectos negativos] Controles ar condicionado, somente acessando a Central Multimídia e Preço de aquisição.

[Defeitos apresentados] nenhum.

[Concessionárias] A Honda me atendeu muitíssimo bem, não tenho reclamação. Tem boa infraestrutura e suporte.

[Comentários adicionais] Decidi comprá-lo após muita pesquisa, fiquei entre ele e o Cruze (GM). Porém os problemas com a GM já começam na entrada da concessionária, o vendedor não sabia do carro, tentou empurrar outra coisa, ficou de retornar as ligações e não o fez, ficou muito a desejar, além de que o Cruze não tem boa suspensão e o preço das peças astronômicos. O único problema do Civic é o preço de aquisição, mas o motor 2.0 que o Cruze tem nem me faz falta, pois esse da Honda é muito bem casado com o novo cambio cvt. Estou feliz.

[Best Cars] ótimo site, recomendo sempre pra quem for comprar, vender ou trocar.

[Data de publicação] 24/3/17

 

[Nome] Marcos
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Versão] EXL 2.0 CVT
[Motor] 2.0 16V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Dinâmica do carro, suspensão, conjunto motor-câmbio, tecnologia embarcada, segurança (6 air bags, isofix, controles de tração e estabilidade), multimídia, acabamento, porta-malas, leds diurnos, design (comprei no lançamento e até motorista de Mercedes CLA 200 tirou foto do meu carro), desempenho em estrada (mesmo em subidas íngremes o carro segura a velocidade e não fica esgoelando o motor; nas ultrapassagens o motor 2.0 e câmbio CVT surpreende), painel digital (nem lembro mais do saudoso 2 andares), confiabilidade.

[Principais aspectos negativos] Preço de compra elevado, gps original não reconhece se é dia ou noite (vc. precisa escurecer a tela manualmente), ausência de sensor de estacionamento, pontos de solda aparentes no interior das portas, computador de bordo extremamente otimista (marca 15 km/l na cidade e na bomba deu 13 km/l)

[Defeitos apresentados] Nenhum.

[Concessionárias] Excelentes, adotam a filosofia japonesa de atendimento. Não é a toa que a Honda tem ótima reputação na área de vendas e serviços de oficina.

[Comentários adicionais] Não subestimem o conjunto aspirado 2.0 e câmbio CVT. Apesar da mídia e de alguns internautas desinformados criticarem essa dupla 2.0/CVT, o conjunto me surpreendeu plenamente (essa é a minha opinião embasada dentro de minhas necessidades e o meu tipo de tocada ao volante). Vim de um I30 2.0 automático com 145 cv e no geral eu estava satisfeito com o desempenho do I30 e sinceramente achei que o Civic iria andar de igual para igual com o Hyundai. Me enganei, o Civic deu um banho. Andei em cidade, estrada com pista simples e dupla, muita subida e serra, o Civic me surpreendeu, andando muito mais que meu antigo trintão. Estou muito satisfeito com o carro.

[Best Cars] Consulta obrigatória ao se comprar ou opinar sobre um automóvel.

[Data de publicação] 24/3/17

[Nome] Thiago P G Peres
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Touring
[Motor] 1.5 Turbo
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Carro confortável, estável e muito econômico. Faz 13 km/l na cidade e 16 km/l na estrada andando na velocidade permitida da via. O motor responde bem e a direção é bastante direta. A iluminação dos faróis de LED são excelentes.

[Principais aspectos negativos] Falta um melhor tratamento aerodinâmico / acústico no teto solar que é barulhento em velocidades acima de 100 km/h

[Defeitos apresentados] Não apresentou defeitos

[Comentários adicionais] Pelo preço faltam alguns itens de conveniência que estão presentes em carros na mesma faixa de valor tais como Piloto automático adaptativo, comutador automático do farol alto, sistema de som premium, sensor de veículo no ponto cego, park assist, monitoramento da pressão dos pneus, saída de ar condicionado traseira, entre outros. Poderia ter a opção de acabamento com bancos em tonalidade clara, como também existe la fora.

[Best Cars] Parabéns ao Best Cars por disponibilizar um espaço onde os proprietários possam demonstrar a satisfação com o veículo.

[Data de publicação] 27/1/17

[Nome] Alex
[Cidade] Fortaleza
[Estado] CE

[Versão] Exl
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O carro é bonito e tem ótima dirigibilidade. O espaço interno e a suspensão (independentes nas 04 roas) são excelentes. Na versão Exl a qualidade do som é ótima. A central multimídia é muito boa. O consumo é muito bom para um 2.0. Meu carro anterior era um City e o Civic, apesar de 2.0 e de ter poucos quilômetros rodados (ou seja, o consumo deve ficar até melhor), só está gastando um pouco a mais do que ele. Silêncio a bordo e segurança. Certamente, como o HRV, o Civic vai conseguir a nota máxima no Latin Ncap, pois tem barras de proteção lateral, 06 airbags, controle de tração e estabilidade, freios a disco nas 04 rodas… Itens de conforto como assistente de partida em rampas, freio de estacionamento eletrônico e brake hold e ar-condicionado bizone.

[Principais aspectos negativos] É um carro caro, mas, quando comparado com o Corolla, o concorrente mais conhecido, tem mais itens de segurança e é um pouco mais barato (ou menos caro). Há algumas falhas de acabamento. O porta-objetos do console central tem parafusos à mostra e não tem forração, o que é criticável num carro que custa mais de 105 mil reais. Não tem itens de conforto comuns em carros mais baratos, como retrovisor eletrocrômico. A tampa da tampa de combustível não tem chave.

[Defeitos apresentados] Não.

[Concessionárias] Atualmente é uma boa opção de preço na sua categoria. Na minha opinião é o mais bonito e por enquanto o com mais itens de segurança.

[Data de publicação] 27/1/17

[Nome] Marcos
[Cidade] Nova Lima
[Estado] MG

[Versão] Touring
[Motor] 1,5
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O Civic geração 10 é o melhor carro que eu já comprei. O motor é muito eficiente, equilibrando bom desempenho e consumo. O acabamento, espaço interno, design e muitas outras qualidades não percebidas aparentemente são de carros teoricamente de padrão superior (premium). Buchas hidráulicas, vedação tripla nas portas, pára-brisas acústico e o banco elétrico do motorista com regulagem para os joelhos.

[Principais aspectos negativos] Achei o carro caro. No Canadá, eu fui conferir o preço da versão Touring: $30,000 CAD, cerca de $75,000 RLS. Considerando a tributação e margem maior, acredito que $115,000 RLS seria o preço justo. Mas vale lembrar que o Civic (Touring) está sendo vendido em outros países com um preço acima dos concorrentes. No Canadá, um Mazda 3 (muito bom), Elantra, Corolla, etc… custam menos do que o Civic. De toda forma, acho que exageraram no preço do carro no Brasil.

[Defeitos apresentados] Nenhum defeito.

[Comentários adicionais] O carro me atende muito bem. Há no Brasil um exagero em criticar carros e marcas. Vejo comentários sobre o Jetta com 211cv. Anda mais? Talvez, mas para mim não faz a mínima diferença. O desempenho e consumo do Civic me atendem. Comprei o carro para uso familiar e gosto de Sedans médios. O Fusion também poderia ser uma escolha, mas prefiro os carros japoneses.

[Best Cars] Acho muito bom essa seção do Best Cars. Esclarece dúvidas e ajuda os consumidores.

[Data de publicação] 18/11/16

[Nome] Zarath Rocha
[Cidade] Aracaju
[Estado] SE

[Versão] EXL
[Motor] 2.0 16v
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] Selecione
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Estou no terceiro civic, todos retirados zero km (2008, 2012 e 2017). O 2008 era muito ágil, 2012 era mole e mais confortável, o 2017 reuniu o melhor dos mundos. Estabilidade fantástica, a condução e dinâmica muito boa. O motor da conta do recado, digamos satisfatório. Eu preferi pagar R$7000 a mais que a EX pq sabia que gastaria no mínimo R$3500 a R$4000 para colocar uma central, sem falar que a tela do velocímetro digital é de ótima interação e dá um charme a mais. O carro é extremamente prazeroso, para quem gosta de dirigir é satisfação garantida.

[Principais aspectos negativos] De todos os concorrentes sedans da categoria, acredito que seja um dos piores de 0 a 100km/h. Muito caro, paguei R$107.000. Poderia vir com alguns itens de conforto do Touring a exemplo de partida no botão ou até teto solar. Se a Honda compara o EXL ou Altis, deveriam pelo menos ter mantido o teto solar do EXS (2012-2016). Acredito que a Honda esteja fazendo bico doce, como a atual fábrica opera em capacidade máxima não possibilitando a montagem de muitos carros, estão vendendo para quem quer mesmo o carro. Acredito que em 2017 ou 2018 essa versão poderá ter alguns acessórios a mais ou até mesmo um motor turbo. Lembrem que o 2012-2016 no meio da geração recebeu motor 2.0 mantendo 1.8 na versão mais simples. Esse motor turbo é importado e o processo de nacionalização está em andamento. Carro desse porte é meio emocional, como foi meu caso, mas o CRUZE LT por 89.000 (em alguns casos dizem que encontram por 85.000) é uma boa compra tb.

[Defeitos apresentados] Não apresentou defeito até o momento

[Best Cars] O site é fantástico, quem acompanha sabe da qualidade das informações publicadas, eles vão além dos dados triviais e fazem uma análise profunda dos carros.

[Data de publicação] 18/11/16

[Nome] Adriano Freire Pacheco
[Cidade] Rio De Janeiro
[Estado] RJ

[Versão] EX
[Motor] 2.0
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] tenho a versao EX . mudou muito o carro, ótimo, não optei pela versão EXL pois achei a diferença de item por 7000,00 não satisfatório. Minha família tinha o Elantra e O Sentra . na qual o Civic me surpreendeu com seu conforto, a única coisa ruim que vejo e o vão central do carro (túnel) muito alto, o Elantra era assoalho plano.

[Principais aspectos negativos] vão central do carro (túnel) muito alto, torna desconfortável se leva 3 adultos atrás e o preço elevado mas segue o mercado

[Defeitos apresentados] não

[Best Cars] otimo, ajuda bastante seus comparativos

[Data de publicação] 4/11/16