Ford Ka (segunda geração)

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] Otoni
[Cidade] Paulo Afonso
[Estado] BA

[Versão] Flex
[Motor] 1.0
[Ano-modelo] 2011
[Quilometragem atual] 60.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 2
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] A dirigibilidade é ótima, estável e com direção direta é um prazer conduzir o Ka, muito ágil e prático pois cabe em vagas bem apertadas. Porta-malas com porta plana facilita o acesso e possibilita um melhor aproveitamento do espaço tornando-o melhor que outros bagageiros com volume maior. O desempenho com etanol é interessante mas um pouco áspero ficando melhor se misturarmos com gasolina.

[Principais aspectos negativos] O excesso de plástico e espaço para pernas no banco traseiro são um problema para pessoas mais altas. O desempenho com gasolina cai muito.

[Defeitos apresentados] Aos 38.000 o sensor de velocidade derreteu, a substituição foi rápida custando pouco mais que R$ 200 na época. Aos 60.000 o carro apresentou uma queda no desempenho que foi corrigida com a limpeza dos bicos injetores e substituição do filtro de combustível. Fora isso só manutenção preventiva.

[Concessionárias] Nunca tive problemas com a rede autorizada, sempre fui bem atendido (utilizo a mesma concessionária), o que acho ruim são os altos preços cobrados pela Ford chegando a mais de 50% que outras autopeças e oficinas com produtos de mesma marca.

[Comentários adicionais] Gosto muito do Ka tem um design bem resolvido, boa dirigibilidade e oferece um pouco mais que seus equivalentes (ano/categoria), com 4,5 anos só penso em trocá-lo por minha filha estar crescendo e as portas traseiras começam a fazer falta, pois dou muitas caronas. Enfim tenho tido uma ótima convivência com o Ka, sempre realizo a manutenção preventiva(Filtros, pastilhas, velas, bateria, fluidos, alinhamento e balanceamento) e ele nunca me deixou na mão.

[Best Cars] Muito bom o site já acompanho há alguns anos, as matérias estão entre as mais completas da internet. só sinto falta da seção ‘Analise de estilo”. Os comparativos são os melhores da mídia eletrônica do Brasil. PS. Um Canal de vídeos cairia bem.

[Data de publicação] 2/2/16

 

 

[Nome] Marcos Tsujii
[Cidade] Goiânia
[Estado] GO

[Versão] 1.0 Flex
[Motor] 1.0
[Ano-modelo] 2010
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 2
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Silencioso, ergonômico, direção leve (a minha não é hidráulica), ágil no trânsito, fácil de estacionar, não é tão visada por bandidos, o que deixa o seguro bem mais barato, boa de negócio, não fica batendo plástico mesmo com essa quilometragem e o melhor: faz 17 km/l-11km km/l na estrada-cidade com gasolina e faz 14 km/l-11 km/l na estrada-cidade com etanol.

[Principais aspectos negativos] Muito plástico barato no acabamento (o meu é pé-de-boi, fazer o quê?), esquenta muito pois o ventilador só assopra vento quente. Meu amigo tem um Ka com ar e não gela muito bem. Deve ser a engenharia da tubulação que absorve o calor do motor, enfim. Muito apertado e quente para os pobres coitados que vão no banco traseiro. Porta malas, só mesmo para o cotidiano. Viagens com mais bagagens precisa de mais logística. Cinto traseiro não retrátil e o central, pior ainda, que é subabdominal. Não é bom de curvas com os pneus originais, mas é só não abusar. Coloquei pneus 195/55, ficou animal! Mais macio, silencioso e excelente de curvas. Porém, como consequência, o consumo baixou a média em torno de 1 km/l e a direção ficou pesada pra manobrar. Mas valeu a pena: ficou lindo, macio e estável!

[Defeitos apresentados] Fora o fato de que os bicos entopem com certa frequência, nenhum defeito! O Kazinho só me dá alegria! Culpa desses combustíveis cheio de misturas ilegais que encontramos por aí.

[Concessionárias] Nada a elogiar ou reclamar. Só faz a obrigação por um preço salgado. Pelo menos mantém a garantia.

[Comentários adicionais] O carro é lindo, mesmo saindo de linha. Manutenção barata. Econômico. Só me arrependo de ter comprado a versão mais simples. Quem tem um completo, só vende mesmo pra pegar um outro carro bem superior e que esteja disposto a arcar com o custo proporcional.

[Best Cars] Simplesmente o melhor site da web para consultas! Não compre sem navegar aqui!

[Data de publicação] 13/2/15

 

[Nome] Nycolas Alcorta
[Cidade] Porto Alegre
[Estado] RS

[Versão] 1.0 Flex
[Ano-modelo] 2009
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 2
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 4
[Desempenho] 3
[Consumo] 2
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 2

[Principais aspectos positivos] Carro ágil para o trânsito urbano e prático de estacionar. Direção hidráulica precisa e suave. Ótimo acesso ao porta-malas, o qual apresenta-se totalmente forrado e com iluminação interna (item raro em populares).

[Principais aspectos negativos] Carro excessivamente baixo, tornando difícil a entrada e a saída para quem tem mais de 1,70m.Acesso ao banco traseiro pouco prático; o passageiro corre o risco de engatar seu pé no cinto de segurança e tropeçar. Visibilidade traseira ruim. Ausência (quase total) de isolamento acústico. Ar condicionado razoável. Consumo alto, faz – no máximo – 11km/l na estrada com gasolina.

[Defeitos apresentados] 40000km – Folga no tensor da correia auxiliar.
48000km – queima a bóia de combustível
50000km – válvula do ar quente quebra e jorra toda a água circulante do motor fora. É uma peça plástica que, segundo o mecânico, apresenta rachaduras com frequência nos modelos KA e FIESTA Rocam, pois o constante aquecimento da peça causa ressecamento do material.
52000km – Faróis baixos desligam sozinhos, permanecendo apenas as luzes de posição ligadas.

[Comentários adicionais] Comprei o veículo em 2012 com 33000km. Na época apresentava-se em ótimo estado de conservação, com manutenções realizadas e com registro comprobatório no manual de instruções. Apesar das restrições em relação às portas, à altura e até mesmo ao consumo, o carro satisfazia minhas necessidades. Contudo, a partir dos 40000km tornou-se uma verdadeira “Caixa de Pandora”. Estou até ironizando quando me questionam a respeito do Ford Ka; digo que tem prazo de validade.

[Best Cars Web Site] Ótimo site, com conteúdo completo e de fácil acesso. Geralmente uso como referência quando pesquiso a respeito de veículos que me interessam.

[Data de publicação] 10/10/14

[Nome] Áureo Floriano
[Cidade] Recife
[Estado] PE

[Versão] Flex 1.0
[Ano-modelo] 2008
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] –
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] –

[Principais aspectos positivos] Nem parece que é 1.0, que força! é o segundo Ka que possuo e tive como comparação o Celta, não tem comparação.Abrir o porta malas com a chave é muito bom, o meu é completo de tudo…

[Principais aspectos negativos] As revisões de 06 em 06 meses da Ford e outras marcas, não é econômico, não se pode ter tudo de uma só vez.

[Defeitos apresentados] Esse tempo todo nunca me deixou na mão.
Defeitos de uso e idade é normal

[Concessionárias] Sempre as uso nesse caso fiz até até a 7ª revisão, sempre fiz na América da João de Barros e sempre fui bem atendido sem problemas.

[Comentários adicionais] O carro é muito bom, teve que ser modificado, não sei o que virá, espero que conserve o que tem de bom, a o pota malas baixo facilita, abertura do porta malas à distância

[Best Cars Web Site] É um instrumento perfeito de informação,quando vou comprar um auto. Aos 62 anos de vida, o único fora que dei foi comprar um focus zero auto 2009, foi triste

[Data de publicação] 16/5/14

[Nome] Pedro Brandao
[Cidade] Goiania
[Estado] GO

[Versão] 1.0
[Ano-modelo] 2010
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] EStabilidade, consumo e dirigibilidade

[Principais aspectos negativos] Apertado, esquenta muito no habitáculo.

[Defeitos apresentados] Desgaste normal.

[Concessionárias] Bateram o meu carro na concessionário, pode?

[Comentários adicionais] Quero fazer justiça. Em minha opinião anterior reclamei do consumo, do barulho interno e do calor. Realmente o carro esquenta muito,acho porque é pequeno e o ventilador não consegue dar conta. O tecido dos bancos também poderia ser de melhor qualidade. O consumo melhorou muito, de 9,8 Km/l de gasolina passou para 11 a 12 km/l. Eu considero bom, pois em Goiânia você fica mais parado do que andando. Sempre viajo em outro carro (S10 diesel), mas por problemas de última hora tive de fazer uma viagem, carregado até o limite (uns 400 kg) e raspando no chão (olha que ele é alto), viagem de 3.500 km. Minha melhor surpresa foi com a troca dos pneus, tirei o Goodyear e coloquei Michelin, rapaz, mas que maravilha! A direção ficou muito mais leve e o barulho interno simplesmente acabou. Eu não creditei, fiquei 3 anos sofrendo com aquela barulheira e agora mais nada. A estabilidade que já era ótima ficou impressionante, os pneus grudam no chão mesmo. Também foi um Gol 1.0 2011 e um Palio Weekend Adventure 2011.Todos mais leves. O bichinho fez bonito. O Ka foi o mais econômico em todas a situações e acompanhava qualquer um.A menor média foi de 14,9 km/l (530 km em 6 horas sem parar e trânsito pesado, dá para imaginar, né?), e a melhor foi de 16,4 km/l. Essa última em um trecho até acidentado mas com velocidade em torno de 110 km/h. Estou satisfeito.

[Best Cars Web Site] Imparcialidade, alto nível técnico e confiabilidade. O que mais querem? Meus parabéns.

[Data de publicação] 17/4/14

 

 

[Nome] Rafael Luis Zimmermann
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR

[Versão] Sport 1.6
[Ano-modelo] 2012
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 3
[Freios] 2
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O Ford Ka sempre foi um carro divertido, ágil e prazeroso ao dirigir. Apesar da nova “geração” ter perdido um pouco da personalidade marcante do antigo, o Ka Sport com motor 1.6 consegue ser empolgante dentro da sua proposta, mas sem maiores exageros. Beneficiado pelo baixo peso da carroceria o carro é muito ágil e rápido, podendo superar fácilmente velocidades de mais de 150-160 Km/h, bastante para um carro pequeno. O motor Zetec Rocam já está bem maduro hoje em dia, não é mais segredo para os bons mecânicos. A parte de mecânica pesada do mesmo é bastante robusta, e se for bem cuidado dá pouca manutenção. Aliado a isso, o carro oferece espaço interno e de porta malas coerente com sua proposta, com destaque para a tampa do porta malas com abertura ampla até o piso. Ótimo no dia a dia em uso urbano e encara viagens sem grande aperto. Ideal para solteiros ou casais com filhos recém nascidos. Não faz falta 4 portas, pois as 2 do carro são amplas, servem muito bem, e sendo 2 portas garante um visual nota 10. O consumo não chega a ser maravilhoso, mas numa condução normal consegue ser coerente. Só não é melhor ainda porque o motor é flex, mas pode-se tirar proveito do bom torque do motor 1.6, e em percursos mistos a média fica bem aceitável. Em cidade vai beirar os 10 Km/L na gasolina se dirigido sem pressa. E com etanol não passará de 7,5 Km/L na melhor das hipóteses. O que torna a versão Sport bem atraente é seu custo benefício, para quem quer um carro com um mínimo de itens de conforto e personalização, e que na concorrência sairiam bem mais caro. O carro oferece airbag duplo, vidros e travas elétricas, alarme, ar condicionado, direção hidráulica, rodas de liga leve, faróis de neblina e um ótimo sistema de áudio MyConnection (com entradas Aux, iPod, USB e função Bluetooth), por menos de R$ 35.000 (o meu com a redução de IPI saiu por 32.500), se torna um imbatível custo-benefício. Tudo isso, num visual esportivo de certa forma exclusivo e atraente, onde as “polêmicas” faixas adesivas da versão na verdade tem um efeito bem mais “agressivo e intimidador” do que nos seus concorrentes adesivados (como o Uno Sporting, ou Nissan March SR por exemplo). Pra quem quer um carro legal e diferente, cativante em design e motorização, não tem nada parecido pelo preço. E agora por já ter saído de linha como uma série limitada, só vai deixar os entusiastas mais ligados ainda no modelo. Em breve será uma raridade disputada. Se você gostou, pense em um, considerando estes aspectos positivos.

[Principais aspectos negativos] Aqui tenho que falar a verdade absoluta. Fui proprietário de um Ford Ka da versão antiga durante 12 anos, portanto sou veterano neste modelo, e tudo o que a Ford aprendeu com aquele carro, desaprendeu neste Novo Ka. Em nome da economia de produção, a qualidade de construção sofreu um duro golpe, perceptível em diversos aspectos deste novo carro. O acabamento empobreceu notávelmente, pouparam em todos os detalhes. Plásticos secos, duros, sujeitos à riscos e ruídos. Forrações de piso fracas e finas, pouco isolamento acústico. Falta de arremates e acabamentos em locais fácilmente visíveis. E não pensem que a versão Sport 1.6 foi poupada, mesmo sendo a mais “completa” até então. O visual dela é apenas “bonitinho” sem nada de melhor na prática nesta parte. Os porta trecos internos são todos mal localizados e mal dimensionados. Na parte de lataria, nota-se um carro em “fim de vida”: montagem de carroceria pobre, com falhas de corte nas chapas, falhas de alinhamento, e até de conformação mecânica das chapas, um descaso. Dá para sentir a carroceria pouco “amarrada”, e com menos rigidez estrutural (fato que esta geração do Ka foi pior no crash test do Latin NCAP do que a antiga). Até mesmo falhas de pintura existem. O meu carro veio com pequenos riscos, descascados, bolhas, escorridos e grânulos na pintura, inadmissível para um auto 0 KM. Na parte mecânica, é inadmissível também terem lançado este carro sem uma barra estabilizadora dianteira própria. Os motoristas mais leigos podem até não perceber a diferença, mas em estradas acima dos 100 Km/h o carro apresenta uma “flutuação” horrível. As rodas aro 15 do Sport nem fazem diferença desta forma. Mas, como sou inconformado com este tipo de coisa, adaptei por conta própria uma barra do Fiesta Street (antigo) no meu Ka, e obtive ótimos resultados. Só mesmo uma economia furada dos fabricantes nacionais para nos obrigar a soluções caseiras deste tipo. Na parte dinâmica, os freios são apenas normais. Em algumas ocasiões se tornam fracos e insuficientes, especialmente numa tocada mais esportiva. Uma pena não ter sido equipado com ABS nem como opcional, e a Ford já tinha essa solução pronta em casa no EcoSport e no Fiesta. Ainda faz falta o indicador/marcador de temperatura do motor no painel de instrumentos, na forma de ponteiro. Só a luz de alerta é pouco e inadequado para esta função vital. No geral, trata-se de um projeto típico para países emergentes, apenas com uma roupagem mais atratente no caso da versão Sport. Mas é uma pena a Ford tratar no geral tão mal o Ka só porque ele é seu modelo de entrada. Antes era uma referência no segmento, agora ele está na vala comum. Quem sabe com o surgimento da futura nova versão do Ka brasileiro, esse pecado seja redimido, e a Ford volte a brilhar em relação aos concorrentes e para felicidade de seus consumidores fiéis.

[Defeitos apresentados] Até o momento nenhum grave. Apenas o carro veio com um ruído ocasional de embreagem/fricção quando o carro roda em marcha ré acoplando a embreagem. Mas que pela minha experiência, creio que não deve constituir falha grave (creio que seja baixa qualidade das fibras do disco), então não vou mexer no que está quieto. Até porque a minha experiência com concessionárias mostrou que eles não tem o conhecimento técnico e o cuidado que se espera, sendo meros trocadores de peças, portanto não resolveriam este problema e poderiam causar outros mais graves.

[Concessionárias] Péssimas, como qualquer uma no Brasil, em qualquer marca, seja na venda e especialmente nos serviços. O cliente só é relativamente “importante” na hora da venda do carro, e mesmo assim não é muito. Como o governo tem empurrado crédito à torto e a direito, você é visto apenas como “mais um”. Falar que está pagando seu carro à vista com recurso próprio é o mesmo que pedir para que riam da sua cara. Não sai desconto, nem nada demais. Antigamente, clientes assim eram disputados… Como comprei o meu carro no auge da redução de IPI, tive que me sujeitar a uma espera não prevista que totalizou 2 meses e 12 dias, desde a assinatura da compra (o prazo prometido era 25 dias quando comprei o carro). Empurram serviços adicionais na hora da compra que depois não ficam esclarecidos e deixam o cliente no prejuízo (no meu caso, fiquei com um prejuízo por causa de um serviço de emplacamento mal concluído pela concessionária). Na parte de serviços são um caos completo. Fiz a primeira revisão em garantia do meu Ka Sport na Slaviero Kennedy em Curitiba. Paguei pelo serviço completo, e por incrível que pareça, trocaram o óleo do motor sem trocar o filtro previsto no pacote de revisão. Um absurdo imperdoável, pois se trata de serviço básico. Se eu não fosse um motorista com um nível um pouco maior de esclarecimento para perceber este erro, poderia estar prejudicando meu carro. Estou contando os dias para que a garantia oficial acabe, pois quero dar manutenção do meu carro em casa, como sempre fiz com os meus carros. Se puderem, fujam das concessionárias. Elas só servem para vender o carro novo e para você comprar uma ou outra peça (que não raro estão em falta nos estoques). A Ford do Brasil não dá a mínima para seus clientes, fato é que até esta data ninguém me contatou após esta sofrível primeira revisão para saber se fui bem atendido. Ela também não tem interesse em expandir sua rede de distribuidores, que das marcas tradicionais brasileiras está cada vez menor. O que ocorre em capitais como Curitiba por exemplo é a concentração de lojas com filiais de um mesmo grupo. Faltam bandeiras novas, independentes de grupos, para dar mais poder de barganha ao consumidor. Os fabricantes no Brasil ainda tem muito o que evoluir no quesito pós venda e assistência. Será que serão os chineses é que vão ensinar algo pra quem já tem quase um século de indústria de Brasil? Absurdo.

[Comentários adicionais] Estou comentando a respeito de uma versão que recém saiu de linha, o que não quer dizer que o carro seja desatualizado, pois as versões básicas do mesmo carro ainda estão sendo produzidas. Possui suas limitações, mas no geral é um bom carro, desde que se saiba o que está comprando. Não espere mais do que o carro pode oferecer, pois ele tem a sua proposta dentro do seu segmento. Há boa chances de achar unidades de Ka Sport ainda semi-novas, que merecem ser vistas de perto. Se comprar um, cuide bem e procure fazer uma manutenção cuidadosa junto ao seu mecânico de confiança. Em breve será uma raridade bem interessante. Só abra o olho com os concessionários, que em geral tem qualidade de serviço que deixa a desejar e preços de peças e serviços fora da realidade.

[Best Cars Web Site] Excelente site! Já o visito há mais de 10 anos, e para mim sem sombra de dúvidas é uma das grandes referências no segmento automotivo. As matérias tem uma ótima análise técnica e crítica, e os canais de interatividade e serviço ao leitor são um raro oásis neste deserto de qualidade em que vivemos no nosso dito “crescente” mercado. Parabéns à equipe Best Cars pelo trabalho que vem desempenhando ao longo de todos estes anos. Quero envelhecer lendo seu conteúdo!

[Data de publicação] 19/4/13

[Nome] Adam
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] 1.0
[Ano-modelo] 2011
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 2
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 2
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Estabilidade,motor confiável, agilidade no trânsito, porta malas ( embora pequeno, é de fácil acesso e acomoda bem as bagagens )

[Principais aspectos negativos] O consumo é um pouco alto, tratando-se de um carro leve. A área de visão do vidro traseiro é muito pequena. Alguns ruídos seriam evitados se existisse uma camada de isolamento entre o assoalho e o carpete.

[Defeitos apresentados] desde março de 2011 até agora, o único defeito foi em uma das lanternas traseira que se soltou por problemas de fabricação, foi trocada em horário agendado pela concessionária Sonnervig da rua dos Machados em São Paulo.

[Concessionárias] Só utilizei a Sonnervig da rua dos Machados, na Vila Guilherme. Sempre fui muito bem atendido e no horário marcado. O carro sempre foi entregue lavado e com tudo certo.

[Comentários adicionais] O Ford Ka é um carro excelente, dentro de sua proposta. Não dá manutenção, as peças e revisões são baratas, é muito estável, ideal para um casal. A única queixa que tenho do carro realmente é o consumo, o meu por raras vezes chegou a fazer 10km por litro. O motor Zetec 1.0 é forte e elástico e enfrenta bem o dia-a-dia nas grandes cidades.

[Best Cars Web Site] Best Cars é the best ! As vezes me pego lendo resenhas sobre carros que nem tenho interesse em comprar, mas como adoro o assunto, acabo me informando muito e utilizo as informações para dar conselhos a amigos.

[Data de publicação] 22/2/13

[Nome] Leonardo
[Cidade] Porto Alegre
[Estado] RS

[Versão] Básico
[Ano-modelo] 2012
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 20.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 2
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 3
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Câmbio, baixo ruído do motor, estabilidade, agilidade no trânsito urbano, econômico, espelhos laterais grandes.

[Principais aspectos negativos] Ruído da rodagem muito alto, porta-malas pequeno para quem tem bebê, cinto de 3 pontas traseiro não retrai.

[Defeitos apresentados] Pancadas secas na suspensão dianteira, resolvida em garantia, mal contato na lâmpada do pisca traseira, resolvido retirando e recolocando a lâmpada.

[Concessionárias] Consultores atendem bem, mas não tem vontade de falar sobre o carro. Na primeira revisão (10.000 km) sugeriram a descarbonização do motor, o que acho desnecessário com essa quilometragem, dependendo do combustível que se usa.

[Comentários adicionais] De forma geral, o carro é muito bom, com 4 adultos, na estrada, fica complicado fazer uma ultrapassagem. Câmbio excelente e engates precisos. Muito econômico, já consegui 14 km/l na cidade e 17 km/l na estrada com gasolina, já no álcool, na cidade o máximo que consegui foi 10 km/l e num percurso misto 12 km/l. Curso do acelerador é curto, então é preciso saber dosá-lo para economizar. Depois de comprá-lo, nasceu minha filha e senti o problema de espaço do porta-malas de um hatch compacto, porém para dois adultos é suficientemente grande.

[Best Cars Web Site] Excelente site, procuro sempre para me atualizar e buscar impressões de outros motoristas.

[Data de publicação] 22/2/13

[Nome] Luiz H. Camargo
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Versão] 1.0 Class
[Ano-modelo] 2013
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 3
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Custo-benefício, economia, prazer de dirigir.
A Ford bate muito na tecla de “prazer de dirigir” e, realmente, o Ka, mesmo equipado com o Zetec Rocam 1.0, garante uma direção prazerosa, divertida até.
É um dos mais carros baratos do Brasil e, apesar de alguns comentários negativos que li a respeito do consumo, fazer uma média de 15,6 km/l em uso misto entre estrada e cidade não é algo que posso chamar de ruim.
Pra um solteiro como eu, é um ótimo carro, de excelente custo-benefício, amigável ao bolso.
O motor 1.0 anda satisfatoriamente bem, mas sem ser particularmente empolgante. Mas, comparando com um Novo Uno, por exemplo, o Ka é um pouco mais desenvolto e consegue ainda ser mais econômico.
O câmbio, apesar da ré ser meio chata, é macio e preciso.

[Principais aspectos negativos] Acabamento. Não é tão mau pelo preço que se paga, tendo em vista o concorrente direto que é o Mille, mas ainda assim, poderia ser melhor. A exposição de lataria nas portas você pode até perdoar em nome de “estilo”, mas acho pobreza demais manter a regra na parte de trás também. O motor 1.0, pelo menos quando abastecido na gasolina (como sempre abasteço), sofre muito com o ar condicionado – não dá pra sair na ladeira com o ar ligado.
A suspensão, que garante a ele seu comportamento fenomenalmente estável e delicioso em curvas, também é algo que o torna não muito confortável, mas acho que prefiro assim…

[Defeitos apresentados] De defeito até os 6 mil km rodados de agora, só o problema de que o rádio não recebe energia se não ligar o carro, sendo que o chicote de cabos é o original de fábrica e a ré que é meio chata no engate e irei verificar na primeira revisão ainda.

[Comentários adicionais] Não é o maior, não é o mais confortável e nem o mais econômico, mas é um carro que vale a pena.

[Data de publicação] 11/1/13

[Nome] F. Micaroni
[Cidade] Campinas
[Estado] SP

[Versão] 1.0
[Ano-modelo] 2011
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 2
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] É um carro muito estável e por isso gostoso de dirigir. Sua suspensão parece robusta. Não tive nenhum problema em 1,5 anos de uso em diferentes pisos. Talvez por usar a mesma plataforma do Fiesta, um carro mais pesado. O forte do carro é o estilo, inconfundível. O seu interior também é bem projetado com os comandos facilmente acessíveis. Os bancos são bons considerando um carro nessa faixa de preços. Assim como volante e painel em geral. Não é preciso se preocupar com a famosa correia dentada pois o Ka é um poucos carros que usam outro sistema, bem mais durável. Motor é confiável, não vibra e não é barulhento.

[Principais aspectos negativos] O motor não é potente, mas acho que isso não é bem um defeito pois é um carro feito prá cidade mesmo e percursos curtos. Não deveria ser oferecido ar condicionado prá o Ka 1.0. O proprietário não consegue usar pois o AC rouba muita potência (relativamente) e fica difícil de dirigir mesmo no plano. Visibilidade traseira não é das melhores.

[Defeitos apresentados] O carro tem vários probleminhas. 1) Prá iniciar, tem o problema do alarme do carro instalado pela concessionária. Se vc não apertar o botão por um determinado tempo os vidros não sobem. Resultado: o alarme soa, vc acha que está seguro e quando volta encontra o carro com os vidros abaixados. Isso acontece muuuuito! 2) Os espelhos retrovisores depois de um ano aproximadamente perdem sua aderência e o vidro se descola do restante podendo cair na rodovia. Isso aconteceu com ambos os espelhos retrovisores. Resolvi o problema colando-os com uma fita verde emborrachada do tipo dupla-face. A colagem original é muito ruim. Vc perceber que o vidro está vibrando é porque está prestes a cair. Tive sorte de o vidro não ter quebrado quando caiu numa rodovia mesmo assim tive que caminhar no acostamento estreito prá recuperá-lo. 3) Outro problema muito chato é o ejetor da água que limpa o parabrisas. É impossível direcionar o jato no ponto exato bem em frente da visão do motorista. Traduzindo, tudo fica bem limpo com excessão do ponto bem em frente do motorista na parte de baixo do parabrisas, alíás o ponto mais importante. A Concessionária não conseguiu resolver mesmo trocando o ejetor. Erro de projeto. 4) Os freios vibram muito quando acionados a mais de 120 km/h. Acho que são subdimensionados. Ou talvez o fabricante não espera mesmo que um proprietário chegue a essa velocidade. Não deixa de ser um limitante do carro 5) Rolamentos das rodas traseiras teve vida útil de apenas 40.000 km, sem maiores explicações.

[Concessionárias] Não tive problemas. São honestas e atendem bem. Só um: pedi várias vezes para o vendedor que não queria o friso nas portas do carro. Não teve jeito, o carro veio com o friso mesmo.

[Comentários adicionais] O custo-benefício é muito bom. E tem o peso da marca FORD. Se bem que por isso mesmo o carro não deveria ter os probleminhas relatados.

[Best Cars Web Site] Ótimo site. Parabéns a quem idealizou o site e prá todos aqueles que colaboram enviando suas opiniões. Consulto o site sempre que quero opiniões mais diretas, sem vícios e sem as mesmices das revistas especializadas.

[Data de publicação] 11/1/13