Chevrolet Corsa – 1,4 e 1,8 litro (2ª. geração)

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] Flavio Castro Guimarães
[Cidade] Maringá
[Estado] PR

[Versão] Hatch Premium
[Motor] 1.4 Flex
[Ano-modelo] 2008
[Quilometragem atual] 100.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 2
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 2
[Câmbio] 3
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 1
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] É um carro robusto e uma boa opção de compra no mercado de usados. Tem mecânica simples e confiável, é bom de revenda e tem facilidade de peças a um custo baixo. Embora o design seja antigo, gosto do estilo dele pois é bem harmonioso (o modelo europeu era ainda mais bacana com sua frente mais baixa, pena o modelo nacional não ter sido feito igual). Oferece bom espaço interno e de porta malas pelo tamanho da carroceria. O motor 1.4 é na medida para o carro, não o deixa lerdo como a versão 1.0, nem beberrão quanto os modelos 1.8. Um carro ideal para uso urbano ou viagens curtas sozinho ou com poucos passageiros.

[Principais aspectos negativos] O acabamento de algumas partes plásticas risca com facilidade, fazendo o carro parecer mais velho do que de fato é. Internamente, tem poucos porta-objetos, basicamente o da frente da alavanca de câmbio e os das portas, considero o espaço do console central mal aproveitado. Embora seja um carro popular, o acabamento das portas é muito ruim. Nesse ponto o modelo antigo do Corsa era bem melhor. Bancos dianteiros medíocres, são finos e desconfortáveis.
O tecido do banco também é ruim, parecendo uma lixa. Tive um Renault Clio 2001 cujo banco parecia um sofá quando comparado com os do Corsa, mesmo ele sendo também um carro de entrada.

[Defeitos apresentados] Comprei o carro usado para utilização 100% urbana. Fiz uma boa revisão mecânica e até agora tudo ok, sem maiores surpresas.

[Comentários adicionais] É uma opção interessante para utilização essencialmente urbana. Oferece desempenho adequado na maioria das situações de trânsito, fica um pouco melhor quando abastecido com álcool (óbvio). Tem alguns problemas de projeto quando comparados a alguns de seus concorrentes, mas isso de certa forma é compensado pela abundância de peças no mercado, facilidade de revenda e robustez do conjunto mecânico e de suspensão. Embora seja fraco nos itens de segurança passiva (ausência de Airbags e de ABS nessa versão, mesmo como opcionais), é um carro valente e tem me atendido bem.

[Best Cars] Referência. Acesso ele tem muitos anos, mas tenho saudade do antigo layout.

[Data de publicação] 8/3/19

 

 

[Nome] Alberto Tarasconi Junior
[Cidade] Porto Alegre
[Estado] RS

[Versão] Hatch Maxx
[Motor] 1.4 8V
[Ano-modelo] 2011
[Quilometragem atual] 80.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Excelente veículo para o dia-a-dia e para viagens de casal ou até uma criança. Comprei-o em outubro de 2010 e ainda estou com ele (6 anos e 4 meses). Espaço interno que pode ser colocado o banco até o fim e, mesmo assim, há espaço para quem anda atrás, problema esse encontrado em carros como Fiat Stilo, VW’s Gol, Polo e Golf e mais alguns carros maiores e de padrão superior. Excelente de guiar, excelente estabilidade, por contar com Subchassi e não transmite tanto as irregularidades ao fazer curvas e etc… O ar condicionado se destaca, sendo muito melhor que de vários carros. Como ando bastante de Uber/Cabify, já cansei de andar em Sanderos/Logans, Fox e mais alguns que não me lembro e sinto que o AC do Corsa é mais forte. Na época em que eu comprei, o mesmo aparecia em anúncios de jornais com a propaganda informando que ele tinha o “Melhor Ar condicionado da categoria”. Bom, gosto muito do carro, nunca me incomodei com ele, troquei as rodas de ferro originais por aro 14″ do Corsa SS e instalei faroletes, ficou muito bonito o carro. Motor excelente, nunca deu manutenção além do normal, forte (juro que já deixou L200 Triton para trás, bem como PUG 307 1.6, astra 1.8, golfs 1.6 e 2.0 e mais alguns…). Consumo em torno de 9,5 a 10,5 km/l na cidade e 14 a 14,5 km/l na estrada, sempre com ar ligado e média de 110 km/l (o permitido).

[Principais aspectos negativos] Amortecedores e freios. Troquei os amortecedores dianteiros com 40 mil KM (3 anos de uso) e, agora, aos 76 mil km, necessitam ser trocados novamente. Quando comprei-o já sabia da fragilidade dos amortecedores. Freios: é preciso apertar MESMO. Meu pai possuía um Megane 2008 e, quando dirigia o Corsa ele quase batia nos primeiros metros, visto que se esquecia que era necessário apertar até o talo para realmente frear o carro e, por conta disso, a cada 20 mil km é necessário trocar pastilhas e a cada 40 mil km ou menos é necessário trocar os discos, porém, o lado bom é que são baratos e rápidos de serem trocados. PORTA-MALAS: muito pequeno (Sandero, Fiesta e C3 parecem ser sedãs). Tenho um subwoofer no carro e um módulo pequeno (SD250.2D) e, para mim e minha esposa, atende.

[Defeitos apresentados] Amortecedores dianteiros aos 38 mil km, pastilhas aos 20 mil km, radiador aos 75 mil km (mas isso pq quando eu ia no supermercado minha esposa ficava no carro com ar ligado enquanto me aguardava e por pegar diversos congestionamentos indo a praia e etc e por nunca ter trocado a água do radiador, apenas completando em revisões), discos de freios aos 40 mil km, Sinaleira traseira derreteu por conta de aquecimento por ficar muito tempo acessa a lâmpada, mal que vejo em alguns Corsas. A solução da sinaleira foi trocar a lâmpada branca por uma vermelha, assim, não fica feio. E troquei uma vez a bucha da bandeja, por conta de um buraco que peguei. Não considero defeito isso, apenas itens de rotina.

[Concessionárias] Sempre usei e ainda usarei. Fiz TODAS as revisões na concessionária. Todas as trocas de óleo foram feitas por eles e meu carro não conhece outro óleo além do original. Apenas UMA vez a revisão deu R$ 840,00 reais, que foi na de 50 mil km, onde foram trocados VELAS, Correia dentada, óleo, filtros, troca de algumas lâmpadas, higienização do AC e mais algumas coisas, sem contar em itens que não me cobraram. Sempre elogio as revisões da GM, visto que são rápidas, não precisa deixar o carro o dia inteiro sem saber o que farão com o carro e, instantaneamente, vou informando o que farei na CSS ou o que deixarei para a próxima revisão. A troca de amortecedores eu fiz por fora, troca de discos e pneus também, mas o que envolve MOTOR, sempre com eles. Recomendo SIM e, por conta disso, sonho em comprar um Sonic, mas não poderei ainda em 2017 e, quem sabe, conseguirei realizar em 2018.

[Comentários adicionais] É um carro que eu recomendo para solteiro, casais e casais com até um filho. Fácil de estacionar, exige pouca manutenção e, quando exige, é barata e fácil de ser resolvido, por conta do tempo de mercado que o carro tem. Bom espaço interno, bonito, confiável, motor com excelente custo/benefício (10 km/l é o que Sanderos, Gols, Onix 1.0, todos ano 2017 fazem) e não são fortes quanto o 1.4 da GM. Se precisar de Porta-malas, opte por um Sedã ou um Sandero.

[Best Cars] Desde 2009 acompanho e, graças ao site, comprei o meu carro (Corsa 2010 0km) e o Megane do meu pai (2008 usado). Recomendo a todos que, antes de comprar um carro, dê uma passada aqui e, quando for comprar um carro, lembre-se das opiniões encontradas aqui e, assim, pode ser solicitado descontos aos vendedores.

[Data de publicação] 10/3/17

 

 

[Nome] Matheus
[Cidade] Campinas
[Estado] SP

[Versão] Maxx hatch
[Motor] 1,4 Econoflex
[Ano-modelo] 2011
[Quilometragem atual] 90.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem]
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 2
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Desenho é bem harmonioso, espaço interno bom para a categoria , faróis dianteiros de dupla parábola que o Onix não tem, carro discreto (para algumas pessoas é um predicado) , desempenho é razoável mas tá longe das mil maravilhas que algumas pessoas dizem ser. Até 2500 giros é meio apagado e só então passa a desenvolver. Por algum motivo a GM adotou uma calibração estranha no acelerador que te obriga a encher um pouco o pedal pra conseguir arrancar. Mesmo pessoas experientes na direção demoram um pouco pra pegar o jeito. Seguro e manutenção baratos.

[Principais aspectos negativos] Consumo é bem alto pra um motor 1.4, ainda mais para os padrões de hoje. Andando na cidade com trânsito livre e trocando as marchas no tempo certo não consigo passar de 8,5 km/l no etanol e 10 km/l na gasolina. O acabamento bate todo em ruas esburacadas. Eu particularmente acho o banco bem desconfortável, sempre me dá dores nas costas em percursos um pouco mais longos. O ar condicionado é um pouco fraco se comparado aos da Fiat. Como todo GM, o câmbio as vezes dá umas enroscadas, sobretudo pra engatar a ré. O macete é engatar a terceira primeiro e em seguida a ré.

[Defeitos apresentados] Às vezes a marcha-lenta na primeira partida do dia fica oscilando. Já troquei todos os filtros, velas, cabo de velas e limpeza do TBI. Não resolveu, mas parece que ficou meio intermitente o problema agora. Acho o consumo muito alto pelo percurso que faço diariamente (trânsito urbano quase sempre livre de até 60 km/h) e o modo de condução que eu adoto, trocando marchas a no máximo 2500 giros e aproveitando a inércia em descidas (com o carro engatado em 5a marcha). Mas infelizmente é difícil encontrar mão de obra competente para reparar carro no Brasil. Os caras só querem saber de serviço rápido e não conseguem fazer diagnósticos mais detalhados, sobretudo se o problema não estiver escancarado. Certa vez deixei o carro numa auto elétrica no fim do dia para que ele passasse a noite lá e o cara pudesse perceber a marcha lenta oscilando na fase fria, e dei carta branca para que ele fizesse o diagnóstico mais completo possível do sistema de injeção e alimentação. Eis que o rapaz me liga no dia seguinte às 8h30 da manhã falando que o carro tava pronto. No fim ele só bateu um spray pra limpar o TBI e obviamente nem a marcha-lenta e muito menos o consumo melhoraram. Portanto eu não sei dizer se o carro tem o consumo realmente alto ou se o pessoal da manutenção é que não tem competência para resolver o problema.

[Concessionárias] Só utilizo concessionária para compra de peças de reposição. GM de forma geral tem peças relativamente baratas, não sendo necessário o uso de componentes paralelos na maior parte dos casos. Mas é preciso pesquisar bastante também. Na minha cidade tem uns 3 grupos distintos que operam com bandeira GM e já reparei que dá bastante diferença de preço entre elas. Às vezes uma é mais barata pra componentes mecânicos e a outra é mais barata pra peças de carroceria. Vale a pena fazer amizade com algum vendedor também pra conseguir mais desconto.

[Comentários adicionais] É um carro honesto para uso do dia-a-dia e ainda é possível encontrar usados em bom estado. Só peca mesmo pelo consumo alto em tempos de combustível caro. Pra aparecer pro vizinho e pras menininhas já não dá mais conta. Por outro lado é um carro discreto que dá pra se enfiar em qualquer quebrada da cidade sem muita preocupação. Vai da prioridade de cada um.

[Best Cars] Melhor referência de publicação sobre automóveis novos e usados. Lamentavelmente não testa mais carros da GM pelo seu excesso de “crítica”. Acho que os dois extremos das publicações automotiva são o BCWS e o Auto entusiastas. O primeiro tem extremo rigor na avaliação dos automóveis nos mínimos detalhes e não poupa críticas quando estas se fazem necessárias, embora eu ache que tenham pesado a mão na avaliação do Vectra de segunda geração quando começou a azedar as relações com a referida marca. Já o pessoal do Auto entusiastas acha tudo as mil maravilhas qualquer que seja o carro testado. Tentam amenizar até mesmo os preços absurdos cobrados pelos carros no Brasil, com argumentos do tipo “tecnologia custa” pra justificar o preço exorbitante de um Uno de quase 60 mil reais, só porque é equipado com Start&Stop e controle de tração.

[Data de publicação] 10/2/17

 

[Nome] Carlos Eduardo Gonçalves
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Maxx
[Motor] 1.4
[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 2
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 3
[Câmbio] 3
[Freios] 4
[Suspensão] 1
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] O carro é visualmente agradável, pois tem o estilo Opel, por ser um projeto europeu. O acabamento é típico dos Chevrolets dos anos 90, muito melhor do que aquele visto nos carros de entrada atualmente, com luz de cortesia no porta luvas e porta malas, por exemplo. O motor tem bom torque em baixa e médias rotações, e o espaço interno é honesto para o seu porte.

[Principais aspectos negativos] A suspensão é extremamente ruidosa e o carro é um tanto duro. Dá impressão que vai desmontar quando passa em ruas irregulares ou paralelepípedos. E no meu caso, a suspensão está em perfeito estado, não tem nada quebrado ou coxim gasto. O câmbio tem engates duros, principalmente quando comparados com VW e Hyundai, e a direção, mesmo sendo hidráulica, é um pouco pesada (o que também acaba sendo uma característica de alguns modelos mais antigos da Chevrolet). O consumo poderia ser melhor para um carro 1.4, mesmo considerando que tem ar condicionado e direção hidráulica.

[Defeitos apresentados] Suspensão. Tive que trocar os amortecedores dianteiros por travaram. Melhorou muito pouco a barulheira no carro, mas ficou mais firme em altas velocidades.

[Concessionárias] Em São Paulo eu sempre uso concessionárias por dois motivos: (1) não é tão mais caro do que uma oficina mecânica, pois conta com preço tabelado e você pode acompanhar a manutenção e (2) tem horário marcado, você leva e retira o carro sem grande desgaste.

[Comentários adicionais] É uma boa opção para quem precisa de um carro pequeno, para uso em cidade etc. Mas não é nada melhor do que as outras opções do mercado, como o Palio, o 207, etc.

[Best Cars] O melhor canal sobre carros do Brasil, sem dúvidas.

[Data de publicação] 21/10/16

 

 

[Nome] Giovani
[Cidade] São Leopoldo
[Estado] RS

[Versão] Maxx
[Motor] 1.4 econoflex
[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 90.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Manutenção simples e barata. Motor legal para cidade e estrada, puxando bem. Econômico na estrada, andando beeem na manha. Já fiz 15.6/L, mas viajando a 90km/h. Fiz isso uma vez, fiquei satisfeito mas nunca mais fiz. O carro nunca me deixou na mão até seus 86.000km, quando vendi.

[Principais aspectos negativos] Devido a ser um design de 2002, o visual é ultrapassado, mas quem compra sabe. Na cidade não é muito econoflex, fazendo uns 10km/l na gasolina. Não aguenta buraco, sempre que fazia geometria aparecia problema de cambagem, que desisti de consertar.

[Defeitos apresentados] Interruptor de marcha ré queimado com 30.000 km, que eu mesmo troquei. Ar condicionado parou com 10.000km, consertado na garantia. Defeitos de longo prazo para ajudar a comprar usado:
Bateria durou 80.000km (4,5 anos) ótimo. Escapamento durou 80.000km (4,5 anos) ótimo. Rolamentos roncaram com 85.000km, achei ruim. Amortecedor dianteiro vazaram com 75.000km, regular.

[Concessionárias] Usei pouco, mas atendimento da Sinoscar valeu nota 9. Não sou 10 pois nas revisões poderiam ver o estado das peças antes de trocar.

[Comentários adicionais] Não adianta detonar o carro, comprei ele zero sabendo que estava ultrapassado, que o acabamento era pobrinho, porta malas pequenos,…. quer mimos, compre um Citroën, quer durabilidade, compre Toyota, e pague por isso. Este é um carro popular, simples e sem mimos, servindo bem na sua linha. Carrinho fácil de revender. Ideal para primeiro carro .

[Best Cars] Mais uma dica para quem procura carro. Vassoura nova varre bem. A maioria posta comentário de carros com baixa km. Para saber se o carro é bom, vejam postagem de donos de carros com mais de 60-80.000km. Estes sim conhecem os carros. Bcws, show de serviço

[Data de publicação] 7/10/16

[Nome] Rodrygo Henkes
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR

[Versão] Super
[Motor] 1.8 102cv
[Ano-modelo] 2003
[Quilometragem atual] 90.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 2
[Segurança passiva] 1
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Motor 1.8 102 cv só gasolina é excelente para um Hatch de 1.178 kg, VE nas 4, trio, AC, bom espaço no porta malas, fácil de modificar (rebaixar, turbo, rodas e som), mecânica simples (qualquer oficina arruma), bom acabamento, confortável, ajuste de altura do banco, vários mimos de porta trecos, seguro barato, acha peça fácil, . Show!

[Principais aspectos negativos] Por ser 1.8 tudo nele é mais caro que os outros Corsas. Mas nada que mantendo a manutenções preventivas não resolvam, você é refém do preço da gasolina pq não tem flex, cofre do motor pequeno, mecânico de mão grande passa mal..

[Defeitos apresentados] Radiador começou com vazamentos marotos, fiquei umas 2 semanas só completando até que decidi levar pra arrumar. Desmontaram tudo e constatou-se problema na lateral do radiador de astra (idêntico), até então R$ 100 resolveu. Vim pra casa, 2 dias depois tornou a pingar. Retornei ao mecânico e infelizmente não tinha mais jeitinho, tive que trocar o radiador inteiro (- R$ 500 no meu bolso) :/

[Concessionárias] Em Curitiba Chevrolet GM é ridicula. Preço absurdo das peças, mão de obra deixa muito a desejar no atendimento (com má vontade) e na manutenção que mais parecia que apenas trocaram o óleo e filtros. Abandonei serviço de concessionária quando me devolveram o carro todo engordurado de graça na lata, volante e câmbio (detalhe, meu Corsa era branco) >:/

[Comentários adicionais] O carro é top, com certeza teria outro, porém nos dias de hoje, ter carro 2003 já tem muita coisa pra arrumar e torna inviável. Dica para marca Chevrolet, tem uma parcela de consumidores que querem motor mil, mas tem outra parcela gigante de consumidores que querem motor 1.8, 2.0 em Corsa, Celta, Onix, Prisma inclusive opções inexistentes de GT ou Sport com turbocompressor, aspirado de fábrica (Não apenas meia dúzia de decalques, um volante e umas pedaleiras diferentes ¬¬). Se o cara compra o carro com motor maior, ele certamente sabe do consumo que vai ter.

[Best Cars] BestCars é perfeito, excelente espaço para o consumir falar sem medo da sua experiência. Sei que iria matar o espaço do servidor, mas seria legal se cada um que opina, pudesse posta 1 (uma única foto) do carro. 😀

[Data de publicação] 3/6/16

[Nome] Alexandre Langner
[Cidade] Sorocaba
[Estado] SP

[Versão] Maxx
[Motor] 1.0 VHC
[Ano-modelo] 2009
[Quilometragem atual] 70.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Consumo considero bom. Em torno de 7,5 ~ 8 km/l no ciclo urbano e 12~14 km/l no rodoviário, sempre com Etanol e aprox. 50% de ar condicionado. Com gasolina, entre 10~11km/l no urbano e 15~16km/l no rodoviário, com aprox. 50% de ar condicionado. Isso, é claro, dirigindo de modo econômico. Desempenho, principalmente usando Etanol, é muito bom. Tomo como referência Palio e Gol 1.0 que dirigi (da família), o Corsa realmente está em nível diferente de desempenho, sensivelmente melhor. O “porém” eu explico nos contras. Direção leve, câmbio muito bom – superior ao da Fiat mas inferior ao Volks.
Muito durável. Troquei os amortecedores ainda originais com mais de 06 anos de uso e mais de 70 mil km de rodagem, e apenas 01 estava com vazamento. Parte elétrica (exceto lâmpadas), ar condicionado, freios… Enfim, tudo no carro funciona perfeitamente, mesmo com bastante uso e passado desconhecido (teve outros 04 donos antes de mim).
Manutenção de desgaste tem baixo custo: velas, freios, etc. A suspensão é macia, e a estabilidade do carro é excelente, sem comparação aos concorrentes. O carro, por dentro, é bem acabado. Não se vê aquela pobreza característica de carros mais populares. Há tecido nas portas, quase nada de lata aparece, todo carpetado, luz no porta-malas e porta-luvas, dentre outras conveniências.

[Principais aspectos negativos] É um aspecto negativo de qualquer 1.0 aspirado: ligou o ar condicionado, adeus desempenho! Ainda assim, mantém-se melhor que os Fiats e Volks. O desempenho com gasolina é sofrível, parece um carro completamente diferente de quando abastecido com etanol, chega a ser impressionante – acho que vem daí os bons números de consumo no derivado fóssil: anda pouco. Barulhos na suspensão e é característico, mesmo com todos os amortecedores e batentes novos, ainda faz barulho. Barulhos internos, vários grilos, um som tocando é fundamental para esquecê-los. Lâmpadas queimam com facilidade, e isso é coisa de vários modelos GM, pode acreditar.

[Defeitos apresentados] Bomba d’água com aproximadamente 60 mil km. Perigoso, ainda bem que notei o chão da garagem molhado, se não poderia ter causado um grave dano ao cabeçote. Lâmpadas do painel e outras tantas queimaram – custa pouco, mas é inconveniente.

[Concessionárias] Usei apenas uma vez a Automec de Sorocaba. O atendimento é ótimo, mas fiquei triste pelo sujeito introduzir, sem nem me avisar, um aditivo caríssimo na troca de óleo. Quase passou despercebido, depois o mesmo “compensou” com um desconto sobre o serviço, ainda assim, ficou aquela má impressão. O preço é, obviamente, superior ao de oficinas independentes.

[Comentários adicionais] Para minha condição financeira e exigência de conforto, não me arrependo. Rodo relativamente pouco, queria um carro completo que custasse cerca de R$ 20 mil. Não buscava um carro zero peladão pagando ainda mais. Então, se você tem esse mesmo perfil e quer economizar no IPVA e ainda assim não ter surpresas, vá na fé que não tem erro. Muita gente reclama do cheiro de combustível no interior do carro. Bom, eu sinto esse cheiro quanto o frentista dá aquela arredondada além do travamento da bomba, ao encher o tanque. Quando paro o abastecimento já no travamento da bomba, não tenho percebido cheiro algum.

[Best Cars] Muito bom, consulta obrigatória em se tratando de autos.

[Data de publicação] 24/3/16

 

[Nome] Jefferson
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Hatch
[Motor] 1.4
[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Consumo baixo para potência do motor 1.4 , carro oferece custo benefício muito bom , gostoso de dirigir vc acaba pegando carinho pelo carro vira seu xodó.

[Principais aspectos negativos] Bancos não são confortáveis , já tive outros modelos e sei do que estou falando..

[Defeitos apresentados] Até o momento não apresentou defeitos

[Best Cars] Sempre utilizo antes de comprar carro ,

[Data de publicação] 12/2/16

[Nome] Fábio Pompilio
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Hatch Maxx Econoflex
[Motor] 1.4
[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 20.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Estou com o carro há pelo menos uns 3 meses. Gosto demais nunca tive problemas com ele, apenas o que eu fiz até o momento foi troca de óleo, pastilhas e velas. Na estrada anda bem, responde rápido e completamente estável nas curvas e nas retas. Mas em si um Ótimo Carro. Não troco ele por nada.

[Principais aspectos negativos] Espaço no Porta-Malas.

[Defeitos apresentados] Quando abasteço com Gasolina e ele anda e esquenta vem muito cheiro dentro do carro.

[Concessionárias] Ótimas.

[Comentários adicionais] É Meu Xodó. Amo mais ele do que minha própria NOIVA. ((kkkkk))

[Best Cars] Um excelente site.

[Data de publicação] 18/12/15

 

[Nome] Alexandre
[Cidade] Rio de Janeiro Santa Cruz Zona oeste
[Estado] RJ

[Versão] corsa sedan
[Motor] 1,8 8v
[Ano-modelo] 2003
[Quilometragem atual] 100.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] bom desempenho e econômico no gnv perdendo pouca força no gás ele me satisfaz!

[Principais aspectos negativos] o fato de não ter o parafuso dreno do câmbio para troca de óleo do mesmo!!

[Defeitos apresentados] poucos,eu mesmo fiz a troca das sapatas e tambores de freio traseiro e rolamentos e tirei um pequeno vazamento do câmbio fato pelo qual mencionei o fato de não ter parafuso dreno no câmbio!!

[Comentários adicionais] muito bom,o meu é um 2003 e até agora não tenho interesse de trocar de carro!!

[Best Cars] muito bom!!

[Data de publicação] 25/9/15

[Nome] Rodrigo
[Cidade] jau
[Estado] SP

[Versão] premiun hatch
[Motor] 1.4 8v
[Ano-modelo] 2009
[Quilometragem atual] 70.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 3
[Freios] 2
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] o motor 1.4 (105 cv)  é surpreende pela valentia, tem desempenho superior a de carros com motores de maior cilindrada, tem praticamente a mesma potencia do antigo 1.8(110cv), perde um pouco no torque, mas compensa por ser bem mais economico , mecânica é robusta e manutenção barata. acabamento interno honesto e baixa desvalorização

[Principais aspectos negativos] a suspensão apesar de macia não passa confiança em curvas de maior velocidade, uma vez que a Chevrolet retirou a barra estabilizadora da suspensão dos corsas fabricados depois de 2008, e faz falta. dianteira muito baixa, o protetor de carter raspa constantemente em terrenos acidentados ou em valetas.

[Defeitos apresentados] em 68.000 quilômetros rodados o único defeito que o carro apresentou foi o sensor de nível do tanque que deixou de marcar.vale ressaltar que o veiculo passa por revisões periódicas e peças como correia dentada, filtros e óleo são substituídos seguindo a recomendação e as especificações do fabricante

[Data de publicação] 28/8/15

[Nome] Frank
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] 1.8
[Ano-modelo] 2004
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 200.000 km
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Força do motor 1.8, durabilidade das peças, baixa manutenção e mesmo quando é realizada, qualquer mecanico mexe e ainda as peças são baratas, design agradável mesmo com mais de 10 anos de idade, bom isolamento acustico (mas precisa ser uma versão antes da GM capar até o forro do tampão do motor), ar-condicionado muito forte.

[Principais aspectos negativos] Cambio razoável (como quase todos os GM), não dá para comparar com cambio VW. Consumo um pouco acima do normal (novamente, assim como quase todos os GM da antiga geração), mas condizente com a força do carro.

[Defeitos apresentados] Manutenções normais e baratas para o tempo que já rodei (7 anos, e mais de 150 mil KM, o carro está com 180 mil): amortecedores, coxins, sensor de temperatura, algumas juntas do motor. Tudo facilmente resolvido.

[Comentários adicionais] Melhor custo X benefício entre os carros que já tive (desde popular pelado até premium completo com ABS, teto, etc.). Entrega muito e cobra pouco.

[Best Cars Web Site] Melhor site para quem realmente gosta de carro.
Sugestão: colocar as notas médias das avaliações, separado por modelo e motorização. Facilitaria uma avaliação rapida.

[Data de publicação] 17/4/14

[Nome] Sidnei Notto Villanova
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR

[Versão] Hatch Maxx
[Ano-modelo] 2010
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 25.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 2
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 2
[Espaço interno] 2
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 1
[Desempenho] 2
[Consumo] 1
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 1
[Estabilidade] 2
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] É um carro compacto e ágil, bom para o trânsito em nossas cidades.

[Principais aspectos negativos] A suspensão é muito baixa (logicamente para a nossas ruas e estradas que são um lixo) fazendo com que o protetor de cárter seja um item obrigatório. O motor é forte para um 1.4, mas pouco confiável. O acabamento é pobre, aliás a GM tem como política piorar o acabamento a cada ano. Já tive um corsa da primeira geração (1.0 Wind 1996) e era muito, mas muito superior neste quesito.

[Defeitos apresentados] O motor começou a falhar após os 23.000km. Tenho pesquisado e este é um defeito crônico deste motor. O tal sensor de posição da borboleta (TPS) é o responsável por isto e, até onde pesquisei, todos os carros equipados com este motor apresentam tal problema, e sempre após os 20.000km. Não seria um caso de Recall pela GM?

[Concessionárias] O atendimento é bom, mas o serviço… A concessionária CCV de Curitiba já tem um histórico de problemas quanto ao serviço prestado. Na última revisão que fiz nesta concessionária, tentaram empurrar uma conta de R$1300,00, onde queriam trocar todo tipo de fluído e as palhetas do limpador de para-brisas, que estavam novas (o carro estava com 15.000km). Reduzi a R$400,00 não autorizando a troca destes ítens. Os preços das peças são pura extorsão. Tive que trocar um refletor traseiro que custa para o “cliente” comum R$95,00 e para um mecânico cadastrado R$42,50 (prejuízo eles não estão tendo, com certeza). Que custe mais barato para a compra por uma oficina eu entendo, mas a metade de um cliente normal, não dá para aceitar!!!

[Comentários adicionais] Não entendo a GM, trocou este carro pelo muito feio e defasado Ágile. O corsa mereceria ter sido atualizado conforme feito na Europa. De qualquer maneira, a GM perdeu um cliente, este será, com certeza, o meu último Chevrolet. A GM desrespeita o consumidor. Não que as demais não o façam, mas ela está exagerando!!!

[Best Cars Web Site] Minha leitura diária. Não conheço outra publicação tão competente e completa como o BCWS. Parabéns a vocês.

[Data de publicação] 23/8/13

[Nome] andre luiz
[Cidade] fortaleza
[Estado] CE

[Versão] premium
[Ano-modelo] 2006
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 90.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Durabilidade das peças e do carro em geral.Ar condicionado excelente,bem como freios e suspensão.

[Principais aspectos negativos] Consumo, infelizmente tem horas que desanima,andando de boa faz 9, sempre com ar ligado mas, já cheguei a fazer 5.7, isso mesmo, no transito carregado.O acabamento interno é simples demais,risca fácil, pelo menos não bate.

[Defeitos apresentados] Apenas manutenção de rotina, esse carro odeia oficina.95000km agora que vou mexer na suspenção.

[Concessionárias] Tem que pesquisar pois a diferença de preço é grande entre elas, mas o atendimento no geral é bom.

[Comentários adicionais] É um carro excelente, que o único senão fica sendo realmente o consumo que as vezes assusta, pecado dos carros GM, mas recomendo à todos.

[Best Cars Web Site] É o melhor site de automóveis do Brasil, leitura indispensável pra quem gosta e nesta seção específica quer comprar ou trocar de carro.

[Data de publicação] 26/7/13

[Nome] Gustavo C. Cavalvanti
[Cidade] Recife
[Estado] PE

[Versão] Hatch Premium 1.4
[Ano-modelo] 2008
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 70.000 km
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 2
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] 1 – Espaço interno (comparando com outros compactos, como por exemplo o 207 que temos aqui em casa);
2 – suspensão bem calibrada para cidade(um meio termo entre a rigidez de um 207 e a maciez de um palio);
3 – peças baratas e faceis de encontrar;
4 – motor econômico na estrada e com bom desempenho para um 1.4, principalmente em médios giros (sempre acompanho o consumo, tirando a média a cada abastecimento até o primeiro disparo da bomba, quase sempre no mesmo posto e mesma bomba. Resultado: na cidade de recife com gasolina as médias variam de 8.2 com muito engarrafamento a 10.5 com transito mais livre, nas duas situações o ar é usado em 50% do tempo e as marchas trocadas em 2 mil rpm, mas geralmente a média é em torno de 9.5. Faz tempo que não uso etanol mas fazia na cidade entre 6.9 e 8.2. Na estrada com gasolina, ar 80% do tempo, velocidade entre 120 e 140 e ultrapassagens com pé no canto e 4~5mil rpm, o bicho faz 13, 13.4)
5 – Apesar de não ser extremamente macio e preciso, o cambio é bem calibrado e silencioso, apresentando uma relação adequada, com uma 5 que deixa o giro do motor por volta de 3400rpm a 120 km/h, o que pra mim esta bom.
6 – Nesta versão vem bem equipado, tendo entre o trivial (ar, direção hidráulica, trio elétrico… etc) uns equipamentos básicos mas que estão sendo retirados de alguns veículos hoje em dia (economia absurda): iluminação no porta malas, porta luvas e ponteiro de indicação da temperatura do líquido de arrefecimento. Faltando apenas um computador de bordo pra completar o pacote.
7 – Boa visibilidade
8 – Direção hidráulica macia
9 – Cinto de 3 pontos para o 5º passageiro
10 – Bancos não cansam em viagens

[Principais aspectos negativos] 1 – Freios subdimensionados: apesar de serem ventilados, não passam segurança na estrada com o carro carregado. Na cidade dão conta do recado
2 – Motor abaixo de 2000 rpm não responde bem. Antes desse carro tivemos um corsa hatch 1.0 2007, e posso afirmar que nesta faixa de giro o comportamento deles é quase igual. Lógico que acima de 2000 o 1.4 é bastante superior… fora o fato de não tem o agravante da relação de marcha extremamente curta do 1.0, que a 10km/h já esta gritando e pedindo 2ª;
3 – Suspensão em alta velocidade não passa segurança;
4 – Faltou a regulagem de altura do volante

[Defeitos apresentados] No segundo dia de uso, o parabrisa trincou sem motivo (substituido em garantia); bomba de combustível queimou com 30000km (sempre troquei o filtro de combustível a cada 10000km); Sensor de nível (que marca a quantidade de combustível no tanque), já foi trocado umas 3 vezes (da última vez coloquei da marca VP e já faz 1 ano e meio que esta ok… os outros duraram 6 meses); Vazamento de óleo pela tampa de válvulas (troquei 3 juntas até resolver trocar a tampa com a junta… resolvido!); Trava da portinhola de abastecimento parou de funcionar deixando o bocal travado… retirei, abri e limpei os contatos o que resolveu por 1 ano até que deu defeito novamente e resolvi retirar definitivamente; Mecanismo do limpador de parabrisa travou, o que exigiu sua desmontagem, limpeza e lubrificação (aos 68000km); aos 35000km o rolamento tensor da correia dentada começou a fazer barulho e foi substituido junto com a correia… aos 62000km a situação se repetiu… aos 43000km a borracha do chaveiro do telecomando rasgou e foi substituida (comprada no mercado livre)…; aos 55000km um cabo de vela estragou obrigando a substituição do conjunto; os 4 difusores de ar do painel ja quebraram. Comprei os 2 primeiros, depois aprendi a colar…; Moldura do painel que envolve o display do calendário quebrou devido ao sol; Coxim do motor quebrado aos 45000km; Apresentou dificuldade na partida a frio quando foi colocado óleo 20w50. Resolvido voltando a usar o 5w30; Atualmente o veículo apresenta um vazamento de óleo pela caixa de direção; No mais só manutenção preventiva: oleo e filtros, vela, bateria, pastilha 1 vez, fluido de freio, etc…

[Concessionárias] Só usei no período da garantia… Não tentaram me empurrar nada e trocaram o parabrisa sem maiores problemas.

[Comentários adicionais] O carro é bom… é o carro do estudante. Apesar da lista de defeitos um pouco extensa o carro é robusto, suspensão é valente e é bom de guiar, em grande parte devido ao bom motor 1.4. Tem gente que fala mal desse motor por ter concepção antiga, mas pra mim isso é uma vantegem pois qualquer mecanico sabe mexer, é durável e agrega tecnologias como tuchos hidráulicos e balancis roletados que alguns motores mais modernos não tem, além de oferecer um desempenho próximo ao de alguns 1.6

[Best Cars Web Site] Sempre consulto esta seção… muito boa e útil!

[Data de publicação] 28/6/13

[Nome] Nanda Santos
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] maxx
[Ano-modelo] 2005
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] –
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 3
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Carro excelente, motor super potente, retomadas fantásticas, boa estabilidade, direção hidráulica na medida. 8 anos de uso motor com 71.000km rodados até agora. Não apresenta problemas de mecânica, apenas manutenção de rotina, como troca de óleo, filtros, etc.
pena que saiu de linha, pois compraria outro. O Cobalt 1.8, tem menos motor que meu Corsinha de 2005!!!

[Principais aspectos negativos] É necessário tomar cuidado com os pneus após 5 anos de uso, pois eles tem validade e mesmo estando em bom estado não oferecem segurança em pistas molhadas. tive problemas principalmente nas curvas em pistas molhadas e não conseguia acha o defeito, fui em vários mecânicos, de confiança, e, eles também não conseguiram. Pesquisei muito até descobrir que os pneus estavam vencidos. A borracha dos pneus aparentam bom estado, mas a borracha endurece e com isso perde aderência. Troquei os pneus e a estabilidade voltou. ALguns reclamam que a ré arranha. É verdade, mas isso é fácil de se evitar. Ao acionar a ré, com o pé na embreagem esperem alguns segundos até o motor baixar um pouco a rotação, então passe a marcha, assim não arranha.

[Defeitos apresentados] Nunca apresentou defeitos.

[Best Cars Web Site] Parabéns á Best Cars por esta seção!!

[Data de publicação] 5/4/13

[Nome] Fernando
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Hatch Maxx 1.4 Econo.Flex
[Ano-modelo] 2010
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 1
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] É um carro muito bonito, o acabamento, embora utilizando muito plástico de má qualidade, é bem feito. O meu não apresenta ruídos internos devidos ao acabamento. O motor é um show à parte – se o dono sabe “ensiná-lo” a andar, anda muito bem! É uma excelente opção acima dos 1.0. O consumo melhorou também com o tempo. Chega a fazer 8 km/l com etanol na cidade, usando ar condicionado, digamos, metade do tempo. – mas a média dele é 7,5. Quase não utilizo gasolina nele, por isso, não sei dizer o consumo com esse combustível.

[Principais aspectos negativos] Porta malas ridiculamente pequeno, mal que seu segundo sucessor, o Onix, também herdou. Se você não vai ao supermercado com gente no banco traseiro ótimo, caso contrário, prefira o sedan.
Não me agrada também o funcionamento apenas intermitente do limpador traseiro. Ele não tem a opção de função contínua. Voltando ao porta malas, o do meu só abre na chave.

[Defeitos apresentados] Meu carro veio com defeitinhos de fábrica que foram todos corrigidos em garantia pela GM, que através da oficina da concessionária Disbrasa, agiu de maneira muito correta, não alegando o “mau uso” que é a desculpa habitual deles. A buzina parou de funcionar aos 500 km. Logo depois, a direção começou a estalar ao ser esterçada e foi trocada a caixa de direção. Quase um ano depois, foi a vez de trocarem a coluna de direção. Desde então, apenas tive que trocar uma das lâmpadas do farol baixo.

[Concessionárias] Gosto muito da oficina da Disbrasa (Ipiranga-SP), mas na parte de vendas, deixam a desejar e, mais do mesmo, não valorizam os modelos da marca na negociação.

[Comentários adicionais] É uma excelente escolha para sair dos 1.0, confortável, gostoso de guiar, esperto… só não serve se você precisa de espaço para bagagem.

[Best Cars Web Site] Sem esta seção, a escolha do carro novo seria muito difícil. A consulta a essas opiniões são fundamentais para ajudar os futuros proprietários. O substituto do Corsa foi decidido com base nestes relatos.

[Data de publicação] 8/2/13