Chevrolet Cobalt

Chevrolet Cobalt Elite

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] Elcio Sarath
[Cidade] Corumbá
[Estado] MS

[Modelo] Chevrolet Cobalt
[Versão] LTZ MT
[Motor] 1.8 8V
[Ano-modelo] 2016
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Design; suspensão macia; manutenção barata e peças com preços justos (até nas CSS); econômico: cidade (9 km/l) e estrada (12 km/l) com gasolina e 100% AC ligado; espaço interno; porta malas espaçoso (563 L);

[Principais aspectos negativos] Motor deveria receber um upgrade da GM. Necessita de redução para algumas ultrapassagens mais seguras; posição incômoda do botão de farol (lado esquerdo do volante), onde facilmente se bate o joelho e provoca danos; pneu de estepe fino e para uso restrito (até 100 km de distância e até 80 km/h).

[Defeitos apresentados] Não apresentou defeitos.

[Concessionárias] Não tenho hábito de usá-las por adotar a política de preços por tempo padrão e cobrar valores altos para serviços simples e rápidos.

[Comentários adicionais] Carro com bom custo benefício, oferendo ao mesmo tempo beleza, conforto, desempenho bom, mecânica fácil e ampla rede de peças disponíveis. O motor poderia ter mais torque e facilitaria muito em algumas ultrapassagens. Sua sobrevida está ameaçada com a chegada do novo Onix Plus Sedan, que oferecerá motor 1.0 Turbo. Não sou adepto a motores turbo então, vamos aguardar pra ver.

[Best Cars] Fui assinante de Revista Automotiva muito conhecida no mercado e revelo que aqui, encontro todas as informações necessárias para uma análise mais concreta e acertada para escolha de um veículo. Recomendo Totalmente!!!!

[Data de publicação] 11/10/19

 

 

[Nome] João Carlos Teider Lopes
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR

[Modelo] Chevrolet Cobalt
[Versão] LTZ
[Motor] 1.4
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 60.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos]
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Segundo Cobalt que possuo e terceiro “zero” Chevrolet. MuIto satisfeito. Comprei em oferta na concessionária e após 60 mil km sem arrependimentos. Carro confortável e com bom desempenho para meu uso. Extremamente econômico na cidade e na estrada utilizando gasolina aditivada. Chegou a fazer 1000 km sem abastecer rodando até 120 km/h (em duas viagens pelo PR). Na cidade média de 700 km por tanque (em transito leve). Espaço interno e porta malas excelentes. Todas as revisões na concessionária e sem nenhum defeito até o momento.

[Principais aspectos negativos] MyLink sem GPS e sem opção de instalação.

[Defeitos apresentados] Sem defeitos até o momento.

[Concessionárias] Adquirido e revisado na Metrosul Curitiba. Sempre bem atendido.

[Comentários adicionais] Ha rumores que vai ser retirado de linha. Espero que tenha um substituto a altura.

[Best Cars] Uma ótima publicação para tirar dúvidas e ver avaliações de quem utiliza os veículos – seus proprietários.

[Data de publicação] 20/9/19

 

 

[Nome] Cleber
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Modelo] Chevrolet Cobalt
[Versão] LTZ
[Motor] 1,8 Automático
[Ano-modelo] 2013
[Quilometragem atual] 60.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 3
[Freios] 4
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O espaço para os ocupantes do carro é sensacional, a posição para dirigir bastante interessante painel moderno para a categoria, sistema de som e vedação contra os ruídos externos razoável e custo baixo de manutenção;

[Principais aspectos negativos] Posição dos botões dos vidros elétricos e não haver iluminação para acesso a eles e ao painel de ar-condicionado, o que dificulta muito o acesso a esses instrumentos a noite; Cambio automático apresenta “trancos” nas trocas de marchas; Motor faz um ruído muito alto quando submetido a giro acima dos 2.000 ;

[Defeitos apresentados] Comum em veículos GM, a bendita luz da injeção eletrônica que vive acendendo. Na concessionária dizem que é por causa do combustível de má qualidade no Brasil. Apenas questiono, se o veículo é comercializado aqui este fator não deveria ser considerado?

[Data de publicação] 20/9/19

[Nome] Roberto Ranieri
[Cidade] Itapema
[Estado] SC

[Modelo] Chevrolet Cobalt
[Versão] LTZ AT
[Motor] 1.8
[Ano-modelo] 2019
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Carro espaçoso e confortável.

[Principais aspectos negativos] Deveria ter um motor mais atualizado e mais econômico.

[Defeitos apresentados] Não

[Concessionárias] Boas

[Data de publicação] 20/9/19

[Nome] Jose Barbosa
[Cidade] Maceió
[Estado] AL

[Versão] 1.8
[Motor] 1.8
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O carro é realmente muito bom . É pena que a Chevrolet neste ano não lançou o COBALT ELITE 1.8, com bancos de couro, como é esse meu carro , completo.

[Principais aspectos negativos] NADA

[Defeitos apresentados] NUNCA

[Concessionárias] A Concessionária onde comprei esse carro não me avisou na data da 1ª revisão e como ando pouco com o carro, passei do prazo e a revisão que seria gratuíta , foi paga.

[Best Cars] Gostei da novidade. Já possui vários carros e nunca tinha visto esse tipo de pesquisa.Parabens.

[Data de publicação] 23/8/19

[Nome] Anderson Cruz
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Elite
[Motor] 1.8 Automático
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 80.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 3
[Câmbio] 2
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Veículo bonito com bom design e ótimo espaço interno. Quem vai atrás não reclama. Porta-malas bem grande. Boa estabilidade em curvas. Freios são excelentes.

[Principais aspectos negativos] Acabamento de plástico que range muito em pisos mais irregulares. No banco traseiro, não tem o encosto de cabeça de quem vai no meio. Potência do motor 1.8 deixa a desejar frente a outros modelos semelhantes no mercado. E a média de consumo de combustível é alta na cidade (8,5 na gasolina e 6 no etanol)

[Defeitos apresentados] Troquei o câmbio automático com 80.000 km, por sorte fiz todas as revisões e ainda estava na garantia, porém demoraram 25 dias para entregar o carro (21 dias foi só para entregar a peça, um absurdo). Já teve falhas também no sensor do acelerador e queima lâmpadas com freqüência.

[Concessionárias] Veículo com garantia nas concessionárias são tratados como um “favor” ao cliente, ou seja, a prioridade total é de quem está pagando.

[Data de publicação] 23/8/19

[Nome] Rovison Lima
[Cidade] Castanhal
[Estado] PA

[Versão] LTZ
[Motor] 1,8
[Ano-modelo] 2019
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento]
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Tamanho do porta mala, consumo de combustível, espaço interno, torque e posição de dirigir. Numa viagem que fiz entre o Pará e o Tocantins mês passado obtive numa das medições a excelente média de 16,5 km/l de gasolina rodando em torno de 110 por hora ar sempre ligado com dois adultos e três crianças e porta mala cheio e, detalhe, com menos de 1.500 km rodados. Todas as medições fiz na bomba e não me baseando apenas nas informações do computador de bordo. Entretanto em todos as medições que fiz o resultado obtido na bomba era aproximadamente o mesmo apresentado pelo computador de bordo. O carro tem um torque muito bom e em viagens longas o motorista não se sente cansado devido a boa ergonomia do veículo. Outro ponto positivo do carro é o seu imenso porta malas, creio eu, o maior da categoria.

[Principais aspectos negativos] O excesso de plástico duro no interior do carro e a não total vedação do carro a entrada de poeira e fumaça quando se passa perto de um local onde está ocorrendo uma queimada.

[Defeitos apresentados] Só um rangido na subida do vidro do lado do motorista mas que foi resolvido na primeira troca de óleo feita na concessionária.

[Concessionárias] Até o momento estou satisfeito. Até agora só fui uma única vez para a primeira troca de óleo aos 5000 mil quilômetros após a compra do veículo.

[Comentários adicionais] O carro é excelente para quem quer ter um sedã com porta mala gigantesco, potência razoável, ótimo torque e baixo consumo de combustível. Fiquei muito contente com o consumo de combustível desse carro. Esse foi o item que mais me agradou nele.

[Best Cars] Excelente referência para obtermos informações consistentes sobre veículos a partir do relato de seus proprietários. Sempre que vou trocar de carro dou uma pesquisada antes aqui no best cars.

[Data de publicação] 9/8/19

[Nome] Ailton Gusmão
[Cidade] Sete lagoas
[Estado] MG

[Versão] Ltz automático
[Motor] 1,8
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 2
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 2
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Consumo, espaço,desempenho, estabilidade

[Principais aspectos negativos] Recebi com defeito de fábrica.

[Defeitos apresentados] Recebi com defeito de fábrica. (suporte alternador foi trocado duas vezes). Com 42.000KM, foram trocadas cinco correias, 2 trocas de pastilhas, e disco de freio. Com 25.000Km foi trocado os Tochs. Com 40.000Km , iniciou barulho no motor, em subidas nas trocas de marchas , problema sem solução há aproximadamente três meses.

[Concessionárias] Há assistência, mas sem solução.

[Best Cars] Boa para divulgações, e opiniões.

[Data de publicação] 9/8/19

[Nome] Rivanildo Valerino de Santana Junior
[Cidade] Recife
[Estado] PE

[Versão] LTZ
[Motor] 1,8 8V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Conforto ao dirigir, espaço interno, mala grande, baixo consumo de combustível

[Principais aspectos negativos] preço alto, luzes internas poderiam ser de led, alguns plásticos de péssima qualidade no teto.

[Defeitos apresentados] Barulho no teto, plástico que tem a luz de cortesia. O carro apresentou na mangueira do ar-condicionado, estourou e vazou o gás e óleo, gastei pra trocar a mangueira e fazer a recarga do gás e óleo. Piloto Automático parou de funcionar com 1 ano. O carro veio sem uma borracha da mala, batente rachado.

[Concessionárias] A Auto Belo de Carpina foi a pior concessionária que já visitei em toda minha vida. Já possui 5 modelos de carros, dentre os quais 3 foram zero comprados em concessionária. Porém, o cobalt em questão comprado na Auto Belo de Carpina, eu não tive um atendimento decente por parte do gerente. Ótimo pra vender, mas na hora do pós venda a concessionária é sem palavra.

[Comentários adicionais] Carro com ótimo desempenho, na estrada é excelente o conforto e o consumo é muito baixo. Alguns plásticos fazem barulho, mas o carro é bonito e espaçoso por dentro. A parte externa não é bonita, parece carro de modelo ultrapassado.

[Best Cars] Muito bom este espaço para compartilharmos nossas experiências com nossos veículos adquiridos no Brasil.

[Data de publicação] 5/4/19

[Nome] Bruno Rogerio Ravagnolli
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] LTZ
[Motor] 1.8 manual
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 70.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] O carro é excelente, ótimo espaço interno e ótimo porta-malas, viajei algumas vezes com meus cunhados (medem mais de 1,80 e são gordinhos) e sogra, o carro proporciona conforto a todos e ainda leva muita bagagem!
Tenho o carro basicamente para viagens, e normalmente viajo mais de 300 km e não raramente mais de 400km, medindo 1,82m, faço as viagens quase sempre sem parar em postos e ainda chego inteiro no meu destino. O conforto para o motorista é fantástico, à época da compra, cogitei comprar um cruze Hatch, mas não o achei tão confortável e o porta-malas me fizeram mudar de ideia.
O conjunto mecânico é o segundo ponto alto do carro, o meu é com câmbio manual, o que dá uma flexibilidade muito alta em estrada (tanto em baixa como em alta rotação). Mantendo velocidade cruzeiro de 120km (ando sempre entre 100 e 140 km/h)na média, ele faz entre 9 e 10 km/l com etanol. O motor mantém muito bem o desempenho e chegando a ser mais econômico com a velocidade de 130km/h. Manutenção, até hoje só óleo, água, uma troca de correia dentada, que na verdade nem sei se era na época correta, mas sempre troco aos 45 mil, hábito de muito anos e uma troca de pneus aos 51 mil. Nem pastilha de freio eu precisei trocar ainda, ou seja, não tive gasto algum com o carro.

[Principais aspectos negativos] Acho que ele tem os acessórios na medida certa, muitas coisas que nos enfiam nós dias de hj nem acabamos usando, então o que ele traz pra mim está ótimo. Mas existe sim alguns pontos negativos, primeiro, alguns plásticos que riscam fácil, principalmente os da soleira das portas, acabamento melhor no porta malas (falta uma capa na tampa e o carpete das laterais são um pouco curtos, quando colocasse algo um pouco mais pesado o carpete sai do acabamento, a falta de luz nos botões dos vidros, regulagem de profundidade do volante e os dois que considero piores, falta de mostrador de temperatura do motor e o botão de acendimento do farol, por muitas vezes ao entrar no carro de bermuda ela acaba enroscando no botão e o arranca fora e quase que quebrando, como tenho uma certa facilidade de desmontar as coisas e arrumar sempre arrumo, mas alguém que não tenha vai ficar na mão!

[Defeitos apresentados] Somente um soquete de iluminação da placa que começou a ficar “froxo”, troquei em auto elétrica de confiança gastando R$15,00.

[Concessionárias] Usei até a revisão de 20.000, a qual me empurraram vários serviços que não necessitavam, paguei mais 1500,00 por ela e me entregaram o carro sujo! E ainda por cima, ao 25 mil descobri em um mecânico de confiança que não tinham trocado a pastilha de freio que tinham me cobrado! Desde então, não utilizo mais.

[Comentários adicionais] Pretendo trocar o carro em breve, e me vi na obrigação de fazer essa avaliação, pois, com os boatos infundados ou não de que ele vai sair de linha . Não encontrei nenhum veículo melhor que ele e nem com a relação custo x benefício melhor, prós meus quesitos para compra. Sendo assim, comprarei outro, mas dessa vez um automático.

[Best Cars] Leitura obrigatória para amantes de carro e para quem almeja comprar um automóvel novo!

[Data de publicação] 8/3/19

 

 

[Nome] Tiago Barbosa Viegas
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Versão] LTZ
[Motor] 1,8
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 20.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Sou motorista de aplicativos em Brasília e comprei o carro visando praticidade e conforto tanto para meus passageiros quanto para minhas longas jornadas de trabalho. Por isso, o principal ponto positivo que destaco é o espaço interno. Tenho aproximadamente 1,86 de altura e com o banco recuado ao máximo para trás ainda é possível outra pessoa com mesma estatura se acomodar imediatamente atrás do motorista sem ficar com os joelhos apertados. O espaço aéreo entre a cabeça e o teto e as janelas laterais também é muito generoso, o que dificulta alguns daqueles choques contra essas superfícies ao passar por terrenos irregulares e facilita inclusive a melhor circulação do ar-condicionado. O design (ergonomia, funcionalidade e desenho) do carro é excepcional. O acabamento interno e externo são bons e a estética é excelente. Inclusive, muitos passageiros confundem o carro à primeira vista com Uber Black (categoria dedicada a carros top de linha) devido ao desenho imponente do veículo! Os toques de black piano no volante, no console e saídas de ar-condicionado são um atrativo especialmente combinados com toques cromados nos comandos centrais. O acabamento mistura couro sintético no volante, encosto de braço, nas laterais e atrás dos bancos com tecido nos apoios de pernas e costas para diminuir o calor gerado pela superfície, proporcionando conforto e beleza na medida certa em dois tons (preto atrás e nas partes que circundam os bancos e marrom café nas superfícies mais visíveis). O couro também está presente em tom marrom nos apoios de braço das portas, que contam com maçanetas internas cromadas. Uma solução estética muito boa. O sistema de som também é de ótima qualidade e não distorce mesmo no volume máximo. A posição de dirigir também é boa. Ao contrário dos concorrentes Etios e Versa, inclusive os mais novos como Yaris, Virtus e Cronos, os espelhos retrovisores são grandes, amplos e bem posicionados, dando ótima visualização do trânsito compensando o ponto cego em algumas situações devido a largura das colunas, especialmente a coluna C.
Outro aspecto muito bem-vindo e importante é a direção elétrica, extremamente leve em manobras em estacionamentos e com a progressão correta a medida que ganha-se velocidade. A altura reduzida em 1cm em comparação ao Cobalt anterior aliada aos defletores e ao assoalho entre o eixo-traseiro e o para-choques traseiro ajudam na eficiência de economia de combustível e melhoraram a manter a estabilidade, que não fica prejudicada acima dos 100 km/h. A resposta do sincronismo do câmbio à medida que o acelerador é acionado é boa. O espaço do porta-malas é excelente, bom para quem pretende instalar o kit GNV sem perder muito espaço ou para quem pretende fazer viagens ou deslocamentos levando muitas malas, principalmente em casos de passageiros a caminho de terminais de aeroporto ou rodoviária. Outro ponto interessante é o controle eletrônico de velocidade (Cruise Control ou Controle de Cruzeiro), que se usado com frequência ajuda (muito) na economia de combustível. Em comparação à geração anterior, a melhoria mecânica e dinâmica do Cobalt são notáveis, especialmente em relação ao consumo do motor 1.8. Devido à natureza do trabalho, utilizo o acelerador com muita delicadeza e rodo principalmente em ciclo urbano, sempre com uso do controle de cruzeiro. Chego a percorrer entre 350 e 400 km por dia em diversas situações.
O consumo com gasolina varia de 10,9 (com trânsito mais pesado e alguns engarrafamentos) e 12,8 km/l em dias com maior fluidez e trechos longos aqui em Brasília, cujo trânsito nas vias é bem mais solto, com poucas interrupções por cruzamentos, semáforos ou faixas de pedestres. Na estrada durante o consumo varia de 14,8 a 15,5 km/l com gasolina. Com etanol o consumo em cidade varia de 8,5 a 10 km/l, indo de 12,3 a 12,8 km/l na estrada. Dados aferidos com odômetro parcial zerado e cálculo na bomba de reabastecimento.

[Principais aspectos negativos] A maioria dos pontos negativos são mais sugestões do que problemas. O que falta são itens que poderiam estar presentes na próxima geração ou no eventual substituto do Cobalt. Para um carro que tem forte apelo frotista faltam amenidades de conveniência e conforto como porta-luvas refrigerado para acomodar copos de água, lanches e afins e o tunel central que leva ar-condicionado para os passageiros do banco de trás, itens constantes no VW Virtus 200 TSI. Outros dois pontos que precisam melhorar e a coluna de direção, que tem ajuste de altura mas não de profundidade, o que compromete o conforto de condutores de grande estatura.
Um ponto curioso que a Chevrolet pisou feio na bola da geração anterior foi em relação ao repetidor de seta no para-lamas dianteiro, um item importante em negociações de mudança de faixa em meio a congestionamentos ou mesmo durante uma ultrapassagem e que é cada vez mais comum nos últimos modelos simplesmente sumiu da primeira para a geração atual… Realmente não deu para entender porque foi removido… O compartimento de partida a seco (o famoso tanquinho) ainda existe e apesar de seu bocal ficar no compartimento do motor a sua entrada fica muito próxima da captação de ar para a cabine. Por isso, em movimentos mais bruscos como em freadas de emergência, caso a tampa do compartimento não esteja muito bem apertado (aliás é difícil manusear a tampa do tanquinho devido ao espaço reduzido) será possível sentir um breve cheiro de gasolina adentrar e permanecer na cabine durante alguns minutos. E por fim o cinto de segurança do passageiro que vai no meio do banco traseiro é de duas pontas… fica parecendo que o carro é velho (porque é coisa de carro ultrapassado, mesmo)…
Só têm dois pontos negativos que realmente são um problema. O primeiro é o espelhamento do Waze que acompanha o MyLink 2, via Android Auto ou Apple Car só pode ser feito pela conexão do cabo USB do smartfone na entrada do console central, que fica escondida e é difícil de ser encontrada durante a noite, uma vez que o local é mais recuado para dentro do console não conta com iluminação. O segundo é a mudança manual de marchas no câmbio automático. A solução encontrada pela GM de colocar um botão na lateral do câmbio para aumentar ou diminuir marchas é, no mínimo, inviável e pouco prática. Na verdade é contraintuitiva e chega a incomodar na hora de usar… Aliás, ao fazer tarefas de mesma ideia como aumentar ou diminuir o volume do som, aumentar ou diminuir a velocidade do controle de velocidade ou aumentar ou diminuir as marchas do carro, é extremamente plausível acontecer um engano entre qual botão está apertando e sem querer diminuir sem querer uma marcha com a rotação do motor já em regime alto, podendo resultar em problemas mecânicos graves.
No mais estou muito feliz com o Cobalt. É um carro robusto, imponente, espaçoso e econômico dentro da sua natureza e realidade.

[Defeitos apresentados] A suspensão dianteira direita apresentou um barulho incomum, como se algo estivesse solto ou quebrado, mas da mesma forma que apareceu, sumiu sem deixar vestígios. O banco do motorista começou a fazer rangidos, o que foi relatado ser comum para passageiros com mais de 80 kg! Para quem é taxista/motorista de aplicativo ou frotista atenção especial ao uso dos freios, cujas pastilhas deverão ser trocadas a cada 20 mil km ou menos, dependendo da forma que se usa os freios.

[Concessionárias] A rede atende bem, principalmente na Pedragon Colorado em Brasília-DF, e o preço é condizente com o produto e serviços oferecidos.

[Comentários adicionais] O carro é excelente para condutores grandes quem buscam um carro 0km com conforto, praticidade, segurança e conveniência. Tem bom desempenho, elegância e corresponde às expectativas.

[Best Cars] O site é sempre uma referência para quem procura boa informação e avaliação na busca por um bom automóvel. Esta sessão é um bom diferencial para quem deseja informações mais aprofundadas sobre o comportamento do carro em uso diário. Parabéns a toda equipe Best Cars e um abraço a todos os leitores!

[Data de publicação] 6/9/18

[Nome] Milton Diniz
[Cidade] Bragança Paulista
[Estado] SP

[Versão] LTZ automático
[Motor] 1.8 8V
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Ergonomia, Economia com as alterações no motor, Espaço de bagagem, itens de conforto incluídos (14 itens à mais que a versão LTZ anterior)

[Principais aspectos negativos] Som de ar passando pelo carro que entra na cabine (provavelmente pelo defletores instalados embaixo do carro na frente abaixo do para-choque e na frente das rodas traseiras), acabamento do porta malas com lataria aparente e vários furos que você pode machucar os dedos

[Defeitos apresentados] Ótima mecânica .Tive um Cobalt LTZ Automatico modelo 2013 e rodei 160.000 km sem qualquer problema (todas as revisões feitas na concessionária)

[Concessionárias] A minha Concessionária que sempre utilizei no interior sempre atendimento muito bom na parte de cordialidade e capacidade técnica.. Os valores cobrados poderiam ser mais moderados)

[Comentários adicionais] Tive um Cobalt 2013 e o novo modelo está ainda muito melhor… Ótimo custo-benefício e o motor está muito econômico fazendo na estrada 12 km/l (etanol) e 17 km/l (gasolina)…. Excelente trabalho de Engenharia da GM.

[Best Cars] Poderia ter mais comparativos nas diversas faixas de carros especialmente sedãs..

[Data de publicação] 20/10/17

[Nome] Ittallo Frienddc
[Cidade] Campina Grande
[Estado] PB

[Versão] LT
[Motor] 1.4
[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 80.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O carro é grande, confortável, cabe qualquer coisa dentro. Eu levo uma escada de 12 degraus dentro com a mala fechada. os porta trecos são muito bem dispostos . O carro esterça bem. Os bancos são confortáveis.

[Principais aspectos negativos] Vamos lá: Muitos pontos cegos na frente e atrás. não tem como abrir o tanque de dentro do carro. não tem como abrir o porta malas com o carro ligado (tem que tirar a chave da ignição para abrir a mala).

[Defeitos apresentados] do nada o sistema de alarme parou de funcionar. agora tenho que travar com a chave e abrir a mala com a chave. a ponteira homocinética do lado do motorista quebrou. troquei e em seguida quebrou a do passageiro.. ai eu troquei a do passageiro e o semi eixo do motorista quebrou. ai eu consertei e quebrou de novo. Amanhã estou indo consertar novamente e espero que não quebre mais. um ano atrás (o carro era da minha irmã) o carro super aqueceu e quando foram ver o fluido tinha vazado todo pela bomba de água. Já estou com vontade de vender o carro e não estou com ele nem à 6 meses.

[Comentários adicionais] o carro é bom, mas não estou aguentando essas homocinéticas

[Best Cars] ótimo

[Data de publicação] 7/4/17

[Nome] Sânzio Antonio Mendes Vieira
[Cidade] brasilia
[Estado] DF

[Versão] LTZ Automático
[Motor] 1.8 8v
[Ano-modelo] 2013
[Quilometragem atual] 100.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Na época da aquisição, destaque era o seu custo benefício. 1.8 8v com câmbio automático de 6 marchas, com excelente espaço interno , por menos de 50mil reais. Motor é um item controverso, mas sabendo utiliza-lo e respeitando os seus limites, não te deixa na mão. Cambio de boas trocas, resposta bem rápida.

[Principais aspectos negativos] Falta de automatismo dos vidros (que foi corrigido no facelift), falta cinto de 3 pontos no meio, falta de encosto de cabeça, pneus ecológicos que perdem a aderência com 20mil km.

[Defeitos apresentados] Nenhum defeito sério. Apenas manutenção de rotina e o recall da tampa do módulo de combustível. Sem maiores neuras.

[Concessionárias] Ah, as concessionarias. Deixei de fazer a revisão do carro em ccs quando ele tinha 1,5ano e 30mil km. O meXanico conseguiu trancar a chave dentro do carro, e ao invés de me chamar, resolveu por conta própria arrombar o carro, resumo quebrou duas peças da fechadura/maçaneta e ainda queria que eu pagasse (foi consertado, eu não paguei e as peças quebradas ficaram na conta do meXanico)

[Comentários adicionais] Infelizmente a escalada de preços o fez sair da minha lista de “desejos”. Tanto que estou comprando um médio semi-novo por atendimento às minhas necessidades.

[Best Cars] Excelente canal de informação.

[Data de publicação] 7/4/17

[Nome] Pedro Coutinho
[Cidade] Recife
[Estado] PE

[Versão] LT automático
[Motor] 1.8
[Ano-modelo] 2014
[Quilometragem atual] 60.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 2
[Câmbio] 4
[Freios]
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Espaço interno, facilidade de assistência técnica e manutenção, confiabilidade da marca, valor de aquisição e desvalorização na revenda aceitável.

[Principais aspectos negativos] Consumo de combustível em especial no trânsito pesado em trajetos curtos com o motor ainda frio. De segunda a sexta, com trajetos curtos e trânsito intenso a média de consumo é de 5,5km/. No final de semana com o trânsito livre o consumo urbano chega a média de 8km/l. Já na estrada, com velocidade até 110km/h é possível superar os 12km/l. Já com média de 130km/h o consumo é de 10km/l.

[Defeitos apresentados] Fiz os comentários nessa página quando o carro tinha 10.000 km e volto agora quando o odômetro registra 60.000. Defeitos foram basicamente três, todos resolvidos em garantia. O primeiro foi o quebra-sol que veio com defeito de fabricação. Surgiu um vazamento em um retentor do câmbio que foi substituído. Outro problema surgiu no cânister que foi substituído. Como surgiu esse problema do cânister o mecânico da concessionária tirou algumas vezes o tanque para análise e acabou rompendo um anel o que gerou vazamento, sendo igualmente solucionado em garantia. No mais, consumo natural de peças como a bateria que durou 18 meses. As pastilhas de freio foram trocadas aos 20.000 e 30.000km (frise-se que o carro é automático).

[Concessionárias] Utilizei apenas para assegurar a garantia com as revisões programadas no manual. As demais manutenções fiz com mecânico de confiança adquirindo as peças na concessionária. Tal medida deve-se ao valor exorbitante cobrado pela mão de obra nas concessionárias.

[Comentários adicionais] Repito as impressões anteriores. O carro é confortável, o câmbio é um pouco indeciso apenas nas mudanças de 2ª para 3ª marcha em subidas, nas demais, é preciso e rápido nas trocas, fazendo da 6ª um diferencial na estrada, mantendo o giro do motor baixo e consumo de 11km/l, numa velocidade média de 120km/h. Porta-malas excelente, acabamento na média do segmento. Estepe provisório não é a melhor das soluções, pelo menos os pneus de fábrica são de boa qualidade. Nessa versão LT, faltam alguns mimos que não considero essenciais, como vidro elétrico para os ocupantes do vidro traseiro, função um toque, ou abertura pelo controle do alarme. O calcanhar de aquiles é o motor que possui uma concepção antiga. Comparando-o com a concorrência, como Versa ou Etios percebe-se que a Chevrolet tenta extrair o máximo dos seus produtos antes de substituí-los, entregando produtos obsoletos. De toda forma, é uma opção bastante válida no segmento em especial pelo custo de manutenção, facilidade de revenda e valor do seguro.

[Data de publicação] 4/11/16

[Nome] Reginaldo
[Cidade] Pinhais
[Estado] PR

[Versão] LTZ automático
[Motor] 1.8
[Ano-modelo] 2014
[Quilometragem atual] 20.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Espaço interno – Conforto – Segurança ao dirigir – Câmbio

[Principais aspectos negativos] Consumo na cidade (em pequenas distâncias)

[Defeitos apresentados] Pequenos problemas como: Barulho no banco do carona; Ruído no vidro do motorista; Ruído no painel; Troca da bateria em garantia.

[Concessionárias] A rede de concessionários tem ótimos técnicos, mas no meu caso os primeiros técnicos não tinha o conhecimento técnico o suficiente para corrigir os barulhos. Só após minha reclamação e que direcionaram para um técnico com conhecimento que trocou as peças do banco e corrigiu o barulho do vidro e do painel.

[Comentários adicionais] Ótimo custo beneficio (estou contente com a aquisição);
O consumo na cidade em pequenas distancias (com o motor frio) é alto 5km, por litro de Etanol. Na estrada, responde bem e é econômico chega a fazer 10,5km por litro etanol andando 100 a 110km. com 4 pessoas mais bagagem. Ótimo espaço interno.

[Best Cars] Ótima opção para quem gosta de informação sobre carros.

[Data de publicação] 11/9/15

 

[Nome] Jorge da costa pimenta
[Cidade] Rio de janeiro
[Estado] RJ

[Versão] LTZ AUT. ADVANTAGE
[Motor] 1.8
[Ano-modelo] 2014
[Quilometragem atual] 20.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 2
[Desempenho] 2
[Consumo] 1
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] È um carro com uma proposta razoável com relação ao preço. A minha versão é completa com couro personalizado no bancos,, controle de velocidade, sistema de som My Link, peca em itens simples de acabamento (faltam luzes do controle dos vidros elétricos). Muito bom porta malas, apesar de sem criatividade acho ele até bonito!! Como o meu é de uma série especial e exclusiva acho que ficou bonito. Minha mulher ao vê-lo na conss, achou lindo!!! Tinha um Focus 2.0 sedan 2011 que nem se compara, só que como valorizo meu dinheiro, me recusei a pagar quase 70 mil no novo!!! Com isto, andando de taxi num Cobalt , vi as virtudes deste carro e achei o preço a vista com um desconto bom dado a opção mais racional. Sou Engenheiro e goto muito de mecânica e mesmo sabendo que motor é velho achei que a minha grana vaia mais.

[Principais aspectos negativos] O motor!!!!Pouca gente sabe , mas este motor é o antigo 1.4CC, que virou 1.6 CC e depois com algumas melhoras técnicas virou este 1.8 CC…….Simples assim, Um motor com cabeçote de ferro velho e que cobra isto no consumo muito alto. Nunca se passa de 8/9 Km x L na estrada e na cidade uns 5/6 Km x L…..O meu dirigido de forma econômica na cidade não passa de 6.0 no Etanol. Na estrada com gasolina pé leve , controlador de velocidade ligado NUNCA passa de 10/11 Km com gasolina..

[Defeitos apresentados] Nenhum defeito

[Concessionárias] na revisão de 20.000 Km, tentaram me empurrar um orçamento de R$ 1430,00 ( a empurroterapia de sempre). No final aprovei o que manda a fábrica caiu para menos de R$ 300,00.

[Comentários adicionais] Relação custo benefício ideal, O meu modelo ntão nem se fala!!!

[Best Cars] Site muito bom e presta um serviço inestimável aos amantes de carro. Sempre busco informações sobre os carro antes de comprar um.

[Data de publicação] 17/7/15

[Nome] Dirceu Hoffmann Corsetti
[Cidade] Porto Alegre
[Estado] RS

[Versão] LT
[Motor] 1.4
[Ano-modelo] 2014
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] [freo]
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Eu comecei minha experiência como detrator do Cobalt. Antes de andar no carro eu jamais o indicaria. Fiquei realmente receoso com relação ao motor 1.4 num carro desse porte, até descobrir que ele tem 1.110kg, o que me impressionou muito. Como comparação, o Fiesta Rocam 1.6 Hatch tem 1.140kg em um carro consideravelmente menor em todas as dimensões. É uma plataforma absurdamente leve. Dirigindo o carro em uma cidade plana como Porto Alegre vê-se como faz sentido este motor. Tenho feito uma média de 12km/l em percurso urbano, o que considero muito bom. Já viajei mais de 600km com 5 ocupantes e porta-malas cheio em estrada predominantemente plana e consegui fazer 14,7km/l.
O ponto que mais me surpreendeu foi o baixíssimo nível de ruído interno. Até os 3000 rpm não se ouve o motor, mesmo com o rádio desligado. Sinceramente: ele parece elétrico. Até agora não senti barulho de nenhum painel interno, nem outros grilos. A experiência no habitáculo é muito pacífica. O câmbio manual tem engates precisos e tem curso curto, muito bom de usar no dia a dia. A suspensão absorve bem os buracos e ele tem uma boa altura do chão. O comportamento nas curvas é neutro, e apesar de não ser tão ágil na cidade em função do comprimento, não rola tanto a carroceria.
A GM canalizou toda a elétrica para a GM LAN, que sabe até quando uma luz do pisca está queimada, mesmo na versão de entrada. Isso significa que vários mimos são possíveis, como ligar apenas a luz da placa traseira pra iluminar o chão quando se abre o porta-malas, 3 piscas pra troca de pista. Poucos carros começaram tão mal de imagem pra mim quanto o Cobalt e se saíram tão bem.

[Principais aspectos negativos] A ausência da abertura interna para o porta-malas na versão LT e das luzes de conveniência para o banco traseiro são notáveis. Mais notável ainda é a falta de encosto e cinto de três pontos no ocupante do meio do banco traseiro. Não tem mais desculpa pra isso hoje. Falta também o mostrador da temperatura do motor, que pra quem cuida do carro é bom pra saber quando dá pra pisar. Não gostei do freio, que parece afundar e não passa muita confiança.
Um ponto aqui não pode deixar de ser dito: esse carro não tem apelo de design. É uma escolha consciente. Faltou à GM colocar um pouco de alma na hora de fazer o exterior. O tamanho desproporcional da caixa de roda é só um dos problemas estéticos dele. Elementos de marca sobrando e muita coisa acontecendo ao mesmo tempo dão uma cara suja no visual. Espero que quando vier a nova versão ele não deprecie tanto por causa disso.

[Defeitos apresentados] Ruído da bomba de combustível quando abastecido no etanol. Concessionária resolveu.

[Concessionárias] As revisões foram agendadas com antecedência e não tive nenhum problema.

[Comentários adicionais] A primeira impressão é estranha e acho que isso está afastando muita gente de ver como esse carro é bom. Carro grandão, leve, econômico e muito silencioso.

[Best Cars] Esse site é ótimo. Conteúdo de qualidade e com profundidade. Falta muito isso no jornalismo automotivo.

[Data de publicação] 17/7/15

[Nome] Zorailson Moura Santos
[Cidade] Vitória da Conquista
[Estado] BA

[Versão] LTZ
[Motor] 1.8
[Ano-modelo] 2014
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] conforto – posição p/ dirigir – porta malas 10 – my link – computador de bordo – estabilidade – cambio manual – retrovisores externos – motor responde muito bem – econômico por ser um motor 1.8, na estrada faço até 18 km (gas) rodando á 100/110 e na cidade 10 a 10,5 obs;pezinho leve ao dirigir. No etanol 12 na estrada e 7,5 na cidade.

[Principais aspectos negativos] falta de iluminação no comando dos vidros elétricos – retrovisor interno muito pequeno – faltou marcador de temperatura.

[Defeitos apresentados] por enquanto nenhum, rodei 7 mil km, espero não me decepcionar daquí prá frente.

[Concessionárias] por enquanto me atendeu bem, pois fiz apenas uma revisão de 5 mil km.

[Comentários adicionais] apenas dizer que depois dos 5 mil km, o carro melhorou muito o consumo, estou muito satisfeito com o cobalt 1.8 ltz manual.

[Best Cars] simplesmente, ótimo parabéns…

[Data de publicação] 13/3/15

 

[Nome] Helio Jr
[Cidade] Cuiaba
[Estado] MT

[Versão] LTZ
[Motor] 1,4
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Muitos aspectos práticos como o espaço interno, econômico, mecânica resistente, seguro e revisões de custo baixo, muitas opções de peças no mercado e o preço desta versão LTZ 1.4 Prata 2014/15 paguei 47.990. Aspectos subjetivos gostei dos bancos, da sensaçao de estar em carro de categoria superior, principalmente pelo espaço interno e requinte do painel e do MyLink, vidros elétricos nas 4 portas, acionamento do porta malas e da tampa do tanque serem internos e elétricos. Com certeza um carro feito de dentro para fora seja em requinte e acabamento quanto ao espaço e conforto. Motor suficiente e principalmente eficiente, tem um desempenho razoável, porém o consumo é muito bom considerando o tamanho do Cobalt. Cambio macio e preciso. Visualmente esta versão me agrada muito, gosto da lateral de cintura alta e janelas pequenas, gosto das rodas de liga leve e da traseira, a frente tem uma grade imponente mas os faróis estragam a frente. Todos que já tiveram a oportunidade de andar como passageiros no Cobalt o elogiaram muito em maciez da suspensão, conforto dos bancos e o espaço para pernas e ombros. Para mim a suspensão absorve bem as imperfeições das ruas esburacadas, principalmente devido aos pneus de perfil alto, mas achei normal em nada se compara aos grandes GMs como Monza e Opala. Apesar do Cobalt não ser da categoria desses dois citados mais esperava mais conforto da suspensão. Posição de dirigir difícil na minha opinião nem sempre me sinto confortável acredito estar em um processo de adaptação ao carro e aos seus comandos, pois venho de 5 VW seguidos. Ar condicionado muito bom e a distribuição do ar gelado muito eficiente, uma surpresa muito boa.

[Principais aspectos negativos] Botões dos Vidros elétricos não iluminados e mal posicionados na porta. Alarme não levanta os vidros e não faz nenhum tipo de sinal sonoro. Acabamento do pará-choque traseiro deprimente, parece que o carro foi batido e o pará-choque foi mal encaixado. Levei a concessionária e vi um relatório com mais de 10 fotos reportando a fabrica do problema. Pneu estepe temporário.

[Defeitos apresentados] O carro veio com um problema na porta do motorista. Quando acionava o alarme todas portas travavam menos a do motorista. Problema resolvido após agendar por telefone um horário.

[Concessionárias] Após adquirir 5 veículos da Volks resolvi me arriscar na GM. O carro estou gostando mais a concessionária perde em muito para a VW. Todo tipo de contra tempo e por menores para aquisição do veiculo. Perto da VW a concessionária da GM foi totalmente amadora. Vendedor só sabe o preço do carro, Departamento Financeiro não sabe explicar o contrato e quer que você assine sem ler, Despachante demora mais de 15 para providenciar a placa, Entrega Técnica ridícula não explica nada direito, uma pressa, ate na hora de colocar a placa foi uma dificuldade. O pior é que tudo era agendado com antecedência e ainda tive que esperar mais de meia hora sempre. Acredito que não fazem de má fé pois o que vi foi falta de organização, falta de gestão, todos correndo em círculos sem sair do lugar. Por sorte existem outras concessionárias e certamente se o setor de oficina e revisões for assim será um grande problema para a marca.

[Comentários adicionais] O carro é gostoso de dirigir, os passageiros adoram, econômico, a mecânica é antiga portanto testada e esta sendo eficiente no meu Cobalt. Uso diário urbano com media de 7,5 km/l no álcool. Tenho um amigo que tem um Cobalt que recomendou usar a gasolina mas ainda não utilizei.

[Best Cars] O Best Cars é um site de leitura obrigatória para mim e este espaço é muito democrático e extremamente informativo para nós consumidores. Estava de olho no Grand Siena mais li muitos relatos desaprovando o carro, acho que tem algum erro no projeto do carro. O Cobalt me parece um projeto melhor apesar de haver recall para o Cobalt, o carro não tem um defeito mecânico crônico. Pena que a GM não disponibiliza carros ao Best Cars para avaliação.

[Data de publicação] 19/12/14

[Nome] PEDRO COUTINHO
[Cidade] RECIFE
[Estado] PE

[Versão] 1.8 AT
[Ano-modelo] 2014
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 2
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Espaço interno, facilidade de assistência técnica e manutenção, confiabilidade da marca, valor de aquisição.

[Principais aspectos negativos] Consumo de combustível, design.

[Defeitos apresentados] Por hora, apenas um quebra sol com defeito de fabricação.

[Concessionárias] Apesar das tentativas dos fabricantes em tabelar o preço das revisões, operam valores diferentes e recomendam serviços desnecessários.

[Comentários adicionais] Impressionante a variação do consumo de combustível de acordo com o uso. Trata-se de um automático de seis marchas. No final de semana, com trânsito sem retenções, o consumo médio é de 8,5 km/l. Já em dias úteis, nos percursos que costumo fazer, de menos de 5km, com congestionamentos, a média é de parcos 6 km/l. No mais, o carro é confortável, o câmbio é um pouco indeciso apenas nas mudanças de 2ª para 3ª marcha em subidas, nas demais, é preciso e rápido nas trocas, fazendo da 6ª um diferencial na estrada, mantendo o giro do motor baixo e consumo de 11km/l, numa velocidade média de 120km/h. Porta-malas excelente, acabamento na média do segmento. Estepe provisório não é a melhor das soluções, pelo menos os pneus de fábrica são de boa qualidade. Nessa versão LT, faltam alguns mimos que não considero essenciais, como vidro elétrico para os ocupantes do vidro traseiro, função um toque, ou abertura pelo controle do alarme.

[Best Cars Web Site] Sem sombra de dúvidas, a melhor fonte de informações sobre o universo automotivo de língua portuguesa do Sistema Solar. A ausência de veículos da Chevrolet nos testes são sempre sentidos por mim, sabedor da origem dessa falta. De toda sorte, como a Chevrolet está se renovando (ou seria renascendo?), acredito que possa haver uma reconciliação do BCWS e a GM. Obrigado por nos fornecer um site de tamanha qualidade. Vida longa ao Fabrício!

[Data de publicação] 30/4/14

[Nome] Ney Matsumura
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] LTZ 1.8 Aut
[Ano-modelo] 2014
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito

[Estilo] 3
[Acabamento] 2
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 2
[Desempenho] 4
[Consumo] 1
[Câmbio] 2
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 2

[Principais aspectos positivos] Conforto para a categoria de preço, porta-malas gigante. Consumo bom na Estrada, conforto na estrada, viva voz do mylink é ótimo.

[Principais aspectos negativos] Consumo HORRIVEL para pouco motor(100% Transito pesado de São Paulo – 4,6 KM/L alccol), o câmbio tem MUITO a melhorar, motor não tem potência, retomadas Horríveis, não tem abertura do tanque interna, nao tem abertura interna do porta malas e pelo controle a chave tem que estar fora do contato, camera de ré para o mylink custa mais de 800, o GPS para o MyLink tem que ser através do celular. Aplicativo custa 50 dólares e é muito ruim e compatível com poucos celulares. Não vem com filtro para o ar-condicionado, não tem apoio de braço (nem como opcional), excesso de plástico, qualidade do acabamento deixa a desejar.

[Defeitos apresentados] Barulho na bomba de combustível (intermitente) a concessionária não reconheceu o problema e tive que acionar o SAC. Vedação do tanque de gasolina para partida a frio ocasionou um cheiro muito forte de gasolina dentro do carro.

[Concessionárias] Chevrolet NOVA Butantã cobrou 280,00 para troca de óleo, filtro e aditivo na troca dos 5.000 KM (fora da garantia). O preço tabelado para a troca nos 10k é de 198,00 e trocam mais coisas, ou seja, a CSS explorou. Queriam cobrar 70,00 pelo filtro de ar do ar-condicionado que é achado por R$15,00 em qualquer loja e sua instalação é muito simples, novamente a CSS explorando.

[Comentários adicionais] Muito barulho por causa do excesso de plastico com acabamento a desejar. O câmbio automatico é horrível no trânsito.
Creio que quente tem um carro mais simples e sobe para o COBALT fica entusiasmado, mas o contrário é só decepção!

[Best Cars Web Site] Gostaria de ler encontrado esta página antes da minha compra. Continuem o bom trabalho e tenham a certeza que qdo eu trocar a banheira por algum carro vou passar por aqui.

[Data de publicação] 4/4/14

[Nome] Thalis Nobre
[Cidade] Natal
[Estado] RN

[Versão] LTZ 1.8
[Ano-modelo] 2014
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito

[Estilo] 2
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 1
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Espaço interno muito bom assim como o espaço do porta malas, ruídos internos baixos, boa sensação de conforto no interior e assim como boa estabilidade, cambio bem acertado e suave.

[Principais aspectos negativos] Acabamento interno medíocre nos plásticos para faixa de preço com rebarbas grosseiras e encaixes não “casando” bem com as peças, o motor bastante ultrapassado tornando o consumo altíssimo (aproximadamente 5,7 km/l rodando com Etanol e 7 Km/l com gasolina, o ar condicionado em velocidades mais altas passa a ser muito ruidoso a ponto de atrapalhar conversas e “abafar” o sinal sonoro do sensor de ré, falta de terceiro encosto de cabeça para o passageiro central, falta sensores antiesmagamento e one touch nos vidros e falta de pontos isofix.

[Defeitos apresentados] o nível de óleo do motor estava abaixo do mínimo na revisão dos 5.000 Km, ao verificar o estado das velas de ignição as mesmas estavam sujas de óleo e foi constatado defeito no cabeçote, tal troca foi agendada os 1.000 km seguintas, o pedido da peça não foi realizado após 30 dias e foi remarcado para revisão dos 10.000 Km. Após retirada do cabeçote os pistões apresentavam borras, o serviço de reparação foi feito e até então não surgiram mais defeitos.

[Concessionárias] Extremamente insatisfeito! Na compra do veículo nenhum funcionário demosntrou conhecer o produto nem conseguiram responder questões como consumo, portência, ou uso do sistema My Link.
Após a compra a quando a vendedora vai enviar o pedido para fábrica ela entra em contato para informar que a cor escolhida(Bege Desert)havia sido retirada da linha de montagem, indignado com tal absurdo entro em contato com a fábrica que desmente o alegado pela concessionária afirmando que a cor continua em linha de montagem. Após uma semana o problema foi constatado e fui informado que o problema era erro da vendedora ao enviar o pedido para fábrica.
No dia da entrega haviam arranhões no para lamas dianteiro e manchas pretas de dedo no lado direito painel, para sol e revestimento do pilar A, após reclamação realizaram um polimento no local do arranhão e limpeza no interior do veículo.
Na primeira revisão foi constatado defeito de fábrica no cabeçote e o serviço de reparação foi agendado os 1000 km seguintes, ao ser cumprida essa distância retorno a concessionária e sou informado que o serviço não havia sido agendade nem a peça de reposição havia sido pedida, novamente foi necessário entrar em contato com o fabricante para sanar o problema, que foi marcado para segunda revisão dos 10.000 km, chegando a essa kilometragem ainda esperei a Natal Veículos pediu mais 2 semanas para peça chegar. Extremamente insatisfeito fui a outra concessionária, Espacial Veículos, com 2 semamans levei o carro para trocar o cabeçote e em 48 horas o problema foi resolvido, tendo nesse período um carro reserva sido disponibilizado.

[Comentários adicionais] O carro apesar de não ter estilo muito agradável atende bem as minhas necessidades e garantem minha satisfação porém o consumo e o desempenho poderiam ser melhorados e atualizado.

[Best Cars Web Site] Com certeza o site mais completo e confiável que existe, trazendo sempre sinceridade, confiabilidade e informações que não se encontram em outros sites do tipo. Há 10 anos acompanho o BCWS mais que satisfeito com seu conteúdo e tratamento com o público!

[Data de publicação] 21/3/14

[Nome] Manoel Ribeiro
[Cidade] Porto Alegre
[Estado] RS

[Versão] LTZ 1.8 Aut
[Ano-modelo] 2013
[Combustível] Flexível
[Quilometragem atual] 25.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Espaço excelente, bons bancos, interior caprichado p a categoria, conforto ao rodar, desde que não se utilize as 35 libras nos pneus recomendadas pela GM. Uso 30 na dianteira e 28 na traseira, o carro fica muito macio e silencioso, e não compromete a estabilidade e o consumo. Apesar do estilo controverso, o Cobalt é um carro imponente, com seu desenho com traços norte americanos. Conjunto motor e câmbio automático de 6 marchas se entendem bem, e não falta força. O controlador de velocidade tb ajuda muito em viagens longas.
Consumo surpreendentemente baixo p um GM/automático, principalmente na estrada.
No geral é um carro que se não encanta à primeira vista, vai conquistando o dono com o tempo.

[Principais aspectos negativos] Fragilidade dos plásticos do interior, que arranham só de olhar p eles. Meu carro ainda é novo, está tudo em ordem, mas não me passa uma idéia de carro muito resistente/duradouro, o que talvez seja só uma impressão.
As rodas deveriam ser 16 polegadas, como as do Agile 2014, as de 15″ parecem pequenas para o porte do carro. Os pneus Bridgestone não são dos mais duráveis, e os freios pecam pelo desgaste rápido de pastilhas e discos. Pelo preço, o LTZ 1.8 deveria vir com sensor de chuva, ou controle variável na posição intermitente do limpador de parabrisa pelo menos (a Spin e o Onix tem), e deveria ter opção de bancos em couro e air bags laterais e de cortina. Classifico como grave o fato de não ter, nem como opção, o encosto de cabeça e do cinto de 3 pontos no centro do banco traseiro.
Outra coisa que aborrece é a falta do sistema um toque e interface para os vidros elétricos (ainda não me deram uma explicação convincente para estas ausências). Isso é muito chato, tem sempre que conferir se os vidros estão fechados. Por fim, paddle shifts seriam muito bem vindos no lugar do botãozinho na alavanca p as trocas manuais.

[Defeitos apresentados] Quando saí da concessionária, após 1.500 metros (!!!), o ABS começou a acionar sozinho, sem nem pisar no pedal do freio. Mas resolveram após umas duas horas. Coluna de direção apresentava estalos, e foi substituída aos 15 mil km. Em marcha lenta, há uma oscilação na rotação do motor, que nas concessionárias dizem que é normal, mas não me parece que seja.

[Concessionárias] Este é meu 11º Chevrolet, e se juntar com os que meu pai teve, passa de 30 na família, mas sem dúvida SERÁ O ÚLTIMO. Gosto da marca, mas as concessionárias, apesar de os mecânicos terem boa vontade, são quase todos jovens e sem muita experiência. Faltam mecânicos sêniors, que tenham “horas de vôo”, o que em mecânica é fundamental. Tive problemas com meu outro Chevrolet, que ficou 40 dias parado na concessionária, por um defeito provocado por eles na caixa automática. A concessionária não queriam assumir, nem dar garantia. Solução: pegar o Cobalt, pois não conseguia nem rodar com o carro até outras concessionárias de outras marcas para avaliação.
As concessionárias fazem jogo de empurra para honrarem a garantia, e ficam dizendo que é desgaste ou mau uso. A garantia de 3 anos é uma forma de as concessionárias e a Fábrica prenderem o cliente às revisões periódicas, mas na hora de honrar, sempre têm um porém. Me incomodei demais nas concessionárias, e por isso, quando eu trocar, meu próximo carro será de qualquer outra marca, menos GM.

[Comentários adicionais] Carro muito bom. Tem rodar de carro médio, é macio, silencioso. Ao volante parece carro de outro nível, é gostoso de dirigir. Só não terei outro por culpa da Rede Autorizada.

[Best Cars Web Site] O Best Cars é único. Acima de tudo, passa credibilidade. Acesso diariamente, e para mim é referência na imprensa automotiva do país. Vocês estão de parabéns!
Preferi esperar meu carro ter uma quilometragem maior para me manifestar, pois acho que com mais tempo de convivência com o carro, tem-se reais condições de opinar com maior propriedade.

[Data de publicação] 21/3/14