Chevrolet Celta – motor de 1,4 litro

FacebookTwitterGoogle+Bookmark/FavoritesEmailPrintShare

 

[Nome] Douglas Dorighello
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP
[E-mail] douglasdorighello@yahoo.com.br

[Versão] Spirit
[Ano-modelo] 2006
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 70.000 km
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 2
[Espaço interno] 2
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O desempenho do motor é bem superior aos modelos 1.0. Digo isso pois tive, antes deste Celta, um Corsa 1.0 98 no qual permaneci com ele por mais de oito anos. As peças e seguro são baratos. Ar condicionado gela bem, porta malas é bom, se comparada a categoria do carro.

[Principais aspectos negativos] A qualidade das peças de acabamento são bem simples. Quem compara as peças de um Celta 2011 com um Corsa 2011 (dois carros de categoria popular) pode perceber a enorme diferença que existe. A maioria dos carros da GM tem um problema: desfiar o cinto de segurança. Repare em seu modelo, se você tem um, e verá que é verdade. O espaço do banco traseiro é sofrível mesmo para um a criança.

[Defeitos apresentados] Defeitos graves não, fiz apenas manutenções preventivas como velas, cabos, filtos de óleo, combustível, ar e ar condicionado (muita gente se esqueçe deste último, às vezes sequer sabe que existe). Em meu carro SEMPRE usei óleo 5W 30. Motor sempre redondinho sem nenhum problema. Passou por 3 vistorias da Controlar e sempre aprovado com folga.

[Concessionárias] Concessionária, com exceção de Honda e Toyota, não confio em nenhuma, pois a impressão que tenho ao entrar é que eles já estão pré-dispostos a te enganar. Tudo em nome das “metas” impostas pelos donos das oficinas. Quanto as peças originais, quase sempre comprava nas autorizadas GM. As peças, muitas vezes, estavam mais em conta que no mercado paralelo. Há algumas peças que não necessariamente precisam ser original. Por exemplo: pastilhas de freio, discos, velas, cabos de vela, farois e lanternas, são peças facilmente encontradas no mercado paralelo com a mesma qualidade das originais com um preço inferior. No entanto, quando se trata de acabamento não tem jeito. Temos que recorrer as concessionárias

[Comentários adicionais] Vale a pena se você sabe aquilo que o carro se propõem a te oferecer. Acabei de vendê-lo após ficar com ele desde setembro de 2.006. Comprei com apenas 2.800 km rodados e rodei mais de 65.000. Só uma coisa: Se você vai utilizá-lo para transporte de pessoas no banco de trás com frequencia, recomendo comprar um quatro portas, uma vez que oo duas portas tem um difícil acesso ao banco traseiro mesmo para crianças.

[Data de publicação] 13/8/11

[Nome] Felipe Vinicius Santos Feltrin
[Cidade] Campinas
[Estado] SP
[E-mail] não publicado a pedido

[Versão] Super 1.4
[Ano-modelo] 2005
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 70.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Insatisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 1
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 2
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 3
[Desempenho] 5
[Consumo] 1
[Câmbio] 3
[Freios] 3
[Suspensão] 2
[Estabilidade] 2
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Apesar do saturado desenho, ainda possui linhas muito boas, sendo um dos aspectos positivos. A agilidade de ser pequeno, o motor 1.4 é muito potente para o peso do veículo, deixando uma relação peso/potência muito boa.

[Principais aspectos negativos] Comprei o carro a pouco mais de 5 meses para trabalhar, procurei um 1.4 e com ar condicionado, porém após ver o consumo nunca mais me animei a liga-lo. Tirei a média de consumo, rodando 345km sendo 70% disso na estrada, andando a 110 ~ 120km/h, nada absurdo para gerar um consumo de 11,6km/l, de GASOLINA, isso porque meu carro nem é flex, ou seja, o motor foi feito para rodar com gasolina. A posição de dirigir é horrível, eu tenho 1,81m e me sinto extremamente desconfortável dentro do carro, tendo duas opções, ou condeno as minhas pernas deixando o banco perto do painel e o encosto extremamente reclinado, ou eu afasto o banco, deixo o encosto numa posição boa e bato a cabeça no teto. O espaço interno é uma brincadeira. Eu sai de uma Saveiro e comprei o Celta e deu na mesma, teoricamente “dois lugares”, pois quem vai atrás passa aperto. A suspensão copia muito as irregularidades do asfalto e não atua muito para manter a estabilidade, que para melhorar um pouco só colocando pneus mais largos.

[Defeitos apresentados] Devido ao alto consumo, fiz uma manutenção preventiva trocando Velas, Cabos de Vela, Filtro de Combustível, Filtro de Ar, Limpeza de Bicos, Correia dentada e Tensor da Correia. Foi feito um acerto na injeção eletrônica mas nada adiantou. Também troquei a bomba d’água que estava vazando e com a polia com folga e a polia do compressor do ar condicionado que estava com folga.

[Comentários adicionais] Em geral, se o consumo fosse melhor, o câmbio fosse melhor escalonado e tivesse pelo menos uma posição de dirigir mais agradável, para mim seria uma ótima opção. Não posso falar que é um carro ruim, pelo contrário, é um carro muito bom para trabalhar, pena que não dei sorte na compra do mesmo!

[Best Cars Web Site] Para mim é um guia completo. Toda vez que vou trocar de carro venho aqui ler as páginas e páginas de opiniões de donos de automóveis, pois nada melhor do que ouvir a opinião do consumidor e não os números astronômicos prometidos pelas montadores.

[Data de publicação] 13/8/11

[Nome] Evandro
[Cidade] Taubaté
[Estado] SP
[E-mail] não publicado a pedido

[Versão] Life 1.4
[Ano-modelo] 2005
[Combustível] Gasolina e GNV
[Quilometragem atual] 80.000 km
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 3
[Acabamento] 1
[Posição de dirigir] 1
[Instrumentos] 1
[Itens de conveniência] 1
[Espaço interno] 1
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 1
[Freios] 1
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O Celta 1.4 possui um motor com 85 cv, que é bem adequado para um carro desse porte, a aceleração e as retomadas são boas. Da segunda marcha em diante o carrinho mostra que é valente e acelera p/ valer, obviamente sem comparação com qualquer 1.0. Dá para manter 120 km/h em estradas sobre e desce com tranqüilidade. O consumo é baixo com gasolina, instalei GNV e andando a 100-110 km/h na estrada o carrinho é realmente extremamente econômico, fazendo até 20 km com 1 metro cúbico de GNV, o que equivale a fazer 30 km com 1 litro de gasolina! Realmente o GNV traz perda de potência, mas o que importa é que depois de 100.000 km eu tenho uma economia média de aproximadamente uns R$ 12.000,00. A suspensão do Celta é bem superior ao meu carro antigo, um Ford Ka, mas isso tem um custo. Outro ponto positivo no carro é o seu preço.

[Principais aspectos negativos] É importante enfatizar a proposta do carrinho, pequenino e baixo preço, mas o grande problema dele em primeiro lugar grau é o ruído em velocidades acima de 100 km/h. Pense muito nisso antes de comprar um. Um amigo comprou um Prisma 1.0 sem me consultar e está assustado com o ruído interno dele. Culpa do câmbio curtíssimo em 5a. marcha e do pobre revestimento acústico, a 120 km/h o motor está em 4.000 rpm, realmente um absurdo, custava fazer um câmbio 4+E ou pelo menos acertar o câmbio para uma rotação menor em 5a marcha? Só mesmo nesse País para venderem algo assim. Aqui no Best Cars tem uma matéria excelente sobre os problemas dos câmbios brasileiros, leitura obrigatória. Lembro quando adolescente do Monza na família que mantinha uns 3.000 rpm ou menos a 120 km/h. Eu tenho 1,78m de altura, achar uma posição confortável de dirigir é complicado, o banco é um pouco estreito para mim, a caixa da roda à esquerda atrapalha e a direção é inclinada para a esquerda. O espaço interno também é pequeno, vide o tamanho do carrinho. Esqueça itens como ABS, airbag, ESP, esse carrinho não tem nada disso, no máximo uma barra lateral nas portas. Um colega sofreu um acidente feio, hoje ele não compra carro sem ABS, airbag, ESP, e tudo que tem direito. Como a maioria dos carros de baixo custo, não há indicador analógico de temperatura da água, só uma luz que acende quando a coisa já ficou preta. Já passei apuro quando uma das mangueiras do radiador estavam com vazamento e a luz acendeu. O vazamento era pequeno, mas já fazia um tempo que estava vazando. Havia percebido que a ventoinha estava acionando mais freqüentemente, era um sinal que havia problemas no sistema, pois o nível do líquido de arrefecimento estava baixo.

[Defeitos apresentados] 1 – O parafuso (de plástico) que prende o cabo da embreagem quebrou lá pelos 40.000 km, foi como ter quebrado o cabo. Resultado: a embreagem não acionava e fiquei sem poder sair do lugar por causa de um parafuso de menos de R$ 0,20. Coloquei um parafuso de metal para prender o cabo. 2 – O radiador do ar quente furou aos 78.000 km, foi trágico e inusitado, pois o líquido de arrefecimento quente saía pelos difusores de ar dentro do carro, em forma de névoa e também pingava bastante no assoalho. O furo foi devido à corrosão do radiadorzinho, que é feito de alumínio, o conserto ficou em R$ 450,00, teve que trocar a peça. A sorte que estava na cidade quando quebrou e levei rápido na oficina, se estivesse na estrada ia dar uma tremenda dor de cabeça. 3 – Lá pelos 50.000 km uma das mangueiras do sistema de arrefecimento apresentou um vazamento na região da braçadeira. O vazamento era pequeno, não foi de uma vez que vazou todo o líquido de arrefecimento. Como colocado anteriormente, percebi que a ventoinha estava acionando mais freqüentemente, era um sinal de problemas, pois o nível de líquido de arrefecimento estava ficando baixo. Você tem que sempre estar “conversando” com o seu carro para estar esperto com essas coisas. Como um amigo que cuida de carro há mais de 40 anos diz: sempre ando com jogo de ferramentas e água no porta-malas. 4 – Com 75.000 km quebrou o cabo de aço da trava da porta do motorista, tinha que abrir a minha porta por fora… a concessionária só vende o conjunto completo da trava, quase R$ 400,00. É a “filosofia” das concessionárias GM… Comprei só o cabo nessas lojas de peças por R$ 6,00. 5 – Além dessas surpresas bastante desagradáveis, o desgaste normal das peças. Na minha família compram Honda ou Toyota há anos, praticamente à prova dessas coisas que aconteceram comigo. São mais caros evidentemente, mas qualidade custa caro. Meu próximo carro será de uma dessas marcas, com certeza.

[Concessionárias] 1 – Somente em último caso. O cáster teve que ser alinhado e na minha cidade somente a concessionária tinha o gabarito. 2 – Meu mecânico antes de conseguir montar a própria oficina trabalhou muitos anos em oficinas de concessionárias. Lá a ordem é meter a mão no bolso dos clientes, sem dó.

[Comentários adicionais] Esse problemas que tive mostram a fragilidade do projeto do carrinho. São problemas pequenos que tomam uma dimensão grande, isto é, você vai ter que parar e vai xingar muito. Obviamente se você quiser mais conforto, desempenho e, principalmente, segurança e confiabilidade, solte o escorpião do bolso.

[Best Cars Web Site] O Best Cars é uma referência de qualidade e seriedade. Leitura obrigatória para quem tem carro e também um guia para quem quer comprar um.

[Data de publicação] 23/5/09

[Nome] Ayrton Pisco
[Cidade] Brasília
[Estado] DF
[E-mail] ayrtonpisco@gmail.com

[Versão] 2004 1.4
[Ano-modelo] 2004
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 130.000 km
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 2
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 2
[Custo-benefício] -

[Principais aspectos positivos] O que dizer de um carro que comprei 0 Km em fev de 2004 e nunca queimou uma lâmpada sequer? A bateria ainda é a original, a pastilha de freio uma vez, na revisão de 90.000 Km e só, o consumo, andando tranquilo na cidade, é de cerca de 15 Km/l em Brasília. Os pneus troquei aos 47.000 Km ( o Pirelli é mto ruim) por um conjunto Michelin que está até hoje. Um motor forte, confiável, nunca deixou de pegar na primeira tentativa, e econômico. Manutenção só a de rotina, nas revisões na autorizada. Todas as revisões a um custo médio de 500 reais a cada 15.000 Km. Impossível pedir mais de um carro com este preço.

[Principais aspectos negativos] Os freios não são tão fortes como esperado. Quanto ao conforto, acabamento e espaço, é o que se espera de um carro deste preço.

[Defeitos apresentados] A alça de apoio do passageiro quebrou (R$20,00 na concessionária), a moldura da dobradiça do banco dianteiro quebrou (R$ 15,00) e o cinto do passageiro ficou duro para soltar.

[Concessionárias] Comprei meu carro na Samff Brasília Asa Norte e fiz todas as revisões lá. Atendimento nota 10, prazos e preços ótimos. A única coisa que tenho a dizer foi que sempre tentaram me empurrar uma limpeza de bicos que nunca fiz: totalmente desnecessário.

[Comentários adicionais] O maior problema que enfrentei com este carro foi uma vez que furou um pneu. De resto sempre funcionou como um relógio. Pena que agora só fabriquem o 1.0: o 1.4 é muito melhor em tudo.

[Best Cars Web Site] O atual paradigma em jornalismo automotivo.

[Data de publicação] 23/5/09

[Nome] Luiz Fernando Wernz
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP
[E-mail] não publicado a pedido

[Versão] Super 5 Portas
[Ano-modelo] 2005
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 2
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 3
[Freios] 2
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 2
[Segurança passiva] 1
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Estou com ele desde janeiro de 2007 e esta é o terceiro teste que envio. Como sempre destaquei, levando-se em consideração o fato de ser um Celta equipado com motor 1,4 litros, ele tem desempenho excelente com consumo extremamente baixo, chegando quase a ser o mesmo de um 1,0 litro VHC abastecido com gasolina. Continuo afirmando que seu design externo me agrada mais do que o do Celta lançado em 2007 e que a diferença de desempenho em relação ao Celta VHC é enorme, devido principalmente ao câmbio extremamente curto desta motorização.

[Principais aspectos negativos] Continua o rangido na suspensão dianteira que lembra o de uma Blazer. Mandei engraxar e parou, mas basta chover mais forte que o rangido volta. No mais, o de sempre; acabamento e design interior pobres, freios fracos (apesar de o Celta com motor 1,4 litro contar com disco ventilado na frente), câmbio não muito preciso, espaço interno e porta-malas diminutos. Como havia prometido no teste anterior, publicado no dia 19/04/2008, no dia 20/01/2009 substituí os pneus ainda originais de medida 165/70 aro 13 por pneus 185/60 aro 14, o que sanou completamente os problemas de estabilidade que sempre mencionei. Estava apenas esperando os pneus originais “acabarem” para colocar outros de medida que transmitissem mais segurança em curvas e frenagens. Além disso, o carro ficou numa altura em relação ao solo perfeita, não mais raspando em lombadas ou valetas. Fica a sugestão dessa medida de pneus como a melhor. No mais, depois de dois anos dirigindo este carro pude perceber que encontrar uma boa posição de dirigí-lo não é fácil. Minha coluna que o diga. E continua registrada minha insatisfação quanto à segurança passiva do carro.

[Defeitos apresentados] Neste último ano, aos 48500km, a válvula termostática precisou ser substituída, assim como a junta da bomba d’água. Aproveitei para fazer a limpeza do sistema e troca do fluido de arrefecimento, troca da correia dentada e do esticador. Também ocorreu um curto-circuito na lanterna traseira que provocava mau funcionamento da seta do lado esquerdo, que entrava em conflito com a luz de freio e a lanterna de posição. Nada R$5,00 no auto-elétrico não resolvessem. A lingueta da tampa do reservatório do lavador do pára-brisa se rompeu, sendo necessário removê-la por inteiro ao completar o nível da água. Com exceção do curto-circuito da lanterna traseira e do defeito da válvula termostática, não gastei mais dinheiro com esse carro que não fosse para mantê-lo andando em ordem. Apenas gasolina, óleo e, agora, pneus e rodas novos.

[Comentários adicionais] Cumpre muitíssimo bem sua função para minhas necessidades; ir para o trabalho, passeios de fim de semana e viagens curtas. Estou com 21 anos e considero-o o carro ideal para o jovem que não quer (ou não pode) gastar muito, mas que faz questão de ter um carro com desempenho satisfatório e alguns mimos (no caso do meu, ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas). Manutenção simples e barata. Continuo sem previsões de quando vou trocá-lo.

[Best Cars Web Site] Simplesmente excelente.

[Data de publicação] 25/4/09

[Nome] Renan Tavares
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR
[E-mail] não publicado a pedido

[Versão] Energy 2P
[Ano-modelo] 2004
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 3
[Freios] 3
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 2
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O motor é ótimo, são 85 cv muito bem distribuídos e também é muito ágil. Anda pau a pau com os 1.6 mais antigos, principalmente os Volkswagens. Por se tratar de uma “evolução” do motor do corsa, pode se dizer que não dá problema fácil. A direção é bem leve e o carro é bem fácil de dirigir. O consumo anda em torno dos 10/11 pisando legal.

[Principais aspectos negativos] O câmbio é muito curto e por este motivo você sempre anda em 4ª marcha. Pro carro começar a desenvolver legal só de 2ª pra 3ª. A rotação sobe muito em velocidades acima de 120 Km/h, dá um pouco de medo de desossar o bichinho. Pra quem tem moto, é mais ou menos igual quando uma Titan passa dos 110 Km/h. A falta de estabilidade em altas velocidades é uma coisa a se citar assim como os ruídos internos que irritam um pouco.

[Defeitos apresentados] Estou com ele a pouco tempo, mas já tive problemas com barulho na tampa do porta-malas, coisa que uma regulagem resolveu, e uma batida de tucho quando funcionei o carro uma vez. Esta sumiu depois de um tempo.

[Comentários adicionais] Considero o carro um ótimo custo-benefício. Apesar de alguns pontos negativos no final das contas a compra compensa.

[Best Cars Web Site] Ótimo site. Pesquisei vários carros aqui antes de ir ve-los pessoalmente e me ajudou muito na minha escolha.

[Data de publicação] 25/4/09

[Nome] Douglas Stevan
[Cidade] Caxias do Sul
[Estado] RS
[E-mail] não publicado a pedido

[Versão] Energy 1.4 2p
[Ano-modelo] 2004
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 2
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 2
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O desenho porque ainda é atual e na minha opinião melhor que alguns concorrentes. Motor porque o 1.4 caiu muito bem para um carro de suas dimensões e peso, fazendo com que ele ande muito bem. Com certeza melhor que alguns motores 1.6 atuais e 1.8 antigos. Custo benefício porque o custo de manutenção é igual(por incrível que pareça!)aos carros 1.0 e o consumo, que do modo e onde dirijo faz médias entre 10/11 cidade e 14/15 estrada, além de você ganhar muito em desempenho.

[Principais aspectos negativos] Como a maioria dos donos de Celta e na minha opinião os pontos negativos são: o barulho interno causado pelo material usado, o barulho do motor em velocidades acima de 110-120 km/h devido ao câmbio com relação curta e os freios que são ruins mesmo.

[Defeitos apresentados] Comprei o carro a pouco tempo na concessionária e reparei alguns probleminhas: barulho na embreagem(rolamento), motor de arranque girando em falsa as vezes e peças de acabamento interno. O bom de tudo isso é que passado 30 dias após a compra levei o carro lá para eles examinarem esses itens e quando fui buscar haviam trocado tudo(de verdade!)na garantia. Foram colocadas peças novas e me entregaram uma relação completa de todos os itens trocados.

[Concessionárias] Conheço algumas e pela primeira vez eu me surpreendi positivamente. Comprei meu Celta na “Servibras” aqui mesmo em Caxias e desde o atendimento ao telefone até as vezes que fui lá para ele olharem os probleminhas que citei acima, fui muito bem atendido. Adquiri esse carro usado e fui tratado como se tivesse comprado um zero de categoria melhor. E o melhor de tudo isso é que a garantia é de 1 ano assim como os zeros. Eles estão de parabéns.

[Comentários adicionais] Quando comprei esse carro sabia exatamente o que estava comprando e não me arrependo em nada, até porque não tive motivo para isso. Posso dizer que é um dos melhores projetos da GMB até hoje. Para aqueles que estão pensando em adquirir um, podem ficar tranqüilos pois o Celtinha 1.4 é muito bom. Obs: Não acho que a estabilidade dele seja ruim. Acredito que pneus mais largos resolvam o problema de alguns motoristas além de um pouco mais de habilidade ao volante.

[Best Cars Web Site] Com toda certeza é a melhor referência sobre automóveis no Brasil.

[Data de publicação] 13/9/08

[Nome] Henrique Mitsushi Murakami
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR
[E-mail] não publicado a pedido

[Versão] Super 1.4
[Ano-modelo] 2005
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 3
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Desempenho mto bom, anda junto com 1.6 e alguns 1.8, consumo compatível.

[Principais aspectos negativos] Não possuir barra estabilizadora em nenhuma das suspensões.

[Defeitos apresentados] nenhum, por enquanto.

[Comentários adicionais] Carro ágil p/ uso na cidade,e confortável ao dirigir em estrada. Desempenho mto agradável, especialmente em arrancadas e retomadas.

[Best Cars Web Site] BestCars é o melhor site da categoria, Traz informações valiosas e avaliações imparciais em tempo real. Parabéns.

[Data de publicação] 13/9/08

[Nome] Luiz Fernando Wernz
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP
[E-mail] lfcsw87@yahoo.com.br

[Versão] Super 5 Portas
[Ano-modelo] 2005
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 35700 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 3
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 3
[Porta-malas] 3
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 3
[Freios] 2
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 2
[Segurança passiva] 1
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Estou com este carro há um ano. Comprei-o do meu cunhado, que só usava-o nos dias de rodízio, com apenas 12000 km, aproximadamente. O carrinho anda muito bem se comparado a seus concorrentes diretos (o motor 1.4 mais potente do mercado) e até comparado a modelos mais fortes. Já arranquei do lado de Audi A3 1.6 e fomos juntos até a terceira marcha. Depois o A3 abriu, mas esperava que nem arrancar junto o Celta 1.4 conseguisse. Pois bem, nesse 1 ano com este carrinho, já andei 23000 km, quase o dobro do que ele havia andado sua “vida” inteira antes de eu comprá-lo. E foram 23000 km muito bem aproveitados. O carro também é muito econômico, fazendo-me chegar à conclusão de que comprar um Celta VHC é um enorme equívoco. Seu consumo na cidade fica sempre entre 12,5 e 13 km/L e na estrada, com ar-condicionado desligado, beira os 17 km/L aos 120 km/h constantes. E meu carro ainda conta com direção hidráulica que, segundo alguns, faz o mesmo gastar mais. A diferença de desempenho do Celta 1.4 para o VHC é gritante. Tive a oportunidade de dirigir o VHC de um amigo ao mesmo tempo em que ele dirigia o meu. Enquanto meu amigo desceu do meu carro tecendo elogios, eu não tive muito o que comentar…

[Principais aspectos negativos] O carro faz um pequeno rangido na suspensão dianteira, semelhante ao que a Blazer faz, em dias de chuva. Já fui me informar sobre isso e parece ser um problema recorrente no Celta, inclusive no modelo novo. Os plásticos do acabamento poderiam ser melhores, apesar de fazerem menos barulho do que os plásticos do Peugeot 206 de minha irmã, que tem apenas 13000 km rodados. Os freios poderiam ser melhores, parecendo ser meio subdimensionados, a estabilidade com os pneus originais (165/70 R13) não é das melhores nem mais confiáveis e a segurança passiva deixa muito a desejar. Não sei nem mesmo se este carro possui barras de proteção lateral nas portas. Espaço interno e porta-malas são bem reduzidos, mas condizentes com a proposta do carro. O carro também é muito baixo, raspando em qualquer valeta mais pronunciada ou com o veículo carregado. Pretendo solucionar este problema colocando rodas de aro 14 quando for fazer a troca de pneus do carro.

[Defeitos apresentados] No Teste do Leitor que fiz assim que peguei o carro, ele apresentava um defeito na trava elétrica que já foi sanado logo naquela época. Até agora, o pior problema que deu, foi o ressonador do filtro de ar, que resolveu “pular” de seu encaixe com o carro em movimento, caindo em cima da correia do alternador e sendo destruído, produzindo um barulho terrível. Provavelmente, foi mal-encaixado pelo mecânico que executou a troca do filtro de ar dias antes. Não foi nada grave, a correia e as polias permaneceram intactas e mais nada foi danificado além do ressonador, que me custou R$75,00. E troquei óleo e pastilhas de freio, além de retificar os discos de freio que apresentavam ainda espessura suficiente para isso. Trocas de óleo e balanceamento das rodas também já foram feitos. Só o normal para um carro com 35000 km rodados.

[Comentários adicionais] É muito bom! Melhor que o esperado. Anda junto com carros mais potentes, gasta o mesmo que o irmão com motor 1.0 e de desempenho inferior e ainda tem uma ótima aceitação de mercado e manutenção das mais baratas. Pretendo ficar com ele por mais pelo menos uns 2 ou 3 anos!

[Best Cars Web Site] Como visitante assíduo do site a anos, só tenho uma palavra a dizer; Parabéns!

[Data de publicação] 19/4/08

[Nome] Irail Azeredo Brito
[Cidade] Miguel Pereira
[Estado] RJ
[E-mail] iranet@globo.com

[Versão] 1.4
[Ano-modelo] 2007
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 14000
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Porta-malas] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 3
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Economia e motorização.

[Principais aspectos negativos] Falta de acender a luz de salão pela porta do carona,sendo que eu mandei instalar.

[Defeitos apresentados] Até agora nenhum.

[Concessionárias] Gostam de aumentar o valor das revisões, inventando serviços que não são necessários em carros seminovos como exemplo:limpeza de bicos,arrefecimento,sistema do ar etc.

[Comentários adicionais] è um carrinho muito esperto tanto na cidade como na estrada,não é a toa que repeti a dose e troquei um 05 por esse zero, e que hoje não existe mais com essa motorização 1.4 por causa de não tirar mercado do PRISMA,quem tem não vende,pois é uma raridade(ainda mais completo; com ar,dh,vidros,travas,alarme rodas 14pol. e farol auxiliar tudo original)

[Best Cars Web Site] Sem comentários este site é DEZ,parabéns para toda equipe e sucesso.

[Data de publicação] 19/4/08

[Nome] José Jordão da Fonseca Neto
[Cidade] Porto Belo
[Estado] SC
[E-mail] jjfons@gmal.com

[Versão] Super
[Ano-modelo] 2005
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 53000
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 3
[Acabamento] 1
[Posição de dirigir] 2
[Instrumentos] 2
[Itens de conveniência] 2
[Espaço interno] 3
[Porta-malas] 3
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 2
[Câmbio] 4
[Freios] 2
[Suspensão] 2
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Apesar de ser um carro popular, é um carro fácil de dirigir, bonito e ágil.

[Principais aspectos negativos] Seu acabamento é muito ruim, poderia ser melhorado, principalmente o banco do motorista.

[Defeitos apresentados] Caixa de direção, fazia barulho quando passava por algum buraco. Troca dos amortecedores traseiros por apresentarem barulho.

[Concessionárias] O atendimento foi razoável, deixando a desejar, sempre tentando empurrar algum produto que não era necessário e deixando de resolver o que realmente estava com problema.

[Best Cars Web Site] Adorei a iniciativa de perguntar para os leitores suas opiniões sobre seus carros.

[Data de publicação] 27/10/07

[Nome] Jes Cerqueira
[Cidade] Salvador
[Estado] BA
[E-mail] jes@ufba.br

[Versão] 1.4
[Ano-modelo] 2004
[Combustível] Gasolina e GNV
[Quilometragem atual] 62000
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 2
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 3
[Porta-malas] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 2
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Com gasolina o carro é excelente. Muito rápido na cidade e na estrada, mesmo com ar condicionado ligado.

[Principais aspectos negativos] Posição de dirigir um pouco desconfortável, e ruído elevado para os padrões modernos.

[Defeitos apresentados] Não, o único problema surgiu com 60000 km nos rolamentos do alternador que foram substituídos. Até o momento nem mesmo lâmpadas de foram trocadas.

[Concessionárias] Não muito boas!

[Comentários adicionais] Instalei GNV recentemente e sou sincero: não vale a pena, é jogar dinheiro fora!

[Data de publicação] 27/10/07


Mais sobre: