Yamaha XTZ 250 Lander e XTZ 250 X

Yamaha XTZ 250 Lander

 

Participe: envie opinião sobre sua moto

 

[Nome] Ilo
[Cidade] Campina Grande
[Estado] PB

[Versão] Lander BlueFlex
[Motor] 250
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 4
[Conforto] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 3
[Freios] 2
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Pra quem adquiriu pra proposta que ela atende, a moto é espetacular. Motor com pistão forjado , econômico e de durabilidade extrema, suspensões eficientes, posição de pilotar adequada( embora não se tenha conforto devido a proposta da moto), passa com facilidade em buracos, quebra molas, terrenos irregulares, corredores no trânsito devido ser alta a moto, tem um excelente esterçamento…a moto é pau pra toda obra rsrs

[Principais aspectos negativos] Freios poderiam ser bem melhores, e poderia ter uma sexta marcha já que deixaria a moto trabalhar mais suave…

[Defeitos apresentados] Até aqui nada, só óleo, filtro de óleo e pneus e pastilhas de freio kkk

[Best Cars] Ótimo site , pois a opinião dos proprietários e valiosa demais

[Data de publicação] 3/5/19

 

 

[Nome] Frede Fernando de Oliveira
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Motor] 250
[Ano-modelo] 2008
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 4
[Conforto] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 3
[Freios] 3
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] A posição dela é ótima, para trail que você usará no dia a dia, e que nunca ti deixará na mão, muito econômica, tem uma força, sem deixar de ganhar uma boa velocidade final, ela faz qualquer motociclista se sentir piloto, corta o transito como uma faca.

[Principais aspectos negativos] Infelizmente as rodas são de ferro, e deterioram como muita facilidade, a reserva de 4 litros ti deixa inseguro, enquanto você não conhece a moto, e a grande economia que ela faz na cidade. Bem como todo mundo que conhece motos sabe de que os freios são borrachudos, porém eu sempre disse que ia por aero quipe, mais acabei me acostumando e nunca me deixou na mão. Há quando você anda muito o cambio fica um pouco duro, ou seja quando esquenta muito, e não era problema de embreagem porque mesmo quando troquei, o problema permaneceu.

[Defeitos apresentados] Infelizmente as rodas oxidaram, e o Cubo traseiro corroeu.

[Concessionárias] Só utilizei duas vezes, uma para comprar um rele de partida, que não tinham em estoque, e outra para comprar o básico, e sempre fui muito bem atendido.

[Comentários adicionais] Acredite para Trail essa é a melhor opção, pensei em passar para a Ténéré 250, ou para a XRE 300, sem pré conceitos sobre as motos. Primeiro as duas tem qualidades sem duvida, ganhão da Lander em muitos aspectos, porém fiquei putos com dois defeitos da XRE, que só foram mascarados, puta mancada da Honda, mais ainda reconheço as qualidades dela, e também tem o problema de ser muito mais visada ( Ae galera parem de comprar peças de origem criminosa). Já a Ténéré que tem uma ótima capacidade do tanque, banco mais confortável, porém não gostei da posição de pilotagem, tá mais para uma posição de moto clássica, coisa de “velho”, kkkkkkkkk

[Best Cars] Muito bom essa seção é extremamente útil, tanto quando vou comprar carro quanto moto, já mudei de decisão tanto de carro quanto de moto, por ver as opiniões, e relatos de proprietários. Já me ajudou a mudar a opinião da minha mulher que era louca para comprar um carro Bomba, Já tinha falado minha opinião, mais só se convenceu quando viu relatos de proprietários.

[Data de publicação] 26/1/18

 

 

[Nome] Carlos Mayer
[Cidade] Niterói
[Estado] RJ

[Versão] XTZ 250 X
[Motor] 250
[Ano-modelo] 2010
[Quilometragem atual] 50.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos]
[Conforto] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade]
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] A Lander X é excepcional no asfalto. Ótima na chuva. Bom curso das suspensões. Extremamente ágil no trânsito. Alta passa no “corredor” sem esbarrar nos retrovisores. Uma moto que dá prazer àqueles que a pilotam/possuem…

[Principais aspectos negativos] Freios meio “esponjosos”. Rápida degradação do sistema de exaustão. Banco estreito e duro. Dificuldade em “ler” o painel no sol. Barulhos oriundos da transmissão (corrente) batendo no protetor do quadro mesmo quando corretamente ajustada/esticada e a falta de “amortecimento” (borrachas) na coroa.

[Defeitos apresentados] Retentores da suspenção dianteira aos 53.000 Km. (não posso considerar “defeito” mas sim desgaste). Troca dos retentores do TBI aos 54.000 Km (também não posso considerar “defeito” mas sim desgaste). Desgaste acentuado do pinhão e acho meio “beberrona” para uma 250cc… Finalmente roda em média pouco mais de 100 Km antes de acender o “Fuel Trip” que na minha opinião acende rápido demais. Fico com a impressão de que o tanque é 70% reserva…

[Best Cars] Adoro o site de vocês. Avaliações honestas pois afinal são feitas pelos proprietários. Eterna fonte de pesquisa.

[Data de publicação] 2/12/16

[Nome] Rafael
[Cidade] Jaraguá Do Sul
[Estado] SC

[Versão] Lander
[Motor] 250
[Ano-modelo] 2008
[Quilometragem atual] 80.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 3
[Instrumentos] 5
[Conforto] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Moto ótima, tenho a mais de 3 anos e nunca deixou na mão, uso todos os dias para ir trabalhar , sempre trocando o oleo a cada 1000 km e usando militec 1 a cada 4000km , da pau em xre 300 ,tornado,twister fácil( se for braço lógico) mas para cidade e dia a dia recomendo! Muito econômica, chego a tirar 300km com um tanque de 11 litros 😉

[Principais aspectos negativos] Ignição tive que trocar 2 vezes, por andar muito na chuva oxidou por dentro, mas por falta de cuidado

[Defeitos apresentados] Nada

[Concessionárias] Em Jaraguá sc só achei peças originais na cidade de Blumenau sendo qe tem uma concessionária em Guaramirim porém nao vendem peças

[Best Cars] Top

[Data de publicação] 2/12/16

[Nome] Douglas
[Cidade] Florianópolis
[Estado] SC

[Versão] XTZ 250X
[Motor] 250cc
[Ano-modelo] 2009
[Quilometragem atual] 60.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Conforto] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 3
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Excelente moto, a proposta motard traz uma excelente dirigibilidade no asfalto, proporcionando também uma brincadeira na terra/areia pela sua altura. Moto forte, aguenta o tranco ágil e fácil de pilotar. O modelo da minha 250X laranja com preto é lindo da gosto de olhar a moto todo dia.

[Principais aspectos negativos] O banco não é dos mais confortáveis, em viagens você aguenta no máximo uma hora, uma hora e meia sem parar.

[Defeitos apresentados] Foi necessário trocar o regulador de tensão da moto.

[Best Cars] Bom, porém necessita de mais atualizações já esta difícil encontrar opiniões recentes.

[Data de publicação] 18/11/16